conecte-se conosco


Segurança

Detran-ES dá orientações para trânsito mais seguro no Carnaval

Publicado

Para garantir um trânsito mais seguro durante o período de Carnaval, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) orienta atenção aos condutores que forem pegar a estrada neste feriado, seja para curtir os locais onde há programação de Carnaval, seja para descansar nesses dias, ou mesmo para deslocamento dentro das cidades.

Para alertar os condutores e usuários das vias sobre a segurança no trânsito o Detran|ES realizará ações educativas com abordagem dos foliões em blocos programados na Grande Vitória durante o Carnaval.

O diretor geral do Detran|ES alerta para que condutores, motociclistas, ciclistas e pedestre sejam responsáveis no trânsito. “A responsabilidade pela segurança no trânsito é de todos. Por isso nossas equipes estarão presentes no Carnaval para lembrar a todos que o trânsito seguro depende de todos nós e que cada um contribua adotando comportamentos seguros e obedecendo às regras de trânsito para que tenhamos um trânsito com menos acidentes e menos mortes nesse Carnaval”, disse.

Programação das abordagens do Detran|ES:

22/02 – Banho de Mar de Fantasia – Manguinhos – Serra

23/02 – Regional da Nair – Vitória 

24/02 – Batuqdellas – Vitória

25/02 – Amigos da Onça – Vitória

 

Orientações

Para garantir a própria segurança e a de todos que circulam nas vias nesse período, o Detran|ES dá algumas orientações.

Durante a viagem, o condutor do veículo deve sempre obedecer às regras de trânsito, como a sinalização, os limites de velocidade e só ultrapassar em locais permitidos e quando houver condições adequadas. É obrigatório utilizar os equipamentos de segurança, como cinto de segurança e capacete, praticar a direção defensiva e respeitar os outros veículos e pedestres.

Caso vá transportar crianças, os responsáveis devem ter atenção especial durante o passeio. As crianças de até sete anos e meio só podem ser transportadas em cadeiras adequadas a cada faixa etária. Além disso, os adultos devem ser exemplo, usando cinto de segurança em qualquer assento do veículo, seja ele de motorista ou passageiro, inclusive, nos bancos de trás.

O diretor-geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, orienta que, enquanto dirige, o motorista deve manter toda a atenção no trânsito. “A preocupação não deve ser só com a multa, mas sim com a segurança de todos os que estão no veículo, que é o mais importante. Dessa forma, ter atenção é essencial e o condutor nunca deve utilizar o celular enquanto estiver ao volante nem ingerir bebida alcoólica para não colocar em risco a sua própria vida e a de todos os que transitam nas vias por onde ele está passando”, afirma.

Próximo aos locais onde há programação de Carnaval e intensa movimentação de pessoas, a atenção deve ser redobrada. “É importante que o condutor reduza a velocidade ao trafegar por esses locais. E a atenção ao trânsito também vale para o pedestre e para o ciclista. Todos devem adotar os comportamentos necessários para se proteger e preservar a vida do outro”, disse.

 

Manutenção do veículo

Estar com o veículo em bom estado de conservação e em condições adequadas de circulação também é fundamental para que o passeio seja feito em segurança e para evitar contratempos. Antes de seguir viagem, o motorista deve checar a condição de itens como pneus, freios, alinhamento e o sistema elétrico do automóvel.

É importante conferir, ainda, se os itens obrigatórios estão no carro, como macaco, chave de roda e triângulo para sinalização. O pneu sobressalente também deve estar em bom estado de conservação e calibrado.

Os dispositivos de segurança, como cintos, devem estar disponíveis para todos os ocupantes do veículo e não só para os passageiros da frente. E quem vai viajar com crianças deve se lembrar das cadeirinhas infantis. O capacete também deve ser utilizado por condutor e passageiro na motocicleta.

 

Documentos

Para dirigir o veículo é necessário que o condutor seja habilitado para a categoria correspondente e esteja com a sua documentação e a do veículo em dia.

É importante conferir se a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está dentro da validade e em situação regular. No site do Detran|ES, é possível fazer a consulta da CNH e também verificar pelo registro do condutor se a CNH está suspensa, cassada ou cancelada.

Para trafegar, o veículo também deve estar devidamente licenciado. No site do Detran|ES, o condutor pode consultar as informações sobre o veículo e verificar se há débitos pendentes.

Para trafegar, é necessário ter a CNH e o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) vigente em mãos para apresentar em caso de abordagem. Os dois documentos podem ser utilizados no formato digital, que tem o mesmo valor jurídico do documento físico.

Para baixar os documentos no celular é necessário fazer download do aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, disponível no Google Play e App Store e adicionar os documentos. O cadastramento pode ser realizado no próprio aplicativo. Para obter a CNH Digital, é necessário que o condutor interessado já tenha o documento de papel com o QR Code, código localizado na parte interna da carteira. Os documentos podem ser acessados pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet.

Leia mais:  Funcionários de loja são feitos reféns durante assalto no Centro de Vitória
publicidade

Segurança

Batalhão da PM em Barra de São Francisco recebe novo cão farejador para reativação da unidade K9

Publicado

A solenidade de entrega do novo cão farejador que passará a atuar no 11º Batalhão da PM em Barra de São Francisco foi realizada na sede da Companhia Independente de Operações com Cães (Cioc) na manhã desta quinta-feira (15), com a presença do comandante do CPO-E, coronel Pimenta, o comandante da CIOC, major Cardoso e o comandante-geral da PMES, coronel Caus.

Os condutores de cão farejador, subtenente Edi Carlos e o cabo Martins, acompanhados do major Jefeson subcomandante do 11º Batalhão receberam a cadela Kira. Hoje ela é uma das cadelas da PM-ES mais experientes em detecção de faro de drogas e armas e passará a integrar à unidade k9 do 11º Batalhão em substituição ao cão Jason, baixado por problemas de saúde no final do ano passado.

O Programa K9 consiste em uma estratégia de policiamento voltada ao uso do cão policial em operações para detecção de drogas e armas; atualmente 12 unidades operacionais da PM em todo o estado contam com os binômios treinados e especializados.

Leia mais:  Polícia prende suspeito de usar aplicativo para vender drogas em Vila Velha
Continue lendo

Segurança

Pescador sai para catar caranguejo e é encontrado morto em Vitória

Publicado

José Mário de Araújo era um dos pescadores mais antigos do bairro Maria Ortiz, na capital

Morreu, aos 70 anos, um dos pescadores mais antigos do bairro Maria Ortiz, em Vitória. O senhor José Mário de Araújo saiu de casa, nesta quinta-feira (16), bem cedo para catar caranguejo. Era uma prática que ele realizava desde os sete anos de idade. Como não retornou cedo, os parentes ficaram preocupados. O corpo do pescador foi encontrado por volta das 19h, pelo Corpo de Bombeiros, em uma área do mangue que fica a cerca de 30 minutos da margem.

A família contou que José Mário tinha o hábito de sair para catar caranguejo e sempre voltava para o almoço. Por volta das nove horas da manhã, uma das filhas do aposentado ligou para saber se estava tudo bem. Esse foi o último contato da família com o pescador.

A família ficou preocupada com o sumiço do idoso, o neto da vítima contou que um tio, que também é pescador, foi ao manguezal para procurá-lo. “Ele saiu à procura e nada de encontrar. Encontrou o barquinho dele a meia hora de remo e a bolsinha boiando, só que a maré estava cheia, já estava entardecendo e ele estava sem lanterna. Meu tio voltou e acionamos os Bombeiros e 19h acharam o meu avô sem vida”, contou Pablo Fernandes dos Santos.

A família contou que o idoso era acostumado com o mangue. Começou na cata do caranguejo ainda menino e era um dos pescadores mais antigos da região. “Meu avô desde os sete anos de idade faz a prática da cata do caranguejo. Era o mais antigo da cidade, 63 anos na cata do caranguejo”, disse o neto.

Os familiares não sabem o que aconteceu com o idoso, mas acreditam que ele pode ter passado mal no barco. O pescador tinha completado 70 anos no início deste mês. No último domingo, a família se reuniu para celebrar a vida de José Mário. Na ocasião, o neto aproveitou para homenagear o avô.

“Ele fez aniversário no dia 05 de abril e fizemos um bolinho para família no domingo, sem nada de aglomeração. Eu fiz uma homenagem para o meu avô, agradecendo pelo homem que foi e a criação que ele deu para a família”, disse Pablo.

José Mário era pai, avô e bisavô. Sempre tirou o sustento da cata do caranguejo. Para a família, agora fica a admiração e a saudade. “O que vale é o legado que ele deixou para nós. Toda criação, honestidade. Então é isso que a gente tem que levar para a vida. É um sentimento de tristeza, mas a gente fica feliz pela forma que ele nos criou. Foi um homem de verdade”, declarou o neto.

Leia mais:  Polícia prende suspeito de usar aplicativo para vender drogas em Vila Velha
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana