conecte-se conosco


Segurança

Entrega proibida! Droga do Mato Grosso do Sul é presa nos Correios em Vila Velha

Publicado

De acordo com a polícia, tanto o remetente quanto o destinatário já foram identificados. Até o momento ninguém foi preso

Um encomenda foi apreendida nesta terça-feira (23). O pacote com três tabletes de maconha vinha do Mato Grosso do Sul e foi interceptado pela polícia antes mesmo de chegar ao destino final, em Vila Velha.

A droga foi encontrada após um trabalho conjunto da Polícia Judiciária da Força Nacional com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios. Mesmo com a apreensão da droga, o responsável pela encomenda ainda não foi detido.

De acordo com o Departamento Especializado em Narcóticos (Denarc), o pacote veio da cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e estava embalado em uma caixa de papelão dos próprios Correios, a qual pode ser adquirida em todas as agências postais. Os três tabletes de maconha totalizavam dois quilos.

O delegado titular do Denarc, Tarcisio Otoni, explicou que a encomenda foi rastreada após um serviço conjunto com os Correios. “Levantamentos da nossa unidade indicaram esse fluxo de entorpecentes, utilizando o tráfego postal dos Correios para o tráfico de drogas. Com informações aprofundadas em mãos, solicitamos cooperação da Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios, para o rastreio das encomendas suspeitas”.

Modalidade conhecida

Este tipo de tráfico de drogas não é incomum. No dia 20 de janeiro, 500 micropontos de LSD foram apreendidos. Os entorpecentes seriam levados para São Paulo mas foram interceptados ainda em Vila Velha. 

Em outro caso semelhante, a polícia encontrou um quilo de maconha dentro de uma caixa de som. A encomenda veio de Foz do Iguaçu, no Paraná. Nestes casos, a identificação por parte da polícia acontece por meio da checagem em raio-x.

Leia mais:  Unidade prisional reforça desinfecção de ambientes
publicidade

Segurança

Hacker suspeito de criar vírus que controla celulares é preso no ES com R$ 7,2 milhões em casa

Publicado

O suspeito foi solto após pagar uma fiança no valor de R$ 110 mil

Um homem de 32 anos suspeito de liderar uma quadrilha responsável por fraudes bancárias, e considerado um dos maiores hackers do Brasil, foi preso no início do mês pela Polícia Federal em um condomínio de luxo localizado em Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo. Segundo informações passadas pela PF, o homem era responsável por um vírus que oferece ao invasor controle total sobre os smartphones por meio de acesso remoto.

De acordo com a Folha de São Paulo, os agentes apreenderam a maior quantia em espécie da história da PF no combate a fraudes bancárias. Foram encontrados na casa do suspeito, R$ 7,2 milhões, separados em bolos de notas de R$ 100 e de R$ 50. No local, os agentes também descobriram 1 kg de ouro em barras.

Para a polícia o dinheiro encontrado na casa do suspeito faz parte dos esquemas de invasões a celulares. O suspeito estava sob o radar da Polícia Federal desde maio de 2015.  O programador foi solto após pagar fiança no valor de R$ 110 mil.

Leia mais:  Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizam formatura de novas turmas de sargentos

Continue lendo

Segurança

Polícia prende principal suspeito do assassinato do diretor do Sine de Nova Venécia

Publicado

A Polícia Civil, com o apoio do serviço de inteligência do segundo batalhão da Polícia Militar de Nova Venécia, conseguiu localizar e prender o principal suspeito de assassinar o diretor do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Nova Venécia, Dionízio Gonzaga de Oliveira, de 42 anos.
  
O delegado de Polícia Civil de Nova Venécia, William Dobrovosk Simonelli Daniel, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, confirmou a prisão. De acordo com informações, o assassino é acusado de cometer outros homicídios e reside no município de Pinheiros. Entretanto, ele estava escondido na cidade de Boa Esperança.
O suspeito será encaminhado para a 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia, onde será ouvido. A Polícia Civil deverá conceder uma entrevista coletiva ainda na tarde desta sexta-feira (26), para falar sobre o caso.

Leia mais:  Governo realiza solenidade de início dos cursos de formação de soldados, oficiais e médicos da PMES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana