conecte-se conosco


Brasil

“Clube do Carimbo”, que transmitia HIV intencionalmente é alvo do MP

Publicado

Grupo que atua em todo país é investigado pelo Ministério Público de São Paulo. Polícia quer identificar outros integrantes

Uma associação criminosa, autodenominada “Clube do Carimbo”, foi alvo de uma operação do Ministério Público de São Paulo (MPSP). Eles são acusados de transmitir, intencionalmente, o HIV, vírus causador da Aids, para outras pessoas.

Nesta quarta-feira (7/4), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) desmantelou o grupo, que se organiza por redes sociais e aplicativos de mensagens.

Ao todo, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão. Policiais e promotores de Justiça estiveram na casa dos suspeitos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Para se ter dimensão da atuação do grupo, os integrantes agiam em ao menos oito munícipios de São Paulo, incluindo a capital.

“O Clube do Carimbo chegou a contar com mais de 120 integrantes em pelo menos quatro estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco)”, afirma o Ministério Público de São Paulo.

A investigação sobre o caso surgiu há alguns meses, após denúncias. Segundo os investigadores, o grupo é composto por pessoas de todo o país.

Entre as estratégias sugeridas, estavam a danificação de preservativos usados nas relações sexuais e a omissão da condição de portadores do vírus.

Nesta primeira fase da operação, o objetivo é encontrar mais provas e identificar outros integrantes da associação criminosa.

Crime

A transmissão intencional do vírus HIV configura o crime de lesão corporal gravíssima. O Código Penal estabelece que a pena para esse tipo de crime pode chegar a oito anos de prisão.

Além de lesão corporal gravíssima, a transmissão intencional do vírus pode ser enquadrada como crime de contágio de moléstia grave.

“Praticar, com o fim de transmitir a outrem moléstia grave de que está contaminado, ato capaz de produzir o contágio”, destaca o artigo 131 do Código Penal. A pena chega a quatro anos de prisão e inclui pagamento de multa.

Leia mais:  Preço do gás de cozinha sofre reajuste de 5% nas refinarias
publicidade

Brasil

Primavera começa hoje com frio no Sudeste e no Sul

Publicado

Primeira semana da estação caracterizada por temperaturas mais altas e chuvas será marcada por chegada de frente fria. A estação termina em 21 de dezembro.

A primavera começa oficialmente nesta quarta-feira (22) às 16h21 (horário de Brasília). A primeira semana da estação será marcada por chegada de frente fria no Sul e Sudeste. Para a maior parte do país, a primavera vai trazer temperaturas mais altas e o retorno das chuvas.

“A primavera é uma estação de transição, ela está entre o inverno e o verão, por isso ela tem características de ambas as estações, ou seja, normalmente temos dias mais quentes e secos e outros dias mais chuvosos e com temperaturas mais baixas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste”, explica César Soares, meteorologista da Climatempo.

início da estação é chamado de equinócio de primavera – quando as horas do dia e da noite têm a mesma duração de 12 horas – com exceção de partes do Amazonas, Pará e quase a totalidade de Roraima e Amapá, que ficam no Hemisfério Norte. A estação termina em 21 de dezembro.

Primavera começa fria no Sul e Sudeste

A primeira semana da primavera será marcada por queda nas temperaturas do Sul e Sudeste do país devido a aproximação de um ciclone extratropical – fenômeno meteorológico de baixa pressão atmosférica que dá origem às frentes frias – que se formou na segunda-feira (20) próximo ao continente.

Esse fenômeno é caracterizado pela presença de fortes ventos e chuvas de intensidade moderada a torrenciais.

“Eles [os ciclones extratropicais] são formados pelo choque de massas de ar diferentes. Nesse caso específico, o ciclone foi formado pelo choque de duas massas de ar, sendo uma mais fria e seca vinda do sul e outra mais úmida e quente vinda das áreas do subtrópico, como no Sudeste do Brasil”, explica César Soares, meteorologista da Climatempo.

Chuvas da estação não irão resolver crise hídrica

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a previsão para o trimestre neste ano indica probabilidade de chuva acima da média histórica no Norte, Centro e Leste do Brasil, mas o total não deve ser o suficiente para encher os reservatórios.

O nível de água dos principais reservatórios do país continua baixando e rápido. A situação é mais preocupante no conjunto de hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste, que concentra 70% de toda a água armazenada no Brasil.

Segundo análises feitas pelo Climatempo, no mês de outubro irá chover mais do que a média histórica, enquanto em novembro as chuvas serão irregulares. Dezembro deve ser o mês mais crítico do trimestre, registrando volume de chuva abaixo da média histórica para o período.

“Isso não quer dizer que não vai chover. Isso não quer dizer que não teremos grandes temporais, mas que a quantidade de chuva esperada para o mês será menor do que a média e a temperatura será maior do que o normal”, diz Patrícia Madeira, meteorologista da Climatempo.

De acordo com a especialista, antes que os reservatórios possam encher novamente, é necessário que chova um volume suficiente para umedecer o solo. Por isso, ainda que haja temporais, não significa que o problema dos reservatórios será solucionado rapidamente.

“Então, mesmo que chova mais do que a média em outubro, ainda não será o necessário para diminuir o custo da energia“, explica Madeira.

Leia mais:  Milionária presa por morte de namorado deu festa após o crime
Continue lendo

Brasil

Voos internacionais partindo do Aeroporto de Vitória sem previsão de decolar

Publicado

Voo direto para Buenos Aires, na Argentina, não tem data para começar a operar, segundo a companhia aérea Gol

O sonho dos capixabas de terem voos internacionais partindo do Aeroporto de Vitória ficou para mais tarde. A companhia aérea Gol, que inicialmente iria operar os voos diretos para Buenos Aires, na Argentina, informou que não há uma nova previsão para a oferta internacional a partir da capital capixaba.

Segundo a Gol, o cenário atual que envolve a pandemia foi um dos motivos para o adiamento e, por isso, no momento não há previsão para inclusão da oferta internacional no Espírito Santo.

“Os mercados internacionais ainda estão com várias medidas restritivas de circulação de viajantes e com fronteiras fechadas, alterando drasticamente a demanda por esse tipo de serviço. Mesmo frente ao desafio sanitário, a Gol trabalha em conjunto com o governo do Espírito Santo para viabilizar a plena retomada do transporte aéreo no estado o mais breve possível”, disse a empresa por meio de nota.

A Gol já havia adiado o início dos voos internacionais outras vezes. A última previsão era de começar a operar o voo direto de Vitória para Buenos Aires em meados de 2020, mas adiou por questões estratégicas.

Aeroporto de Vitória foi internacionalizado em 2019

Desde o dia 5 de novembro de 2019, o Aeroporto de Vitória Eurico de Aguiar Salles passou a ser internacional. Naquela data, foi publicado no Diário Oficial da União a homologação da internacionalização do terminal.

Os voos internacionais são um sonho antigo dos capixabas e usuários do maior aeroporto do Espírito Santo. Desde que foi inaugurado – em março de 2018, o terminal já passou por reformas e alterações para a adaptação das estruturas para salas de embarque e desembarque internacionais.

Na nova estrutura, o embarque internacional fica nos fundos do saguão doméstico. Já a sala de desembarque é próxima à área das esteiras de bagagens, no térreo. Hoje, o aeroporto movimenta diariamente uma média de 10 mil passageiros em 80 voos. Em 2020, recebeu mais de 3 milhões de passageiros.

Leia mais:  Greve dos caminhoneiros: o que se sabe sobre a paralisação marcada para o dia 1º
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana