conecte-se conosco


Cidades

Ceasa adota barreira sanitária no entreposto de Cariacica

Publicado

Em mais uma medida de prevenção à proliferação do novo Coronavírus (Covid-19), a unidade de Cariacica das Centrais de Abastecimento do Espirito Santo (Ceasa/ES), em Vila Capixaba, passa a contar a partir desta quarta-feira (15), com uma barreira sanitária nas portarias da unidade. A operação de controle sanitário foi anunciada em reunião na Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública, nessa segunda-feira (13).

A ação se faz necessária para garantir e preservar que o funcionamento do serviço essencial de comercialização de alimentos realizado na Ceasa aconteça em segurança. A coordenação será feita pelo Centro de Comando e Controle de prevenção ao Covid-19 em parceria com Prefeitura de Cariacica e oito órgãos estaduais. São eles: A Ceasa,  o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), a Polícia Rodoviária Federal, e as Secretarias da Saúde (Sesa), de Direitos Humanos (SEDH), e de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades).

A equipe abordará veículos tanto de passageiros quanto de cargas e restringirá o acesso ao entreposto a lojistas; freteiros; ambulantes; produtores rurais; compradores; diaristas e microempreendedores individuais devidamente cadastrados pela Gerência de Mercado da unidade, público caracterizado como de interesse na comercialização hortifrutigranjeiro realizado no mercado da Centrais. Além disso, todos responderão a um questionário e também será feita a medição de temperatura. Caso a pessoa apresente febre, será orientada a procurar uma unidade de saúde.

O diretor-presidente da Ceasa, Fernando Rocha, explicou a importância da ação tendo em vista o serviço essencial prestado pelas Centrais de Abastecimento.

“A barreira é fundamental para garantir que apenas pessoas essenciais ao funcionamento do mercado acesse a Ceasa com segurança, diminuindo o risco de contágio. Além disso, será um reforço nas medidas de orientação a proteção que a unidade vem adotando desde o início da pandemia”, enfatizou o diretor-presidente.

 O tenente-coronel Wagner, do Corpo de Bombeiros disse que a escolha da Ceasa para implementação da barreira sanitária é devido ao grande fluxo de pessoas que circulam diariamente na unidade e a medida se estenderá até o dia 30 de abril.

“A  estrutura começa hoje, de 03h da manhã até as 11h, nos mesmos moldes que já vem acontecendo em outras regiões. A escolha pela Ceasa é devido ao grande volume de pessoas na comercialização de alimentos”, afirmou.

Já o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, informou que que equipes do Instituto estarão atuando a exemplo de como tem sido feito nas barreiras localizadas nas divisas do Estado. “O Idaf tem estado presente, desde o início,
prestando apoio nas ações de combate ao novo Coronavírus nas atividades que lhe competem. É um momento de integração, de somarmos esforços”, disse Louzada.

 

Leia mais:  Bloco Careba agita o carnaval de Pontal do Ipiranga

Confira as medidas já adotadas pela Ceasa:

 Mercado

– Recomendação para que pessoas acima de 60 anos e pessoas que se enquadram no grupo de risco, como portadoras de diabetes e de doenças crônicas, não comercializem produtos nas Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa). A orientação é do governador Renato Casagrande e vale para quem vende e para quem compra mercadoria;

– Intensificação da limpeza e higienização do entreposto;

– Sabão líquido, água e papel em todos os banheiros e nas nove pias instaladas;

– Cancelamento de visitas monitoradas;

– Empresas prestadoras de serviço terceirizadas devem cumprir as orientações de higienização e a fornecerem equipamentos de proteção individual aos funcionários;

– Servidores que atuam no Mercado trabalham com todas as medidas necessárias de proteção individual como: uso de máscara, luvas e higienização com álcool;

– Cadastro de lojistas, freteiros, ambulantes, produtores rurais, compradores, diaristas e microempreendedores individuais, para a restringir entrada à Ceasa apenas para estes grupos.

 Administrativo

– Servidores trabalham de forma alternada nas modalidades presencial e remoto, de acordo com o Decreto 4604-R; os trabalhos administrativos internos são executados de 12h às 16h e pela manhã estão à disposição;

– Servidores do Mercado trabalham pela manhã, em regime alternado;

– Os atendimentos ao público acontecem na sala da Gerência de Mercado e são realizados por meio do portão de acesso;

– Servidores com duas férias vencidas estão em regime de férias desde o dia 23 de março de 2020;

– Recesso aos estagiários.

Leia mais:  Ocupação de leitos de UTI para covid atinge 90% e governador vai definir novas restrições
publicidade

Cidades

Fundação Renova apoia 169 projetos de organizações do terceiro setor em 39 municípios da Bacia do rio Doce

Publicado

Com a conclusão da etapa de fortalecimento das instituições, serão destinados R$ 5 mil a cada projeto para investimentos iniciais

Após quatro meses de formação no projeto de Fortalecimento das Organizações Locais, da Fundação Renova, 169 instituições começaram a receber os recursos para os investimentos iniciais em projetos do terceiro setor. Estão sendo destinados R$ 5 mil para cada entidade colocar em ação os planos elaborados para atuação nas áreas de turismo, esporte, cultura e lazer na bacia do rio Doce.

As instituições, localizadas nos 39 municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão (MG),  levantaram as fragilidades e as necessidades ao longo de 60 horas de oficinas e aulas conduzidas pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS). Os participantes puderam se aprofundar nas técnicas do terceiro setor e se preparar para concorrer a editais. O conteúdo buscou desenvolver o reforço da capacidade de gestão, o estabelecimento da ação em rede e parcerias, e a valorização e potencialização do território. Assuntos como educação, gestão financeira, aspectos jurídicos e contábeis, comunicação e planejamento estratégico também foram abordados. 

A próxima fase, prevista para o próximo ano, será uma rodada de negócios, networking e benchmarking para estimular a articulação entre as organizações e parceiros e ampliar o que foi ensinado em sala de aula. De acordo com Maria Cristina Aires, coordenadora de Educação, Cultura e Turismo da Fundação Renovao projeto busca fortalecer as organizações locais atuantes para que sejam capazes de identificar, mobilizar, captar recursos, trabalhar em rede e executar ações para o desenvolvimento comunitário. “São estas instituições fortalecidas e atuantes que irão assegurar a sustentabilidade das diversas ações compensatórias e reparatórias executadas nos territórios”, afirma.

O projeto de Fortalecimento das Organizações Locais é realizado pelo programa de Turismo, Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Fundação Renova e tem como objetivo promover ações que contribuam para a melhoria da qualidade de vida nos municípios atingidos e fomentar o desenvolvimento turístico dos polos definidos.

Leia mais:  Alunos do 8º e 9º ano devem se cadastrar para aulas online
Continue lendo

Cidades

Detran autoriza serviços de sinalização viária em Jaguaré com foco na redução de acidentes

Publicado

Com os objetivos de organizar o trânsito nas vias de Jaguaré e oferecer mais segurança aos condutores, ciclistas e pedestres do município, o Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), autorizou o início dos serviços de sinalização viária. O diretor geral do órgão, Givaldo Vieira, e o prefeito em exercício de Jaguaré, Elder Sossai, assinaram, nesta segunda-feira (29), na sede da Autarquia, em Vitória, a Ordem de Serviço.

O investimento, no valor de R$ 308.558,95, é proveniente dos recursos de multas, conforme prevê a legislação nacional, e contempla a execução de serviços de implantação e manutenção de sinalização viária vertical, horizontal e de dispositivos auxiliares nas vias de Jaguaré, incluindo a revitalização das faixas de pedestres e faixas elevadas para a travessia de pedestres na Avenida 09 de Agosto e na Rua 13 de Dezembro; a sinalização turística indicando a Lagoa do Rampinelli; a revitalização da ciclofaixa; a demarcação de vagas de estacionamento; e a sinalização de ondulações transversais (lombadas) na Rua Uirapuru e demais vias localizadas na Sede do município.

“Essas mudanças e melhorias na sinalização são feitas sempre em diálogo com a administração municipal e a comunidade para que as intervenções possam dar mais segurança ao trânsito local e também atender às necessidades da população, como faixas de pedestres para proteger esse público mais vulnerável, bem como ciclofaixas e vagas de estacionamento. Além disso, a sinalização turística, que é uma novidade dessa gestão, busca valorizar os atrativos locais, como a Lagoa do Rampinelli, em Jaguaré. Então, a sinalização viária é um investimento importante que o Governo faz para fortalecer o turismo nas cidades capixabas e, principalmente, para a prevenção de acidentes e proteção da vida no trânsito”, disse o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.

“Agradecemos a parceria do governador do Estado, Renato Casagrande, e do Detran para a sinalização das ruas de Jaguaré. Isso aqui vai ser muito importante para fluir bem o trânsito do nosso município”, ressaltou Elder Sossai.

A assinatura contou com a presença da diretora técnica do Detran|ES, Édina de Almeida Poleto, do diretor Administrativo, Financeiro e de Recursos Humanos, Harlen da Silva, e do primeiro vice-presidente do Sindicato Rural de Jaguaré, Jarbas Alexandre Nicoli Filho.

Participação popular 

Os projetos de sinalização executados pelo Detran|ES em todo o Estado são revisados pelos engenheiros e técnicos do órgão, com base em estudos e levantamentos realizados em cada município, com a participação das prefeituras, autoridades, Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) e sociedade civil organizada, buscando atender às principais necessidades do trânsito nas localidades.

A Ordem de Serviço Nº 111/2021 foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (29). A realização dos serviços tem o prazo de 30 dias a partir dessa data, podendo ser prorrogado. Caso necessário, novos serviços podem ser acrescentados no decorrer da implantação da sinalização em determinado município, desde que haja formalização de uma nova Ordem de Serviço complementar.

Leia mais:  Concurso: Prefeitura de Vila Velha divulga lista de aprovados. Confira!
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana