conecte-se conosco


Camisa 10

Dorival Júnior deixa o Ceará para assumir posto de Paulo Sousa no Fla

Publicado

Na equipe rubro-negra, treinador substituirá Paulo Sousa, cuja demissão ainda não foi anunciada

O técnico Dorival Júnior está de saída do Ceará para o Flamengo. Dorival assinará contrato até dezembro deste ano com o Rubro-Negro e assumirá o posto de Paulo Sousa, cuja demissão ainda não foi anunciada.

Dorival Júnior chegou ao Ceará após a saída do Tiago Nunes, no dia 28 de março deste ano, e deu nova cara ao time. Começou a usar três volantes, recuperou jogadores que estavam em fase ruim, como o atacante Cléber, e comandou a equipe na ótima campanha na Copa Sul-Americana.

O Ceará foi o único clube que venceu os seis jogos da fase de grupos do torneio. Em 73 dias sob o comando do treinador, o Vozão venceu 11 jogos, empatou quatro e perdeu três.

A saída de Dorival, que ganhou o carinho da torcida do Ceará, é um duro golpe para a equipe, que vem em ascensão na Série A – chegou a ocupar o Z-4 e atualmente está no 12º lugar, com 13 pontos, um a mais que o Flamengo.

Dorival Júnior comandará o Flamengo pela terceira vez. Na primeira passagem, chegou ao clube em julho de 2012. Naquele ano, a equipe terminou o Brasileirão em 11º lugar. O treinador foi mantido para o ano seguinte, mas acabou demitido em março de 2013 porque não aceitou reduzir seus salários em 50%, como desejava a diretoria rubro-negra. Foram 15 vitórias, 11 empates e 10 derrotas do time nesse período.

Em setembro de 2018, Dorival Júnior voltou ao Flamengo para comandar a equipe na reta final do Brasileirão. Em 12 jogos, foram sete vitórias, três empates e duas derrotas. A campanha levou o time ao vice-campeonato nacional. Um dos casos mais emblemáticos do treinador naquele ano foi o desentendimento com Diego Alves, que se recusou a viajar a Curitiba e foi afastado.

Apesar da boa campanha, Dorival não ficou em 2019. Recém-eleito para presidir o clube, Rodolfo Landim acertou a contratação de Abel Braga. No fim de 2019, Dorival fez um acordo com o Flamengo para receber cerca de R$ 13 milhões a que tinha direito.

Leia mais:  Libertadores deve retornar ainda em 2020, mas com jogos sem torcida

publicidade

Camisa 10

Prefeitura abre inscrições para 2ª etapa do circuito linharense de vôlei e futevôlei

Publicado

Estão abertas as inscrições para a segunda etapa do circuito linharense de vôlei e futevôlei que irá movimentar o novo Complexo de Esporte e Lazer do bairro Canivete entre os dias 13, 14 e 15 de julho. Os jogos terão início sempre a partir das 18h30min.

Na disputa do vôlei as categorias em disputa serão: aberto masculino/feminino e 35 + masculino.  Já o futevôlei será disputado nas categorias aberto masculino, master 40 +, iniciante e misto. Haverá premiação em troféus para os dois primeiros colocados de cada categoria.

Os interessados em participar do torneio devem se inscrever até a próxima terça-feira, dia 12 de julho, na sede da secretaria municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, localizada no centro de Linhares, no prédio onde funcionava a Câmara Municipal, na Avenida Augusto Calmon, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. As vagas são limitadas e as inscrições são gratuitas.

Poderão participar do circuito duplas de atletas inscritas junto à organização, tais como avulsos ou representantes de clubes, associações acadêmicas, militares, escolas, entre outros. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (27) 99946-3353 / 99836-3353.

Leia mais:  Em visita técnica ao Kleber Andrade, Governo confirma nova capacidade oficial do estádio

O circuito é promovido pela Prefeitura de Linhares, por meio da secretaria municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. “Serão três noites de muito esporte e integração no novo complexo de esporte e lazer do bairro Canivete. Além de continuar incentivando o vôlei e o futevôlei, a competição também tem o objetivo de movimentar os equipamentos públicos e promover momentos de diversão entre as famílias linharenses”, afirmou o secretário da pasta Fabrício Lopes.

Continue lendo

Camisa 10

Alemães não querem que seleção participe da Copa do Mundo no Catar

Publicado

Uma pesquisa aponta que os principais motivos para desagrado alemão são referentes aos problemas de direitos humanos no Catar

A população alemã é crítica à participação de sua seleção na Copa do Mundo do Catar, que será disputada entre os meses de novembro e dezembro deste ano. De acordo com uma pesquisa feita pelo instituto YouGov, 48% da população se posiciona de maneira contrária à ida dos comandados do técnico Hansi Flick para o país do Oriente Médio.

A pesquisa aponta que os principais motivos para desagrado alemão são referentes aos problemas de direitos humanos no Catar. De acordo com a Anistia Internacional, mais de seis mil pessoas morreram nas construções de estádios e em outras obras de infraestrutura no país-sede do Mundial.

Ademais, questões envolvendo a sexualidade e a orientação sexual e manifestações políticas serão coibidas durante a realização da Copa no Catar. Esses temas também são sensíveis à população da Alemanha, que não vê com bons olhos a maneira como o país do Oriente Médio age nestes casos.

Leia mais:  Liderado por Neymar, PSG quer fazer história contra favorito Bayern

Ainda de acordo com a pesquisa, 28% dos alemães afirmam que a seleção não deveria se ausentar da disputa da Copa do Mundo, enquanto 24% preferiram não opinar sobre o tema.

Tetracampeã mundial, a Alemanha quer superar o fracasso no último Mundial e um ciclo irregular até o Catar. Após a troca de Joachim Löw por Hansi Flick, a seleção alemã conseguiu se recolocar como uma das favoritas e aposta nos jovens para chegar ao penta e igualar o Brasil. 

A Alemanha está no Grupo E, ao lado de Espanha, Japão e Costa Rica. A estreia está agendada para 23 de novembro, diante dos japoneses.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana