conecte-se conosco


Camisa 10

Entregador de pizza na pandemia, capixaba Esquiva Falcão admite dificuldade

Publicado

Com cartel invicto no boxe profissional, lutador precisou de complemento de renda na pandemia: ‘Tive de me reinventar’

Esquiva Falcão é medalhista olímpico e possui uma carreira invicta no boxe profissional, com 28 vitórias consecutivas, sendo 20 delas por nocaute. Isso, porém, não livra o boxeador de lutar contra dificuldades financeiras.

No início de abril, uma postagem do atleta chamou atenção nas redes sociais, com ele anunciando que, para ajudar o restaurante de mini pizzas administrada por sua mulher, no Espírito Santo, ele seria o entregador. Rapidamente a foto viralizou, com muitos se questionando se Esquiva estava realmente passando necessidades.

A verdade é que sim. Até mesmo um atleta com uma carreira de sucesso, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Londres 2012, não possui estrutura para desenvolver a sua carreira. Ainda mais em um momento de pandemia.

“Minha esposa criou a empresa de mini pizzas e eu sou o entregador. E quando eu divulguei, isso emocionou muitas pessoas nas redes sociais. Foi uma história de superação, de garra. Durante a pandemia, muita gente que estava acostumado a fazer uma coisa, não podia mais fazer. Aconteceu exatamente isso comigo. Eu passei a vida toda dentro do boxe. E tive que me reinventar. E precisei disso para completar a renda, já que eu estou sem luta. Começaram a aparecer dívidas e eu percebi que meu dinheiro não ia dar”, explicou o boxeador, em entrevista ao Portal R7.

Esquiva detalhou que o coronavírus atrapalhou bastante a sua carreira, com ele ficando praticamente um ano parado: “Eu ia fazer uma luta na China valendo o cinturão e, como a pandemia começou lá, foi cancelada. Então eu fiquei o ano inteiro no Brasil e fiz apenas duas lutas, contra adversários mais fracos, que nem estavam ranqueados. Eu não tenho um salário. Vivo da bolsa das lutas. Se eu luto, ganho um valor, que tenho que ir administrando durante meses para poder pagar minhas dívidas. E, se eu não lutar, não recebo nada.”

Aos 31 anos e sonhando com o cinturão mundial de boxe entre os médios, Esquiva tem as lutas nas “veias”. Isso tudo graças a seu pai, Touro Moreno: “Eu venho de uma família que a luta está no sangue. Meu pai lutou MMA, vale-tudo. Meu irmão Yamaguchi também é medalhista olímpico. Tenho também um sobrindo que está disputando o Mundial de Boxe. É uma família de campeões. E isso é tudo graças ao meu pai. Hoje ele tem 83 anos, mas continua competindo.”

E se atualmente ele não pode fazer o que mais gosta, ao menos a visibilidade das redes sociais o ajudou a conseguir algum tipo de apoio.

“A campanha emocionou muita gente, até mesmo quem não era fã. E muita gente não acreditava. Um medalhista olímpico entregando pizza. Isso atraiu parceiros. Eu consegui uma parceria com a Honda, que me deu uma moto para poder entregar as pizzas, para facilitar o meu trabalho. Chegou também até o Lucas, que é filho do Luciano, dono da Havan. Eu fechei um patrocínio bom, que vai me ajudar a focar nos treinamentos, vai ajudar as mini pizzas da minha esposa, vai ajudar a gente contratar outro motoboy para ajudar nas entregas. O Brasil inteiro quer o cinturão, então como não apoiar o atleta a conquistá-lo? Não é só falar. Tem que apoiar”, ressaltou o vice-campeão olímpico.

Apesar de comemorar o patrocínio, Esquiva sabe que a carreira no boxe não será para sempre e acredita que o empreendimento da esposa pode render um bom futuro para a família: “Eu não vou parar, vou continuar ajudando. Quando encerrar a carreira no boxe, posso trabalhar na pizzaria da minha esposa. Já é um plano para o futuro”, garantiu ele, antes de mandar um recado: “E para quem quiser mini pizza, é só pedir que eu vou pessoalmente entregar.”

A prata que vale ouro

Esquiva foi um dos grandes nomes do Brasil nas Olimpíadas de 2012. Ao longo da campanha, ele derrotou Soltan Migitinov, do Azerbaijão, Zoltán Harcsa, da Hungria, Anthony Ogogo, da Grã-Bretanha e, na final, foi derrotado pelo japonês Ryoto Murata em uma decisão bastante polêmica.

O brasileiro perdeu por apenas um ponto devido a uma punição no último round, que o tirou dois pontos. Terminou com a medalha de prata, o melhor resultado de um brasileiro no boxe olímpico em todos os tempos, até Robson Conceição conquistar o ouro olímpico na Rio 2016.

O que para muitos poderia ser motivo para reclamação, para Esquiva é um orgulho. “Isso não tira mais meu sono. E engraçado que há males que vem para o bem. Eu ganhei a medalha de prata, que pode ter sido roubada, com muita polêmica, mas em qualquer lugar que eu vou, as pessoas lembram. Todo mundo fala que eu merecia o ouro. Então, talvez se eu tivesse conquistado o ouro, as pessoas não lembrariam. Para mim, a medalha que eu tenho vale ouro. E para mim representa muito.”

Leia mais:  Jorge Jesus decide deixar o Flamengo e deve anunciar saída para o Benfica nas próximas horas
publicidade

Camisa 10

Kleber Andrade recebe duas partidas válidas pelas quartas de final do Campeonato Capixaba

Publicado

O Estádio Estadual Kleber Andrade vai receber, nos próximos dias, duas partidas válidas pelas quartas de final do Campeonato Capixaba. A primeira, entre Vilavelhense e Vitória, acontece já nesta quinta-feira (6), às 18h30, e é o jogo de ida dessa fase mata-mata.

Sétimo colocado na primeira fase, quando conquistou 12 pontos, o Vila será o mandante da partida e terá a difícil missão de superar o Vitória, que fez a segunda melhor campanha com 17 pontos. A partida de volta entre as duas equipes está marcada para domingo (9), também às 18h30, no estádio Salvador Costa, em Vitória.

O segundo jogo dessa fase a ser disputado no Klebão vai colocar frente a frente Rio Branco e Serra. O confronto entre as equipes acontece no domingo (9), às 18h30. Maior campeão estadual, com 37 títulos, o time capa-preta perdeu o primeiro jogo para o Serra por 1 a 0, no Robertão, e precisa vencer para seguir vivo na competição.

Números

Principal palco esportivo do Espírito Santo, o Kleber Andrade recebeu nove jogos durante a primeira fase do Capixabão, sendo cinco do Rio Branco e quatro do Vilavelhense.

Em virtude da portaria assinada pela Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) para auxiliar os times capixabas durante este período de pandemia e sem torcida nos estádios, todos os jogos foram realizados com isenção de taxa para ambas as equipes.

Além dos jogos da competição estadual, outras três partidas, todas válidas pela Copa do Brasil, foram disputadas no estádio este ano. Em março, o Kleber Andrade recebeu os confrontos entre Rio Branco e Sampaio Corrêa, Marília e Criciúma, e Mirassol e Bragantino.

Leia mais:  Final da Libertadores: decreto do Governo autoriza até 10% da capacidade do Maracanã
Continue lendo

Camisa 10

Sesport visita municípios do norte do Estado para debater projetos e parcerias com prefeituras

Publicado

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, esteve nas cidades de Jaguaré, Montanha e São Mateus, nessa terça-feira (04) e nesta quarta-feira (05), visitando obras, áreas esportivas e realizando reuniões com os prefeitos e secretários de Esporte para tratar da parcerias entre a Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) desses municípios. O objetivo da visita foi avaliar locais para a construção de outros equipamentos, ampliar programas e fomentar o esporte no norte do Estado.

Uma das principais obras da Sesport na região é a do espaço multiesportivo de Jaguaré, que está sendo realizada por meio de convênio com a Prefeitura, com  um investimento total de R$ 2,9 milhões. O secretário Júnior Abreu foi até o local, ao lado do prefeito Marcos Guerra, para acompanhar o andamento dos trabalhos. O complexo, construído na Avenida Nove de Agosto, está praticamente concluído e contará com campo de futebol soçaite, quadras de tênis e poliesportiva, pista de skate, vestiários, estacionamento, além de um campo de areia e pista de caminhada.

A expectativa é de que cerca de três mil pessoas serão beneficiadas assim que a obra estiver pronta, incluindo crianças e adolescentes, de seis a 16 anos, que participam do projeto Campeões de Futuro, realizado pela Sesport. No local devem acontecer atividades dos núcleos futebol, futsal, karatê, vôlei e ginástica rítmica.

Em São Mateus, Júnior Abreu se reuniu com o prefeito Daniel Santana e o secretário municipal de Esportes, Jasson Barcellos, para debater a importância do esporte como ferramenta de inserção social e ouvir as demandas do município. “A presença do secretário Júnior Abreu aqui em São Mateus e na região, representando a Sesport e o governador Renato Casagrande, é de grande importância, pois, além de fortalecer os nossos projetos, é uma forma de mostrarmos a realidade que cada município tem em termos de estrutura”, comentou Barcellos.

Já em Montanha a visita contou também com a presença da vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, que participou da solenidade de entrega do Cartão ES Solidário. No município, o prefeito Andre Sampaio e a secretária municipal de Esportes, Marisa Salvador, conversaram com Júnior Abreu sobre os planos para a cidade no segmento no esportivo.

“A visita do secretário Estadual é de grande importância para que ele possa entender os projetos que temos para o município e também as nossas necessidades. Como, por exemplo, estamos planejando, em parceria com a Sesport, a construção de uma quadra no bairro Amazonas, que é um projeto que visa a fomentar um local a mais para a prática de esportes, próximo a um local onde já contamos com outros equipamentos esportivos”, declarou Sampaio.

O secretário Júnior Abreu explicou a importância de percorrer o interior para vistoriar obras e conversar com os gestores municipais: “Essas visitas ao interior são importantes porque permitem que a gente conheça a realidade específica de cada município e possa ser ainda mais útil nas intervenções do Estado. Olhar as áreas esportivas e os projetos que podem ser feitos nessas regiões é gratificante. Com a queda do número de casos da Covid-19, a intenção é realizar outras visitas como essa nos demais municípios capixabas”, frisou.

Leia mais:  Anderson Silva confirma fim da carreira após luta de 31 de outubro
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana