conecte-se conosco


Política e Governo

Crefes entrega 686 cadeiras de rodas em quatro meses

Publicado

A Secretaria da Saúde (Sesa) manteve diversos serviços para a população, mesmo durante o período de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Respeitando as normas de prevenção para evitar o contágio da doença, o Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (Crefes), em Vila Velha, permanece com os atendimentos e entregas de materiais.

Entre os meses de março a julho deste ano, 686 pacientes receberam cadeiras de rodas e/ou cadeiras de banho. Outras 188 pessoas foram contempladas com órteses e/ou próteses e 198 Aparelhos de Amplificação Sonora Individual (AASI).

Além disso, mais de 3 mil pessoas foram atendidas na unidade, recebendo auxílio em diversas especialidades como reabilitação física em traumato-ortopedia; aplicação de Toxina Botulínica; reabilitação física em neuro adulto; além de atendimentos na sala de curativos e ambulatório.

Em cinco meses de pandemia, mais de 400 pacientes realizaram exames audiológicos no Crefes, 539 pacientes passaram por consultas com otorrinos e 426 tiveram seus AASI ajustados ou revisados.

Também foram implantados teleatendimento e videoatendimento no setor de reabilitação física em neuro adulto. Ao todo, mais de 200 pessoas foram assistidas por meio desse método.

O diretor da unidade, César Calmon Pitanga, destaca que a permanência dos serviços neste momento de pandemia é fundamental para não deixar os pacientes desassistidos, mantendo o tratamento e evolução de cada um progressivamente.

“Todos os atendimentos estão sendo realizados dentro das normas de combate ao novo Coronavírus. Pacientes e profissionais utilizam máscaras, higienizam as mãos corretamente com sabão e álcool e todos os equipamentos são esterilizados frequentemente. Esses protocolos são fundamentais para cuidar da saúde de todos”, disse o diretor.

Pitanga relata ainda que os pacientes que apresentam algum sintoma respiratório recebem orientações para manter o isolamento domiciliar e o atendimento é remarcado. “Priorizamos agendar atendimento presencial com aqueles que não possuem comorbidade. Essa ação foi necessária para preservar a saúde de pacientes e profissionais envolvidos. Vale destacar que  todos que não foram atendidos por algum motivo, tiveram suas consultas remarcadas e serão atendidos posteriormente”, afirmou.


Serviços

O Crefes é referência estadual na concessão de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, próteses auditivas e mamárias, na realização de exame de Eletroneuromiografia, em Distonias e Espasticidades (Toxina Botulínica) e Medicina Física e Reabilitação.

Além disso, o Centro conta com a Unidade de Trabalho de Internação, com 29 leitos, onde os pacientes ficam de segunda-feira a sexta-feira para realizarem as atividades de reabilitação.

As especialidades ofertadas são: Fisiatria, Ortopedia, Neurologia, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Clínica Geral, Urologia, Pediatria, Radiologia, Cirurgia Plástica, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Psicologia, Serviço Social, Nutrição, Enfermagem e Educação Física.

Leia mais:  Fundação iNOVA Capixaba assume o Hospital Estadual Central
publicidade

Política e Governo

Estado começa a receber compensações da Lei Kandir

Publicado

O Governo do Estado recebeu, nesta quarta-feira (20), R$ 115 milhões do Governo Federal a título de compensação pela Lei Kandir. Este pagamento é relativo ao ano de 2020 e a expectativa é que ainda este mês chegue a parcela que diz respeito a janeiro de 2021, equivalente a R$ 11,99 milhões.

Ao longo de 2021 o Estado deve receber R$ 144 milhões. Desse total, cerca de R$ 108 milhões (75%) ficam com o Governo do Estado e R$ 36 milhões (25%) vão ser divididos com as administrações municipais, seguindo o Índice de Participação dos Municípios (IPM).

De acordo com a Lei Complementar 176/20, entre 2020 e 2037 o Governo Federal irá repassar R$ 58 bilhões para estados e municípios para compensar as perdas por desoneração de exportações. Dos R$ 58 bilhões, R$ 4 bilhões serão entregues a cada ano entre 2020 e 2030. De 2031 a 2037, os valores vão diminuindo R$ 500 milhões ao ano.

O secretário de Estado da Fazenda em exercício, Bruno Pires Dias, destaca a importância desse ressarcimento feito pelo Governo Federal. “A Lei Kandir gerou um grande débito da União para com os Estados. A compensação que começa a ser paga pelo Governo Federal põe fim a uma situação que se arrasta por décadas”, avalia.

Leia mais:  Vídeo marca o 13° Lançamento da Colheita do Café no Espírito Santo
Continue lendo

Política e Governo

Governo do Estado inaugura novo acesso à região de Santo Antônio pela Segunda Ponte

Publicado

Atenção motoristas que chegam a Vitória pela Segunda Ponte: A região ganhou um novo acesso para a região de Santo Antônio. Foi liberado nesta quarta-feira (20) o trânsito de uma nova pista na descida da ponte. Antes o motorista precisava acessar a Ponte Seca para fazer o retorno para Santo Antônio. Com a liberação da nova pista, os motoristas já podem fazer o retorno acessando a nova alça, já na descida da Segunda Ponte, pela faixa da esquerda.


As intervenções fazem parte das obras do Portal do Príncipe que estão em andamento na Capital e atualmente contam com diversas frentes de trabalho, avançando dentro do cronograma e sem a necessidade de interdição de vias nos horários de pico. Um muro está em fase avançada de construção na área desapropriada ao lado da Avenida Alexandre Buaiz. Ele servirá de sustentação para as novas faixas que serão implantadas na avenida, dobrando a capacidade da via.


As obras do Portal do Príncipe são um conjunto de intervenções viárias que vão melhorar o trânsito na chegada à Capital pela Segunda Ponte. Ao todo, o investimento será de R$ 42 milhões. O prazo para execução das obras termina em novembro deste ano. A área do Portal é de 95.674 metros quadrados.

Durante a liberação do novo acesso, o governador Renato Casagrande destacou que a intervenção vai repercutir positivamente na redução do gargalo no trânsito da região.

“Estamos abrindo esse acesso direto para as regiões de Santo Antônio e São Pedro. Já ficou muito bonito até aqui, qualificando uma parte das obras do Portal do Príncipe, que já está com 40% das intervenções concluídas. Vamos ampliar de duas para seis faixas na Avenida Alexandre Buaiz, dando fluxo a quem vem de Vila Velha e Cariacica, reduzindo o gargalo que temos todas as manhãs logo cedo. Também vamos qualificar toda essa região, com a implantação de áreas de lazer e esporte para que a comunidade possa desfrutar e conviver entre si. Teremos um ambiente muito melhor para quem chega a Vitória e para quem mora aqui”, afirmou Casagrande.

O Portal do Príncipe é uma das obras prioritárias do Governo do Estado na área da mobilidade e vai beneficiar tanto quem chega a Vitória via Segunda Ponte quanto a comunidade que mora ou frequenta a região.

Além da implantação e alargamento de vias, as obras contemplam também uma reconfiguração urbanística do local, com uma nova iluminação, implantação de praças, quadras poliesportivas, parquinho, academia ao ar livre etc. Também serão realizadas melhorias nos acessos e saídas do Porto de Vitória.

Melhorias previstas:

Leia mais:  Pazolini lidera 2º turno em Vitória diz pesquisa

– Implantação e alargamento de vias;
– Implantação de rede subterrânea de cabeamento;
– Nova iluminação pública;
– Pavimentação e drenagem;
– Nova sinalização de trânsito com instalação de semáforos inteligentes, para a melhor fluidez do trânsito;
– Melhorias nos acessos e saídas do Porto, permitindo a operação 24 horas;
– Ponte Seca passa a ser exclusiva para pedestres;
– Novas calçadas e ciclovias;
– Urbanização de áreas remanescentes, com a implantação de quadras poliesportivas, pista de skate, áreas de lazer, parquinho, academia ao ar livre, bicicletário, pista de caminhada, sanitários e uma nova urbanização.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana