conecte-se conosco


Mundo Cristão

Esposa de pastor tira a própria vida e deixa 5 filhos com menos de seis anos

Publicado

A esposa de um pastor de uma congregação tirou a própria vida e deixou o marido com os cinco filhos do casal, todos menores de seis anos. Em resposta, os membros do ministério se mobilizaram e arrecadaram doações para a família.

Christopher Hilken é pastor de jovens de uma das congregações da megaigreja North Coast Church (Igreja da Costa Norte), na Califórnia (EUA). Sua esposa, Paige, supostamente cometeu suicídio no final de semana retrasado, como consequência de problemas de saúde mental.

Uma carta foi enviada a todos os membros das oito filiais da igreja descrevendo a situação da família. Um fiel compartilhou a informação, ponderando que “existem muitos detalhes que permanecem um mistério sobre a morte de Paige”.

O pastor principal da Igreja da Costa Norte, Larry Osborne, fez um comunicado especial sobre a tragédia que atingiu a família do pastor Hilken e lembrou que vivemos em “um mundo caído”, mas a família poderia encontrar consolo por Paige estar “na presença do Senhor agora”.

“[Ela] não está mais atormentada pelos demônios desses pensamentos”, disse Osborne. “Todo o sentimento de medo e compulsão tinha acabado de tomar conta dela, e estávamos orando por ela e aconselhando por ela. Estávamos fazendo tudo o que podíamos”, acrescentou.

Durante os vários meses antes da morte de Paige, Osborne disse que o pastor Hilken fez uma pausa em suas funções ministeriais e de liderança do programa de jovens para ajudar sua esposa a superar “o ataque repentino de problemas mentais e de dores emocionais que ela estava enfrentando”.

Leia mais:  TVE e Rádio Espírito Santo transmitem missas da Festa da Penha 2020

Antes do suicídio, Paige Hilken se internou em uma clínica para obter ajuda: “Ela tinha acabado de se hospedar em um dos melhores lugares do país, uma das melhores clínicas que lida com o que ela estava passando. Mas, infelizmente, não foi o suficiente”, lamentou o pastor Osborne.

‘Chorar com os que choram’

O pastor convidou os fiéis a estenderem a mão aos vários pastores das oito filiais da Igreja da Costa Norte, caso eles precisem de apoio, e garantiu que eles estarão à disposição para prestar apoio a quem precisar.

“Temos pastores extraordinários que fazem parte do seu ministério e orientam o seu ministério, e encorajamos você a recorrer a eles com perguntas, com confusão, em oração”, contextualizou.

“Mas, quero fazer o melhor que posso na tela para resolver esses problemas, falar com o nosso coração [e] também quero abordar as questões difíceis que estão sempre persistentes quando nos encontramos em uma situação como esta”, destacou.

Paige Hilken e seu marido se conheceram na faculdade. Ela era jogadora de softball e chegou ser campeã nacional de uma liga universitária.

“Paige era simplesmente incrível. Ela foi brilhante, motivada, gentil, generosa e sempre torcendo para que os outros tivessem sucesso “, disse a diretora atlética do CUI e treinadora de softball, Crystal Rosenthal, em um comunicado.

“Ela se empurrava em tudo o que fazia e ajudava a criar outras pessoas ao longo do caminho. Ela era o tipo de pessoa que passaria seu tempo descobrindo maneiras de inspirar e motivar os outros, e era apaixonada por seu amor a Deus e seu amor por família dela”, acrescentou.

Leia mais:  “Vi a morte, mas Deus me curou”, diz pastor curado do coronavírus

Os fiéis da Igreja da Costa Norte se juntaram e arrecadaram, até o momento, mais de US$ 540 mil em doações para o pastor que ficou viúvo e com cinco filhos para criar.

Suicídio

Osborne disse em seu sermão que cristãos muitas vezes se questionam sobre “como pode Deus permitir isso”, ou “como pode um líder cristão passar por isso”, e pontuou que sua convicção é que nos casos de suicídio, as escrituras apontam para a ideia de que “os cristãos vivem em um mundo decaído e coisas decaídas acontecem com eles”.

“Ser cristão não nos torna imunes à destruição deste mundo. […] Não nos torna imunes ao quebrantamento e à reação de sermos pegos pelo pecado de outra pessoa, e não nos torna imunes ao nosso próprio pecado ou quebrantamento. É parte disso mundo. [Ser cristão] nos torna imunes às consequências eternas de nossos pecados. […] É por isso que Jesus teve que morrer pelos nossos pecados, e é por isso que cada um de nós, eventualmente, vai morrer”, finalizou, de acordo com informações o The Christian Post.

publicidade

Mundo Cristão

Entidades fazem campanha nacional de “jejum e oração” pelas eleições no Brasil

Publicado

Com o início oficial da campanha para as eleições este ano, entidades ligadas a igrejas evangélicas resolveram lançar uma campanha nacional de jejum e oração pelo Brasil, mobilizando denominações de todos os estados do país.

O projeto teve início no último dia 14 e durará até o dia 30 de setembro. A intenção, portanto, é abranger todo o período eleitoral. O primeiro turno das eleições será realizado em 2 de outubro, quando a população deverá eleger deputados federais, estaduais, senadores, governadores e o presidente da República.

“A união faz a força! Vamos, juntos, interceder por melhores dias para o nosso País. Cada dia da semana contará com a contribuição e a determinação de cada estado! Quem vem nessa?”, escreveu o bispo Robson Rodovalho, líder da Igreja Sara Nossa Terra.

O líder religioso compartilhou um banner digital com as informações da campanha de jejum e oração. No material é possível observar que os dias da semana foram divididos por estado, ficando o sábado e domingo para todos.

Ou seja, as igrejas de São Paulo, Rio de Janeiro e o Paraná, por exemplo, deverão se unir em jejum e oração em todas as quartas-feiras até o dia 30 de setembro, enquanto que o Espírito Santo, Rondônia e Roraima deverão orar e jejuar nas quintas-feiras.

Leia mais:  ‘Aqui não tem pastora, nem de consideração’, diz pastor da Assembleia de Deus

Esta é uma iniciativa da Associação dos Parlamentares Evangélicos do Brasil (Apeb), do Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política (Fenasp) e da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil (Concepab).

Clamor pelo Brasil

A mobilização nacional em prol do jejum e oração, contudo, não é inédita no país. Em 05 de abril de 2020 também foi realizado um evento semelhante, logo no início da pandemia do novo coronavírus.

Na época, lideranças religiosas também convocaram as suas igrejas para jejuar e orar pelo Brasil. O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL) também aderiu ao movimento, chegando a participar de um rápido momento em frente ao Palácio da Alvorada. Confira:

jejum

No Alvorada, Bolsonaro participa do jejum e recebe oração de pastores

Continue lendo

Mundo Cristão

Igreja causa polêmica ao anunciar culto ‘Vem Novinha’

Publicado

A publicação foi alvo de várias críticas que partiram de internautas cristãos

Um anúncio divulgado nas redes sociais com a chamada para participação em um culto, deu o que falar na última sexta-feira, 12. Isso porque, o evento religioso foi batizado de “Vem Novinha” e causou polêmica na internet.

A programação estava marcada para o último sábado (13), no templo da Igreja Casa, em Águas Lindas de Goiás (GO). o evento chamou anta atenção que até a ex-ministra de Estado da Mulher, Família e Direitos Humano, Damares Alves (Republicanos) se manifestou sobre o caso.

“Águas Lindas, neste sábado teremos o famoso VEM NOVINHA… A tour do SHARE já começa com um tema um pouquinho polêmico rs. Esse é o TBT de um culto que ficou pra história… Quer entender que loucura é essa? Vem pra CASA que temos certeza que você será surpreendido. Marque pelo menos cinco pessoas nos comentários e se prepare!”, diz o post.

A publicação foi alvo de várias críticas que partiram de internautas cristãos, que não ficaram satisfeitos com o nome do culto nem da boca provocante utilizada na arte de convite para o culto.

Leia mais:  ‘Aqui não tem pastora, nem de consideração’, diz pastor da Assembleia de Deus

A ex-ministra Damares também comentou o caso. “Eu não acredito no que estou lendo. Este povo não sabe que as “novinhas” são meninas estupradas e exploradas sexualmente. Eles não têm noção que estão ajudando na apologia à pedofilia? Falta de sabedoria”, escreveu Damares.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana