conecte-se conosco


Camisa 10

Espírito Santo conquista cinco medalhas no primeiro dia da natação nos Jogos Escolares da Juventude

Publicado

O terceiro e último bloco de competição dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Blumenau, Santa Catarina, teve início nesta quarta-feira (27), com o Espírito Santo conquistando cinco medalhas, todas na natação.

As conquistas vieram com Maria Luiza Coutinho, prata nos 50 metros livre; Milena Piazzin, prata nos 50 metros borboleta; e Victor Sansoni, bronze nos 100 metros costas; Lincoln Cunha, nos 200 metros medley; além do bronze no revezamento masculino, com Juan Pablo Lima, Matheus da Rocha, Pablo Machado e Liconl Cunha.

Disputando os Jogos pelo quarto ano seguido, Milena celebrou bastante o segundo lugar no pódio. “Foi muito bom pegar pódio porque os Jogos Escolares têm muita visibilidade, praticamente todos os melhores do país estão aqui disputando o torneio. Então subir no pódio nessa prova mostra que o nosso trabalho está sendo feito da maneira correta”, revela a atleta, que também já medalhou nos JEJ em 2016 e 2017.

Neste último bloco, os capixabas disputam as modalidades de ciclismo, ginástica rítmica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez.

A competição, que teve início no último dia 16 deste mês, já contou com mais dois blocos. O Estado participou nas duas primeiras etapas das disputas de atletismo, badminton, basquete, handebol, judô, vôlei e wrestling, acumulando 22 medalhas até o momento, sendo cinco de ouro, sete de prata e 10 de bronze.

Ao final, serão 91 escolas, de 17 municípios, em uma delegação de 214 atletas, representando o Estado em Blumenau. No total, seis mil estudantes dos 27 estados do País passarão pelo interior de Santa Catarina. Os Jogos Escolares terão seu encerramento na sexta-feira (29).

Confira a lista de medalhas da delegação capixaba nos Jogos Escolares da Juventude:

Ouro

Emily Ferreira (Wrestling)

Stefany Ferreira (Wrestling)

Wrestling infantil por equipes

Angelo Miguel (Atletismo – 75 metros rasos infantil)

Angelo Miguel (Atletismo – 250 metros rasos)

Prata

Nice de Paula (Basquete feminino infantil)

Wyller Borgo (Atletismo – salto em distância juvenil)

Laís Gasparini (Atletismo – nos 1000 metros rasos)

Mariana da Silva (Atletismo – salto em distância)

Ana Clara Barcellos (badminton)

Milena Piazzin (natação – 50 metros borboleta)

Maria Luiza Coutinho (natação – 50 metros livre)

Bronze

Roger Ramalhete (Wrestling)

Alessandro de Oliveira (Judô)

Wrestling juvenil por equipes

Handebol masculino infantil

Gabriella Barcellos (Atletismo – lançamento de dardos infantil)

Mariana da Silva (Atletismo – salto em altura infantil)

Revezamento 4x 75 masculino infantil

Victor Sansoni (natação – 100 metros costas)

Licoln Cunha (natação – 200 metros medley)

Revezamento 4 x 100 masculino (natação)

Total: 22 medalhas

Leia mais:  Como a yoga pode ajudar surfistas a aliviar dores crônicas
publicidade

Camisa 10

Arrascaeta é convocado e vira desfalque do Flamengo no Cariocão 2021

Publicado

Além do uruguaio, outros jogadores do rubro-negro tem a chance de serem convocados para defenderem suas seleções

A seleção uruguaia anunciou a convocação oficial para os próximos compromissos, diante de Argentina, dia 26 de março (fora), e Bolívia, dia 30 (em casa), pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2022. Como já esperado pela diretoria do Flamengo, o meio-campista Arrascaeta foi convocado e será o primeiro desfalque do time no mês.

Assim como o restante do elenco principal, Arrascaeta se reapresentará no clube no dia 15 de março, após o recesso do final da última temporada. Dessa forma, o uruguaio deve ser baixa no rubro-negro nos jogos contra Botafogo (dia 23), Boavista (27) e Bangu (31), pelas 5ª, 6ª e 7ª rodadas do Cariocão 2021, respectivamente. O anúncio da convocação foi nesta sexta-feira (5).

Pode ser até que o meia se reapresente após o clássico contra o Botafogo ou antes de enfrentar o Bangu, mas pelo curto espaço de tempo a tendência é que ele seja desfalque mesmo nas duas partidas.

Além de Arrascaeta, o Flamengo deve perder Maurício Isla, do Chile, nome carimbado em sua seleção. E o risco de perder brasileiros também é grande, já que as convocações podem ser apenas de jogadores que atuam no continente sul-americano. Entre os rubro-negros que já foram chamados em outras oportunidades, estão Everton Ribeiro, Gabigol e Pedro.

Ainda sem o time principal e o técnico Rogério Ceni, o Flamengo de Maurício de Souza e dos garotos do Ninho volta à campo neste sábado, às 18h, contra o Macaé, no Maracanã, em duelo válido pela 2ª rodada do Cariocão 2021.

Leia mais:  Intervenções no Estádio Kleber Andrade para Copa do Mundo Sub-17 estão em fase final
Continue lendo

Camisa 10

Ministério Público recomenda que CBF suspenda o futebol no Brasil

Publicado

Presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios, do MP, quer a suspensão de todas as competições nacionais como medida para conter o avanço da Covid-19

O Ministério Público vai recomendar à CBF a suspensão de todas as partidas de futebol no Brasil. A carta deverá ser assinada em conjunto pelos presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádio.

– A Comissão Nacional decidiu emitir uma nota técnica recomendando à CBF a suspensão de toda e qualquer competição por ela organizada, em face da situação que hoje o Brasil atravessa, com o crescente número de pessoas falecidas e contaminadas. (Valberto Lira)

– Todos os colegas que integram a comissão entendem que se não houver o acatamento dessa recomendação, serão ajuizadas ações em todos os estados. Vivemos uma situação que preocupa a todos e esses deslocamentos de equipes de um estado para outro trará mais possibilidade de contágio – explicou o presidente da Comissão Nacional de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios do Ministério Público.

Mais cedo, Valberto Lira já havia se posicionado contra a realização de partidas de futebol na Paraíba. Em ofício que será enviado à CBF, ele recomendou que a partida entre Treze x Altos, pela Copa do Nordeste, marcada para sábado, seja cancelada. O mesmo vale o jogo Campinense x Bahia, na próxima terça-feira, pela Copa do Brasil.

– Futebol não é atividade essencial. As atividades essenciais estão elencadas no decreto do governo do estado. Nós estamos dizendo à CBF que não poderão acontecer esses jogos. Estamos recomendando também à Polícia Militar para impedir esses jogos no estado da Paraíba – disse Valberto, que também é presidente da Comissão de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios da Paraíba.

Valberto Lira, presidente da Comissão Nacional de Prevenção e Combate à violência nos estádios, pede a suspensão do futebol no país — Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com

Valberto Lira, presidente da Comissão Nacional de Prevenção e Combate à violência nos estádios, pede a suspensão do futebol no país

Leia mais:  Gabigol antecipa Flamengo e anuncia acerto: "Fico"
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana