conecte-se conosco


Política e Governo

EDP na mira da CPI da Sonegação por cobrança de conta sem medir consumo

Publicado

O deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) colocou a concessionária de distribuição de energia elétrica EDP na lista para que seus dirigentes compareçam à CPI da Sonegação de Impostos, da Assembleia Legislativa, tão logo os trabalhos parlamentares voltem normal. O deputado recebeu várias reclamações contra a empresa por cobrança de conta sem medir o consumo.

“Devido à quarentena, o comércio não está funcionando. Ou seja, o consumo, obrigatoriamente, despenca, mas parece que a EDP encontrou uma maneira engenhosa, para não dizer maldosa, de não deixar seu faturamento cair: em vez de medir o consumo, está emitindo as faturas de cobrança com a média de consumo dos últimos 12 meses. Eles vão ter que dar explicações à CPI e, mais do que isso, vão ter que se explicar na Delegacia do Consumidor, porque eu mesmo farei a denúncia”, disse Enivaldo.

As reclamações chegaram ao deputado através de vários comerciantes, que enviaram cópias das faturas para comprovar as denúncias. Em alguns casos, segundo o deputado, a fatura que vence em maio, e que, portanto, refere-se a abril, quando as lojas estavam fechadas, veio maior do que a de abril, que se refere ao consumo de março. 

Leia mais:  Casagrande se encontra com Bolsonaro para tratar de vacina e obras no Estado

“Eu já não engulo há muito tempo o fato de a EDP se apropriar do ICMS, que recebe dos contribuintes e fica mais de um mês para repassar ao tesouro estadual. Esse dinheiro é do Estado e deveria ser recolhido à parte e repassado, imediatamente, ao caixa único. Agora, eles vêm com essa engenharia financeira para garantir seu faturamento. Está todo mundo no prejuízo, mas a EDP, que é uma multinacional, não quer fazer a parte dela”, disse Enivaldo.
Segundo as informações passadas pelos consumidores, ao fazerem contato com a EDP eles foram informados de que ficarão com crédito para os meses seguintes. “E quem disse que o consumidor tem que financiar a EDP? E, se com a pandemia, o comerciante decidir parar suas atividades e desligar o relógio, a EDP vai devolver o dinheiro? Isso está muito mal explicado”, acentuou o deputado.

publicidade

Política e Governo

Twitter do governador Renato Casagrande é hackeado

Publicado

O perfil ganhou um novo nome: 1inh Network, e fez o primeiro tuíte na página por volta das 18h12

A conta da rede social Twitter, do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, foi hackeado na tarde desta quinta-feira (18). O perfil ganhou um novo nome: 1inch Network, e fez o primeiro tuíte na página por volta das 18h12. 

Por volta das 18h38, o perfil foi recuperado, já com a foto do chefe do Executivo estadual, e os tweets feitos pelos criminosos, apagados.

A reportagem acionou a assessoria do governador para saber se algo já havia feito a respeito da invasão ao seu perfil.

Por meio de nota, a assessoria do socialista se limitou a dizer: “tão logo percebemos que a conta foi hackeada, iniciamos o processo e recuperamos o acesso”.

Leia mais:  ES Solidário entrega doação de 1.100 máscaras para atender mulheres em situação de violência
Continue lendo

Política e Governo

Pesquisa Ipec governo ES: Casagrande tem 52%; segundo lugar tem empate técnico

Publicado

Levantamento foi feito com 608 entrevistados face a face entre 14 e 16 de agosto e tem margem de erro de quatro pontos

Pesquisa Rede Gazeta/Ipec para as eleições para governo do Espírito Santo, divulgada na quarta-feira (17), traz o atual governador Renato Casagrande (PSB) à frente com 52%.

Na sequência, aparecem, empatados tecnicamente, Carlos Manato (PL) com 10%; Audifax Barcelos (Rede), 7%; e Guerino Zanon (PSD), 5%.

Capitão Vinicius Sousa (PSTU), com 2%, também está empatado tecnicamente com os candidatos na segunda posição. No caso de Manato, segundo mais citado, Sousa empata no limite da margem de erro, que é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Aridelmo Teixeira (Novo) e Cláudio Paiva (PRTB) têm 1% cada. Os que dizem que irão votar em branco ou anular somam 11%. A proporção dos que não sabem ou preferiram não responder é de 11%.

Foram entrevistadas 608 pessoas face a face entre os dias 14 e 16 de agosto. A margem de erro é de quatro pontos percentuais. O levantamento tem 95% de confiança. Ou seja, se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro desta margem.

Leia mais:  Quem vai receber o apoio dos 10 maiores partidos do ES?

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo ES-09385/2022.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para governador do Espírito Santo

  • Renato Casagrande (PSB) – 52%
  • Carlos Manato (PL) – 10%
  • Audifax Barcelos (Rede)- 7%
  • Guerino Zanon (PSD) – 5%
  • Capitão Vinicius Sousa (PSTU) – 2%
  • Aridelmo Teixeira (Novo) – 1%
  • Cláudio Paiva (PRTB) – 1%
  • Branco/Nulo – 11%
  • Não sabem/Não responderam – 11%

Senado

A Quaest também fez simulações para a disputa do Senado. O ex-senador Magno Malta (PL) lidera a disputa com 29%, seguido pela senadora Rose de Freitas (MDB), candidata à reeleição, com 22%.

Intenção de voto estimulada para senador pelo Espírito Santo

  • Magno Malta (PL) – 29%
  • Rose de Freitas (MDB) – 22%
  • Carone (Agir) – 5%
  • Erick Musso (Republicanos) – 4%
  • Gilberto Campos Coletiva (PSOL) – 2%
  • Nelson Junior (Avante) – 1%
  • Felipe Skiter (PSTU) – 1%
  • Branco/Nulo – 17%
  • Não sabe/Não respondeu – 18%

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana