conecte-se conosco


Cidades

COVID-19: Mapa de Risco aponta apenas uma cidade em risco moderado

Publicado

Com a manutenção no risco moderado, Ecoporanga seguirá, na semana que vem, com as mesmas restrições no funcionamento das atividades econômicas

Pela segunda semana consecutiva, Ecoporanga, no norte do estado, será o único município capixaba classificado como de risco moderado para o novo coronavírus. As demais 77 cidades do Espírito Santo seguem no risco baixo para a doença. A informação é do 29º Mapa de Risco Covid-19, divulgado nesta sexta-feira (30) pelo governo do Estado e que passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (02).

Com a manutenção de Ecoporanga no risco moderado, o município seguirá com as mesmas restrições no funcionamento de suas atividades econômicas, como o comércio, bares e restaurantes, por exemplo. Além disso, a proibição quanto à realização das aulas presenciais nas escolas da cidade continua.

RISCO MODERADO: Ecoporanga.

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

Matriz de risco

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Leia mais:  MPES participa de ação de conscientização contra a Covid-19 em Governador Lindenberg
publicidade

Cidades

Aulas retornam na segunda-feira (01) em Jaguaré

Publicado

Jaguaré – A Prefeitura Municipal de Jaguaré, através da Secretaria Municipal de Educação, informou que as aulas presenciais no sistema municipal de ensino retornarão nesta segunda-feira (1/3/2021) para os alunos das Escolas Municipais.

As unidades de ensino já foram preparadas para receber os estudantes de acordo com os protocolos de prevenção ao coronavírus, que devem ser seguidos pelos pais, estudantes e toda a equipe escolar. Para tanto, serão respeitados os protocolos estabelecidos em conjunto com a Secretaria de Saúde. O Plano de Retorno às aulas segue as diretrizes que estão regulamentadas nas circulares 1 e 2/2021 e nas portarias Nº 50-R, Nº 179-R, Nº1-R e Nº2-R de 2020.

O ensino será no sistema híbrido e com revezamento. As crianças serão divididas em grupos que intercalarão a presença na escola: enquanto um grupo vai à escola, o outro fica em casa, e vice-versa. As aulas presenciais serão opcionais e todos os estudantes farão Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs) em casa. Os responsáveis pelos estudantes preencheram um termo autorizando o formato escolhido e serão comunicadas sobre os cronogramas de aulas.

Equipes da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Saúde darão suporte às escolas para que as normas de prevenção ao coronavírus sejam seguidas pelas unidades de ensino.

Leia mais:  Produtores rurais de quatro municípios do ES vão receber assistência técnica coletiva
Continue lendo

Cidades

Prefeito Lorenzo Pazolini faz entrega de novos uniformes para o início das aulas presenciais

Publicado

Vitória – Portões abertos a partir de segunda-feira (1º de março) para receber os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) na rede de ensino de Vitória. As aulas já voltaram por meio do portal AprendeVix ou das atividades impressas distribuídas pelas escolas.

Antes do retorno presencial, o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, acompanhado da vice-prefeita, capitã Estéfane, e da secretária de Educação, Juliana Rohsner, fez a entrega de uniformes para estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Juscelino Kubitscheck de Oliveira, em Maria Ortiz, na manhã desta quinta-feira (25).

“Este é um momento muito importante para nós e para a cidade de Vitória. Obrigado por acreditar na nossa gestão. Trabalhamos muito para honrar um compromisso que assumimos com a nossa capital, respeitando a vida, mas entendendo que os estudantes não podem mais permanecer em casa. Agradecemos aos pais pela confiança nesse retorno, e tenho certeza que teremos um início de ano muito bom”, afirmou Pazolini.

Entre os estudantes que receberam o kit, composto por dois novos uniformes completos, Samira Gomes Santos, de 14 anos, era só felicidade. “Não aguento mais ficar em casa, quero muito voltar para a escola. Estou muito ansiosa e feliz que as aulas vão voltar”, contou a aluna, com um sorriso que era visível mesmo usando a máscara.

Responsabilidade

Ao se dirigir às famílias que estavam presentes na solenidade para retirar o material impresso referente ao período remoto que os estudantes farão em casa, a secretária Juliana destacou a responsabilidade quanto ao cumprimento dos protocolos de biossegurança de combate ao coronavírus.

“Estamos em um momento decisivo para a nossa rede, reabrindo as escolas para receber os nossos estudantes. Mas retornar presencialmente exige muita responsabilidade tanto nossa, enquanto Secretaria de Educação, quanto dos profissionais que atuam nas escolas e das famílias também”, disse.

Calendário

O retorno das atividades presenciais está condicionado ao Mapa de Risco divulgado pelo Governo do Estado, que permite aulas presenciais em cidades consideradas em risco baixo ou moderado.

Veja o calendário na rede municipal de ensino:

• 22 de fevereiro: retorno das aulas para todos os alunos da rede, Ensino Fundamental, Educação Infantil e Educação de Jovens e Adultos (EJA), em modelo remoto emergencial, por meio do AprendeVix.
• 1º de março: retorno presencial das turmas do Ensino Fundamental II (do 6º ao 9º ano) e das turmas da EJA.
• 15 de março: retorno presencial das turmas do Ensino Fundamental I (do 1º ao 5º ano).
• 29 de março: retorno presencial das turmas da Educação Infantil, grupos 5 e 6.

Leia mais:  Ex-prefeito de Presidente Kennedy é condenado por improbidade administrativa
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana