conecte-se conosco


Brasil

Dia Mundial do Chocolate: amêndoas de cacau de Linhares são reconhecidas entre as melhores do mundo

Publicado

Hoje, dia 7 de julho, é celebrado o Dia Mundial do Chocolate, um dos doces mais consumidos no mundo. A amêndoa de cacau é a matéria-prima utilizada na sua produção e, inclusive, a de Linhares é reconhecida internacionalmente entre as melhores. O fruto cultivado em Linhares representa hoje 85% da produção de todo o estado do Espírito Santo.

Para fomentar a revitalização da lavoura cacaueira em Linhares, que passou por períodos difíceis com a devastação dos plantios pela doença vassoura de bruxa, e potencializar a cadeia produtiva, a Prefeitura de Linhares desenvolve diversas ações. Dentre elas está o Concurso da Qualidade de Amêndoas de Cacau Capixaba que está com suas inscrições abertas até a próxima segunda-feira (12/7) e visa reconhecer e incentivar a produção da amêndoa com mais qualidade e sustentabilidade.

Além disso, o município distribuiu em dois editais 60 mil mudas enxertadas em sacolas e em tubetes, das variedades PS 1319 e CCN 51, que tiveram seus valores repassados subsidiados, bem abaixo do mercado, que foi direto para o Fundo de Apoio à Cacauicultura de Linhares para investimentos no setor. Em média 64 produtores foram atendidos com as mudas e têm recebido assistência técnica e gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Leia mais:  Ministério da Saúde negocia 30 milhões de doses das vacinas Sputinik V e Covaxin

O secretário municipal de Agricultura, Aquicultura, Pecuária e Abastecimento de Linhares, Franco Fiorot, pontuou que a amêndoa produzida no sistema de cabruca, aquelas situadas em áreas de sistemas agroflorestais, principalmente, tem permitido, por exemplo, uma produção de chocolate com nível de altíssima qualidade.

“A qualidade das nossas amêndoas já é reconhecida nacional e internacionalmente pelas condições naturais que nossa região produtiva tem. Associado ao empenho dos cacauicultores está o incentivo que a Prefeitura de Linhares tem dado como a realização do concurso, os treinamentos e a distribuição de mudas, ações essas que visam fomentar a cadeia produtiva do cacau que conta com produtores empreendendo no nosso município, fato que muito nos orgulha”, destacou o secretário.

A cultura do cacau, conforme pontuou o prefeito de Linhares, Guerino Zanon, está estritamente ligada à história de Linhares, e anunciou mais uma ação prevista no município. “Além da história, o cacau é importante por seus aspectos socioeconômicos e ambientais, que colocam Linhares em um patamar significativo do cenário mundial. Estamos provocando a revitalização da lavoura cacaueira e a expansão de áreas produtivas e, ainda no mês de julho, lançaremos o terceiro edital com a distribuição de mais 50 mil mudas do fruto”, disse o prefeito.

Leia mais:  Banestes promove conscientização sobre uso da internet, durante Semana da Segurança Digital

Filial do Centro de Inovação do Cacau

Em agosto de 2019, o município conquistou uma filial do Centro de Inovação do Cacau (CIC) que tem sede na Bahia. O CIC busca construir, consolidar e difundir conhecimento sobre o cacau e o chocolate de qualidade, com foco na melhoria da produtividade, qualidade e rastreabilidade das amêndoas.

A instalação no município foi possível graças a uma parceria entre a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e a Águia Branca Encomendas. Essa foi mais uma conquista importante para os avanços que a Prefeitura de Linhares tem buscado para melhoria da qualidade da amêndoa e retomada da produção de cacau.

publicidade

Brasil

Setores de petróleo e minério puxam queda da produção industrial capixaba 

Publicado

Ainda que negativo, o resultado do ES no semestre (-1,2%) foi melhor do que a média nacional, que teve retração de 2,2% no mesmo período  

A indústria geral capixaba retraiu 1,2% no primeiro semestre do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. A queda foi resultado do desempenho da indústria extrativa (-12,6%), que foi impactada pela menor produção de petróleo, gás natural e minério de ferro.  

Ainda que negativo, o resultado do Espírito Santo no semestre foi melhor do que a média nacional que teve recuo de 2,2% no mesmo período. Os dados da Produção Industrial Regional (PIM-PF) foram divulgados na terça-feira (9/8) pelo IBGE e compilados pelo Observatório da Indústria da Findes. 

De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), a extração de óleo no Espírito Santo recuou 30,1% no primeiro semestre deste ano, enquanto a de gás natural reduziu em 31,9%.  

A presidente da Findes, Cris Samorini, explica que a expectativa para o desempenho da indústria nacional e capixaba para os próximos meses é mais positiva.  

“Temos alguns bons indicadores que estamos acompanhando. Entre eles a criação de mais de 200 mil postos de trabalho formais na indústria nacional e de 4,8 mil apenas no nosso Estado.” 

Cris pondera ainda que caso as medidas governamentais de estímulo fiscal sejam mantidas, como a redução do IPI, isso irá contribuir para fortalecer a indústria capixaba e nacional.  

“O governo federal havia anunciado a redução do IPI, mas nesta semana fomos surpreendidos com a decisão liminar do ministro do STF Alexandre de Moraes de suspender os benefícios. Isso muito nos preocupa, uma vez que trará grande impacto na indústria nacional, afetando o ritmo de retomada da economia e, por consequência, a geração de empregos.” 

Cenário nacional 

Os ramos industriais que registraram os piores desempenhos foram: veículos automotores, reboques e carrocerias (-5,4%); produtos de metal (-12,1%); produtos de borracha e de material plástico (-10,0%); e máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-14,6%).

Por Siumara Gonçalves, com informações do Observatório da Indústria da Findes 

Continue lendo

Brasil

Petrobras reduz em R$ 0,22 o preço do diesel nas distribuidoras

Publicado

Decisão derruba de R$ 5,41 para R$ 5,19 o valor de venda do combustível a partir desta sexta-feira (12)

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (11) uma redução de 4,07% no preço do diesel A (puro) nas distribuidoras a partir de amanhã (12). Com a segunda redução em uma semana, o valor do combustível passará R$ 5,41 para 5,19 por litro, uma redução de R$ 0,22 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel vendido nos postos, a Petrobras afirma que a parcela que recebe do valor final do preço ao consumidor passará de R$ 4,87, em média, para R$ 4,67 a cada litro vendido na bomba.

De acordo com a estatal, a nova redução “acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio”.

Leia mais:  Covid-19: Casados há 57 anos idosos morrem em dois dias

As duas reduções no preço do combustível no período de sete dias ocorrem após um intervalo sem reajustes no preço do combustível desde o início de maio do ano passado. Com as determinações, o preço do diesel nas distribuidoras caiu 7,5% (R$ 0,42), de R$ 5,61 para R$ 5,19.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana