conecte-se conosco


Política e Governo

Estado anuncia abertura de 126 leitos exclusivos para Covid-19 até o próximo domingo (04)

Publicado

O Governo do Estado reforça o compromisso com a população capixaba em garantir o atendimento hospitalar aos casos graves do novo Coronavírus (Covid-19). Nesta terça-feira (30), o governador Renato Casagrande anunciou a abertura de mais 126 leitos exclusivos Covid-19, por meio do programa Estadual “Leitos para Todos”, que serão entregues até o próximo domingo (04). Ao todo, serão investidos R$ 13 milhões entre as unidades contratualizadas.

Durante a transmissão ao vivo pelas redes sociais, Casagrande destacou o trabalho do Governo do Estado na abertura dos novos leitos, antecipando em um mês a previsão feita em dezembro do ano passado da disponibilização de 900 leitos de UTI exclusivos para tratamento de pacientes da doença até o final de abril. “Com 30 dias de antecedência estamos entregando 905 leitos de UTI Covid. Só que a quantidade de internações é mais veloz do que a abertura de leitos. Em apenas um mês, foram 211 leitos de UTI e 228 leitos de enfermaria a mais. Só que neste período, foram 292 pacientes a mais em UTI e 267 internados em enfermarias”, relatou.

O governador prosseguiu: “Apesar dessa ampliação de 439 leitos em apenas um mês, vejo muitas pessoas, algumas de má fé, falando sobre hospitais de campanha. Somente esses leitos abertos em 30 dias equivalem a quatro hospitais de campanha. A diferença é que esses leitos foram abertos em locais com estrutura física adequada, com insumos, medicamentos e profissionais de saúde. Hospitais de campanha não são montados em 30 dias e os leitos dessas instalações não são tão eficientes quanto os que estamos abrindo, além de serem de 60% a 100% mais caros.”

Diante deste cenário de aumento da demanda por leitos hospitalares, o governador voltou a fazer um apelo à população para que respeitem o período de quarentena e sigam as medidas de biossegurança para evitar o contágio da doença. “A ocupação dos leitos está mais rápida do que a abertura. Por isso, a única forma do sistema de saúde, seja o público ou privado, não entrar em colapso é mantendo o isolamento social. As vacinas estão chegando a conta gotas, por isso é fundamental que a gente siga se cuidando, usando máscaras, álcool em gel e evitando aglomerações”, reforçou Casagrande.

Novos leitos

Leia mais:  SECRETÁRIO E PRESIDENTE DO CONCIDADE EXPLICAM A VEREADORES REVISÃO DO PDM - URUSSUQUARA

A previsão é de que, ao longo desta semana, sejam disponibilizados 69 leitos entre UTIs e suportes ventilatórios em unidades hospitalares de norte a sul do Espírito Santo. Nesta segunda-feira (29), foi anunciado a abertura de 10 leitos no Hospital Estadual de Urgência e Emergência. No restante da semana, serão abertos novos leitos no Hospital Evangélico de Vila Velha; Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória; Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim; Hospital Menino Jesus, em Pedro Canário; Hospital Rio Doce, em Linhares; e Hospital Santa Casa de Misericórdia de Castelo.

Para enfermaria Covid-19, está prevista a ampliação de mais 57 leitos entre as unidades do Hospital Estadual João Santos Neves, em Baixo Guandu; Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus; Hospital Santa Casa de Misericórdia de Castelo; Hospital São Camilo, em Aracruz; Hospital Madre Regina Protmann, em Santa Teresa; e no Hospital Menino Jesus, em Pedro Canário.

Também haverá a ampliação das unidades hospitalares da rede própria. O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), realizou a reestruturação de leitos no Hospital João Santos Neves (HJSN), em Baixo Guandu, transformando o ambulatório em enfermaria Covid-19. Já no Roberto Silvares foi realizada a adequação da estrutura física da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), convertida em leitos de enfermaria Covid-19.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, a ampliação de leitos desta semana faz parte também do planejamento estratégico do Governo estadual. “Ainda no mês de dezembro previmos o que poderia ocorrer no futuro e estabelecemos uma agenda robusta de ampliação de leitos sob a liderança do governador para que o Sistema Único de Saúde capixaba fosse fortalecido. Mas não com estrutura de campanha, e sim com estruturas de enfrentamento e resistência à Covid-19. Nesse momento, o esforço do Estado é ampliar leitos de maneira robusta e leitos qualificados”, disse.

Ainda em sua fala, o secretário da Saúde explicou sobre a opção de investir na ampliação de leitos em hospitais contratualizados e da rede própria ao invés de hospitais de campanha. “Vale destacar que o custeio dessas unidades é de 60 a 100% mais cara que o custeio de leitos em estruturas que estamos abrindo, além de serem menos eficientes. O hospital de campanha não é uma estratégia para se evitar a pandemia ou que a doença se propague. Precisamos entender que o que evita as internações e os óbitos pela Covid-19 é a prevenção”, explicou.

Nésio Fernandes fez ainda um apelo à população capixaba: “Reforçamos a necessidade de que a quarentena precisa ser respeitada, que o Mapa de Risco precisará ser respeitado e precisamos da disciplina da população e do apoio da comunidade para de fato vencer a pandemia e passar dessa etapa difícil.”

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa, destacou que o Estado não está medindo esforços para garantir assistência à população capixaba no enfrentamento ao Covid-19. “Além de leitos, o Governo do Estado também está investindo no programa “SAMU para Todos”, garantindo transporte sanitário seguro aos capixabas, principalmente nesse momento difícil de enfrentamento a pandemia”, afirmou.

Leitos para Todos

Leia mais:  Arnaldinho dispara e chega a 72% dos votos válidos em Vila Velha

O Programa Estadual “Leitos para Todos” foi instituído pelo Governo do Espírito Santo em abril de 2020, por meio da Portaria Nº 071-R, como estratégia de qualificação e reestruturação da rede de atenção à saúde e fortalecimento do papel da regulação do Estado, com o objetivo de garantir o acesso à atenção hospitalar a todos os pacientes que desenvolverem formas graves da Síndrome Respiratória Aguda Grave, entre elas, o novo Coronavírus (Covid-19).

Deste modo, a Secretaria da Saúde (Sesa) estruturou uma ampla reforma nas áreas físicas das unidades hospitalares próprias e também um processo de contratualização de leitos em hospitais filantrópicos, federais e privados.

Diariamente, o Governo do Estado atualiza os dados da ocupação de leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) capixaba, disponível no link: https://coronavirus.es.gov.br/painel-ocupacao-de-leitos-hospitalares

publicidade

Política e Governo

Deputado Renzo Vasconcelos solicita pavimentação de estradas entre Marilândia, Linhares e Colatina

Publicado

O diretor-presidente do DER-ES Luiz Cezar Maretto sinalizou positivo para a estruturação asfáltica dos trechos solicitados

Em reunião no Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), o deputado Renzo Vasconcelos (Progressistas) solicitou a estruturação asfáltica de estradas que ligam os municípios de Marilândia e Linhares. Uma passando pelo Córrego Taquara (Marilândia) até Linhares e outra passando pela serra de São Rafael (Linhares) até Marilândia.

Outro projeto solicitado foi a pavimentação da estrada que liga Patrimônio do Rádio (Marilândia) ao município de Colatina, passando pelo Córrego Argeu e chegando até a Rodovia do Contorno.

Segundo Renzo, todas vias são importantes ligações para o escoamento de produtos agrícolas entre essas cidades, e sofrem há anos com a falta de infraestrutura. “Buracos e desníveis prejudicam constantemente a locomoção dos motoristas e moradores da região”, explicou.

O diretor-presidente do DER-ES tomou nota das solicitações e sinalizou positivo para as pavimentações. A reunião aconteceu no dia 27 de janeiro, em Vitória.

Participaram da reunião também o prefeito de Marilândia; Gutim, o viceprefeito; Warley Arrevabeni; e o vereador, Silvano Dondoni.

Leia mais:  Enivaldo propõe compensação ambiental com reflorestamento de área degradada
Continue lendo

Política e Governo

Reinventar a gestão municipal: novos desafios marcam aula inaugural da AGM

Publicado

Teve início na manhã desta quinta-feira (22), a Academia de Gestão Municipal (AGM), iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, no âmbito das ações do projeto Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS), que oferece capacitação gratuita aos gestores municipais e equipes técnicas, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento das atividades desempenhadas pelos municípios capixabas.

O encontro foi transmitido ao vivo pelo Canal do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), no YouTube, e contou com a participação do secretário chefe da Casa Civil, Davi Diniz de Carvalho; da diretora-presidente da Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), Nelci Gazzoni; e do diretor-presidente do IJSN, Daniel Cerqueira. Os órgãos são responsáveis pela iniciativa e coordenação da AGM, junto com as Secretarias de Economia e Planejamento (SEP), de Gestão e Recursos Humanos (Seger) e da Fazenda (Sefaz).

Daniel Cerqueira iniciou o evento agradecendo a grande adesão de prefeitos, secretários e gestores públicos municipais ao programa. “Sabemos das dificuldades enfrentadas pelas gestões municipais e estamos aqui para contribuir nessa jornada, no aprimoramento das políticas públicas, com o ativo que temos de mais caro que é o conhecimento”, ressaltou.

O secretário Davi Diniz destacou a importância da AGM para o desenvolvimento regional do Estado. “Estamos conseguindo transferir para os municípios o nosso conhecimento, fortalecendo a administração pública e, consequentemente, levando política pública de qualidade para o cidadão, para a sociedade”, afirmou.

Já a diretora Nelci Gazzoni, pontuou o caráter inovador do modelo adotado pela Academia de Gestão. “Temos consciência de que esta ação, composta por tantos temas pertinentes e atuais, e ministrada por uma verdadeira seleção de craques, levará mais qualidade aos serviços públicos oferecidos aos capixabas”, disse.

A aula inaugural contou ainda com a participação da vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, que ressaltou a importância de políticas públicas qualificadas, que atendam, de forma transparente, à população que mais necessita. “A Academia de Gestão Municipal concretiza o debate proposto pelo Governo do Estado, de forma qualificada, participativa, com uma política de colaboração criativa, que pensa fora da caixa, sem individualismo ou vaidade”, destacou.  

Aula inaugural

Leia mais:  Arnaldinho dispara e chega a 72% dos votos válidos em Vila Velha

Para a aula inaugural, a AGM convidou especialistas renomados nos assuntos que envolvem a gestão pública. O primeiro tema foi conduzido pelo diretor de Integração do IJSN e doutor em Geografia, Pablo Lira, que apresentou o modelo do programa na palestra “Academia de Gestão: a condição diferenciada do Espírito Santo”, destacando ainda o equilíbrio nas contas públicas, a gestão orientada por planos e ações estruturais, e os resultados obtidos pelo Governo do Estado com essas boas práticas.

No segundo momento, o diretor-presidente do IJSN e doutor em Economia, Daniel Cerqueira, tratou dos “Desafios futuros e a reinvenção dos governos municipais”, trazendo para os participantes o debate sobre o enfrentamento desses desafios por parte dos gestores e a necessidade de novos modelos de gestão, a partir do planejamento estratégico e de políticas públicas baseadas em evidências.

Na aula de encerramento, o ex-prefeito de Vitória e especialista em Gestão Urbana, Luiz Paulo Vellozo Lucas, falou sobre “O novo localismo: a hora e a vez das cidades”, salientando a necessidade de se reimaginar o poder a partir de uma nova abordagem na gestão e de novas atitudes por parte das lideranças.

Ao final das apresentações, a diretora de Estudos e Pesquisas do IJSN, Latussa Laranja, trouxe um breve panorama sobre a importância da Academia de Gestão Municipal e sua inserção no projeto de Desenvolvimento Regional Sustentável do Espírito Santo (DRS-ES).

A aula inaugural da AGM obteve grande audiência, atingindo quase 1.000 espectadores no canal, além do público que acompanhou diretamente pela plataforma on-line do curso. A AGM já soma mais de 930 inscritos, oriundos de todos os municípios do Espírito Santo e também de vários estados do País.

Parcerias

A AGM conta ainda com importantes parcerias institucionais. Estiveram presentes no evento o vice-presidente do Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE-ES), o conselheiro Domingos Augusto Taufner; o presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), o prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho; e o gerente de Planejamento e Processos do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Sávio Bertochi.

As inscrições seguem abertas até o dia 27 de abril e podem ser feitas no site: https://eventos.congresse.me/agm

Para assistir a aula inaugural na íntegra, acesse: https://youtu.be/Ofyf_hSgipo.

Leia mais:  Casagrande participa de nova teleconferência com governadores do Sul e Sudeste
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana