conecte-se conosco


Cidades

Estado recebe medicamentos para atender vítimas de enchente no sul

Publicado

Nessa quinta-feira (23), a Secretaria da Saúde (Sesa) recebeu 1.560 quilos de medicamentos e insumos para auxiliar no atendimento às vítimas das chuvas que atingiram a região sul do Estado. O material foi enviado pelo Ministério da Saúde e será utilizado nos atendimentos da Atenção Básica na região.

Esses atendimentos estão ocorrendo no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade, que foi transformado em pronto-atendimento. A iniciativa foi realizada pela Sesa e outros órgãos de gestão estadual e municipal.

De acordo com o coordenador do Comitê Operativo de Emergência (COE) da Sesa, Gilton Almada, a cidade de Iconha foi priorizada para receber os insumos, já que a Farmácia Municipal da cidade, onde são distribuídos os medicamentos da Atenção Básica e também os de alto custo fornecidos pelo Estado (Componente Especializado da Assistência Farmacêutica), foi inundada e ficou completamente destruída. Toda medicação armazenada no local foi perdida.

Foram enviados medicamentos em geral, além de luvas cirúrgicas, ataduras, máscaras descartáveis, seringas descartáveis, gaze, soro fisiológico, entre outros. “Recebemos três kits e priorizamos Iconha, que foi onde se perderam todos os medicamentos. Já enviamos um kit e os outros dois vamos encaminhando de acordo com a necessidade”, informa Almada.

Saúde mental

Leia mais:  Chuva forte em Vargem Alta causa alagamentos; alertas continuam em várias cidades do ES

Após uma reunião entre a Associação Pestalozzi e a Prefeitura Municipal de Iconha, a Secretaria da Saúde montou um ambulatório para atendimento em saúde mental à população da cidade. O ambulatório é uma parceria das três instituições e fica anexo ao Centro de Referência de Assistência Social, onde foi montando uma estrutura para o funcionamento do pronto-atendimento da cidade.

O coordenador do Núcleo de Desenvolvimento e Inovação da Rede de Urgência e Emergência da Sesa, Eduardo Fernando de Souza, explicou que a Associação Pestalozzi fez a cessão do espaço e mobiliário para a montagem do ambulatório de saúde mental. Os atendimentos já estão sendo feitos e serão realizados sempre às terças e quintas-feiras pelo psiquiatra do município.

“Também montamos ali um ambulatório para agendamento e realização de consultas especializadas e o atendimento às gestantes já estão acontecendo. Aos poucos estamos tentando reativar os serviços da prefeitura para manter a assistência à população”, destacou o coordenador.

Além disso, a Sesa mantém uma ambulância avançada (equipada com UTI) de prontidão 24 horas, para caso haja alguma situação de emergência. Eduardo Fernando explicou, ainda, que as equipes de atendimento são da Prefeitura de Iconha e a Sesa trabalha na gestão e organização dos trabalhos.

Gabinete da Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim é transferido para Iconha

Leia mais:  Barrigueira, Marquiori e Foletto discutem ações na região do Patrimônio do Bis

Dada a situação enfrentada pela população dos municípios da região sul do Estado do Espírito Santo, em virtude dos alagamentos causados pelas fortes chuvas, a Secretaria da Saúde (Sesa) transferiu, temporariamente, o gabinete da Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim para o município da Iconha, conforme Portaria Nº 012-R, publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (24).

A presença da Superintendência no município de Iconha, um dos mais atingidos pela chuva do último dia 17, ressalta o apoio integral do Governo do Estado e da Sesa na reorganização e reestruturação das ações voltas à saúde, conforme explica o superintendente de Saúde da Região Sul, José Maria Justo.

“É oferecer, in loco, o apoio total ao município e na ajuda à gestão e na organização das ações de saúde. Estamos trazendo representantes da Atenção Primária, da Vigilância em Saúde, da Saúde Mental e também do setor de Compras”, informou o superintendente.

Além disso, José Maria Justo destacou que a transferência não irá prejudicar o andamento do trabalho da Superintendência, localizada em Cachoeiro de Itapemirim. “A rotina da Regional não será comprometida em função da transferência do gabinete. Todas as ações que desenvolvemos regionalmente estão mantidas”, enfatizou.

publicidade

Cidades

Cidades da Grande Vitória começarão a vacinar idosos e profissionais da saúde

Publicado

Prefeituras seguirão protocolos do Ministério da Saúde e pretendem implantar agendamento online e além de ampliar horário de atendimento nas unidades dos bairros

As prefeituras da Grande Vitória começarão a vacinação contra a covid-19 junto aos idosos e aos profissionais da saúde. A previsão é que a imunização seja feita imediatamente assim que as doses sejam repassadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) aos municípios. Na manhã desta segunda-feira (18), o governador Renato Casagrande participou em São Paulo da entrega simbólica do primeiro lote de vacinas contra a covid-19 para o Espírito Santo. Serão 95 mil doses disponíveis. A distribuição será definida em reunião com os municípios ainda nesta tarde.

Em Vitória, os primeiros a serem vacinados serão pessoas de maior vulnerabilidade como os idosos acima dos 60 anos que vivem em instituições de longa permanência (ILPIs) e profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid. As equipes de saúde irão até os locais vacinar essas pessoas. Pessoas idosas com mais de 75 anos irão completar o grupo prioritário da primeira fase, conforme orientação do Ministério da Saúde. Na capital, a primeira fase é composta por 32 mil pessoas. “Para esse primeiro público, não será necessário agendar atendimento nem ir às unidades de saúde. Assim que formos informados sobre a quantidade de novas doses que receberemos, iniciaremos o agendamento on-line, seguindo o calendário definido pelo Ministério da Saúde”, detalha a secretária de Saúde de Vitória, Thais Cohen.

Em Vila Velha, o público-alvo dessa primeira etapa também será formado por idosos em instituições de longa permanência, além de pessoas a partir de 18 anos com deficiência que moram em residências inclusivas, trabalhadores da saúde e população indígena. A secretaria de saúde informa, ainda, que os idosos nas instituições de longa permanência serão imunizados nos próprios locais. Quando a imunização for ampliada para grande parte da população, será disponibilizado no site da prefeitura um link de acesso para realizar o agendamento on-line. Caso o morador não tenha acesso à internet, as marcações serão feitas através das unidades de saúde. Futuramente, o município estuda implantação de drive-thru e vacinações em escolas, igrejas e shoppings.

Horário estendido

Em Cariacica, a prioridade também será para os idosos em instituições de longa permanência, que receberão as vacinas nesses locais, sem necessidade de deslocamento. Pacientes acamados entrarão no agendamento quando forem incluídos nas próximas etapas da vacinação. A Secretaria de Saúde (Semus) de Cariacica aguarda um comunicado oficial em relação à quantidade de doses de vacina que o município terá direito, para decidir se haverá necessidade de implantar outros pontos de vacinação como drive thru e utilização de escolas e shopping. Mas já planeja ampliar o horário de funcionamento das unidades básicas de saúde, para além das 16h, bem como ampliar o número de pontos de vacinação. Também foi providenciada a compra de novas câmaras frias para armazenar o total de doses ao qual o município terá direito. A Semus contabiliza  17 salas de vacinação preparadas para a imunização, com a previsão de implantar outras cinco. Cariacica também pretende utilizar serviço de agendamento on-line que será implantado por meio do site oficial da prefeitura.

A prefeitura de Guarapari informou que aguarda a sinalização do Estado quanto ao quantitativo de doses que serão disponibilizadas para o município, para que possa finalizar todas as ações estratégicas da campanha e avaliar a quantidade de pessoas que serão vacinadas, dentro do público prioritário da primeira fase da campanha. Como as outras prefeituras, serão contemplados idosos acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e profissionais de saúde que estão na linha de frente em atendimentos da doença. Dependendo da quantidade de vacinas, o município estuda a possibilidade de criação de drive-thru. 

A reportagem demandou também as prefeituras da Serra e de Viana. Assim que elas retornarem, a matéria será atualizada.

Leia mais:  Detran|ES apresenta inovação que irá agilizar o processo de emissão da CNH
Continue lendo

Cidades

Obras do novo complexo de esporte e lazer chegam à fase final no bairro Canivete

Publicado

Um sonho antigo dos moradores do bairro Canivete está prestes a se tornar realidade. É que as obras do novo complexo de esporte e lazer chegam à fase final do projeto, que contará com um espaço exclusivo para a realização de atividades esportivas, de convivência e lazer.

Visualização da imagem

Com investimentos na ordem de R$ 3,3 milhões, provenientes de recursos próprios do Município, o empreendimento está sendo construído em uma área total de 8.134,36 metros quadrados. A obra compreende a construção de quadra de areia, campo society, arquibancadas com piso em concreto, pista de caminhada, academia ao ar livre, playground, vestiários, banheiros com acessibilidade e lanchonete, além de espaço destinado à Educação Ambiental.

Visualização da imagem

“O complexo de esporte e lazer é uma solicitação da comunidade e que estamos tornando realidade, após a dedicação e o empenho da gestão municipal em organizar as finanças do Município e investir em obras e equipamentos que proporcionarão maior qualidade de vida à população linharense”, destaca o secretário municipal de Obras e Serviços Urbanos, João Cleber Bianchi.

Visualização da imagem

Ao final das obras do novo complexo do bairro Canivete serão instaladas placas informativas, alertando os moradores da região sobre a obrigatoriedade do uso de máscara e do distanciamento entre os visitantes, a fim de evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Leia mais:  Chuva forte em Vargem Alta causa alagamentos; alertas continuam em várias cidades do ES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana