conecte-se conosco


Segurança

Crédito ou débito? Qual a forma mais segura de pagar no carnaval

Publicado

Criminosos aproveitam a multidão de pessoas pelas ruas para roubar senhas e para trocar cartões em momentos de desatenção

O carnaval aumenta o número de pessoas pelas ruas atrás de blocos ou de trios elétricos. O movimento e a bagunça característicos da data favorecem a ação de criminosos que aproveitam a distração para aplicar golpes no meio da folia.

Ao contrário do que muitas pessoas podem imaginar, as ações de criminosos envolvendo cartões de crédito no carnaval não são sofisticadas. A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) alerta para o roubo da senha e a troca do cartão.

Quadrilhas aproveitam da distração da vítima para ver a senha que está sendo digitada ou para fazer a sequência númerica ser incluída no campo destinado ao valor da compra. Em seguida, o cartão usado na transação é substituído por um outro qualquer e devolvido à pessoa.

“Fique sempre atento ao seu cartão e confira a devolução. Veja se os números da sua senha estão aparecendo na tela quando você a digita. Isso não pode acontecer. Lembre-se que o campo de senha mostra apenas asteriscos”, alerta Adriano Volpini, diretor da comissão de Prevenção a Fraudes, da FEBRABAN.

Para tentar escapar desse tipo de crime, Volpi orienta conferir o nome do cartão e pedir a via do cliente para saber o valor exato que foi aprovado.

Débito ou crédito?

A resposta à pergunta frequente em qualquer pagamento com um cartão pode diminuir os prejuízos financeiros em caso de um golpe. 

Leia mais:  Homem que fugiu de abordagem da PRF após perseguição é preso dentro de táxi em Viana

Os cartões de crédito costumam ser mais fraudados por terem um limite maior do que o saldo na conta, porém, existe mais chances de conseguir recuperar a quantia desviada. 

Conferir o valor no visor da máquina de cartão e esconder a senha podem evitar golpes

“O sistema do cartão de crédito pode avaliar se o pagamento realizado está dentro do perfil de compra e identificar um desvio de comportamento, que pode indicar um golpe. No caso do débito, isso é mais difícil porque o dinheiro sai da conta imediatamente”, diz Rafael Santana – Diretor de Desenvolvimento de Sistemas da Cielo.

Segundo Rafael, o sistema de segurança pode identificar tanto um volume muito grande de compras, mas dentro do padrão de consumo, quanto uma compra em um valor muito alto fora do valor médio gasto pelo cliente. 

A orientação da Febraban é ativar os avisos por SMS ou por e-mail de cada transação realizada com o cartão. Isso ajuda a identificar com rapidez uma transação fraudulenta.

Pagamento por aproximação

O uso do pagamento por aproximação ainda não é tão popular e gera uma certa desconfiança, mas pode ser uma alternativa segura para fazer transações.

“O pagamento por aproximação é uma transação muito segura, assim como no uso de um cartão com chip com aprovação por senha”, diz o diretor da Cielo.

Rafael ressalta que o uso de formas de pagamento por aproximação por celular, cartões e até por smart watch garante que o usuário não perca o contato físico e visual do dispositivo de pagamento, isso porque transações de até R$ 50 não exigem a senha apenas o contato com a maquininha.

Leia mais:  Mulher tem carro roubado e ainda precisa ensinar assaltante a dar partida no veículo

“Todas as formas de pagamento digital são seguras, mas é importante ficar atento para não cair em golpes. Se o cartão não passar de primeira e o vendedor insistir para passar outras vezes, mesmo colocando a senha correta, desconfie que algo está errado”, orienta o especialista.

Cuidado com o roubo de celular

Os celulares também são alvos de criminosos durante o Carnaval e muitas pessoas se preocupam em ligar apenas para a operadora e para o seguro, mas esquecem de avisar o banco. 

Outras usam o aplicativo do banco no celular e podem deixar senhas salvas no aparelho para facilitar o acesso. O conforto, porém, pode significar prejuízos financeiros se o criminoso encontrar senhas e logins no aparelho.

“É importante que a pessoa entre em contato com o banco para comunicar o roubo do celular assim que perceber que não está mais com o aparelho. Assim, a instituição financeira bloqueará a conta e impedirá que os bandidos realizem qualquer operação”, explica Volpini.

Em caso de roubo, perda ou extravio do cartão, ligue para a Central de Atendimento do banco e solicite o cancelamento. Em caso de roubo, também é ncessário fazer um boletim de ocorrência em uma delegacia.

publicidade

Segurança

Guarda municipal de Vitória é preso por furtar picanha e chocolate suíço em supermercado na Serra

Publicado

Inspetor foi pego no estacionamento com itens importados escondidos em uma bolsa

Um inspetor da Guarda Municipal de Vitória foi preso na tarde desta terça-feira (09) por furtar produtos importandos num supermercado no Parque Residencial Laranjeiras, na Serra. Por meio das câmeras de vídeo, ele foi flagrado depositando sorvetes americanos, chocolates suíços e uma peça de picanha numa bolsa, enquanto circulava pelos corredores, como um cliente habitual. 

Segundo a assessoria do supermercado, ele foi abordado pelos seguranças particulares quando saiu da área de compras e estava no estacionamento se preparando para deixar o local.

A Polícia Militar foi acionada e o inspetor foi levado para a Delegacia Regional da Serra, onde a ocorrência está em andamento. Ele entregou, ainda, uma pistola, que utiliza em seu serviço. 

Numa pesquisa de preços no site do supermercado, é possível constatar que os produtos que o homem furtou totalizam uma compra de R$ 600. 

O inspetor recebeu R$ 7 mil de salário em julho. 

Prefeitura de Vitória afasta o inspetor por 120 dias

Por meio de nota, a Prefeitura de Vitória informou que o inspetor foi afastado de suas funções por 120 dias e foi aberto um processo administrativo disciplinar para apuração dos fatos, com ampla defesa e o devido processo legal.

Leia mais:  Espírito Santo fecha primeiro semestre com 8,8% de redução de homicídios

Ressalta ainda que os fatos narrados não representam a postura dos agentes da Guarda Civil Municipal de Vitória, instituição que goza de credibilidade e que tem prestado relevantes serviços à sociedade capixaba.

Continue lendo

Segurança

Homem morto no Terminal de Campo Grande era detento do semiaberto

Publicado

David Aguiar dos Santos, de 39 anos, foi morto a tiros dentro do Terminal, em um horário de intensa movimentação no local

O homem assassinado na manhã desta terça-feira (9), no Terminal de Campo Grande, no bairro Cruzeiro do Sul, em Cariacica, cumpria pena no regime semiaberto e seguia para o trabalho quando foi baleado. 

David Aguiar dos Santos, de 39 anos, foi morto a tiros dentro do Terminal, em um horário de intensa movimentação no local. Uma ambulância do Samu foi acionada, mas quando a equipe chegou, foi constatado que o homem já estava sem vida. 

Testemunhas contaram que David seguia para uma plataforma, por volta de 5h40, quando o suspeito se aproximou e efetuou os disparos. A vítima foi atingida na cabeça e não resistiu aos ferimentos. 

Mesmo com toda a movimentação, além de câmeras de videomonitoramento e seguranças, o criminoso conseguiu fugir tranquilamente. Passageiros contaram que no momento dos tiros, houve muita correria, por isso, ninguém viu o suspeito fugir. 

A esposa de David contou que, há cerca de nove meses, ele cumpria pena por tráfico de drogas. Há quatro, progrediu para o regime semiaberto e estava trabalhando como pedreiro no Quartel da Polícia Militar, em Maruípe. 

Leia mais:  Jovem de 18 anos é assassinada por engano em Cachoeiro de Itapemirim; suspeito foi preso

Por conta disso, todos os dias ele pegava ônibus no Terminal de Campo Grande. A mulher disse ainda que já imagina quem pode ter tirado a vida do esposo. 

O corpo de David foi levado para o Departamento Médico Legal, em Vitória. A polícia fez buscas na região, mas nenhum suspeito foi localizado.

No Terminal, há várias câmeras de videomonitoramento que podem ajudar a identificar o atirador. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cariacica vai investigar o caso.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana