conecte-se conosco


Cidades

Colatina vai receber investimento de R$ 252 milhões em shopping

Publicado

Empreendimento terá 92 mil metros quadrados e prédio anexo

O Noroeste do Espírito Santo vai ganhar seu primeiro shopping center. O Colatina Sunset Mall será construído em um terreno de 20 mil metros quadrados na Avenida Senador Moacyr Dalla, paralela ao Rio Doce. O empreendimento terá uma área construída de 91,9 mil metros quadrados e um prédio comercial de 25 andares– o mais alto do interior do estado. Para o Secretário de Desenvolvimento de Colatina, Liemar Pretti, o shopping será importante para fomentar e atrair novos investimentos para a região.

O sonho de Colatina receber um shopping se arrastou por anos e ganhou tração nos últimos 14 meses, quando empresários da WL Participações apresentaram um projeto à prefeitura e viabilizaram a realização do Colatina Sunset Mall.

“Iniciativa foi da iniciativa privada, já há algum tempo adquiriram área e sinalizaram em construir um shopping, mas tinha dificuldades porque precisavam de complementação de área e de melhorar os acessos”, diz o prefeito de Colatina Guerino Balestrassi.

Com previsão de conclusão em 2024 e um investimento privado de R$ 252 milhões, o Shopping terá três pavimentos de lojas e uma torre comercial. O espaço contará ainda com um total de 1.361 vagas de estacionamento, sendo 1.073 no shopping e outras 288 na torre comercial.

Leia mais:  Municípios capixabas vão perder mais de R$ 1 bilhão em receita por conta da covid-19

Cerca de 5 mil metros quadrados do terreno em que o shopping será construído foram doados pela prefeitura, seguindo a lei de incentivos fiscais do município.

Com a projeção de 92 mil metros quadrados de área construída empreendimento de Colatina se aproxima do Shopping Vitória, que conta com 97 mil metros quadrados (Abrasce), mas fica bem abaixo do Shopping Vila Velha, por exemplo, com 173 mil metros quadrados de área construída.

O Secretário de Desenvolvimento de Colatina, Liemar Pretti, afirma que o público do shopping vai muito além dos colatinenses, pois atenderá toda a região ao redor da cidade.

— O Shopping será uma opção de lazer para habitantes de toda a região no entorno de Colatina e até a região Leste de Minas. Essas localidades têm Colatina como uma cidade polo e frequentam-na em diversas ocasiões. Nesse contexto, o shopping é uma opção de lazer e comodidade para essa população— diz Pretti.

O secretário destaca ainda que o centro comercial vai potencializar as vocações econômicas da cidade.

Leia mais:  Nova Venécia confirma primeiro caso de coronavírus no município

— O Shopping sinaliza o potencial que Colatina tem para receber grandes investimentos. Muito além disso, vai tornar uma cidade mais agradável e humana para se viver, o que atrai mais moradores e novos negócios— analisa Pretti.

— Colatina é uma cidade polo, e tem muito uma característica de desenvolvimento endógeno. Nosso centro comercial é apertado e com esse empreendimento de um vamos ter logística melhor e mais capacidade de absorver população de uma área de 600 mil habitantes: a região Noroeste do ES e Leste de Minas. Vamos reforçar nosso posicionamento como polo, com características de serviço de educação, comércio saúde— complementa o prefeito.

publicidade

Cidades

Crianças e Adolescentes atendidas no Cras realizam visita às polícias civil e militar em Jaguaré

Publicado

Policiais apresentaram o trabalho dos agentes de segurança para os jovens

Crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SFCV do Centro de Referência em Assistência Social – Cras, participaram de uma roda de conversa com os policiais em uma visita à 18ª Companhia Independente de Polícia Militar de Jaguaré e à Delegacia de Polícia Civil do município.

A visita teve o objetivo de levar as crianças a conhecer o trabalho das polícias e sua importância na sociedade, além de criar aproximação e construção de conceitos corretos sobre as forças de segurança.

Cerca de 40 crianças visitaram o espaço físico, a rotina de trabalho que envolve o atendimento, investigação, ronda, e tudo mais que envolve as ações das polícias civil e militar.

Após muita interação no bate papo com os policiais, em que os agentes responderam perguntas dos jovens sobre as ações de segurança, houve um momento de andar na viatura e ter contato com instrumentos de trabalho dos policiais como distintivo, colete à prova de bala e outros.

Leia mais:  Professores em Designação Temporária serão convocados pelas Superintendências Regionais

Continue lendo

Cidades

Suzano anuncia intenção de construir fábrica de papel tissue e conversão em Aracruz (ES)

Publicado

Projeto, ainda sujeito à aprovação do Conselho de Administração da empresa, terá capacidade produtiva de 60 mil toneladas anuais

A Suzanoreferência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, anuncia a intenção de construir uma fábrica de papel tissue e conversão em Aracruz, município localizado no norte do Espírito Santo. O projeto, ainda sujeito à aprovação por parte do Conselho de Administração da companhia, prevê que a unidade terá capacidade para produzir 60 mil toneladas anuais de tissue, produto a ser convertido em papel higiênico e papel toalha.

Inicialmente estimado em cerca de R$ 600 milhões, o projeto levará dois anos até estar concluído. Durante o período das obras, a previsão é de que sejam gerados 300 postos de trabalho. Após o início da produção, cerca de 200 colaboradores e colaboradoras, diretos e indiretos, trabalharão na unidade.

“A intenção de construirmos uma nova fábrica reforça o compromisso da Suzano com o desenvolvimento do Espírito Santo. No final de 2019, anunciamos investimento de quase R$ 1 bilhão no estado, incluindo a construção de uma fábrica em Cachoeiro de Itapemirim. A unidade entrou em operação no início de 2021 e agora, menos de um ano e meio depois, anunciamos o plano de viabilizar mais um importante investimento no estado”, afirma Walter Schalka, presidente da Suzano.

Leia mais:  Professores em Designação Temporária serão convocados pelas Superintendências Regionais

A construção de uma fábrica de papel tissue e conversão em Aracruz está alinhada à estratégia da Suzano de avançar nos elos da cadeia, sempre com vantagem competitiva, e garantir o abastecimento ao crescente mercado brasileiro de produtos sanitários. Em Cachoeiro de Itapemirim, por exemplo, a Suzano tem capacidade para converter papel tissue em 30 mil toneladas anuais de papéis higiênicos, o que equivale a 1 milhão de rolos por dia.

O projeto em Aracruz está sujeito à verificação de condições precedentes e ainda será submetido à análise do Conselho de Administração da Suzano e das autoridades locais competentes.

“Já estivemos presentes nos investimentos anteriores da Suzano, que contou com uso de crédito de ICMS, e continuando com a nossa política de atração criamos ambiente para que a empresa tivesse outro investimento em nosso Estado. Para nós a Suzano é uma empresa estratégica para o Estado. Temos política de uso de crédito de exportação que permite que a empresa faça negociações no mercado, desde que a atividade que seja ampliada gere emprego e ICMS. O que importa para nós é que os empreendedores tenham confiança em vir e estar no Espírito Santo. Nossa tarefa é gerar oportunidades aos capixabas”, afirma o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

A Suzano emprega direta e indiretamente cerca de 5 mil pessoas em território capixaba. Mais recente fábrica construída pela Suzano, a unidade de Cachoeiro de Itapemirim é a quinta linha de produção da unidade de bens de consumo da Suzano, responsável pela fabricação de itens como papéis higiênicos, guardanapos e papéis-toalha. A companhia possui fábricas de produção de tissue em Belém (PA), Mucuri (BA) e Imperatriz (MA), além de unidades de conversão em Maracanaú (CE) e Cachoeiro de Itapemirim.

Leia mais:  Pedro Canário fica em 2º lugar no Espírito Santo no ranking da Sudene que avalia gestão pública dos municípios

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana