conecte-se conosco


Camisa 10

Chiquinho marca duas vezes e Rio Branco vence Águia Negra pela Série D

Publicado

Atacante chega a quatro gols, lidera a artilharia do time na competição e é decisivo para primeira vitória do Capa-Preta no grupo 6

Após um início difícil com duas derrotas, o Rio Branco finalmente conseguiu a primeira vitória na fase de grupos. Na tarde deste domingo (20) o time Capa-Preta venceu o Águia Negra por 2 a 0 e deu sinais de recuperação no Campeonato Brasileiro Série D.

O nome da partida foi Chiquinho, que marcou os dois gols da equipe na partida disputada no estádio Kléber Andrade, em Cariacica. Assim, o atacante chegou a quatro gols na competição, assumindo a artilharia do time.

Com o resultado positivo, o Rio Branco conseguiu os primeiros três pontos no grupo 6 e agora ocupa a quinta posição na classificação, embora possa terminar a rodada em sexto dependendo da partida entre Boa Esporte e Caldense. Já a equipe sul-mato-grossense segue na lanterna da chave sem nenhum ponto e com uma partida a menos.

O JOGO

Precisando pontuar e jogando em casa, o Rio Branco impôs uma marcação forte desde o início da partida. Dessa forma, logo aos 10 minutos da etapa inicial, Tiaguinho cruzou da esquerda. A bola passou por Marcus Vinícius, mas Chiquinho conseguiu o domínio e bateu na saída do goleiro.

Após a volta da parada para hidratação, os visitantes chegaram a equilibrar a partida e ameaçaram empatar em oportunidade com Adriano. No entanto, a maior posse da bola não foi o suficiente para o Águia Negra chegar ao empate.

No segundo tempo, o time sul-mato-grossense começou melhor e encontrava facilidade para entrar na defesa capixaba. Mas, mesmo em fazer uma grande partida, o Rio Branco chegou ao segundo gol. 

Aos 13 minutos, Baianinho recebeu da direita e fez o cruzamento para Chiquinho novamente marcar o segundo dele. Na parte final da partida, o Capa-Preta ainda tentou fazer o terceiro para matar o jogo, só que pecou no último passe e não alterou mais o placar no Kléber Andrade.

PRÓXIMOS JOGOS

A Série D continua para as duas equipes no próximo fim de semana e ambas entram em campo no próximo domingo (27). Às 15 horas o Rio Branco recebe a Ferroviária, no mesmo estádio Kléber Andrade, em Cariacica. Já o Águia Negra entra em campo a partir das 16 horas, contra o Rio Branco VN, no Ninho da Águia, em Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul.

Leia mais:  Alexandre Pato é anunciado pelo Orlando City
publicidade

Camisa 10

Campeão no Rio, Thiago Braz ganha o bronze no salto com vara

Publicado

Brasileiro garantiu sua segunda medalha em Olimpíadas ao saltar 5,87 m. Sueco Armand Duplantis confirma favoritismo e leva o ouro

Campeão olímpico no Rio de Janeiro, em 2016, Thiago Braz garantiu a medalha de bronze no salto com vara em Tóquio 2020. A final ocorreu nesta terça-feira (3). O brasileiro, que se classificou ao saltar 5,75 m na etapa classificatória, conseguiu ir até os 5,87 m, ficando atrás somente do recordista mundial Armand Duplantis, da Suécia, que confirmou o favoritismo ficando com o ouro. O norte-americano Christopher Nilsen levou a prata.

Thiago começou bem e acertou, em seu salto inicial, os 5,50 m. Na sequência, tentou 5,70 m e chegou a passar na primeira tentativa, porém, um toque acabou derrubando o sarrafo. Na segunda tentativa, ultrapassou a barra. 

Para 5,80 m, o brasileiro falhou na primeira tentativa. Na segunda, foi bem e se credenciou para saltar os 5,87 m, que acertou de primeira.

Na tentativa para 5,92 m, de 14 competidores restavam apenas Christopher Nilsen (EUA), Thiago Braz (BRA), Renaud Lavillenie (FRA) e Armand Duplantis (SUE), franco-favorito. Na primeira execução, o brasileiro falhou e o sueco passou no primeiro salto com folga.

Thiago foi para a segunda tentativa, mas derrubou a barra. Na sequência, o francês Renaud Lavillenie, que sofreu com uma lesão no tornozelo, desperdiçou sua terceira tentativa e o brasileiro garantiu o bronze.

Na terceira execução, Braz falhou de novo, mas ficou com o terceiro lugar, garantindo a medalha, a sua segunda em dois Jogos Olímpicos.

A prova seguiu com o Nilsen e Duplantis. O sueco passou com tranquilidade na primeira tentativa. O norte-americano desperdiçou suas três tentativas e o pódio se formou.

Insaciável

Não satisfeito, Duplantis ajustou o sarrafo para 6,19 m para tentar bater o recorde mundial, que é dele mesmo (6,18 m), e o olímpico, que é de Thiago Braz, que saltou 6,03 no Rio, em 2016.

O sueco chegou a pensar em tentar o olímpico primeiro, mas decidiu ir direto para o mundial. Na primeira tentativa, faltou pouco para conseguir. Cansado, na segunda desistiu no meio do caminho. Na terceira, o medalhista de ouro, conquistada com facilidade hoje, derrubou a barra novamente.

Leia mais:  Gabigol desembarca no Rio após ter permanência e se apresenta ao Flamengo
Continue lendo

Camisa 10

Em partida emocionante, Santos vence de virada e é finalista da Copa Norte 2021

Publicado

Em partida emocionante, o Santos de Barra de São Francisco venceu o Baixo Guandu, de virada, neste domingo (01), e garantiu a vaga na final da Copa Norte 2021.

A primeira partida, em Baixo Guandu havia terminado em 0x0, levando a disputa para Barra de São Francisco.

O Terror do Norte chegou forte e pressionou bastante na primeira etapa, mas desperdiçou várias chances claras de gol sendo, aos 28 minutos com Deivid, aos 39 com Diego e aos 43 minutos com Higor Santos que se depararam com o goleirão guanduense, Wilton, que fez grandes defesas e impediu que O Terror do Norte balançasse as redes.

O segundo tempo começou com fortes emoções para a equipe santista. O atacante Diego perdeu clara chance, praticamente debaixo da trave, logo no primeiro minuto da etapa complementar.

Logo em seguida, em uma ótima chance para O Terror do Norte, Igor Santos cobrou falta na gaveta e o goleiro voou para mandar para escanteio.

Em uma rara chance, o Baixo Guandu castigou o Santos e, aos 20 minutos, Kaká abriu o placar para a equipe visitante. Mas a alegria durou pouco, após reinício do jogo, em cobrança de pênalti, o artilheiro Eraldo empatou para o Santos.

O gol da classificação do Santos saiu aos 35 minutos do segundo tempo. Após ótima jogada e um lindo chute da entrada da área, mais uma vez, o goleiro Wilton fez um milagre e espalmou para escanteio. Na cobrança, Alessio, mostrou todo oportunismo e, no segundo pau, finalizou para o fundo das redes de cabeça.

Agora, o Santos de Barra de São Francisco encara o Santa Teresinha de Itarana, na final da Copa Norte 2021.

Equipes:

Santos: Alan, Ramires, Deivid, João Moura e Balotelli. Correia, Thiago Noia (Patrick) e Igor Santos. Diego (Vitinho), Eraldo e Marcus Vinicius (Alessio).

Baixo Guandu: Wilton, Neneca, Breno, Farias e Dega. Duthy, Russo, Robinho, Jamal, Thalisson e Madson.

Arbitragem: Rubens Abranches

Auxiliares: Rafal Ventura e Rafael Abranches

Leia mais:  Alexandre Pato é anunciado pelo Orlando City
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana