conecte-se conosco


Cidades

Cronograma do Fonplata é apresentado em Assembleia Popular

Publicado

A vinda de uma equipe do Fundo de Desenvolvimento Fonplata e o cronograma do workshop para o início de obras do Programa de Requalificação Urbana em Vila Velha foram apresentados durante a tradicional Assembleia Popular, ocorrida nesta segunda-feira (10). O encontro com a comunidade foi realizado no Centro de Capacitação e Complementação (Titanic), na Praça Duque de Caxias, Centro.

 O prefeito Max Filho, ao lado do vice-prefeito Jorge Carreta, destacou que nos dias 29 e 30 de dezembro, o Executivo Municipal firmou contrato de financiamento no valor de U$ 27,6 milhões (mais de R$ 110 milhões) com o Fonplata, para investimentos em infraestrutura e melhorias ambientais em regiões da cidade.

“Serão obras em 30 bairros e mais a implantação de quatro parques na cidade”, frisou o prefeito, que ainda lembrou da primeira vez que assumiu a Prefeitura de Vila Velha, em 2000, e lutou para conseguir um financiamento para melhorias no bairro Dom João Batista.
 
“Quando assumi a Prefeitura, Vila Velha estava entre os 126 municípios brasileiros que iriam receber recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento, no programa Habitar Brasil. Antes da minha posse, o antigo prefeito assinou um convênio em que Vila Velha estava renunciando o programa Habitar Brasil. Eu só descobri isso depois de quase três meses na Prefeitura e fiquei sem chão. Na época, Max Mauro era deputado federal e reunimos os deputados”, contou.

O prefeito ainda acrescentou que, depois de muita luta, conseguiu, junto com a comunidade, reaver os recursos. “Dos 126 municípios que estavam contemplados no Habitar Brasil, apenas 20 executaram as obras. E dentro destes, Vila Velha foi contemplado. E foi na raça”, ressaltou. Assim, “o programa do Fonplata não é o projeto do prefeito Max Filho, tem que ser um projeto da cidade de Vila Velha”, afirmou o prefeito.

O secretário municipal de Planejamento e Projetos Estratégicos (Sempla), Ricardo Ferreira dos Santos, apresentou o cronograma de trabalho conjunto entre a instituição financeira e o município. “O contrato de financiamento vinha sendo trabalhado desde junho de 2017. Levamos 30 meses para conseguir realizar esta importante operação de crédito, envolvendo pavimentação, drenagem vias, abrigo de ônibus, calçadas, ciclovias e outras melhorias urbanas, além dos parques, para que tenham condições de terem uma visão física do território de Vila Velha”.

O presidente do Centro Comunitário de Santa Paula I, Adir Barbosa, utilizou a tribuna para vibrar com obras para o bairro. “Minha comunidade de Santa Paulo I tem mais de 30 anos e nunca em nenhuma gestão contemplou com nenhuma obra nessa magnitude. Os moradores estão ansiosos e felizes em saber que seremos contemplados já de início em seis ruas, com drenagem e pavimentação em nossa comunidade que vai melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, contou.
Como de costume, durante a reunião, outros moradores e lideranças comunitárias de vários bairros de Vila Velha registraram suas demandas.

Leia mais:  EDP investe R$ 30 milhões em duas novas subestações de energia em Domingos Martins e Santa Isabel
publicidade

Cidades

Adolescente é resgatado de helicóptero após ter pulmão perfurado por galho de árvore

Publicado

O menino e o pai faziam a poda de uma árvore no sítio da família, em Laranja da Terra, interior do Espírito Santo, quando o acidente aconteceu

Um adolescente de 16 anos foi resgatado por um helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar (Notaer) após ser atingido por um galho de árvore e ter o pulmão perfurado e as costelas quebradas.

O acidente aconteceu na manhã deste sábado (23) em Laranja da Terra, interior do Estado. Em 25 minutos, a aeronave levou o menino para o Hospital São Lucas, em Vitória, onde ele está internado.

Eles preferiram não gravar entrevista, mas contaram que o adolescente e o pai acordaram cedo e foram cortar os galhos de uma árvore no sítio da família. Durante a poda, um galho caiu em cima do menino.

Segundo informações da polícia, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez os primeiros atendimentos ao adolescente e acionou o transporte aéreo logo em seguida.

O Major Pablo afirmou que acionar o Notaer reduziu o tempo de deslocamento até o hospital: “Um trajeto que uma ambulância demoraria entre 3 a 4 horas para realizar, o helicóptero fez em 25 minutos”.

Ainda segundo a família, as primeira informações da equipe médica do hospital são de que o menino está na chamada “sala de choque” para se recuperar do trauma.

Leia mais:  Setor de oncologia do Hospital Infantil de Vitória em novo espaço
Continue lendo

Cidades

Carro vai parar embaixo de caminhão em Nova Venécia

Publicado

Neste sábado (23), por volta de 11h15min, um acidente foi registrado na rotatória da Avenida Guanabara, em Nova Venécia.

Um veículo, Fiat Strada HD WK, de cor prata, registrado em Vila Pavão, desceu o morro que fica ao lado do posto de gasolina e descontrolado bateu na carroceria de um caminhão.

Com o impacto, o para-choques que fica na traseira do caminhão foi arrancado.

No Fiat Strada estava apenas a motorista que sofreu ferimentos em uma das mãos.

Por sorte não havia ninguém no carona, parte que ficou completamente destruída.

A motorista do Fiat Strada, em estado de choque, não soube explicar o que aconteceu.

Leia mais:  Projeto de formação de lideranças jovens em MG e no ES está com inscrições abertas
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana