conecte-se conosco


Cidades

Cursos on-line orientam profissionais do turismo sobre alternativas durante a pandemia

Publicado

Iniciativa busca ajudar no fortalecimento dos negócios ligados à cadeia produtiva do turismo na bacia do rio Doce

Empreendedores e trabalhadores do setor do turismo com atuação em municípios mineiros e capixabas impactados pelo rompimento da barragem de Fundão, (MG) terão acesso gratuito a capacitação, por meio de cursos on-line gratuitos. O objetivo é orientá-los a encontrar e construir alternativas para enfrentar o atual momento de pandemia, assim como retomar as atividades quando esse período passar, por meio do desenvolvimento de negócios locais.

Os cursos à distância abordarão os seguintes temas: Turismo e Competitividade, Comunicação e Marketing Digital e Plano de Negócio e Gestão Financeira. Cada curso terá dez videoaulas, que serão disponibilizadas por meio de uma plataforma de educação a distância durante três meses. O acesso às aulas pode ser feito por celular, computador ou tablet.

“Os cursos são oportunidades para os empreendedores realizarem capacitações, acessarem informações novas, trazê-las para dentro do empreendimento e ampliarem a visão do negócio e as formas de gestão”, diz Regiane Assis, analista do Programa de Promoção da Recuperação da Qualidade de Vida e Turismo.

Leia mais:  Jaguaré: Secretaria municipal de educação relata inicio das aulas presenciais

A iniciativa, que faz parte do Projeto de Desenvolvimento do Empreendedorismo Turístico da Fundação Renova, tem como público-alvo empreendedores e funcionários de hotéis, pousadas, agências, bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de produtos artesanais, ateliês e comércios nos municípios ao longo da bacia do rio Doce. Pessoas interessadas no setor também poderão se inscrever.

“Queremos alcançar os empreendedores e seus funcionários, mas as pessoas que não são da área e têm interesse em se capacitar para, futuramente, ingressar na cadeia produtiva do turismo também são bem-vindas”, afirma a analista. 

Inscrições 

As inscrições para os cursos estão abertas no endereço www.vianadepaula.com.br. Para assistir às aulas, o participante deve acessar o site, fazer o cadastro e preencher o formulário. 

Ao longo dos três meses em que os cursos ficarão disponíveis na plataforma, o participante poderá realizar todas as capacitações ou somente aquelas que forem de seu interesse. A partir do momento em que cada curso é iniciado, o aluno terá 10 dias para assistir às aulas e ter acesso ao certificado. 

Leia mais:  REVSOL: Jaguaré recebe a primeira remessa do material no centro de distribuição

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

publicidade

Cidades

Jaguaré dá início a obras de equipamentos da Assistência Social

Publicado

Obras de reforma do Creas no bairro já foram iniciadas; construção do Cras começa em poucos dias

A Prefeitura de Jaguaré, por meio da Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Segurança Pública, iniciou obras de reforma do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social e vai iniciar, em breve, a construção da nova sede do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, no Bairro Seac.

As obras do Creas já estão em andamento e a construção do Cras começa nos próximos dias. Elas estão avaliadas em 2.200.0000 (dois milhões e duzentos mil reais) e, ao final das intervenções, os equipamentos atenderão aproximadamente 10.000 (dez mil) pessoas englobando os bairros Seac, Novo Tempo, Novo Horizonte, Irmã Tereza, Residencial Seac, Trevisan, Clubinho e as comunidades da Japira e do Córrego da Abóbora.

O objetivo é promover a organização e articulação das unidades da rede socioassistencial e de outras políticas. Assim, o município vai possibilitar o acesso da população aos serviços, benefícios e projetos de assistência social, se tornando uma referência para a população local e para os serviços setoriais.

Leia mais:  Jaguaré: Secretaria municipal de educação relata inicio das aulas presenciais

O Cras e o Creas auxiliam famílias e indivíduos em situação grave de proteção, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família/Auxílio Brasil e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Continue lendo

Cidades

Ranking Internacional: Vila Velha é a mais transparente da Grande Vitória

Publicado

Vila Velha é a cidade líder da Grande Vitória em transparência pública e governabilidade. O dado é da ONG Transparência Internacional, que avaliou todos os 78 municípios do Espírito Santo no Ranking Capixaba de Transparência e Governança Pública 2022, lançado nesta terça (5).

Vila Velha é o 2º lugar geral no Espírito Santo com 95,73 pontos. O município está entre os poucos com nota considerada ótima.

O objetivo é estimular essas prefeituras a melhorarem suas agendas de transparência, participação cidadã, abertura de dados, transformação digital, acesso à informação e combate à corrupção.

A escala do ranking vai de 0 a 100 pontos. A nota 0 (péssimo) significa que a prefeitura é avaliada como fechada à participação da sociedade e 100 (ótimo) indica que ela oferece alto grau de transparência e participação social.

Para se chegar ao resultado, foram avaliados os portais de transparência e sites oficiais das prefeituras capixabas, usando metodologia da Transparência Internacional – Brasil, com o objetivo de oferecer um instrumento adicional para que a sociedade, a imprensa e os próprios órgãos de controle tenham acesso à informação e monitorem as ações do poder público na promoção da transparência, da participação social e no combate à corrupção.

Leia mais:  Boa Esperança confirma primeiro óbito por coronavírus no município

O prefeito Arnaldinho Borgo disse que o município deu um salto em transparência pública e isso mostra o nível de comprometimento e respeito não só com os recursos, mas mostra para os munícipes e órgãos de controle como esses recursos voltam à sociedade. 

“Em 2020 estávamos em 23º lugar, chegamos ao 3º em 2021 e já estamos melhor colocados na avaliação da Transparência Internacional. Ou seja, Vila Velha bem avaliada por órgão internacional, se destacando e caminhando para a 1ª colocação na avaliação oficial do Tribunal de Contas, previsto para ser divulgado no próximo mês de agosto. Esse dado é muito importante, fruto de muito trabalho da nossa equipe qualificada”, avalia o prefeito Arnaldinho Borgo. 

O secretário de Controle e Transparência, Otávio Postay, ressalta que “o resultado positivo reflete o conjunto de várias ações internas voltadas para o desenvolvimento de uma gestão pública transparente, que oferece informações à sociedade, permitindo ao cidadão colaborar no controle das ações do governo e se os recursos públicos estão sendo usados como deveriam”.

Leia mais:  Coronavírus: Cafeicultores adotam medidas de prevenção no campo

Confira aqui o ranking completo com as notas dos municípios capixabas.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana