conecte-se conosco


Política e Governo

Detran oferece atendimento psicológico gratuito a vítimas de acidentes de trânsito e familiares

Publicado

Durante o período da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os atendimentos seguem de modo remoto das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Perder um familiar ou amigo em um acidente de trânsito ou mesmo ser vítima de um acidente desse tipo pode ser uma experiência difícil de superar sem uma ajuda profissional especializada. Para quem passa por esse trauma, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) oferece atendimento gratuito no serviço de Apoio Psicológico às vítimas de acidentes de trânsito e familiares.

Neste dia 27 de agosto, quando é celebrado o Dia do Psicólogo, o Detran|ES reforça a importância do atendimento especializado feito pelo órgão às vítimas de acidentes de trânsito e seus familiares, além do trabalho dos profissionais que fazem a avaliação psicológica de candidatos à Carteira Nacional de Habilitação e condutores de veículos automotores nas Clínicas credenciadas ao órgão.

Para quem já passou pelo serviço, o atendimento psicológico é reconhecido como etapa importante após o acidente. O encarregado de açougue Luiz Eduardo Maia Simões, de 37 anos, morador de Vila Velha, é um dos que buscaram o atendimento psicológico depois de sofrer um acidente de motocicleta no final do ano passado.

“Tudo o que passei depois do acidente mexeu muito com o meu psicológico, porque sou acostumado a trabalhar e me vi parado em cima da cama. Passar por essa situação afeta totalmente a sua cabeça, altera tudo na sua vida e também da sua família. Então, a ajuda psicológica é muito importante. A gente fica parado e fica pensando no que pode acontecer, se vai ficar com sequelas e, durante o atendimento, eu tenho a oportunidade de falar dos meus medos. Expor esses sentimentos ajuda bastante”, disse.

Leia mais:  Sergio Vidigal anuncia os primeiros nomes para compor gestão na Serra

Já a Ana Luiza Figueiredo de Miranda, 31 anos, do município da Serra, perdeu o enteado em um acidente. “Eu busquei o atendimento para saber como lidar melhor com a dor do meu marido, usar as palavras certas para apoiá-lo nos momentos que ele mais precisa e demonstra o seu sofrimento. Quero muito que ele também busque esse atendimento para trabalhar o luto e lidar melhor com a perda do filho”, afirmou.

A diretora técnica do Detran, Édina de Almeida Poleto, destacou a importância de buscar o apoio psicológico para superar essa difícil experiência. “O atendimento psicológico para pessoas que passam pelo trauma de perder alguém querido em um acidente de trânsito ou sofre um acidente e muitas vezes fica com sequelas é muito importante para que essas pessoas possam superar a dor da melhor forma possível e lidar com as mudanças que um acidente pode causar na vida de toda a família. Mantivemos o serviço por telefone neste período de pandemia, porque acreditamos que é importante que as pessoas não interrompam os atendimentos que já são realizados e também que aquelas pessoas que sintam a necessidade de procurar ajuda especializada busquem o serviço do Detran|ES”, informou a diretora técnica.

Leia mais:  PSB joga água na fervura após briga com petistas em grupo de conversas

Atendimento por telefone

Neste período de pandemia, para preservar a saúde de todos e evitar deslocamentos, o atendimento psicológico oferecido pelo Detran|ES está sendo feito por telefone e nos formatos chamada de vídeo ou chamada comum no WhatsApp, de acordo com a preferência do usuário. Por enquanto, os atendimentos presenciais estão suspensos devido às medidas adotadas para prevenção ao novo Coronavírus. 

 Os interessados em ter acesso ao atendimento psicológico podem entrar em contato com a psicóloga responsável pelo telefone (27) 99979-7923, de 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. Para ser atendido, é importante enviar uma mensagem por WhatsApp ou SMS informando o nome completo, data de nascimento e se é a vítima, familiar ou amigo. E, então, a psicóloga fará contato. O serviço é voltado exclusivamente para pessoas que sofreram um acidente de trânsito ou perderam um familiar ou amigo em um acidente.

Vítimas

De acordo com dados do Observatório da Segurança Pública do Espírito Santo, até julho deste ano, 393 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito no Estado, sendo que 85% das vítimas são do sexo masculino e 45,5% dos óbitos aconteceram em acidentes envolvendo motocicletas. O número representa uma redução de 17,3% em relação ao mesmo período de 2019.

Os dados do Observatório de Segurança Pública do Espírito Santo estão disponíveis aqui.

publicidade

Política e Governo

Ramalho decide disputar a Câmara Federal

Publicado

Após ser rifado pelo partido na disputa do Senado e ter desabafado que o “sistema” tinha retirado o seu sonho, o ex-secretário da Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho (Podemos) vai disputar uma vaga de deputado federal. Ele vai se somar à chapa que já tem o ex-prefeito Gilson Daniel e o vice-prefeito de Vila Velha, Victor Linhalis, entre outros.

A decisão foi divulgada em nota na tarde desta quinta-feira (11), por sua assessoria. O comunicado diz que a homologação da candidatura foi deferida pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual.

Nos bastidores, a ida de Ramalho para a chapa federal do Podemos dá mais tranquilidade aos candidatos que temiam não alcançar nenhuma das 10 vagas. Agora, os cálculos dão conta da possibilidade de conquistar até duas cadeiras, segundo analistas políticos. O Podemos faz parte da base aliada do governo e vai apoiar a senadora Rose de Freitas (MDB) à reeleição.

Leia a nota na íntegra:

“Nesta quinta-feira (11), após refletir sobre a negativa da homologação da sua candidatura ao Senado, o Coronel Ramalho, ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, decidiu continuar na disputa eleitoral de 2022, agora como candidato a deputado federal.

Sua candidatura foi homologada pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual do Podemos, que também o orientou e motivou a permanecer com seu nome à disposição da sociedade capixaba.

A decisão foi tomada após ouvir sua família, amigos e principalmente as pessoas que o incentivaram a continuar lutando por uma vaga no Congresso Nacional. A deliberação final foi pautada ainda na possibilidade concreta de ser o único candidato com experiência e propostas efetivas no campo da segurança pública.

Ramalho continuará defendendo a modernização e adequação da Legislação Penal Brasileira, que no seu entender, não atende aos anseios dos operadores de segurança pública e das famílias brasileiras, que sofrem nas mãos dos criminosos e não são devidamente alcançados e punidos”.

Leia mais:  Casagrande anuncia obras de macrodrenagem e conclusão de rodovia em Aracruz
Continue lendo

Política e Governo

Profissionais da Educação do ES vão receber bônus de até um salário a mais este mês

Publicado

Segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária)

Conforme divulgado pelo governador do Estado, Renato Casagrande, por meio das redes sociais, nesta quarta-feira (10), o “bônus desempenho”, benefício pago aos profissionais ativos da educação, referente ao exercício de 2021, será pago na folha de pagamento de agosto deste ano.

Sobre o assunto, a Secretaria de Educação (Sedu) informou, em nota, que a concessão do bônus por desempenho para profissionais ativos da Educação é um direito e um reconhecimento do trabalho dos professores e servidores, regulamentado pela Lei Complementar nº 504 e pelo Decreto nº 2761-R, alterado pelo Decreto 3949-R e Lei Complementar 887, que concede aos profissionais ativos no âmbito da Secretaria da Educação (Sedu), sendo que o período de avaliação é de acordo com o calendário escolar.

Leia mais:  Sergio Vidigal anuncia os primeiros nomes para compor gestão na Serra

Também segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária). Ao todo, serão beneficiados 12.975 profissionais neste ano.

A bonificação é concedida anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu e é calculada com base em indicadores coletivos e individuais. Desse modo, o profissional pode receber até um salário a mais, conforme os resultados apurados pela unidade de ensino onde exerce suas funções.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana