conecte-se conosco


Política e Governo

Empresa líder mundial na fabricação de eletrodomésticos anuncia investimento no Estado

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, na segunda-feira (26), de uma videoconferência com representantes da Whirlpool Corporation, empresa líder mundial na fabricação de eletrodomésticos para cozinha e lavanderia. Na ocasião, foi anunciado um investimento da ordem de R$ 5,9 milhões da empresa na instalação de um Centro de Distribuição, com 33 mil metros quadrados, no bairro Porto Canoa, na Serra. A estimativa é de sejam gerados 139 empregos diretos e indiretos no Estado.

Além de ser um mercado consumidor propício para a empresa, o Espírito Santo também é considerado a porta de entrada para os produtos da Whirlpool em suas principais praças, como os estados da Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso e Rio de Janeiro. Com a abertura do centro de distribuição, a meta será reduzir de 7 para 5,75 dias o tempo de entrega de produtos e peças, aumentando a qualidade no atendimento aos consumidores e varejistas. A empresa pretende também contratar mão de obra e fornecedores locais. A operação tem potencial catalisador para a economia regional.

“Agradeço a oportunidade de estar recebendo a empresa no Espírito Santo. Estamos nos caracterizando como o Estado que enfrenta a pandemia e também cuida das demais atividades. A Serra é a maior cidade do Estado e conta com uma logística eficiente e infraestrutura adequada. Temos bons incentivos que estão atraindo as empresas, temos um Estado estável nas relações institucionais e com a sociedade, além de ter uma gestão fiscal responsável”, afirmou o governador.

Casagrande destacou que a meta é de que o Espírito Santo seja cada vez mais competitivo no mercado nacional e internacional. “Temos perspectivas muito boas e temos feito muitos investimentos em infraestrutura. Queremos um Espírito Santo cada vez mais forte e gerando oportunidades e renda aos capixabas”, completou.

Na avaliação do secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, o Espírito Santo se consolida um ambiente de negócios favorável. “Temos orgulho de dizer isso porque trabalhamos muito a partir da orientação do nosso governador Renato Casagrande para obter este resultado. Aqui a empresa terá acesso para resolver de forma republicana as suas demandas e tenho certeza de que posso falar também em nome do município da Serra. O Estado vem se consolidando como um grande polo distribuidor logístico no País. Temos a convicção que vamos conseguir expandir o incentivo fiscal que temos aqui por mais um tempo e que isso fará com que o Estado se torne o maior distribuidor de tudo no Brasil”, declarou.

Leia mais:  Governo do Estado assina Memorando de Entendimento com Câmara Portuguesa de Negócios

Hoffmann destacou ainda outras vantagens comparativas do Estado. “A opção da empresa foi muito acertada, pois estamos aqui num raio de 1.200 quilômetros de 70% do PIB nacional. Além disso, temos operadores logísticos muito competentes que podem auxiliar a empresa. Tenho certeza de que em breve, a Whirlpool pode ter planos de trazer uma operação industrial para o Estado também”, acrescentou o secretário.

O local para a instalação do Centro de distribuição está pronto e o início da operação está previsto para meados de agosto e setembro, de acordo com o diretor de relações institucionais da Whirlpool, Eduardo Vasconcelos.  “Há 10 anos que a Whirlpool não fazia este tipo de investimento e estamos entrando num ciclo muito virtuoso, o que é muito bom, pois estamos apostando que o Brasil está deixando a pandemia para trás. O ambiente de negócios do Estado é atrativo e este é um momento importante para a companhia que, apesar do desafio da pandemia, não deixará de fazer investimentos”, afirmou.

Vasconcelos prosseguiu: “Olhando para o futuro estamos otimistas e queremos estar bem posicionados para novos projetos. No estado do Espírito Santo não houve impedimento para a nossa chegada e todo o processo de negociação foi feito de maneira ágil, responsável e com amplo diálogo”.

Leia mais:  Equipe da Sedh visita projetos e espaços que irão abrigar CRJ e CAAD em Linhares

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, afirmou que o município está acompanhando o Estado na preparação para a atração de novos investimentos. “Não tenha dúvida que a macro localização logística no Brasil é o Espírito Santo. Devido aos incentivos fiscais, da ambiência de negócios e da relação que o governador tem com o setor produtivo. É uma honra muito grande para o município da Serra receber este tipo de investimento e estamos à disposição para atendê-los. Saber que a empresa tem preocupação com a responsabilidade social é fundamental para nós gestores. Precisamos muito desta visão da empresa para que possamos reduzir as desigualdades sociais”, observou.

A empresa recebe os incentivos fiscais do Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo (Compete-ES). Também estiveram presentes na videoconferência, os subsecretários de Estado de Atração de Investimentos, Gabriel Feitosa e de Competitividade, Rachel Freixo, além de representantes da Whirlpool.

Sobre a empresa

A Whirlpool Corporation no Brasil é o negócio de eletrodomésticos da Whirlpool S.A., subsidiária da Whirlpool Corporation – líder em eletrodomésticos para cozinha e lavanderia -, presente no país com as marcas Brastemp, Consul, KitchenAid, Compra Certa e B.blend. Liderança em Marcas e Produtos e Excelência Operacional e em Pessoas são os principais pilares que representam a essência da Whirlpool.

No Brasil, a empresa tem quatro unidades, sendo três fábricas (localizadas nas cidades de Joinville-SC, Manaus-AM e Rio Claro-SP) e Centro Administrativo em São Paulo-SP. Além disso, são mais quatro centros de tecnologias, 23 laboratórios, três centros de distribuição. A empresa conta com aproximadamente 11 mil colaboradores engajados pelo desafio de traduzir as necessidades do consumidor em produtos e serviços inovadores, sustentáveis e únicos.

publicidade

Política e Governo

Eleições 2022: eleitores do ES têm até o dia 18 para pedir voto em trânsito

Publicado

Os pedidos devem ser feitos em atendimento presencial, e não há a opção de solicitação pela internet

Os eleitores capixabas que pretendem participar do pleito deste ano e estarão fora do domicílio eleitoral no dia da eleição têm até o dia 18 de agosto para se habilitar, na Justiça Eleitoral, a fim de votar em trânsito ou em seção distinta da de origem, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O requerimento para votar em trânsito pode ser feito para o primeiro, o segundo ou ambos os turnos. Essa modalidade de votação ocorre somente nas capitais e nos municípios com mais de 100 mil eleitores.

Pedidos

Os pedidos devem ser feitos em atendimento presencial, e não há a opção de solicitação pela internet. Para isso, basta procurar qualquer cartório eleitoral, portando um documento oficial com foto, e indicar o local escolhido para ir votar no dia da eleição. Neste ano, o primeiro turno está marcado para 2 de outubro e, eventual segundo turno, para o dia 30.

Leia mais:  Setades anuncia cronograma de pagamento do Bolsa Capixaba

O voto em trânsito é como uma transferência de domicílio eleitoral, mas temporária. Por exemplo, o eleitor mora no Espírito Santo, mas já sabe que estará em Brasília no dia da votação. Nessa hipótese, basta informar à Justiça Eleitoral que pretende votar naquela cidade indicada.

Habilitação

A habilitação para o voto em trânsito não transfere ou altera quaisquer dados da inscrição eleitoral. Após as eleições, a vinculação do eleitor com a seção de origem é restabelecida automaticamente.

Modalidades

Segundo o artigo 233-A do Código Eleitoral e a Resolução TSE nº 23.669/2021, existem duas possibilidades de voto em trânsito: quem estiver fora de sua cidade, mas no mesmo estado, poderá votar para os cargos de presidente da República, governador, senador, deputado federal, deputado estadual ou deputado distrital. Já os que estiverem em outro estado poderão votar apenas para presidente da República.

Exterior

Vale reforçar que não é possível votar em trânsito fora do Brasil. No entanto, quem tem o título de eleitor cadastrado no exterior e estiver no território brasileiro poderá, sim, votar na eleição para o cargo de presidente da República, desde que habilitado dentro do prazo.

Leia mais:  Empresa de brownies é primeira do ramo com potencial de exportação no PEIEX-ES

Continue lendo

Política e Governo

Ramalho decide disputar a Câmara Federal

Publicado

Após ser rifado pelo partido na disputa do Senado e ter desabafado que o “sistema” tinha retirado o seu sonho, o ex-secretário da Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho (Podemos) vai disputar uma vaga de deputado federal. Ele vai se somar à chapa que já tem o ex-prefeito Gilson Daniel e o vice-prefeito de Vila Velha, Victor Linhalis, entre outros.

A decisão foi divulgada em nota na tarde desta quinta-feira (11), por sua assessoria. O comunicado diz que a homologação da candidatura foi deferida pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual.

Nos bastidores, a ida de Ramalho para a chapa federal do Podemos dá mais tranquilidade aos candidatos que temiam não alcançar nenhuma das 10 vagas. Agora, os cálculos dão conta da possibilidade de conquistar até duas cadeiras, segundo analistas políticos. O Podemos faz parte da base aliada do governo e vai apoiar a senadora Rose de Freitas (MDB) à reeleição.

Leia a nota na íntegra:

“Nesta quinta-feira (11), após refletir sobre a negativa da homologação da sua candidatura ao Senado, o Coronel Ramalho, ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, decidiu continuar na disputa eleitoral de 2022, agora como candidato a deputado federal.

Sua candidatura foi homologada pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual do Podemos, que também o orientou e motivou a permanecer com seu nome à disposição da sociedade capixaba.

A decisão foi tomada após ouvir sua família, amigos e principalmente as pessoas que o incentivaram a continuar lutando por uma vaga no Congresso Nacional. A deliberação final foi pautada ainda na possibilidade concreta de ser o único candidato com experiência e propostas efetivas no campo da segurança pública.

Ramalho continuará defendendo a modernização e adequação da Legislação Penal Brasileira, que no seu entender, não atende aos anseios dos operadores de segurança pública e das famílias brasileiras, que sofrem nas mãos dos criminosos e não são devidamente alcançados e punidos”.

Leia mais:  Suspensão de protesto de dívida agora é lei
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana