conecte-se conosco


Mundo Cristão

Desafio de ler a Bíblia toda em 42 dias conquista participantes de todo o Brasil

Publicado

Jovens lerão do Gênesis ao Apocalipse em menos de dois meses

Começa em 1º de janeiro a 12ª edição do desafio para ler a Bíblia completa em 42 dias. Promovido pelo pastor Ivan Junio, líder da Comunidade das Nações em Santa Maria, em Brasília (DF), o desafio tem atraído jovens de várias partes do país.

“São vários testemunhos, várias experiências. Tem sido um tempo transformador, muito precioso, esse projeto que Deus nos deu de ler a bíblia em 42 dias. É imersão, é consagração é entrega ao Senhor”, disse o pastor ao site Relevante News.

Mas além da leitura da Bíblia, outros propósitos serão lançados ao longo dos 42 dias de campanha, incluindo orações diárias, reuniões de leitura e leitura da Bíblia em locais públicos.

Através do site da Rede Insana é possível conhecer mais sobre o desafio que oferece prêmios a quem mais se envolver com o projeto. Para tanto é necessário se inscrever no site para receber o plano de leitura e outros orientações sobre o propósito.

Leia mais:  Psicóloga cristã alerta: ‘Criança sem limite pode se tornar problemática e adoecida’

Para 2020 a campanha visa incentivar a leitura da Bíblia impressa. “Não se trata de um pecado usar a Bíblia em dispositivos eletrônicos, mas sentimos que não podemos desprezar os marcos estabelecidos por nossos antepassados de carregar, portar, ler, marcar, grifar as páginas de uma Bíblia impressa”, diz a nota oficial no site do desafio.

Para se cadastrar e participar desta campanha acesse o pareceinsanidade.com.br/desafio42dias/.

publicidade

Mundo Cristão

Idosos que têm vida de oração sentem maior bem-estar, afirmam pesquisadores

Publicado

As pessoas mais velhas que se sentem próximas de Deus têm uma sensação de bem-estar maior

Pessoas que envelhecem mais apegadas a Deus são mais propensas a ter uma sensação de bem-estar, segundo da Baylor University.

O estudo, publicado no Journal of Aging and Health, indica que quanto mais as pessoas oram, maior sua sensação de bem estar. Por outro lado, aqueles que se estão mais distantes de Deus não recebem o mesmo benefício.

Para o estudo, os pesquisadores definem a sensação de bem-estar com base em três pontos: otimismo, autoestima e contentamento com a vida. Eles descobriram que para todas elas, existe uma relação entre a comunhão com Deus e a oração.

“A oração pode estar associada ter a mais ou menos bem-estar, dependendo de como você percebe Deus”, disse o pesquisador Blake Kent, doutor em sociologia da religião. “Em poucas palavras, os benefícios psicológicos da oração parecem depender da qualidade do relacionamento de uma pessoa com Deus.”

O estudo de Kent e principal autor, Matt Bradshaw, Ph.D., professor assistente de sociologia na Faculdade de Artes e Ciências, descobriu que a maneira como a pessoa percebe a Deus também influencia em seu bem-estar.

Leia mais:  Instituto Escolhi Esperar recebe reconhecimento de utilidade pública

“Deus é visto como alguém que dá segurança e proteção? Então a oração parece ter um benefício positivo. Deus é visto como alguém distante, ou mesmo não confiável? Então pode ser uma história diferente”, disse Kent. 

“Quando você não consegue confiar em Deus, a oração não é associada à confiança nos cuidados Dele, mas à incerteza e ansiedade. Há uma percepção geral de que a oração é automaticamente boa para o seu bem-estar. Isso pode não ser o caso para todos, porque tal percepção pressupõe que Deus irá responder e que é confiável. Mas muitas pessoas não experimentam Deus dessa maneira”, avalia o pesquisador.

Percepção de Deus

Bradshaw e Kent analisaram dados da Pesquisa Nacional de Religião, Envelhecimento e Saúde dos Estados Unidos. Os 1.024 entrevistados tinham pelo menos 65 anos.

Bradshaw e Kent observaram que a percepção de Deus como amoroso é importante entre os idosos que lidam com problemas de saúde, discriminação por idade, perda de amigos e talvez perdas financeiras devido à aposentadoria. 

Leia mais:  Momentos de reflexão com a cantora Lauriete

Além disso, muitos idosos querem acertar as coisas e obter resolução em suas vidas pessoais com familiares e amigos, à medida que envelhecem.

“Nós argumentamos que isso também ocorre no relacionamento com Deus”, escreveram eles. “Um Deus amoroso e solidário que também é onipotente, onipresente e onisciente pode fornecer considerável conforto, segurança e resiliência aos crentes que estão se aproximando do fim de suas vidas”.

Continue lendo

Mundo Cristão

Maranata desenvolve trabalho para que pessoas com deficiência visual e auditiva conheçam a Palavra de Deus

Publicado

Com o intuito de incluir a todos durante a pregação, a Maranata tem incentivado pastores a dominarem Libras, para que assim consigam se comunicar com mais fiéis

A Igreja Cristã Maranata (ICM) tem executado um trabalho de acessibilidade que tem como objetivo assistir aqueles que têm algum tipo de deficiência, seja física, mental, intelectual ou sensorial. Com isso, a Igreja tem aberto portas para que todos estejam incluídos nos conteúdos dos ensinamentos da Palavra de Deus.

Como exemplo disso, a Maranata tem espalhado pelo Brasil diversos pastores que possuem a fluência na Língua Brasileira de Sinais (Libras) e atuam ativamente no atendimento de pessoas com deficiência auditiva e de pessoas com deficiência auditiva e visual. Além disso, os pastores também fazem cultos na linguagem de sinais e ministram as aulas dos seminários nacionais em Libras nos Maanains.

Os seminários realizados diretamente em Libras, respeitando as especificidades da língua, têm sido de grande importância para todos os participantes. E todos recebem atendimento diferenciado na sua singularidade: as pessoas com deficiência auditiva em Libras, as pessoas com deficiência visual dispõem de audiodescrição, e as pessoas com deficiência auditiva e visual são contemplados na forma da comunicação que utilizam e os ouvintes possuem o apoio da tradução para o Português.

Além desse trabalho com a interpretação de Libras para o Português e de Português para Libras, a Maranata ainda conta com a acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva que se comunicam por meio da Língua Americana de Sinais (ASL). Essa tradução ocorre da Língua Americana de Sinais para Libras e da Libras para a Língua Americana de Sinais e, em alguns momentos, com a tradução ainda para o Português oral.

Leia mais:  Momentos de reflexão com a cantora Lauriete

A ICM ainda possui o grupo de pessoas com deficiência auditiva, assim como as que possuem deficiência auditiva e visual que usam Libras em campo reduzido, repetidor oral, o que requer intérprete individual.

Assistência na pandemia

Antes da Covid-19, os cultos eram configurados presencialmente com a participação das pessoas com deficiência auditiva, porém, neste período de pandemia, os cultos passaram a ser onlines, sempre com intérprete de Libras. Apenas em março de 2022 os cultos voltaram a ser presenciais. Enquanto isso não acontecia, a igreja aumentou a produção de vídeos veiculados em suas redes sociais, além de organizar a transmissão dos cultos pela madrugada e cultos ao meio-dia pela Rádio e TV Web Maanaim, sendo necessário um reforço da equipe de intérpretes.

Nesse contexto, um grupo de intérpretes voluntários, de várias partes do país, coordenado pelo Pastor Bizio, de São Paulo, iniciou a interpretação em tempo real dos cultos das madrugadas e ao meio-dia.

Além dos intérpretes, o grupo conta com voluntários que ficam nos bastidores fazendo a transmissão e edição posterior. Há a transmissão ao vivo de um culto semanal em Libras e, ao término, assistência pastoral individual em Libras com abertura de várias salas virtuais. As pessoas com deficiência auditiva participam ativamente destes cultos cantando louvores, orando e relatando suas experiências com o Senhor.

Leia mais:  Psicóloga cristã alerta: ‘Criança sem limite pode se tornar problemática e adoecida’

Mensagem

A Igreja Cristã Maranata existe para difundir a Obra que o Espírito Santo está encarregado de realizar nesta última hora, revelando que o Senhor Jesus está vivo, manifestando a presença real de Cristo no meio da Igreja e preparando a Noiva para o arrebatamento.

Para a Maranata, o mundo vive o momento profético que precede a volta do Senhor Jesus em glória para arrebatar Sua Igreja. Não se sabe o dia, a hora, mas cabe à Igreja de Cristo discernir e anunciar os sinais dos tempos. Foi para que as pessoas pudessem entender este momento profético que o Senhor Jesus pregou sobre tantos sinais em seu Sermão Profético e no livro do Apocalipse.

Além de proclamar que o Senhor Jesus está vivo, a Igreja tem o grande dever de anunciar que Ele em breve voltará! De acordo com a Bíblia, a igreja é tida como a Noiva de Jesus, logo, seus membros estão atentos ao momento em que o Senhor voltará com candeias cheias de azeite, ou seja, com os corações cheios do Espírito Santo, porque além de terem sido batizados com o Espírito Santo, os servos fiéis do Senhor enchem-se continuamente do Espírito (Ef. 5:18-21).

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana