conecte-se conosco


Política e Governo

Espírito Santo é referência em transparência nos dados do novo Coronavírus

Publicado

O Espírito Santo está entre os estados mais transparentes nos dados sobre a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). É o que mostra o Índice de Transparência da Covid-19, elaborado pela ONG Open Knowledge Brasil (OKBR) e divulgado nessa quinta-feira (16).  A OKBR, também conhecida como Rede pelo Conhecimento Livre, é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua na implementação e na defesa da transparência dos dados públicos.

No ranking elaborado pela instituição (CLIQUE AQUI E ACESSE O RANKING COMPLETO), o Espírito Santo foi classificado entre os três estados com nível alto de transparência, ao lado do Ceará e de Pernambuco, obtendo a pontuação 93 em uma escala de zero a 100.  A nota mostrou a rápida evolução da transparência dos dados no Estado, que inicialmente havia sido enquadrado na categoria opaca, na avaliação realizada no dia 9 de abril. Em apenas uma semana, o Espírito Santo passou a ocupar o topo da escala.

Em seu boletim sobre a situação de cada Estado, a Open Knowledge Brasil (OKBR) destacou o avanço do Estado: “O Estado fez um painel de visualização, mas a principal melhoria se refere aos microdados publicados, que passam a ser os mais detalhados disponíveis no país. O Estado apresenta informações inclusive de raça/cor e escolaridade, quando disponíveis, além de diversas outras variáveis, como tipo de teste aplicado, comorbidades e sintomas”, diz a nota da ONG.

O secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata, observa que a disponibilização da ferramenta de dados interativos Painel Covid-19, que traz informações em tempo real sobre a doença no Estado, foi fundamental para que isso ocorresse. “Passamos a ser referência no País em transparência dos dados do Covid-19. Informação acessível e transparente pode salvar vidas e ajudar a população a se conscientizar sobre a pandemia”, ressalta Edmar Camata.

O secretário de Estado explica que o painel criado atende tanto ao público leigo quanto à imprensa, pesquisadores e profissionais da saúde. “Além disso, é um painel gerencial, fundamental para as decisões de governo. A plataforma consegue transformar dados em informação útil em diversos níveis de conhecimento, por apresentar alta maturidade em dados abertos”, diz.

O Painel Covid-19 foi desenvolvido em parceria com o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Espírito Santo (Prodest), a Secretaria de Controle e Transparência (Secont), a Superintendência Estadual de Comunicação Social (Secom) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN).

CLIQUE AQUI E ACESSE O PAINEL COVID-19

Ao colaborar com o projeto, a Secont atuou no mapeamento e definição da lista de dados a serem divulgados no Painel, que teve como base os critérios defendidos pela ONG Open Knowledge Brasil (OKBR).  No painel é possível acompanhar o número de notificações, de casos confirmados, em investigação, pacientes curados, óbitos e testados pelo exame “RT-PCR” em tempo real. Também é possível checar a situação por municípios, por bairros e por região de saúde, faixa etária, sexo e comorbidades. Os dados podem ser filtrados e organizados por categoria e também estão disponíveis para download em formato aberto.

Metodologia

O Índice de Transparência da Covid-19 da OKBR avalia a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia, publicados pela União e pelos estados em seus portais oficiais. A análise é composta de três dimensões: conteúdo, granularidade e formato. Cada dimensão é constituída por um conjunto de aspectos avaliados separadamente, aos quais são atribuídos diferentes pesos para a elaboração da nota de zero a 100.

No item conteúdo a avaliação leva em conta a diversidade de informações disponibilizadas, como o perfil detalhado dos pacientes (gênero, idade, doenças pré-existentes). Já em granularidade é analisado o detalhamento geográfico das informações, os microdados da situação por municípios e bairros. E a categoria formato leva em conta a facilidade de visualização do conteúdo, a apresentação de séries históricas e a disponibilização do formato dados abertos.

Leia mais:  População ainda tem dúvidas do verdadeiro papel do vereador
publicidade

Política e Governo

Suporte econômico: operações de crédito emergencial atingem mais de R$ 720 milhões liberados pelo Banestes

Publicado

Em pouco mais de um ano e meio do início da pandemia da Covid-19, as linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes atingem mais de R$ 720 milhões em operações para empreendedores.

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), que tem mantido a relevante atuação de principal banco credor do Espírito Santo no acesso às linhas especiais de crédito emergencial, como medidas de suporte econômico em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) divulgou, nesta semana, o balanço atualizado das operações. Já são mais de R$ 720 milhões liberados nas linhas de crédito emergencial, em mais de 21 mil operações.

São beneficiadas pelas medidas de acesso ao crédito facilitado e com condições diferenciadas as empresas capixabas de todos os portes: micro, pequenos e médios empreendedores, além das grandes empresas e também o setor industrial. 

“O Banestes tem desempenhado um importante papel de incentivo à economia e permanece atuando como o principal banco credor do Estado no acesso às linhas especiais de crédito emergencial, lançadas como medida econômica para enfrentamento da pandemia, em parceria com o Governo do Estado, por meio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), do Programa Nossocrédito e da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), para a concessão de microcrédito”, ressaltou do diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

As operações de crédito emergencial pelo Banestes tiveram início em março de 2020, a partir do avanço da primeira onda da pandemia da Covid-19 no Estado, que, em decorrência das importantes medidas de isolamento social, impactaram no andamento das atividades econômicas.

“Agimos rápido em busca de soluções que dessem suporte aos negócios, à manutenção dos empregos e à solidez do nosso Estado. Além das linhas especiais para os empreendedores, também lançamos soluções de suporte aos clientes pessoa física e repactuamos mais de R$ 580 milhões em operações de crédito. Atingimos, neste mês, a marca de mais de R$ 720 milhões liberados, em mais de 21 mil operações. Esse volume representa o sólido comprometimento do Banestes com o povo capixaba. Permanecemos atentos aos cuidados com os nossos colaboradores e clientes, com a manutenção dos nossos serviços e com a sustentabilidade do nosso banco”, destacou Amarildo Casagrande.

As informações sobre as linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes, assim como sobre as outras soluções financeiras disponíveis como medidas de enfrentamento à pandemia, estão disponíveis para acesso à população pelo site www.banestes.com.br/estamosjuntos. No site, também é possível acessar as informações para contato com o banco.

Números do 1º semestre

No primeiro semestre de 2021, o Banestes registrou lucro líquido total de R$ 114 milhões. O lucro líquido recorrente foi de R$ 109 milhões, o que, ao comparar os resultados recorrentes do primeiro semestre de 2021 com o período equivalente a 2020 (R$ 87 milhões), o crescimento foi de 25,0%.

Sob a forma de juros sobre capital próprio, no primeiro semestre do ano foi destinado ao acionista controlador, o Estado do Espírito Santo, a quantia de R$ 33 milhões, valor aplicado conforme as prioridades de investimentos definidas no orçamento Estadual.

Crédito Emergencial Banestes:

  • Em 1 ano e 08 meses, mais de R$ 720 milhões liberados em crédito emergencial para empresas de todos os portes e microempreendedores capixabas;
  • Mais de 21 mil operações emergenciais realizadas;
  • Mais de R$ 583 milhões em renegociações de contratos de crédito;
  • Informações detalhadas sobre linhas de crédito e outros auxílios disponíveis em www.banestes.com.br/estamosjuntos.

Leia mais:  Governo Casagrande fortalece parceria com municípios do interior capixaba
Continue lendo

Política e Governo

Governador apresenta Plano de Investimentos a prefeitos e lideranças da região Litoral Sul

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, realizou, na manhã desta quinta-feira (16), um encontro com prefeitos e lideranças da região Litoral Sul. Durante a reunião de trabalho, realizada no município de Anchieta, foi apresentado o Plano de Investimentos 2020/2021, do Governo do Estado. Desde o início de agosto, o governador vem realizando encontros semanais com vereadores e agora inicia essas agendas com prefeitos e lideranças de todas as microrregiões do Espírito Santo.

Participaram desse primeiro encontro os prefeitos e lideranças dos municípios de Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo do Sul, Anchieta, Piúma, Marataízes, Presidente Kennedy e Itapemirim.

Para o governador, é importante apresentar os investimentos que estão sendo realizados, assim como entender as principais demandas para investimentos futuros. “Estamos apresentando o que estamos fazendo e também falando sobre o que ainda vamos realizar. Agora, com a pandemia mais controlada, podemos realizar esses encontros, em que expomos de forma clara e transparente onde estamos alocando os recursos públicos e quais são os nossos principais investimentos”, disse.

Casagrande destacou que os encontros servem também para ouvir de prefeitos, vereadores e demais lideranças quais são as principais demandas dos municípios. “É importante receber essas demandas para que a gente possa mudar a vida das pessoas, que é a nossa principal função enquanto gestor público. Essa região, em especial, sofreu muito com as fortes chuvas, principalmente as cidades de Iconha e Alfredo Chaves, que foram alvo de um trabalho de reconstrução no último ano por parte do Governo do Estado”, pontuou.

O governador prosseguiu: “Temos diversas outras obras nessa região, como em Costa Azul, em Iriri, Castelhanos e na chegada de Anchieta. Em breve vamos dar a ordem de serviço da recuperação de Meaípe e da orla de Piúma, além de um contorno para a cidade. Vamos continuar realizando importantes investimentos para mudar a vida do capixaba.”

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Vitor Coelho, que preside a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), parabenizou o Governo do Estado pelos investimentos realizados nos municípios. “Fico feliz em ver os números dos investimentos do Estado, que estão crescendo de forma exponencial ano a ano. Como é bom ser capixaba nesse momento e ver como o Governo do Estado está investindo e desenvolvendo os municípios. Quero que cada município cresça cada vez mais para fortalecer o Espírito Santo e termos ainda mais visibilidade no cenário nacional”, declarou.

O prefeito anfitrião do encontro, Fabricio Petri, agradeceu a reunião e elogiou a iniciativa de apresentar os investimentos aos prefeitos. “Nossa gratidão ao governador por realizar reuniões setorizadas, pois é fundamental sabermos onde estão sendo realizados os investimentos e apresentar nossas principais demandas. Com muito comprometimento, o Governo do Estado vem realizando investimentos em todos os municípios. São investimentos nítidos, em que o morador sente na pele”, afirmou.

A vice-governadora Jacqueline Moraes participou do encontro e citou algumas ações do Governo do Estado, destacando o Programa Agenda Mulher, coordenado no âmbito da Vice-Governadoria. “O programa representa a voz das mulheres no centro do poder do Espírito Santo. Precisamos reduzir a violência, mobilizando também os homens para esse debate”, ponderou.

Também estiveram presentes o secretário de Estado de Governo, Gilson Daniel; os deputados estaduais Janete de Sá, Emilio Mameri, Coronel Alexandre Quintino e Luciano Machado; os prefeitos Tininho Batista (Marataízes), Tiago Peçanha (Itapemirim), Fernando Lafayete (Alfredo Chaves), Paulo Cola (Piúma), Gedson Paulino (Iconha), Nei Castelari (Rio Novo do Sul) e Dorlei Fontão (Presidente Kennedy); além de secretários municipais, vereadores e lideranças.

Leia mais:  Sefaz lança cartilha com passo a passo para adesão ao Refis
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana