conecte-se conosco


Mundo Cristão

“Deus sabia que você iria errar, mas Ele preparou uma solução: Jesus”, lembra pastor

Publicado

O pastor Joel Engel lembrou sobre o plano de Deus desde antes da criação do mundo, pelo sacrifício do Cordeiro

Em uma série de mensagens sobre a graça, o pastor Joel Engel lembrou sobre o plano de Deus desde antes da criação do mundo, através do sacrifício do Cordeiro.

“Antes de criar você, Deus sabia que você iria errar e pecar, mas Ele preparou uma solução: Eu vou mandar minha graça”, afirmou Engel.

O pastor lembra da história de Moisés, que foi chamado por Deus para tirar o povo hebreu da escravidão do Egito. Moisés ficou temeroso diante do chamado, mas foi incentivado pela Palavra de Deus

“Deus o incentivou e o mandou levar ao povo a primeira promessa, que está em Êxodo 3:21-22: ‘Eu darei graça a este povo aos olhos dos egípcios; e acontecerá que, quando sairdes, não saireis vazios’”, destacou Engel. 

O versículo continua: “Cada mulher pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda jóias de prata, e jóias de ouro, e vestes, as quais poreis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas; e despojareis os egípcios.”

Segundo o pastor, essa é a primeira bênção que Deus dá quando tira alguém do Egito: uma graça que enriquece. “As mulheres do Egito andavam com as jóias mais caras do mundo e Deus as deu para suas filhas. Que Deus maravilhoso, que pensa nas roupas para os meus filhos e nas jóias para as mulheres. Deus pensa nos detalhes”, disse.

Leia mais:  Morre apóstolo Fernando Guillen, vítima da Covid-19

No entanto, o pastor lembra que a graça é um favor imerecido de Deus: “Eu tenho aquilo que Deus quer que eu tenha e recebo aquilo que Deus quer que eu receba.”

Chaves de Deus

Qual a chave para que essa benção de Deus se manifeste na vida de seus filhos? Engel explica que a primeira promessa foi que o povo sairia de “mãos cheias”, mas isso exigiu antes um mandamento: “o sacrifício de um cordeiro para cada família.” (Êxodo 12:1-3)

Naquele momento, o pastor explica que Deus virou uma chave. Êxodo 12:2 diz que no mês de Nisan (equivalente a setembro em nosso calendário), foi estabelecido “o primeiro mês do ano.”

“Já havia um calendário em andamento, mas naquele momento Deus ordenou que se iniciasse um novo calendário. Deus pode começar um novo calendário em sua vida, um novo tempo”, declarou. “Você deve acordar diariamente com essa expectativa: pode ser hoje o novo dia.”

O pastor continua: “Deus se dá ao luxo de dar luxo para quem está no lixo. Quem vai contestar? É um decreto e Ele dá para quem quer.”

O cordeiro é a mensagem de Deus

Apocalipse 13:8 diz que “o Cordeiro foi morto desde a fundação do mundo”. O que há de especial nisso? O pastor Joel Engel ensina que a resposta está no princípio.

Leia mais:  Família cita intervenção divina ao escapar de incêndio na casa após toque misterioso da campainha

“Antes de Deus criar o tempo e dizer haja luz, Ele sacrificou o cordeiro. Isso mostra que antes de começar qualquer coisa, Deus separou o cordeiro. O cordeiro é uma mensagem de Deus ilustrada”, afirma.

O pastor faz um paralelo a Abraão, que obedeceu a direção de Deus e apresentou seu filho para ser sacrificado. Por causa de sua obediência, Deus entregou um carneiro — ou seja, um cordeiro adulto — para ser sacrificado no lugar de Isaque.

“Quando Deus dá um cordeiro para resgatar Isaque, Ele passa a ser seu dono. O que aconteceu com você quando Deus entregou um cordeiro para te resgatar? Você se tornou filho de Deus”, destaca o pastor.

“A graça nasce a partir do momento em que o cordeiro é sacrificado. Quando Deus dá o cordeiro antes da fundação do mundo, isso é graça, é favor imerecido. Antes de criar você, Deus sabia que você iria errar e pecar, mas Ele preparou uma solução: eu vou mandar minha graça”, afirmou.

Por fim, Engel conclui: “Em todo o Velho Testamento, a graça veio através da figura de um cordeiro. Mas no Novo Testamento, quando João Batista viu Jesus, ele declarou: ‘Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo’. O cordeiro agora é uma pessoa. Ele tem pés, mãos e um coração cheio de amor para dar a nós.”

Veja a pregação completa:

publicidade

Mundo Cristão

Renomado cientista admite que a ciência não preenche “o vazio em nosso coração”

Publicado

Para quem se dedica a conhecer um pouco do mundo científico atual, não é mais novidade o fato de que a ciência, por si mesma, não traz respostas aos maiores dilemas da vida humana. Essa realidade também foi constatada pelo renomado cientista aeroespacial romeno, Dragos Bratasanu.

O “Dr. Dragos”, como é mais conhecido, já foi nomeado para o prêmio MIT Innovators Under 35 como uma das “mentes mais brilhantes da Europa”. O seu sucesso no mundo científico, contudo, não foi suficiente para preencher “o vazio” em sua vida.

Mesmo sendo um destaque na National Geografic por sua pesquisa junto à NASA (Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço), o cientista se viu mergulhado em uma depressão que lhe fez rever todos os seus conceitos sobre o sentido da vida.

“A dor era tão intensa que peguei meu travesseiro e clamei a Deus do fundo do meu coração: Se você é real, eu preciso de você agora”, disse ele em uma entrevista à CBN News.

Leia mais:  Família cita intervenção divina ao escapar de incêndio na casa após toque misterioso da campainha

Busca por sentido

A necessidade de sentido em sua vida, fez com que o Dr. Dragos buscasse respostas em várias crenças religiosas. Ele ainda não tinha noção de que a fé em Jesus Cristo não é mais “uma” entre muitas, mas sim a revelação da própria verdade acerca de Deus.

Entre idas e vindas em religiões asiáticas e espíritas, ele só veio a ter os primeiros contatos com algo mais sólido do cristianismo quando leu um livro de Katheryn Kuhlman, uma pregadora cristã dos Estados Unidos, a qual faz uma série de relatos de milagres em sua obra.

“Você simplesmente não pode negar as evidências. Eu li que as piores e mais horríveis doenças foram curadas. E entendo que o papel da ciência não é definir o que é possível e o que não é possível, ou dizer o que podemos ou não fazer. O papel da ciência nada mais é do que observar, explicar e entender. É isso”, disse o cientista.

O Dr. Dragos, então, posteriormente foi chamado a entregar a sua vida para Cristo. Como um cientista acostumado a lidar com evidências, ele uniu o seu conhecimento empírico aos fatos ligados à fé, e acabou se convertendo ao Evangelho.

Leia mais:  Morre apóstolo Fernando Guillen, vítima da Covid-19

Com isso, a sua conclusão agora é de que “a ciência e a tecnologia transformaram nosso mundo de maneiras belas e surpreendentes, mas não são suficientes para preencher o vazio em nosso coração.”

“Precisamos sentir o fluir do Espírito de Deus dentro de nós para termos uma vida significativa e com propósito”, diz ele. “Quando você vai até Jesus com o coração aberto, não à igreja, não à religião, mas para uma dimensão mais profunda, sentindo o amor e o poder de Deus, então o céu se abre.”

Continue lendo

Mundo Cristão

Malafaia defende Magno Malta e critica ministros do STF

Publicado

Pastor desafiou os ministros do STF a moverem algum processo contra ele

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), criticou os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), devido ao processo movido contra o ex-senador Magno Malta.

Magno Malta acusou o ministro Barroso de bater em mulher durante um evento, o que levou a apresentação de uma queixa-crime na Corte contra o ex-senador, que afirmou ter provas de que o ministro do Supremo praticou o crime.

“Magno Malta quando era senador, no plenário do Senado, abriu a boca dizendo que para Barroso ser ministro do STF, o processo de acusação de que ele bateu em mulher foi arquivado em tempo recorde”, lembrou o pastor Silas Malafaia.

De acordo com Malafaia, naquela época Barroso não fez nada contra o então senador, mas agora o ministro decidiu ingressar contra ele no Supremo, mesmo que Malta não tenha foro privilegiado, o que demonstra desrespeito ao processo legal, na visão do pastor.

Leia mais:  Bieber diz que “ego e poder” afetaram seus valores e fala em mudança por Jesus

“Barroso não moveu nada contra Magno Malta [naquela época]. Passaram-se anos [e] agora, numa palestra, Magno Malta repete a história”, disse.  “Sabe o que Barroso faz? [Ele] encaminha uma queixa-crime para o ditador-mor da toga, [ministro] Alexandre de Mores”, continuou.

O pastor questiona a ação, lembrando que o ministro deveria ter ingressado então na primeira instância. Malafaia disse que o processo é uma “aberração” e que Malta deveria denunciar os ministros a Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

“Isso é uma aberração, isso é uma afronta. Se eu sou Magno malta, eu não respondia nada, eu entrava na Comissão Interamericana de Direitos Humanos e fazia uma denúncia. O devido processo legal jogado no lixo”, disse.

“Barroso, você é um cínico, cretino e covarde. Eu queria que alguém encaminhasse uma notícia contra mim pra ver se eu dava resposta. Ia ter que me prender pra ter uma balbúrdia nesse país pra esses caras caírem”, continuou.

Assista:

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana