conecte-se conosco


Internacional

Especialista explica como homem sobreviveu 40 segundos dentro da boca de uma baleia

Publicado

Veterinária Joana Ikeda, da Uerj, disse que baleias tem cerdas no lugar dos dentes. Michael Packard torceu o joelho e teve escoriações leves ao ser engolido por baleia.

Especialista em mamíferos aquáticos, a veterinária Joana Ikeda afirmou ao portal G1 que o pescador profissional de lagostas Michael Packard teve muita sorte ao sair vivo depois de ter ficado cerca de 40 segundos dentro da boca de uma baleia jubarte. Veja entrevista completa no vídeo acima.

Especialista explica como homem sobreviveu 40 segundos dentro da boca de  uma baleia | Mundo | G1

“Com certeza, ele deu muita sorte. Apesar dele não ser uma presa e a baleia não ser um super predador que vai predar presas grandes, é um animal muito grande. Ela chega a 16 metros, com uma força de mandíbula muito grande. Pegando num local errado, no tórax, ou de alguma outra forma que ele acaba caindo dentro da boca, ele poderia ter lesões bem mais graves e até podia ter vindo a falecer”, afirmou.

A responsável técnica pelo Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua) da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) disse ainda que o americano pode não ter se machucado tanto porque as baleias não têm dentes.

Especialista explica como homem sobreviveu 40 segundos dentro da boca de  uma baleia | Mundo | G1

Packard torceu o joelho e teve escoriações leves. O caso aconteceu na costa de Cape Cod, em Massachusetts na sexta-feira (11). 

“As baleias são um grupo de animais marinhos que não possuem dentes. No lugar dos dentes, eles possuem barbatanas. São estruturas que possuem cerdas de escovas. Por isso, talvez, não tenha machucado tanto o indivíduo que entrou”, disse Ikeda.

Sobre o mergulhador ter conseguido ficar dentro da boca do animal sem grandes ferimentos, Joana Ikeda explicou que o espaço se abre após a baleia expandir pregas que tem embaixo da boca.

“Elas se alimentam de pequenas presas, são pequenos crustáceos, pequenos peixinhos. Ela não se alimenta de nada grande. Ela não tem uma estrutura que consegue engolir ele. Ela expande as pregas que ela tem embaixo da boca e tem um espaço muito grande para que caiba um indivíduo adulto sem se machucar, sem ser literalmente esmagado pela mandíbula”.

Leia mais:  Explosões no porto de Beirute, Líbano, causam grande destruição
publicidade

Internacional

Hospital nos EUA faz transplante de rim em paciente errado

Publicado

Um hospital de Cleveland (Ohio, EUA) reconheceu um grave erro: uma equipe médica realizou recentemente um transplante de rim em paciente errado. A fila de espera apontava outro receptor do órgão.

A direção do hospital universitário se desculpou pelo erro e informou que dois funcionários foram colocados em licença administrativa. Incrivelmente, o rim dado ao paciente errado se mostrou compatível e se espera que a pessoa que o recebeu no lugar de outra se recupere totalmente, disseram autoridades locais, segundo afiliada da rede Fox.

A cirurgia do outro paciente foi adiada. Autoridades disseram que o hospital abriu sindicância para descobrir como o erro ocorreu e evitar erros semelhantes no futuro. Os nomes dos envolvidos não fooram divulgados.

“Oferecemos nossas sinceras desculpas a esses pacientes e as suas famílias”, disse o porta-voz do hospital, George Stamatis, em um comunicado. “Reconhecemos que eles nos confiaram seus cuidados. A situação é totalmente inconsistente com 0 nosso compromisso de ajudar os pacientes a voltarem à saúde e viverem a vida plenamente”, acrescentou ele.

O hospital notificou a United Network for Organ Sharing, que gerencia o sistema nacional de transplantes e que é a responsável pela distribuição dos órgãos na fila de espera.

Leia mais:  Torre Eiffel ficará fechada por causa de coronavírus
Continue lendo

Internacional

Japão prorroga estado de emergência por covid-19

Publicado

País registra um aumento de casos da doença uma semana depois do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O Japão prorrogou nesta sexta-feira (30) a emergência sanitária por covid-19 em Tóquio e a ampliou para outras quatro regiões, após o aumento dos contágios, uma semana depois do início dos Jogos Olímpicos.

“Decretamos o estado de emergência para Saitama, Chiba, Kanagawa e Osaka”, afirmou o primeiro-ministro Yoshihide Suga, antes de acrescentar que a medida, já em vigor em Tóquio e Okinawa (sul), foi estendida até 31 de agosto.

Na quinta-feira (29), o Japão registrou mais de 10 mil casos de coronavírus pela primeira vez, o que levou autoridades e especialistas a advertirem para o risco que implica a propagação da variante Delta.

O surto no país é comparativamente pequeno. Desde o início da pandemia, foram registradas 15.000 mortes, e o governo nunca adotou medidas de confinamento rígido. Apenas 25% da população está completamente vacinada.

O recorde de casos acontece em pleno desenvolvimento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nas últimas 24 horas, foram registrados 27 novos contágios, o maior número diário desde o início do evento esportivo, segundo o comitê organizador.

“O contágio está se espalhando a uma velocidade nunca antes vista”, especialmente dentro e ao redor da região de Tóquio, disse o primeiro-ministro Suga.

“A variante delta altamente contagiosa se impõe rapidamente e, se o aumento de infectados, não parar é possível que os hospitais fiquem lotados”, alertou.

Anteriormente, a ministra da Saúde, Norihisa Tamura, afirmou que o governo queria enviar uma “mensagem forte” ao prorrogar o estado de emergência, já que a variante Delta agora responde por “mais de 50% dos casos” em Tóquio.

O atual estado de emergência em Tóquio restringe o horário de funcionamento de bares e restaurantes e proíbe a venda de bebidas alcoólicas. Os especialistas alertam para um relaxamento de seu cumprimento e um aumento de casos entre os jovens.

Leia mais:  OMS diz que não espera vacinação em massa contra covid-19 antes de meados de 2021
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana