conecte-se conosco


Segurança

Falso delegado é detido após ameaçar funcionários de posto de gasolina na Serra

Publicado

Segundo a polícia, o homem criou confusão após exigir atendimento na loja de conveniência do posto

Um servidor público de Vitória, de 37 anos, foi detido na quarta-feira (25), depois de ameaçar funcionários de um posto de gasolina em Manguinhos, na Serra. O homem se apresentou como delegado, mas após investigações, descobriu-se que ele nem policial era.

De acordo com testemunhas, o homem estava pedindo atendimento na loja de conveniência do posto, que funciona de 24 horas. Porém, quando ele chegou no local, a funcionária do estabelecimento havia se retirado para jantar. Ela explicou que o homem precisaria esperar, mas ele, muito nervoso não quis saber de conversa e ameaçou a funcionária e um frentista, dizendo que era delegado da Polícia Civil.

Por conta do tumulto, a polícia foi acionada. Chegando ao posto, os militares pediram que o homem se identificasse e mostrasse um documento comprovando que ele era delegado. Ele se negou a apresentar a documentação e, depois de várias tentativas, o servidor público acabou revelando o nome. Durante consulta, os policiais descobriram que o homem não era nem policial, muito menos delegado.

Segundo a PM, o homem ainda tentou fugir da abordagem, mas foi alcançado pelos militares. Ele foi algemado e levado para a Delegacia Regional da Serra. De acordo com a polícia, ele também apresentava sinais de embriaguez. 

Após responder um Termo Circunstanciado por desacato, o homem foi liberado e vai responder em liberdade. A Prefeitura de Vitória informou, por nota, que o servidor será afastado do cargo para apuração dos fatos.

Leia mais:  Detento pula muro e foge de Penitenciária de Segurança Máxima em Viana
publicidade

Segurança

Três pessoas são detidas após denúncia de aglomeração e som alto

Publicado

Durante a confusão, o dono da caixa de som tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial

Três pessoas foram detidas após uma confusão no bairro Nova Carapina 1, na Serra. A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de aglomeração e som alto na região, e assim que chegou ao local, a equipe se deparou com cerca de 20 pessoas ouvindo música em uma rua.  

Uma delas, segundo a polícia, se apresentou como dono de uma caixa de som que estava sendo usada, se exaltou e desobedeceu a ordem de desligar o aparelho. Após o ocorrido, o grupo foi para uma casa e o som, novamente, foi ligado. Desacatando os policiais, o dono do aparelho teria dito ainda que dentro da residência ninguém desligaria o som. 

A polícia deu voz de prisão e exigiu que o homem saísse da residência. Diante disso, segundo a PM, o homem pediu que os moradores agredissem os policiais para evitar a prisão. Durante a confusão, o dono da caixa de som ainda tentou jogar uma moto contra a equipe e tentou agredir um policial.

Assim que os policiais entraram na casa, dois homens tentaram jogar copos de vidro em direção à eles, além do dono da casa também ter jogado uma garrafa de vinho contra a equipe. Os policiais então fizeram disparos de arma não letal, mas o suspeito não se rendeu e pegou até um facão. 

Depois de tanta confusão, a polícia conseguiu conter o homem, que precisou ser levado para hospital por conta de ferimentos. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia Regional da Serra. Duas pessoas que se envolveram na briga também acabaram detidas. 

A Polícia Civil informou que o conduzido de 37 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de resistência e desacato, pagou fiança estipulada pela autoridade policial e vai responder em liberdade. Os outros dois foram autuados por resistência, assinaram Termo Circunstanciado e vão responder em liberdade.

Leia mais:  Casagrande autoriza construção da Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim
Continue lendo

Segurança

Corpo de jovem é encontrado dentro de poço em fazenda entre Boa Esperança e São Mateus

Publicado

O corpo de um jovem foi encontrado dentro de um poço desativado de, aproximadamente, 20 metros de profundidade, na tarde desta quarta-feira (07), em uma fazenda na comunidade de Santa Lúcia, localizada entre os municípios de Boa Esperança e São Mateus.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Nova Venécia, a equipe foi acionada para uma ocorrência de um possível corpo que estaria dentro do poço, após o solicitante informar que o cheiro estava insuportável na região.

A equipe foi até o local e constatou que havia um corpo no fundo do poço, que, segundo informações do Corpo de Bombeiros, trata-se de Maicon Douglas de Aquino Almeida, visto pela última vez no domingo (04).

De acordo com os militares, o corpo estava coberto por entulhos e muitos galhos, além de estar em estado avançado de decomposição.

A perícia da Polícia Civil foi acionada para a remoção do corpo, que foi retirado do poço por uma equipe do Corpo de Bombeiros. A Polícia Militar está no local e isolou a área.

Fonte: redenoticia

Leia mais:  Morador de rua é atingido com um tiro na cabeça
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana