conecte-se conosco


Segurança

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

Publicado

A situação de vulnerabilidade social que cerca muitas das mulheres custodiadas em unidades prisionais do Espírito Santo foi um fator decisivo para a oferta de um curso que trabalhará a temática da violência contra mulher. Através da parceria da prefeitura de Cariacica com a Secretaria da Justiça (Sejus), serão ofertadas 200 vagas para internas do regime provisório do Centro Prisional Feminino de Cariacica.

O objetivo é abordar com este público as formas de violência doméstica e familiar e disseminar as ferramentas e meios que ajudam no combate e garantem o atendimento em caso de violação de direitos.

A diretora da unidade, Graciele Sonegheti Fraga, ressalta que essa formação será importante na conscientização de que a violência não pode ser aceita.

“Cada uma dessas mulheres tem uma história de vida: muitas foram agredidas, insultadas. Queremos que, através desse curso, vejam que ao sair daqui elas têm oportunidades e meios para serem capazes e autossuficientes se agregarem esse conhecimento às oportunidades de estudo, trabalho e qualificação que já temos na unidade”.

Para o vice-prefeito do município, Nilson Basílio, levar a capacitação à unidade é um modo de executar a política pública de segurança.

“Cada vida vale. É preciso a coragem de notificar as ocorrências, pois é através desses dados que podemos desenvolver projetos que levem informação e direitos à nossa comunidade.  A segurança se faz a partir de políticas públicas que incluam também a promoção e defesa da mulher, educação, cultura, saúde. Estamos aqui hoje dando nossa contribuição e precisamos que vocês se apropriem e compartilhem esse conhecimento” destaca o vice-prefeito.

A empresa A & F Global Service, contratada pelo município, será responsável por ministrar a formação. Serão oferecidas 200 capacitações ao longo do mês de janeiro na unidade, com carga horária de 40 horas.

Representantes da Comissão da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ES) e do Conselho Municipal da Mulher e dos Direitos Humanos também estiveram presentes e participaram da aula inaugural, realizada na manhã da última segunda-feira (06).

Leia mais:  Homem que estuprou e engravidou sobrinha de 10 anos no ES é condenado a 44 anos de prisão
publicidade

Segurança

Motorista morre carbonizado em grave acidente na BR-101

Publicado

Outras duas pessoas foram socorridas com ferimentos e encaminhadas ao hospital

Um motorista morreu e outros dois ficaram feridos em um grave acidente seguido de incêndio na madrugada deste domingo (24), no km 339 da BR-101, em Guarapari .

A colisão envolvendo um carro, um caminhão e uma carreta aconteceu por volta de 01h.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista do Corolla teria tentado fazer uma ultrapassagem na curva e colidiu de frente com a carreta, atingindo também um outro caminhão que tentava ultrapassar. Diante disso, os três automóveis pegaram fogo.

O motorista do Corolla morreu no local, carbonizado. Os outros dois condutores dos caminhões, segundo o Corpo de Bombeiros, foram socorridos para unidades de saúde de Cachoeiro de Itapemirim e para a UPA de Guarapari.

Em nota, a Polícia Civil informou que não houve conduzidos à Delegacia Regional de Guarapari, envolvidos no acidente. O fato seguirá sob investigação da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Guarapari.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado para os familiares e para ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte.

Por conta do acidente, a pista foi interditada nos dois sentidos durante a madrugada.

 

Leia mais:  Comerciante é salvo de ser baleado por panela

Continue lendo

Segurança

Suspeito de homicídio na Bahia é preso enquanto trabalhava no Aeroporto de Vitória

Publicado

O homem responde pelo crime de homicídio qualificado na cidade de Teixeira de Freitas

A Polícia Federal prendeu, na noite de sexta-feira (22), um foragido da Justiça da Bahia que estava trabalhando em obras na área do Aeroporto de Vitória.

O homem responde pelo crime de homicídio qualificado na cidade de Teixeira de Freitas. Por conta disso, havia um mandado de prisão preventiva decretado contra ele. 

A Polícia Federal informou que faz verificações de antecedentes criminais das pessoas que atuam nas áreas controladas do aeroporto da capital capixaba.

O foragido havia sido contratado dois dias antes. Ele não resistiu à ordem de prisão dos policiais e disse: “Vocês me acharam, né?”. 

Se condenado pelo Tribunal do Júri, o homem pode receber uma pena de até 30 anos.

A equipe de reportagem entrou em contato com a Zurich Airport Brasil, que administra o Aeroporto de Vitória, para saber como aconteceu a contratação do suspeito, mas ainda não obteve retorno. 

O posicionamento será acrescentado assim que for enviado. 

Leia mais:  Comerciante é salvo de ser baleado por panela
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana