conecte-se conosco


Camisa 10

É ouro! Brasil é bicampeão no futebol masculino

Publicado

Malcom decide na prorrogação, Brasil vence a Espanha e conquista o bicampeonato olímpico

O Brasil ganhou da Espanha na prorrogação, após Malcom entrar incendiando a partida, na manhã deste sábado (7), e é campeão do futebol masculino dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. É o segundo título da seleção brasileira na modalidade, que também havia conquistado o ouro no Rio 2016.

Brasileiros e espanhóis fizeram um jogo equilibrado no tempo regulamentar. A seleção brasileira abriu o placar nos acréscimos do primeiro tempo, com Matheus Cunha. A Espanha chegou ao empate aos 14 minutos do segundo tempo.

Mas o jogo mudou quando Malcom entrou em campo, no início da prorrogação, e o Brasil passou a dominar a partida. O atacante colocou o Brasil de volta à frente do placar aos 2 minutos do segundo tempo da prorrogação. 

Espanha chegou nos Jogos Olímpicos como uma das favoritas ao ouro, pois levou o time mais valioso entre as seleções, incluindo os seis jogadores que atuaram pela Eurocopa um mês antes, quando os espanhóis acabaram eliminados na semifinal.

1º tempo

O jogo começou bastante estudado pelos dois lados, sem nenhuma das seleções conseguir lances ofensivos. Nos primeiros 15 minutos, ninguém atacou e a Espanha tentava trocar mais passes, como é característico nas equipes principal e de base.

A primeira chance do jogo foi da Espanha, que trocou passes da defesa até chegar no campo ofensivo e, em um cruzamento na área, o atacante Oyarzabal conseguiu escorar para o gol, aos 15 minutos. Diego Carlos salvou a seleção brasileira pouco antes da bola passar entre as traves.

O Brasil respondeu três minutos depois, com uma boa pressão na saída de bola da Espanha. Bruno Guimarães interceptou a troca de passes espanhola, tocou para Richarlison na entrada da área, que ajeitou para Douglas tentar finalizar. A bola saiu pressionada e o goleiro Simón botou para escanteio.

Leia mais:  Arrascaeta, a 'surpresa' de Renato Gaúcho para a final da Libertadores

Aos 24 minutos foi a vez de Richarlison tentar uma finalização. O Brasil trocou passes no campo ofensivo, até que Guilherme Arana recebeu pela esquerda, levou para o bico da área e cruzou para o atacante finalizar para fora.

Mas o lance com mais perigo até esse momento da partida aconteceu aos 34 minutos. Após Guilherme Arana bater uma falta da intermediária, o goleiro espanhol saiu errado, e atropelou o Matheus Cunha. A princípio, o árbrito entendeu como lance normal, mas foi chamado pelo VAR e marcou pênalti. Richarlison foi para cobrança e chutou para cima do gol.

O Brasil seguiu melhor nos minutos finais do jogo, até que Matheus Cunha brilhou nos acréscimos. Claudinho cruzou, a bola foi para o Daniel Alves na linha de fundo da grande área, e o lateral direito, de costa, mandou a bola para cima. O atacante brasileiro dominou entre os defensores espanhóis e mandou para o fundo da rede. Foi o último lance do primeiro tempo, que terminou 1 a 0 para o Brasil.

2º tempo

O segundo tempo começou com a Espanha se lançando ao campo ofensivo, o que deu ao Brasil mais espaço para contra-ataques. No primeiro lance, Antony recebeu pouco depois do meio de campo, avançou sozinho e finalizou. O goleiro fez uma boa defesa, mas a arbitragem marcou impedimento após a conclusão do lance.

Apenas dois minutos depois, em mais uma saída em velocidade, Richarlison recebeu de Matheus Cunha, entrou com a bola dominada na área, driblou o zagueiro e churou para o gol. O goleiro Simón conseguiu desviar com o pé o suficiente para a bola subir e bater no travessão.

Leia mais:  Internas do CPFC são preparadas para corrida de rua

O domínio ofensivo espanhol no segundo tempo surtiu efeito aos 14 minutos. Soler conduziu a bola pela direita, cruzou na área e o atacante Oyarzabal empurrou para as redes, deixando tudo igual no placar.

Depois disso, a Espanha seguiu com controle do jogo, mas sem oferecer perigo. A seleção brasileira só foi melhorar e tentar lances mais ofensivos depois dos 30 minutos. Quando o Brasil parecia melhorar, os espanhóis voltaram a atacar com perigo, em uma tentativa de cruzamento de Soler, que bateu no travessão do goleiro Santos.

Três minutos depois, mais uma bola no travessão, após Bryan Gil receber na entrada da área e chutar forte. A Espanha seguiu mais perigosa nos minutos finais do segundo tempo.

Brasil e Espanha disputam final do torneio de futebol masculino nos Jogos de Tóquio

Prorrogação

No início da prorrogação, o técnico André Jardine fez a primeira mudança na equipe, colocando Malcom no lugar de Matheus Cunha. A alteranção melhorou o time, que voltou para o jogo tomando conta das jogadas ofensivas. A seleção brasileira passou a criar mais e pressionar a saída espanhola.

O primeiro tempo da prorrogação acabou com a igualdade de 1 a 1 mantida, mas com a seleção brasileira jogando melhor, sobretudo com Malcom pelo lado esquerdo do campo, que deu outro ritmo no jogo por ser o mais descansado em campo.

No segundo tempo, o Brasil seguiu melhor, e Malcom, que entrou para ser o nome da partida, recebeu de Antony, ganhou na força e na velocidade, entrou na área e mandou para a rede, colocando o Brasil de novo na frente, aos 2 minutos. Depois do gol, o Brasil segurou o jogo e a Espanha não conseguiu fazer mais nada. Seleção brasileira é bicampeã olímpica do futebol masculino.

 

publicidade

Camisa 10

Jaguaré EC vence mais um amistoso de preparação para a Série B

Publicado

Atuação agradou ao técnico Giuliano Pariz pela evolução rápida da equipe; time estreia no Campeonato Capixaba da Série B no próximo domingo

Com mais uma boa atuação de todo o time, o Jaguaré Esporte Clube venceu por 2 x 0 a equipe do Teixeira de Freitas, neste sábado à noite, 06, no Estádio Conilon. O jogo serviu como preparação para a disputa do Campeonato Capixaba da Segunda Divisão. O Jaguaré estreia no próximo domingo contra o São Mateus, jogando em casa.

Os gols do Jaguaré foram marcados na segunda etapa pelo atacante Josi e o meia atacante Gabriel, que entrou no lugar Everson. Esta foi a segunda vitória do time comandado por Giuliano Pariz em dois amistosos. Antes, o Jaguaré havia goleado o Barcelona, de São Mateus no Estádio Conilon por 5 x 1, na quarta-feira, dia 03. A postura do time no jogo desse sábado, agradou ao técnico Giuliano Pariz.

“Gostei muito! Estamos tendo uma evolução muito rápida, tanto no aspecto técnico, quanto físico e tático. Pude perceber uma dedicação de todos os jogadores que entraram em campo com atenção ao planejamento tático e muta movimentação. Esse resultado foi importante, mas, principalmente a forma como o time se portou diante de um adversário qualificado, com jogadores profissionais e experientes”, concluiu o técnico.

Leia mais:  Reunião com Flamengo às vésperas de clássico aumenta a temperatura sobre Jesus e Benfica em Portugal

Formação

O Jaguaré EC entrou em campo com Camilato, Cássio, Alex, Rafael Olioza e Everson; Vandinho, Ramires, João Paulo e Gianlucas; Josy e Sávio. Na segunda etapa entraram Rogen em lugar de Camilato, Marcelo na vaga de Alex, Gabriel substituiu Everson e, ainda, Ramires deu lugar Tiago, João Paulo saiu para a entrada de Willian e Gianlucas e Josi deram lugar a Iago e Washington.

Adversário qualificado

A equipe do Teixeira de Freitas foi formada a partir de um projeto social no município chamado “Fome Só de Bola” e reuniu em seu elenco jogadores com experiência grandes clubes do Brasil e com passagem pelo exterior. Na última semana, a equipe empatou em 2 x 2 com o primeiro adversário do Jaguaré na Série B, o São Mateus.

Entre os jogadores com experiência do time cita-se o ponta esquerda Marion. O atacante foi campeão da Copa do Brasil em 2014 pelo Atlético Mineiro e jogou também em países como Kuwait, Irã, Portugal e Emirados Árabes Unidos, seu último clube foi o Amazonas FC. Outro destaque da equipe é o meia Assis, com passagens por Avaí, Atlético Goianiense, além de ter atuado na Suécia e na e na Bulgária.

Leia mais:  SEG é o campeão do Campeonato Metropolitano de Beach Soccer

Série B

O Jaguaré estreia na Campeonato Capixaba da Série B no próximo domingo contra o São Mateus, às 15h no Estádio Conilon. O tricolor do norte está na Chave Centro-Norte, que ainda tem mais 5 equipes: AA São Mateus; Linhares FC; Pinheiros FC; Porto Vitória FC e SC Capixaba. Na Chave Centro-Sul estão as equipes CA Itapemirim, Castelo FC, GE Laranjeiras, SC Brasil Capixaba, Aster Brasil FC e EC Tupy.

O campeonato será disputado em quatro fases, sendo Fase Classificatória, Quartas de Final, Semifinal e Final. Classificam-se para as Quartas de Final as duas melhores equipes de cada chave. O clube anunciou que o uniforme do time já se encontra disponível para compra pelos torcedores desde o último sábado, no comércio da cidade

Continue lendo

Camisa 10

Nova Venécia leva a virada da Portuguesa-RJ e terá reverter em casa na Série D

Publicado

Com arbitragem polêmica, o Leão do Norte é derrotado por 2 a 1 e vai precisar da força da torcida na próxima semana para fazer história e avançar na competição

O Nova Venécia saiu atrás nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D e vai precisar da força da torcida para reverter o placar em casa. Neste sábado (06) o Leão do Norte foi derrotado de virada por 2 a 1 pela Portuguesa-RJ, no estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador.

O time veneciano começou muito bem a partida e logo com quatro minutos de jogo abriu o marcador com o volante Diego Souza. No entanto, a Lusa acordou para a partida e, em um lance polêmico, a arbitragem marcou pênalti para o time carioca. Na cobrança, Emerson Carioca deixou tudo igual. 

No início da etapa final, a virada da Zebra veio com Cafu batendo de fora da área e marcando um belo gol. Os capixabas ainda buscaram o empate, chegaram até a acertar a trave da Portuguesa, mas o placar seguiu o mesmo até o final da partida.

Leia mais:  Arrascaeta, a 'surpresa' de Renato Gaúcho para a final da Libertadores

Jogo de volta

O segundo e decisivo confronto das oitavas de final da Série D 2022 acontece já mó próximo final de semana. A partida está marcada para o domingo, dia 14, às 15 horas, no Zenor Pedrosa Rocha, em Nova Venécia. 

Para avançar diretamente às quartas de final, o time capixaba precisa da vitória por dois gols de diferença. Já uma vitória do Leão do Norte pela diferença mínima a vaga será decidida nos pênaltis, enquanto a Lusa joga pelo empate para se classificar.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana