conecte-se conosco


Camisa 10

Chega de vaidade. Flamengo exige paz entre Gabigol e Ceni

Publicado

Diretoria não quer que clima ruim entre Gabigol e Ceni sabote time, justo agora, que clube tem chance de ser bicampeão do Brasil

Gabigol e Ceni estão estragando ambiente no Flamengo. Na reta final do Brasileiro

O vice de futebol, Marcos Braz é o maior defensor de Rogério Ceni no Flamengo.

Foi ele quem o convenceu a largar o Fortaleza e assumir o clube carioca.

E concordou com o pedido do técnico de liberdade total para lidar com o milionário elenco.

Foi quem se posicionou contra sua demissão, quando aconteceram as eliminações na Copa do Brasil, para o São Paulo, e na Libertadores, para o Racing.

Braz também foi o responsável pela intrincada negociação para a contratação de Gabigol. O dirigente convenceu que o clube da Gávea seria o melhor caminho, no seu sonho de disputar a Copa do Mundo de 2022.

Melhor do que ninguém, o vice sabe o quanto os dois personagens são geniosos, vaidosos.

E que eles entraram em rota de colisão.

Gabigol custou 16,5 milhões de euros, cerca de R$ 106 milhões.

Está insatisfeito com o treinador pelas substituições constantes.

Se não consegue terminar os jogos pelo Flamengo, como pode reivindicar uma vaga na Seleção?

O treinador não acredita que o time possa atuar com Gabigol e Pedro juntos.

O ex-atacante do Fluminense custou 14 milhões de euros, R$ 90 milhões.

Ou seja: o clube tem uma dupla de artilheiros de R$ 196 milhões.

Mas cada jogador só pode, na visão de Ceni, atuar parte das partidas.

Pedro concorda, respeitosamente, começar no banco.

Ou ser trocado durante os jogos.

Só que Gabigol não aceita ser substituído.

Está mostrando sua raiva publicamente.

Como ontem, no clássico diante do Vasco.

O que tem prejudicado o ambiente no time.

Justo agora, que só depende de quatro vitórias para ganhar o Brasileiro.

Braz resolveu.

Vai apaziguar.

Conversar com os dois para evitar o rompimento.

Que seria drástico.

Poderia fazer o Flamengo perder o título nacional.

Rogério Ceni e Gabigol estão insatisfeitos.

Porque cada um sabe o que ouviu de Braz.

Os demais jogadores não tomam partido.

Para não piorar o clima nos vestiários.

Pedro é muito querido pelos atletas.

E está sendo desrespeitado, assim como Ceni, por Gabigol.

O presidente Rodolfo Landim quer o fim desse problema.

Antes dos jogos contra o Bragantino, fora; Corinthians, em casa; Internacional, em casa; e São Paulo, fora.

Essa é uma questão fundamental.

Se o Flamengo quer ser bicampeão deste país…

Leia mais:  Com liderança do Brasileirão, Ramon Menezes rasga elogios ao elenco do Vasco
publicidade

Camisa 10

Flamengo ultrapassa Palmeiras e é o líder do ranking dos clubes da CBF

Publicado

Tabela foi divulgada pela entidade que dirige o futebol nacional, nesta segunda-feira, antes da definição da Copa do Brasil, da qual o alviverde é um dos finalistas

A conquista recente do título brasileiro colocou o Flamengo na liderança do ranking de clubes da CBF, ultrapassando o Palmeiras. A tabela foi divulgada pela entidade que dirige o futebol nacional, nesta segunda-feira, antes da definição da Copa do Brasil.

O time da Gávea soma 16.768 pontos, enquanto o alviverde paulista, campeão da Copa Libertadores, acumula 16.110. O Grêmio, adversário do Palmeiras na final da Copa do Brasil, é o terceiro colocado, com 15.180.

Vice-campeão brasileiro, o Internacional pulou do nono para o quarto lugar (13.310 pontos), seguido pelo Athletico-PR, que tem 12.968. Já o Cruzeiro, que atuou o ano de 2020 na Série B do Brasileiro e não conseguiu o acesso, caiu do quarto para o décimo posto, com 11.768 pontos.

Outros três times paulistas estão entre os dez primeiros. Finalista da Libertadores, o Santos é o sexto colocado (12.776 pontos), à frente do Corinthians, que tem 12.032. O oitavo colocado é o São Paulo (11.870), seguido pelo Atlético-MG, com 11.789 pontos.

O ranking de clubes da CBF, além de posicionar os times com melhor campanha na temporada, também serve para classificar times menores nas várias competições nacionais.

Uma nova versão será divulgada na semana que vem, após a definição da Copa do Brasil, com o segundo jogo entre Palmeiras e Grêmio, no Allianz Parque, domingo.

Leia mais:  Jorge Jesus testa positivo para coronavírus; técnico do Flamengo aguarda contraprova
Continue lendo

Camisa 10

Brasileirão: R$ 27 milhões de prejuízo com portões fechados; veja a renda líquida negativa de cada clube

Publicado

20) Sport – prejuízo de R$ 144,40 em 19 partidas em casa. O clube pernambucano não divulga o borderô completo, somente os valores do seguro-torcedor.

18) Atlético-GO – prejuízo de R$ 796.613,80 em 18 partidas em casa.

17) Athletico-PR – prejuízo de R$ 858.465,61 em 18 partidas em casa.

17) Athletico-PR - prejuízo de R$ 858.465,61 em 18 partidas em casa.

16) Red Bull Bragantino – prejuízo de R$ 960.923,66 em 18 partidas em casa.

15) Coritiba – prejuízo de R$ 1.111.454,86 em 19 partidas em casa.

14) Internacional – prejuízo de R$ 1.138.320,86 em 18 partidas em casa.

12) Corinthians – prejuízo de R$ 1.150.352,26 em 19 partidas em casa.

7) Bahia - prejuízo de R$ 1.227.866,67 em 18 partidas em casa.

11) Santos – prejuízo de R$ 1.165.632,23 em 19 partidas em casa.

10) Fortaleza – prejuízo de R$ 1.168.619,23 em 19 partidas em casa.

7) Bahia – prejuízo de R$ 1.227.866,67 em 18 partidas em casa.

5) Palmeiras – prejuízo de R$ 1.588.166,49.

4) Botafogo – prejuízo de R$ 1.804.113,33 em 19 partidas em casa, sendo que o borderô de uma delas (contra o São Paulo) ainda não foi divulgado.

2) Flamengo - prejuízo de R$ 3.234.340,85 em 19 partidas em casa, sendo que os borderôs de duas delas (contra Corinthians e Internacional) ainda não foram divulgados.

2) Flamengo – prejuízo de R$ 3.234.340,85 em 19 partidas em casa, sendo que os borderôs de duas delas (contra Corinthians e Internacional) ainda não foram divulgados.

1) Fluminense – prejuízo de R$ 3.355.612,27 em 18 partidas em casa.

Leia mais:  Bahia afasta Ramírez após acusação de racismo contra Gérson, do Flamengo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana