conecte-se conosco


Política e Governo

Estado assina contrato para elaboração de Projetos Executivos do Centro Integrado de Perícia Técnico-Científica

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, nesta segunda-feira (08), o contrato para elaboração de Projetos Executivos do Centro Integrado de Perícia Técnico-Científica. A ação de estruturação e fortalecimento do sistema de Segurança Pública faz parte do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. A construção da sede integrada de Perícias está prevista para ser iniciada em 2022.

A nova sede deverá adotar soluções para uma edificação inteligente, além de critérios de sustentabilidade e atender a todas as normas de acessibilidade. A previsão é de que a empresa responsável elabore e entregue os projetos em um prazo de seis meses.

Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, o governador destacou que a redução da violência passa pelo combate à impunidade. “Para isso, precisamos estruturar cientificamente a investigação da Polícia Civil. Isso produzirá efeito positivo que será a elucidação dos crimes e isso inibe as atividades criminosas. A gente tem que aumentar os riscos para quem pratica o crime”, afirmou Casagrande.

A ação faz parte do “Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã no Espírito Santo”, iniciativa do Governo do Estado coordenada pela Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), que conta com financiamento do Banco Interamericano (BID) e tem como um dos objetivos específicos aumentar a efetividade no controle e investigação de crimes violentos.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, fez a apresentação do que está previsto para o Centro Integrado de Perícia Técnico-Científica. “Será uma referência para o País e vai colocar nosso Estado como referência na elucidação de crimes e na produção de provas, o que é de grande importância para manter uma segurança cidadã. O projeto executivo vai promover uma edificação de uma área de cerca de 8.500 metros quadrados, em que todos os departamentos e setores vão funcionar em um mesmo local, promovendo mais eficiência no trabalho e atendimentos mais humanizados”, explicou.

Em um mesmo edifício serão integrados todos os serviços e seções dos Departamentos que compõem a Superintendência da Polícia Técnico-Científica (Criminalística, Medicina Legal, Identificação e Laboratórios Forenses) pertencente à Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

“Esse Centro vai trazer muito mais dignidade para as pessoas que procuram as atividades da polícia técnico-científica em seu momento de angústia, bem como tranquilidade para os profissionais que exercerão, também com mais dignidade, suas atividades dentro desse Centro. É um momento de reconstrução da Segurança Pública”, disse o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho.

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, completou: “A Polícia Civil agradece imensamente a possibilidade de termos um Centro de Polícia Técnico-Científica dentro das diretrizes do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. Estamos também trabalhando em inovações e realizando investimentos preparatórios para a chegada desse Centro, com investimentos na ordem de R$ 17 milhões em aparelhagem para a Polícia Técnico-Científica”, pontuou.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, explicou que a assinatura da contratação do projeto é mais uma importante iniciativa no âmbito do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. Ele lembra que, na sua primeira gestão, entre 2011 e 2014, o governador Renato Casagrande já havia tomado a decisão de fortalecer esse setor, realizando o maior concurso para o ingresso de peritos criminais.

“Agora, damos mais um passo importante que refletirá na redução da impunidade com a produção de provas científicas. A Polícia Civil possui uma equipe muito qualificada de peritos criminais e essa entrega proporcionará uma melhor condição de trabalho e de acolhimento das famílias que utilizam os serviços da Polícia Técnico-Científica. Paralelamente, estamos fazendo investimentos importantes em equipamentos e tecnologias para todos os laboratórios da SPTC. Essas ações integram o conjunto de estratégias do Programa Estado Presente, visando ao combate da impunidade e à redução da violência e da criminalidade no Espírito Santo”, lembrou Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente.

O Centro será implantado em terreno cedido pela Prefeitura de Vitória e localizado na Avenida Fernando Ferrari, importante corredor que coleta e distribui os fluxos de veículos, possibilitando atender à população da Região Metropolitana da Grande Vitória.

“Para nós é uma satisfação poder colaborar nesse projeto, com a Prefeitura de Vitória cedendo a área, e eu tenho certeza de que será uma área de excelência. O resultado desse esforço conjunto será uma redução dos índices de criminalidade. Colocamos a Prefeitura de Vitória à disposição nesta e em outras batalhas”, disse o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini. 

Programa Estado Presente

Leia mais:  Governo do Estado autoriza reforma de escolas estaduais em Vila Velha

O Programa Estado Presente em Defesa da Vida é um conjunto articulado de políticas públicas, envolvendo Secretarias e Órgãos da Administração Estadual, criado e implantado no período 2011-2014 e retomado em 2019. O seu objetivo é reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais – homicídio, feminicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

O Projeto Segurança Cidadã faz parte do escopo do Estado Presente e visa contribuir para a redução dos elevados índices de crimes violentos (homicídios e roubos) em municípios com maior vulnerabilidade social do Estado, por meio de ações que objetivam o aumento da efetividade da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SESP), Polícias Civil, Militar e Técnico-Científica no controle e investigação de crimes violentos; o incremento das oportunidades de inclusão social com foco nos jovens de 15 a 24 anos em condições de risco à violência; além da redução da reincidência da população jovem em conflito com a lei.

publicidade

Política e Governo

Governador Renato Casagrande participa de visita à Fábrica da União Química

Publicado

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, na manhã desta terça-feira (02), em Brasília (DF), da visita à fábrica da União Química, responsável no Brasil pela produção da vacina Sputnik V, da Rússia. Segundo Casagrande, o objetivo da visita é incorporar novos fornecedores de vacinas e acelerar o Plano Nacional de Imunização (PNI).

“A Sputnik V tem capacidade de ofertar 10 milhões de doses nos meses de março e abril. E a partir de abril, o laboratório tem condições de produzir oito milhões de doses por mês. Somadas às vacinas do Butantan e Fiocruz, podemos acelerar o PNI. Esse é o nosso intuito com a visita”, destacou.

Além de Casagrande, a visita teve a presença dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema; Alagoas, Renan Filho; Tocantis, Mauro Carlesse; Ceará, Camilo Santana; Pernambuco, Paulo Câmara; Piauí, Wellington Dias; e Mato Grosso, Mauro Mendes, e também de representantes do Ministério da Saúde e da embaixada russa.

Casagrande comentou que os governadores estão dispostos a adquirir vacinas para acelerar o PNI, porém o Ministério da Saúde afirmou que irá comprar e disponibilizar todas as vacinas disponíveis, incluindo a Sputnik. “Se for preciso, compraremos. O Ministério da Saúde está dizendo que não será preciso, que comprarão todas as vacinas. Mas, nós governadores, nos colocamos à disposição para comprar e incorporar ao PNI. Importante destacar que o Ministério da Saúde disse que poderão ampliar a entrega e comprar 38 milhões de doses nos próximos três meses com a Sputnik, Covax e Biontec”, ressaltou.

Após a visita à fábrica da União Química, os governadores seguem para a Residência Oficial do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, onde haverá uma reunião sobre a aquisição das vacinas.

Leia mais:  Governo do Estado autoriza reforma de escolas estaduais em Vila Velha
Continue lendo

Política e Governo

Evair de Melo entrega ao Incaper 23 carros para auxílio no exercício das funções

Publicado

A aquisição dos veículos foi realizada por articulação do deputado federal

Investir em melhorias para o Espírito Santo é prioridade do mandato do deputado federal, vice-líder do governo na Câmara e ex-presidente do Incaper (2009-2014), Evair de Melo. O parlamentar conseguiu, por meio de articulação política e recursos federais, que fossem habilitados 23 carros para o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural.

Foram habilitados pelo parlamentar capixaba R$1 milhão para a aquisição dos veículos. Evair de Melo possui forte histórico com o Instituto, onde atuou por cinco anos, entre 2009 e 2014. O parlamentar se orgulha de fazer parte da história do Incaper, “onde puder contribuir para o crescimento do setor em território capixaba gerando inovação e novas tecnologias”, relatou Evair.

“Como presidente do Incaper trabalhei criando planejamento estratégico, estruturando o quadro de pessoal, os escritórios regionais e propondo uma reforma administrativa e organizacional. Com esse trabalho, foi ampliada a utilidade do órgão para os capixabas e, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, foram entregues programas como o Caminhos do Campo, Infraestrutura Produtiva, Telefonia Rural, entre outros”, declarou o parlamentar.

O público alvo que será beneficiado com a aquisição dos veículos são os agricultores, pesquisadores e extensionistas. Com a entrega será possível propiciar condições adequadas às atividades de assistência técnica e extensão rural, para a promoção de soluções tecnológicas e sociais direcionadas, prioritariamente, aos atores envolvidos na agricultura familiar, de forma a contribuir com o desenvolvimento do Espírito Santo.

“Esses 23 veículos vão reforçar a frota do Incaper para o atendimento à agricultura familiar. O sentimento é de gratidão pelo apoio de um deputado que conhece a realidade no interior. Certamente é uma parceria que fica ainda mais sólida”, disse o diretor-presidente do Incaper, Antônio Machado.

Os municípios de: Dores do Rio Preto, Muniz Feire, Santa Leopoldina, Itarana, Apiacá, Vargem Alta, Montanha, Ponto Belo, Itapemirim, Piúma, Viana, Vila Velha, Boa Esperança, Águia Branca, Vila Valério, São Domingos, Baixo Guandu, Aracruz, João Neiva, Venda Nova do Imigrante e Domingos Martins serão os beneficiados com a aquisição dos carros.

O técnico João Paulo Ramos, destacou os benefícios que os veículos trarão ao município de Santa Leopoldina, sua área de atuação. “A aquisição desses carros é muito importante pois, ajuda no desenvolvimento de políticas públicas que a nossa região necessita e ainda teremos um carro onde poderemos atender as famílias que precisam, contribuindo assim para o seu desenvolvimento social e econômico”, disse João Paulo Ramos.

Já Sérgio Luiz Batista da região serrana central, representando o município de Itarana falou sobre como o veículo vai dinamizar o trabalho e melhorar suas funções. “Atualmente temos apenas um carro no escritório, o que é insuficiente com o número de colegas que trabalham, então a aquisição desse carro irá fazer com que possamos atender com melhor qualidade a todos, sem grande espera, ampliando o número de visitas, dobrando assim o número de atendimentos”, relatou Sérgio Luiz.

Para o coordenador Regional do Extremo Norte, Lázaro Samir, destacou os benefícios que os veículos levarão ao seu município de Montanha e região. “O carro é uma ferramenta fundamental para nós assistirmos os agricultores familiares, então, o carro é sinônimo de desenvolvimento onde conseguiremos levar nosso conhecimento ao próximo. Essa nova ferramenta de trabalho irá ajudar aos técnicos, facilitando o serviço por eles prestados”, disse Lázaro.

Com os novos veículos, as atividades rotineiras nos escritórios locais de desenvolvimento rural do Incaper serão facilitadas. Ganham o Incaper e os produtores assistidos por ele.

Evair de Melo deputado federal e vice-líder do governo na Câmara tem grande atuação junto ao Incaper

O parlamentar é  fortemente atuante na Bancada Capixaba, sempre fazendo a defesa do Incaper e ressaltando a importância da destinação de recursos para o melhor atendimento aos agricultores do estado.

Desde o início de seu mandato, em 2015, Evair destinou R$ 7.5 milhões em recursos ao órgão, sendo mais de R$5 milhões de emendas impositivas de Bancada, com o objetivo de garantir novos equipamentos, veículos, realização de obras, além de apoio aos eventos agropecuários. “Tenho profunda admiração e respeito pelo Incaper pelos relevantes serviços prestados ao desenvolvimento da agropecuária e em favor das famílias rurais capixabas”, declara Evair.

Evair de Melo já foi presidente do Instituto

Entre 2009 e 2014, Evair de Melo foi presidente do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Nesse período, elaborou o Planejamento Estratégico, estruturou o quadro de pessoal, os escritórios regionais e propôs uma reforma administrativa e organizacional. Com esse trabalho, foi ampliada a utilidade do órgão para os capixabas e, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, foi entregue programas como Caminhos do Campo, Infraestrutura Produtiva, Telefonia Rural, entre outros.

No período em que Evair presidiu o Incaper, foi estruturado o mais moderno serviço de meteorologia do Brasil, importante aliado dos produtores rurais, além de ser ferramenta fundamental para a prevenção de desastres naturais provocados pelas chuvas.

Evair presidiu também o Conselho Nacional das Entidades de Pesquisa Agropecuária (Consepa) e, a partir de importantes parcerias, foi feita uma ampla reformulação da pesquisa agropecuária brasileira, fortalecendo a ciência e a inovação.

Leia mais:  Sedes realiza missão de negócios ao Estado de São Paulo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana