conecte-se conosco


Moda e Beleza

Conheça os tipos de olheiras e como tratar cada uma delas

Publicado

Escurecimento na área dos olhos está associado a diversos fatores e por isso exige diferentes procedimentos, dizem especialistas

Quando se fala em skincare e prevenção ao envelhecimento facial, a área dos olhos tem sido a maior fonte de angústia estética durante a pandemia. Afinal, são as olheiras que denunciam os primeiros sinais de cansaço e stress causados pela pandemia.

Mas você sabia que nem todas as olheiras são iguais – e existe um tratamento adequado para cada uma delas? É o que explica a dermatologista Pâmela Ribeiro. Segundo a especialista em cosmiatria, área voltada para o tratamento e prevenção de problemas estéticos na pele, existem diferentes fatores para o aparecimento das olheiras.

“No caso de pigmentos e vasinhos arroxeados, o tratamento com luz pulsada é uma boa opção, assim como peeling. Já para profundidade, o mais indicado é o preenchimento com ácido hialurônico”, diz.

A área dos olhos é a mais sensível aos efeitos do tempo, clima e das emoções justamente por se tratar de uma pele mais fina, explica a dermatologista Luciana Garbelini.

“Para se ter uma ideia, a pele do restante do corpo pode vir a ter cerca de 2 milímetros de espessura, enquanto a pele da região dos olhos tem em média 0,5 milímetro. Por isso, essa área está mais favorável ao aparecimento de colorações escuras”, explica.

Quais são os tipos de olheiras?

• Olheiras profundas: são recorrentes em pessoas com o globo ocular naturalmente mais profundo, por questões genéticas, ou por perderem o preenchimento natural devido ao envelhecimento ou perda intensa de peso.

• Olheiras vasculares: podem apresentar tons azulados, arroxeados ou avermelhadas e aparecem devido à má circulação do sangue depois de noites mal dormidas.

• Olheiras pigmentares: geralmente são identificadas pelos tons amarronzados e são mais frequentes em pessoas com excesso de melanina ao redor dos olhos.

• Olheiras mistas: é o tipo mais comum entre as possíveis olheiras, são as olheiras que possuem mais de uma causa e que, muitas vezes, estão associadas ao seu desenvolvimento, como genética, bolsas de gordura ou flacidez, acúmulos de vasos, entre outros.

Leia mais:  Jaqueta jeans oversized a peça que é tendência
publicidade

Moda e Beleza

Conheça jeitos diferentes e criativos de consertar roupas danificadas

Publicado

Inspire-se com diversas formas inusitadas de reparar rasgos, manchas e furos em peças de vestuário variadas

Nada pior do que você ver a sua peça de roupa favorita ficando puída com o passar do tempo ou manchar aquela blusa nova. No entanto, o que parece desesperador provavelmente pode ser resolvido de forma prática se a criatividade for usada. Confira aqui os reparos mais criativos compartilhados por usuários do Reddit.

O fórum online tem 63,5 mil usuários que compartilham como consertam suas roupas usando técnicas variadas. Algumas optam por uma acabamento o mais natural possível

O fórum online tem 63,5 mil usuários que compartilham como consertam suas roupas usando técnicas variadas. Algumas optam por uma acabamento o mais natural possível.

Enquanto outros aproveitam para fazer o chamado remendo visível, adicionando muita personalidade à peça, o que a torna única

Enquanto outros aproveitam para fazer o chamado remendo visível, adicionando muita personalidade à peça, o que a torna única.

Outro ponto positivo da técnica é que poupa recursos que vão muito além do dinheiro, gerando um impacto positivo até mesmo na natureza, tendo em vista que a indústria da moda é uma das mais poluentesLeia também: famosas com vestidos de noiva extravagantes, como Vivi Araújo

Um pequeno furo, causado pelo ratinho de estimação, se tornou uma oportunidade de pregar um adereço diferente na peçaVeja mais: Além do escritório: como usar camisas sociais no dia a dia

Um pequeno furo, causado pelo ratinho de estimação, se tornou uma oportunidade de pregar um adereço diferente na peça.

Detalhes quase imperceptíveis, que adicionam um charme extraVeja mais: Anos 2000 de volta: cores e tendências da primavera-verão

Se a vida te der um buraco no cotovelo, substitua-o por um panda fofíssimoVeja também: Usar biquíni de cabeça para baixo, como Luísa Sonza, vira tendência

Se a vida te der um buraco no cotovelo, substitua-o por um panda fofíssimo.

Leia mais:  Os anos 90 voltaram! Saiba como aderir a febre do vestido tubinho
Continue lendo

Moda e Beleza

Skincare no tempo seco: como adaptar sua rotina de cuidados

Publicado

Além de ingerir bastante água, existem ações diárias que devem ser adaptadas para resistir à baixa umidade do ar

Com poucas chuvas e as temperaturas subindo, o fim do inverno pode ser uma época desafiadora em se tratando de cuidados com a pele. O tempo seco sensibiliza a cútis, deixando-a mais suscetível à poluição e outros agentes nocivos, como sol e vento. Veja dicas de como manter o equilíbrio da sua pele quando a umidade está baixa.

O primeiro item e o mais indispensável de todos é o hidratante. Mesmo quem tem pele naturalmente oleosa deve escolher um produto adequado para repor a hidratação da pele, já que o excesso de sebo não significa que essa etapa pode ser pulada. Os compostos dos cremes atuam facilitando a penetração de água nas células.

Dicas importantes: nada de tomar banhos muito quentes e evite lavar o rosto no chuveiro. A água em temperatura ambiente evita que a pele sofra um choque térmico, o que pode ocasionar o surgimento de alergias ou coceiras

Dicas importantes: nada de tomar banhos muito quentes e evite lavar o rosto no chuveiro. A água em temperatura ambiente evita que a pele sofra um choque térmico, o que pode ocasionar o surgimento de alergias ou coceiras.

Durante o tempo seco, é conveniente evitar sabonetes muito agressivos, que atuam tirando a oleosidade em excesso, como aqueles específicos para peles acneicas ou que levam ingredientes como enxofre na composição. No entanto, é sempre bom consultar seu dermatologista antes de fazer alterações em sua rotina.

Durante o tempo seco, é conveniente evitar sabonetes muito agressivos, que atuam tirando a oleosidade em excesso, como aqueles específicos para peles acneicas ou que levam ingredientes como enxofre na composição. No entanto, é sempre bom consultar seu dermatologista antes de fazer alterações em sua rotinaVeja mais: Impossível errar - veja o tutorial de delineado que está bombando

Ar-condicionado é ótimo para matar o calor, mas é péssimo tanto para a pele quanto para as vias respiratórias. O ar artificialmente gelado reduz ainda mais a umidade do ar, aumentando a transpiração e o ressecamento. Uma boa pedida é o bom e velho ventilador, mais o uso de umidificadores de ambiente.

Ar-condicionado é ótimo para matar o calor, mas é péssimo tanto para a pele quanto para as vias respiratórias. O ar artificialmente gelado reduz ainda mais a umidade do ar, aumentando a transpiração e o ressecamento. Uma boa pedida é o bom e velho ventilador, mais o uso de umidificadores de ambiente

Beba água, eis o conselho clássico mas que muitas pessoas esquecem. A hidratação começa de dentro para fora e obrigar seu corpo a funcionar com menos líquido do que o adequado acaba com a pele (que é o maior órgão do corpo) e pode ocasionar dores de cabeça, bem como infecções de urina.

Dê atenção para outras áreas do corpo que são mais ressecadas por natureza, como cotovelos, joelhos e calcanhares. Prefira cosméticos que tenham ingredientes como ureia ou algum óleo vegetal super emoliente, como o de rosa mosqueta ou o de semente de uva.

Dê atenção para outras áreas do corpo que são mais ressecadas por natureza, como cotovelos, joelhos e calcanhares. Prefira cosméticos que tenham ingredientes como ureia ou algum óleo vegetal super emoliente, como o de rosa mosqueta ou o de semente de uva Leia também: Dormem no formol? Veja famosas que não envelhecem nunca

Leia mais:  Os anos 90 voltaram! Saiba como aderir a febre do vestido tubinho
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana