conecte-se conosco


Moda e Beleza

Efeito rebote – O que é, causas e produtos para evitar

Publicado

O efeito rebote surge quando o tratamento não é feito de forma correta ou quando sua utilização é interrompida de repente.

Efeito rebote significa retorno de algo que foi rebato, na área farmacêutica, é um termo utilizado para quando há retorno dos sintomas mesmo quando o tratamento termina. Por exemplo, pessoas que tem dor de cabeça frequentemente e misturam diversos tipos de medicamentos, acabam gerando mais dor de cabeça. Ou seja, é o retorno dos sintomas, e em alguns casos, mais graves que antes.

É um efeito comum em pessoas que utilizam anabolizantes de forma indiscriminada, obtendo doses mais altas de testosterona. Quando a pessoa para de usar, pode ocorrer de aumentar de forma desenfreada a produção de estrógeno, o hormônio inibido pelo anabolizante.

Já para os betabloqueadores, que são usados para tratamentos da pressão arterial e arritmia, em caso da pessoa esquecer de usar a medicação, podem vir palpitações mais intensas, além do retorno da arritmia. Não é o medicamento que causa esses sintomas, mas sim a falta de controle.

Não ocorre necessariamente só usando medicamentos. Quem tem a pele oleosa, conhece bem o efeito rebote. Quando a pele é lavada várias vezes por dia por exemplo, pode ser que o resultado pode ser ainda mais oleosidade. Já que o corpo entendeu que tem algo de errado acontecendo e precisa repor o que está sendo retirado.

Leia mais:  Máscara coreana, o que é? Tipos, benefícios, como usar e onde comprar

Se você seguir de forma fiel as orientações do médico e farmacêutico, não interrompendo por conta própria, você vai prevenir o aparecimento do efeito rebote. Existem muitos fatores que aumentam a oleosidade na pele, como não lavar o rosto de forma correta e não fazer a etapa de hidratar a pele.

É um mecanismo de defesa da pele, o que significa que aumenta a produção de sebo que ocorre quando se remove toda a gordura da região, mesmo aquela que ajuda a manter a pele hidratada e protegida. Entretanto, o efeito rebote pode acontecer em qualquer tipo de pele.

É possível evitar evitar o efeito rebote, investindo em produtos adequados para seu tipo de pele. Além de lavar o rosto duas vezes no dia com um sabonete ou gel de limpeza adstringente que não resseque a pele.

É importante investir em cuidados que controlem a oleosidade, protegendo a barreira cutânea e prevenindo danos causados pela poluição. Assim, praticando essas medidas e usando o filtro solar com ação anti oleosidade, você pode obter uma pele mais bonita e saudável.

Produtos para a pele oleosa

Efeito rebote - o que é, causas e produtos para evitar

Em primeiro lugar, é ideal optar por fórmulas em gel ou sérum oil free de rápida absorção. Eles também tem que ter ativos específicos, como ácido salicílico, retinoico e glicólico. Já que são ótimos para a oleosidade, não usando em grande quantidade ou frequência, claro.

A hidratação é algo importante para evitar o efeito rebote. Porém, não é qualquer tipo de hidratante que deve ser usado na rotina de limpeza de pele. Uma vez que a pele é corretamente hidratada, o corpo não entende que precisa produzir mais óleo.

Produtos mais abrasivos, alcalinos e com maior esfoliação acabam mudando o pH da pele, o que estimula uma tentativa de proteção do organismo. Logo, a hidratação é necessária para que não seja produzido mais oleosidade.

Leia mais:  Estilo minimalista nos cabelos é tendência em festas e comemorações

Dermocosméticos são grande aliados para quem tem pele oleosa, é importante usar produtos livres de sulfatos e álcool. A argila e produtos com hamamélis são boas recomendações.

Bons hábitos deixam a pele mais saudável

Efeito rebote - o que é, causas e produtos para evitar

Hidratantes em gel, sérum ou loção são indicados, porque possuem formulação mais leve. Hoje, por conseguinte existem vários cremes específicos para peles oleosas, que chamam seborreguladores. Eles atuam no controle da oleosidade, de forma que a pele não se irrita ou resseque de forma excessiva.

Não esqueça do filtro solar, de preferência com textura matificante. Lençõs antibrilho durante o dia, mantém o brilho sob controle e não estragam maquiagem.

Escolha sempre produtos à base de ingredientes naturais, que limpam a pele e não ressecam ou sensibilizam. Faça limpeza de pele profunda de forma periódica, com um médico especializado ou até na sua casa. Por fim, existem vários kits especiais para limpeza de pele, eliminando impurezas e excesso de células mortas.

publicidade

Moda e Beleza

O jeans nunca sai de moda: veja umas dicas de como adaptar o look

Publicado

O looks com jeans nunca saem de moda, as tendências continuam sendo virais entre o público. E claro, a variação de jeans depende de cada pessoas, por isso, separamos umas dicas

Sabemos que o estilo minimalista é essencial para as mulheres que gostam de se arrumar rápido, ou seja, quanto mais prático melhor. No entanto, o estilo minimalista serve para qualquer ocasião, a idéia de deixá-lo básico faz com que se torne stament, a dica é investir em variadas combinações.

Jeans

As roupas com o jeans são ótimos exemplos de looks minimalista, a tendência dessa moda está sempre indo e voltando, ou seja, esse tipo de peça nunca sai da modernidade, além de trazer elegância principalmente nos dias corridos e sem capacidade de raciocinar direito. Os acessórios são essenciais na hora de montar o look, pois trás várias opções de combinações.

Peças Clássicas

A famosa T-sirt branca é uma das peças clássicas para se utilizar com jeans, é possível também variar no jeans, utilizando modelos de cintura alto, assimétricas, alfaiatana, dentre outros. O intuito e sempre usar com tênis ou bota que a produção fica ocasional para tudo ou aposta num salto alto, caso o programa seja formal.

Leia mais:  Máscara coreana, o que é? Tipos, benefícios, como usar e onde comprar

Cores

Sobre as cores é primordial apostar em um branco, preto ou cinza, pois com essas cores você terá uma ótima paleta de cores essencial para qualquer tom de pele. E podem ser combinadas com cores quente, fria ou saturadas.

Cinto

O que não pode faltar na hora de montar o look com jeans é o cinto, para dar aquele visual de que a pessoa tem estilo. E também por proporcionar uma calça ajustável, e é claro que fica um clássico e bem retrô, principalmente para os jovens que estudam ou fazem faculdade.

O legal de jeans é pela durabilidade inclusive, denominado “denim”, da cidade de Nîmes, na França, é de lá que o tecido foi originado e foi utilizado por marinheiros genoveses, desde 1.500.

Continue lendo

Moda e Beleza

Cabelos curtos: cortes que trazem elegância e modernidade para seu visual

Publicado

Do Pixie Cut ao Chanel, cabelo curto é o sucesso da última década, versátil, fácil de cuidar e com muitas variações de cortes, podendo deixar seu visual mais elegante ou modernista

Quando se trata de elegância, logo imaginamos estar se referindo a um estilo mais sofisticado, porém vai muito além do que uma roupa ou acessório pode proporcionar. Agora idealize a junção de uma pessoa elegante e seu estilo alinhado a isso, o mundo será pequeno para você.

Além do visual mais formalizado, os cortes de cabelo fazem parte da apresentação, e os cabelos curtos são provas disso. O uso desse modelo voltou com tudo e para sair do básico foi criado diversos estilos de cortes mais estilosos e refinados.

Do clássico chanel ao modernismo do pixie cut. Veja quais cortes combinam mais com você. 

Chanel

Esse corte sem dúvidas podemos definir como atemporal e icônico, sua principal característica é seu formato mais arredondado, podendo ousar em um comprimento curto ou mais longo.  

Leia mais:  O lenço camponesa está em alta! Inspire-se nos looks das famosas

Pixie Cut

É um corte para quem deseja ousar e deixar o visual super moderno. Sua principal  característica é a assimetria, com curto tamanho na parte traseira e de lado, além da possibilidade de uma franja. Vários famosos como Manu Gavassi, Miley Cyrus e Úrsula Corberó já aderiram a esse corte que nunca sai de moda. 

Micro bob

Esse corte lembra bastante o modelo short, mas a diferença é que o micro fica na altura das maçãs. Fica lindo em cabelo ondulado e para quem tem cabelo liso e quer dar uma movimentada aposte em um sutil babyliss.

Paper-cut

Sem nenhuma base de camada, o corte reto voltou com tudo. É cortado em uma linha reta e milimetricamente aparado, é a definição perfeita de corte na navalha. Para quem tem fios finos é uma ótima aposta, pois cria a ilusão de que seu cabelo está mais espesso.

Boyfriend Bob

Conta com uma base reta, para ter um visual mais modernizado abuse das camadas para dar um balanço nos fios, além de uma franja longa podendo aderir a curtain bangs que virou uma febre. Esse corte é versátil, podendo usar com o cabelo liso ou ondas bagunçadas. 

Leia mais:  Máscara coreana, o que é? Tipos, benefícios, como usar e onde comprar

Analisando os diversos cortes apresentados, é impostante destacar que os cortes curtos femininos se encaixam em todas as idades, vai depender do quão ousada você é, além de ser de fácil cuidado e super prático.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana