conecte-se conosco


Segurança

Conceição da Barra: Polícia Militar Ambiental detém homem com motosserra em área particular

Publicado

Nesta quarta-feira (07), policiais militares da 3ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental realizaram policiamento na comunidade Canta Galo, zona rural de Conceição da Barra, onde segundo denúncias, cerca de 400 famílias estão invadindo uma área de plantação de eucalipto da Empresa Suzano. 

Durante a vistoria, a guarnição policial flagrou um homem de 54 anos construindo uma cabana de madeira, com duas motosserras sem licença para seu uso. Na ocasião, foi constatado eucaliptos derrubados e queimados para plantio de diversas culturas. Desta forma, os militares conduziram o cidadão à presença da autoridade policial na 18ª delegacia de Policia Civil de São Mateus por ter infringido o artigo 51 da lei federal 9.605/98.

O capitão Fabrício Pereira Rocha, orienta que é necessária a Licença para porte e uso do motosserra, conforme a Portaria IBAMA nº 149, de 30 de dezembro de 1992, que estabelece a obrigatoriedade do registro no IBAMA, aos estabelecimentos comerciais responsáveis pela comercialização de motosserra, bem como aqueles que, sob qualquer forma, adquirirem este equipamento.

De acordo com o art. 51 da Lei Federal de nº 9.605/1998 é crime ambiental quem comercializar motosserra ou utilizá-la em florestas e nas demais formas de vegetação, sem licença ou registro da autoridade competente, estando sujeito às penas de detenção, de três meses a um ano e multa no valor de R$ 1.000,00 (mil reais) por unidade.

Leia mais:  PM apreende pés de maconha em Vila Valério
publicidade

Segurança

Policial militar é preso suspeito de matar a esposa na frente da filha em Vitória

Publicado

Em nota, a Polícia Civil informou que o militar foi conduzido ao Plantão Especializado da Mulher e autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil

Um policial militar foi preso em flagrante suspeito de matar a esposa, de 49 anos, após uma briga na noite de domingo (11), no bairro Jardim da Penha, em Vitória. O crime aconteceu dentro do apartamento do casal e na frente da filha deles,  de 11 anos. 

Vizinhos contaram que ouviram gritos de socorro e, logo em seguida, houve um disparo de arma de fogo. Após isso, segundo eles, a filha do casal correu pelas escadas, pedindo ajuda para socorrer a mãe. 

Assim que a Polícia Militar chegou ao local do crime, constatou que a mulher havia sido assassinada com um tiro no rosto e já estava sem vida. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o militar foi conduzido ao Plantão Especializado da Mulher (PEM) e autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e em razão de ser praticado contra mulher em contexto de violência doméstica e familiar, majorado por ter sido praticado na presença da filha da vítima. 

Ele ficará preso no presídio da Polícia Militar, em Maruípe.

Leia mais:  Detran-ES dá orientações para trânsito mais seguro no Carnaval
Continue lendo

Segurança

Três pessoas são detidas após denúncia de aglomeração e som alto

Publicado

Durante a confusão, o dono da caixa de som tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial

Três pessoas foram detidas após uma confusão no bairro Nova Carapina 1, na Serra. A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de aglomeração e som alto na região, e assim que chegou ao local, a equipe se deparou com cerca de 20 pessoas ouvindo música em uma rua.  

Uma delas, segundo a polícia, se apresentou como dono de uma caixa de som que estava sendo usada, se exaltou e desobedeceu a ordem de desligar o aparelho. Após o ocorrido, o grupo foi para uma casa e o som, novamente, foi ligado. Desacatando os policiais, o dono do aparelho teria dito ainda que dentro da residência ninguém desligaria o som. 

A polícia deu voz de prisão e exigiu que o homem saísse da residência. Diante disso, segundo a PM, o homem pediu que os moradores agredissem os policiais para evitar a prisão. Durante a confusão, o dono da caixa de som ainda tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial.

Assim que os policiais entraram na casa, dois homens tentaram jogar copos de vidro em direção à eles, além do dono da casa também ter jogado uma garrafa de vinho contra a equipe. Os policiais então fizeram disparos de arma não letal, mas o suspeito não se rendeu e pegou até um facão. 

Depois de tanta confusão, a polícia conseguiu conter o homem, que precisou ser levado para hospital por conta de ferimentos. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional da Serra. Duas pessoas que se envolveram na briga também acabaram detidas. 

A Polícia Civil informou que o conduzido de 37 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de resistência e desacato, pagou fiança estipulada pela autoridade policial e vai responder em liberdade. Os outros dois foram autuados por resistência, assinaram Termo Circunstanciado e vão responder em liberdade.

Leia mais:  Pai é condenado a 28 anos de prisão por matar filha após disputa de herança
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana