conecte-se conosco


Cidades

Empresa de mármores e granitos investe em maquinário para conquistar mercado

Publicado

A empresa, localizada no distrito de Conduru, em Cachoeiro de Itapemirim, contou com recursos do Bandes para modernização do parque fabril.

A modernização do parque industrial, com a consequente redução dos custos variáveis de produção, é um dos principais objetivos para a conquista de vantagem competitiva no mercado. Para solucionar essa necessidade, uma das opções é o investimento em tecnologia, com a aquisição de máquinas mais modernas e eficientes.

Visualização da imagem

No setor de rochas ornamentais, quem optou por adotar este tipo de investimento foi a MG2 Mármores e Granitos, de Cachoeiro de Itapemirim, que buscou recursos do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) para a modernização de equipamentos.

A cadeia produtiva de rochas é dividida em duas vertentes: a extração e o beneficiamento. Os blocos de rochas são extraídos das pedreiras e enviados para o desdobramento em chapas. As etapas principais do beneficiamento são a serragem e o polimento. O investimento da MG2 Mármores e Granitos foi na aquisição de uma máquina multifios, equipamento que representa uma evolução tecnológica, idealizada a partir do sucesso do uso do fio diamantado na lavra de rochas ornamentais.

A modernização, com a implantação do novo maquinário, representa um impacto na produção. Com a máquina adquirida pela empresa a partir do financiamento do banco de desenvolvimento capixaba, a MG2 irá desativar oito teares convencionais que hoje integram o parque industrial.

O empreendimento atende aos segmentos prioritários de atuação do banco, pela sua importância socioeconômica para o desenvolvimento do Espírito Santo. “O atendimento ao setor de rochas é priorizado pelo Bandes, devido à importância econômica para o Espírito Santo, além da geração de emprego e renda em sua extensa cadeia produtiva. O banco tem trabalhado para oferecer ao empresariado orientação à contratação de recursos necessários para o investimento em tecnologia e inovação para o setor, como aquisição de maquinário, design e reaproveitamento de resíduos, e como alternativa de proporcionar maior competitividade para as empresas”, destaca a gerente de Negócios que atende ao setor, Raisa Coelho.

A MG2, localizada no distrito de Conduru, em Cachoeiro de Itapemirim, iniciou suas atividades em 2008 pelos sócios Eutemar Antonio Venturim e José Carlos Machado, como uma empresa coligada à Bramagran, empresa do grupo, de Castelo, como forma de aumentar a produção. 

Para os empresários, o investimento na empresa se traduz em uma forma de ganhar competitividade por meio de tecnologia aplicada ao setor. “A empresa MG2, em parceria com o Bandes, realizou investimentos na área produtiva, buscando inovação tecnológica no parque industrial. Essa modernização contribuiu muito para o crescimento da empresa, tanto no mercado interno quanto no exterior, gerando mais oportunidades de trabalho e renda para as famílias capixabas”, destaca Machado.

O parque industrial da MG2 é formado por equipamentos importados de última geração. A visão da empresa é a de alinhar alta produtividade, logística eficiente e competitividade. Tudo isso, mantendo a qualidade de seus produtos e solidificando a marca MG2 no Brasil e no exterior.

Leia mais:  Secretaria de Saúde intensifica trabalhos de combate ao mosquito da dengue
publicidade

Cidades

Antônio Joaquim de Souza Neto ‘Toninho’ completa 50 anos de cooperado da COOABRIEL

Publicado

Natural de Cachoeiro de Itapemirim-ES, Antônio Joaquim de Souza Neto é filho de Romeu Joaquim de Souza (in memoriam) e de Erlita Duarte de Souza (in memoriam). Nasceu aos dois dias do mês de novembro de 1942. Mudou-se para São Gabriel da Palha quando contava com aproximadamente dez anos. 

Casou-se com Leontina Maria Stein de Souza em 25 de maio de 1962 com quem tem cinco filhos: Marco Antônio, Sandra Mara, Júlio César, Cláudia Valéria e Romeu Joaquim. É avô de onze netos e de dois bisnetos.

Antônio Joaquim é agropecuarista. Trabalhou com Auxiliar de Veterinário da GECOFA (hoje IDAF) no período de maio de 1973 a maio de 1974. No período de julho de 1977 a setembro de 1984 foi Gerente do Posto de Resfriamento de Leite “João Venturim”, no Bairro Cachoeira da Onça, Município de São Gabriel da Palha.

Sua história com a COOABRIEL – Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel teve início nos idos de 1980, quando foi Conselheiro Administrativo suplente no período de abril daquele ano a setembro de 1982. Em outubro do mesmo ano atuou como Secretário da Cooperativa, onde permaneceu até o mês de março de 1984, quando foi eleito e empossado seu Presidente. A partir de então, passou a dedicar-se com muito afinco à COOABRIEL, que se expandiu significativamente durante a sua gestão, alcançando resultados extraordinários e conquistando definitivamente o mercado cafeeiro. A comercialização de sacas de café saltou de 88.000, no início de seu mandato, para expressivas 1.670.000 sacas de café, ao término daquele. Dada à solidez e ao respeito conquistados, Antônio Joaquim de Souza Neto ocupou o posto por vários mandatos consecutivos (09 anos entre 26/03/1984 a 31/03/1993 e 17 anos no período compreendido entre 01/03/2002 a 31/03/2019). Encerrado este ciclo, certo de que sua missão à frente da COOABRIEL estava concluída, absteve-se de concorrer à Presidência e foi empossado Vice-Presidente da cooperativa, cargo em que se mantém até a presente data.

Com inegável perfil de liderança, importa destacar que o homenageado foi o fundador e primeiro Presidente do Sicoob Norte Capixaba. Atuou, também, dentre outros, nos seguintes cargos: Presidente do Sindicato Rural de São Gabriel da Palha, por oito anos; membro da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras); membro do Centro do Comércio de Café; membro do Conselho Diretor do CNC – Conselho Nacional do Café e representante do Estado do Espírito Santo no Conselho Deliberativo da Política do Café.  

Em reconhecimento ao seu comprometimento com a causa cooperativista e à sua contribuição ímpar para a construção da história da COOABRIEL, Antônio Joaquim já foi agraciado com diversas honrarias, dentre elas: Título de Cidadão Gabrielense; Título de Cidadão Valeriense; Título de Cidadão Aguiabranquense; Título de Cidadão Veneciano; Comenda “Rubem Braga”, conferida pelo Governo Municipal de Cachoeiro de Itapemirim; Comenda do Mérito Agrícola “Dário Martinelli”, concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo; “Medalha do Mérito Cafeeiro”, concedida pela Fundação Procafé, de Serra Negra-SP. Dentre as inúmeras homenagens que lhe foram prestadas pela própria COOABRIEL, o homenageado foi contemplado com o “Troféu Iluminação”, em 2019. Trata-se do prêmio máximo conferido pela cooperativa a personalidades que contribuíram com a história do café conilon e do cooperativismo. Neste ano de 2021, sua honrosa trajetória lhe rendeu uma singela, mas valiosa homenagem pelos 50 anos como sócio da maior cooperativa de café conilon do Brasil, a COOABRIEL, que é motivo de grande orgulho para Antônio Joaquim de Souza Neto, para o Município de São Gabriel da Palha, para o Estado do Espírito Santo, sendo referência em nível nacional e mundial. Eis que a pequena cooperativa fundada em 1963 por 38 cafeicultores se consolidou, tornando-se uma potência com sete mil sócios, distribuídos na Sede, nas dez filiais instaladas no Estado do Espírito Santo e nas três unidades situadas no Estado da Bahia.  

Leia mais:  Banestes é a maior empresa do ramo de serviços financeiros e seguros do Espírito Santo
Continue lendo

Cidades

Detran lança canal de atendimento com área de Habilitação

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) lançou um novo canal de atendimento on-line para os serviços voltados para os condutores. O ‘Fale com a Habilitação’ vai facilitar o contato com o órgão para esclarecer dúvidas dos cidadãos relacionadas à área.

Para fazer o contato e esclarecer a sua dúvida, o cidadão deverá acessar o serviço ‘Fale com a Habilitação’ na área de Habilitação e enviar uma mensagem por meio do aplicativo Telegram, que pode ser baixado gratuitamente no celular ou no computador. Ele receberá uma mensagem automática com os serviços disponíveis e, após selecionar a opção desejada, receberá outra mensagem com orientações e o link para o serviço on-line ou o contato da área específica que poderá atendê-lo.

O diretor de Habilitação, Veículos e Fiscalização do Detran|ES, Marcus Perozini, explica que a maioria dos serviços pode ser feita pelo condutor de forma on-line e o novo canal de atendimento pode ser utilizado para o cidadão esclarecer suas dúvidas. “Nós oferecemos diversos serviços on-line que o cidadão pode realizar direto no site de forma fácil e rápida. O ‘Fale com a Habilitação’ vem para facilitar a vida do condutor. É uma forma de atender o usuário de maneira mais próxima e orientá-lo a como realizar um serviço ou direcioná-lo para a área responsável pelo atendimento”, disse.

O Detran|ES oferece cerca de 25 serviços on-line da área de Habilitação como 2ª via de CNH, CNH definitiva, abertura de processo de Renovação, alteração de endereço, agendamento de exames teóricos, certidão de prontuário, consulta de pontuação, Permissão Internacional para Dirigir (PID), emissão de Nada Consta, credencial de estacionamento, entre outros. O site também disponibiliza serviços on-line de Veículos e Infrações, totalizando cerca de 60 serviços digitais que podem ser feitos sem a necessidade de se dirigir a uma unidade presencialmente.

Leia mais:  Aracruz terá nova creche com investimento do Governo do Estado
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana