conecte-se conosco


Política Nacional

Coach que se perdeu em montanha lança pré-candidatura a presidente em evento com milhares de pessoas

Publicado

O empresário Pablo Marçal, que tem 2 milhões de seguidores no Instagram e 1,4 milhão no YouTube, quer ser candidato a presidente

Empresário que ficou conhecido como “coach messiânico”, Pablo Marçal (Pros) se lançou pré-candidato a presidente da República durante um evento no Estádio Barueri, em São Paulo, no último domingo (1º).

Em discurso para a arquibancada cheia, Marçal disse que o Brasil é uma nação “assassina de heróis”. “Nesse país, os traíras, os ladrões e os corruptos voltam a governar, mas aqueles que querem dar a própria vida pela nação são aniquilados”, afirmou.

Marçal chama seu projeto político de “O Destravar da Nação”. Em entrevista concedida ao Metrópoles na semana passada, o empresário disse que a pré-candidatura não é brincadeira, mas admite que não vai ser fácil conseguir espaço na corrida eleitoral.

“Vai parecer, no começo, uma piada. Eu me vejo entrando na corrida sendo ridicularizado. Mas nunca julgue alguém que tem o coração apaixonado, alguém que sabe o que está fazendo”, afirmou.

Leia mais:  ANTAQ realiza audiência pública virtual para desestatização da Codesa e concessão dos portos

Quem é

Marçal tem 2,1 milhões de seguidores no Instagram e 1,4 milhão de inscritos no YouTube. Ele afirma que impacta 10 milhões de pessoas por mês. O empresário é autor de livros, vende cursos, dá palestras motivacionais que tratam de prosperidade e que costumam estar lotadas.

Porém, o feito mais rumoroso de Marçal neste ano foi o fato de ele ter guiado 32 pessoas para o Pico dos Marins, em São Paulo, e precisar de resgate. O guia se perdeu.

Primeiro, houve uma grande comoção envolvendo o resgate dos seguidores de Pablo. Depois de nove horas de trabalho, o Corpo de Bombeiros salvou o grupo. O tenente da corporação Pedro Aihara chamou o mentor de irresponsável.

publicidade

Política Nacional

Mario Frias sofre infarto e é levado para UTI de hospital em Brasília

Publicado

Segundo boletim médico, o ex-secretário de Cultura está internado na UTI sem previsão de alta

O ex-secretário especial de Cultura Mario Frias foi internado na noite de segunda-feira (4), com quadro de “infarto agudo do miocárdio”. Frias divulgou um boletim médico nas redes sociais que informa que foi necessário que ele passasse por um cateterismo com retirada de trombos.

Ele está internado na UTI do Hospital Santa Lúcia, na Asa Sul, em Brasília. Não há previsão de alta. Por conta do estado de saúde, ele informou que cancelou a agenda dos próximos dias.

Frias tem 50 anos e já foi internado em outras ocasiões para passar por procedimentos no coração. Em 11 de dezembro de 2020, o ex-ator fez um cateterismo de emergência após sentir mal-estar. Ele precisou refazer o procedimento em maio de 2021.

O cateterismo cardíaco pode ser realizado para diagnosticar ou tratar doenças do coração. O procedimento é feito com a introdução de um catéter na artéria do braço ou da perna, até o coração.

Leia mais:  Bolsonaro diz que vai sancionar projeto dos combustíveis e volta a criticar a Petrobras

Continue lendo

Política Nacional

Ministro do STJ vem o Espírito Santo na próxima sexta-feira (08)

Publicado

Sérgio Kukina participará palestra para membros do Poder Judiciário e público em geral, no TJES

Na próxima sexta-feira (08), o ministro Sérgio Kukina, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), estará no Estado para participar de uma palestra no Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES). Ele é o convidado da Escola da Magistratura (Emes), em evento que debaterá tópicos relevantes na jurisprudência da Corte superior.

Segundo informações da assessoria de imprensa do TJES, a palestra está marcada para acontecer das 10h às 12h, no Salão Nobre do Tribunal, e será aberta para integrantes do Poder Judiciário estadual e o público em geral.

O ministro

Kukina é ministro do STJ desde 2013. Atualmente, é presidente da 1ª Seção, membro da 1ª Turma e da Comissão de Regimento Interno. Graduado e mestre em Direito pela Universidade Católica do Paraná,  ele já atuou como promotor de Justiça e procurador de Justiça do estado do Paraná, além de ter sido ouvidor do STJ no período de 2020 a 2021.

Leia mais:  Câmara aprova urgência a projeto que libera mineração em terras indígenas

Inscrição

As vagas para participar do evento são limitadas, de acordo com a capacidade do espaço. Inscrições para confirmação de presença na palestra: formulário.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana