conecte-se conosco


São Mateus

Feiras livres em São Mateus estão liberadas apenas para feirantes do município

Publicado

A medida é uma forma preventiva ao coronavírus na cidade e foi um pedido dos feirantes mateenses

A pedido dos feirantes, o Município de São Mateus liberou a reabertura das feiras desde o dia 25 de abril, mas com o compromisso de seguirem várias medidas para evitarem a proliferação do Coronavírus. Além dos cuidados quanto a higiene e desinfecção, uma das medidas foi a liberação apenas para os feirantes de São Mateus. 

O objetivo é evitar que feirantes de fora tragam o vírus para o Município, ou sejam infectados em território mateense e contaminem outras pessoas em seus locais de origem. As feiras estão liberadas em Guriri, nos sábados, e no Bairro Vila Nova, nos domingos. 

PEDIDO DOS FEIRANTES DE SÃO MATEUS

Os próprios feirantes de São Mateus se reuniram com representantes da Secretaria Municipal de Obras, Infraestrutura e Transporte e solicitaram a proibição de feirantes de outros municípios nas feiras realizadas em território mateense. Eles lembraram que, também por causa da pandemia do Coronavírus, estão proibidos de comercializar seus produtos em outros municípios. 

As ações estão sendo tomadas de acordo com as medidas adotadas pelo Governo do Estado. O Município de São Mateus destaca que sempre recebeu de portas abertas os feirantes de outras localidades. No entanto, o momento de pandemia requer medidas que evitem a circulação e aglomeração de pessoas. A nossa luta é pela preservação da vida humana. 

NOTIFICAÇÃO E APREENSÃO

A fiscalização está sendo feita pelos fiscais da Prefeitura, com o apoio da Polícia Militar. Quem descumpre as regras é notificado e as mercadorias aprendidas, seguindo o que consta a Lei Municipal 948/2010, que trata do Código de Postura do Municipal, no seu parágrafo 4º. “No caso de material ou mercadoria perecível, o prazo para reclamação ou retirada será de 24 horas; expirado esse prazo, se as referidas mercadorias ainda se encontrarem próprias para o consumo humano poderão ser doados às instituições de assistência social e, no caso de deterioração deverão ser inutilizadas”.

PRINCIPAIS REGRAS PARA FUNCIONAMENTO DAS FEIRAS LIVRES

– São permitidos apenas feirantes de São Mateus.

– As barracas devem seguir espaçamento de 2 metros entre uma e outra.

– É proibido feirantes que se encontram nos grupos de risco. Os clientes em grupos de risco e crianças também devem evitar frequentar as feiras.

– É obrigatório o uso de máscaras e álcool 70%.

– Os feirantes deverão escalar apenas a equipe necessária de trabalho, sendo proibido crianças.

– Não é permitido promover degustação de produtos.

– Evitar contato físico e conversa com os clientes para reduzir o tempo de permanência nas feiras.

Leia mais:  Artigo: O empregado que recusar a vacina pode ser demitido por justa causa?
publicidade

São Mateus

São Mateus – Mais facilidade para microempreendedor com plano de ação entre Prefeitura e Sebrae

Publicado

Na próxima quinta-feira (05), a partir das 10h, o prefeito Daniel Santana assina o Plano de Ação do Projeto Cidade Empreendedora junto ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O Plano de Ação, realizado sob a supervisão do Sebrae, visa otimizar processos administrativos e legais, para que o empreendedor encontre um ambiente de empreendedorismo excelente. O evento acontecerá no auditório da Prefeitura de São Mateus. 

MUNICÍPIO EMPREENDEDOR

Em junho deste ano o Sebrae divulgou o resultado da avaliação da primeira etapa do Ciclo de Aceleração da capacidade municipal para fortalecer o desenvolvimento de atividades econômicas. Com o resultado obtido, São Mateus foi considerado um dos melhores Municípios no Espírito Santo para o empreendedorismo.

Com a assinatura do Plano de Ação do Projeto Cidade Empreendedora, a Prefeitura passa a cumprir as metas que o Sebrae determinar para melhorar a pontuação na pesquisa e desburocratizar o que for preciso, assim São Mateus vai se tornar, de fato, uma Cidade Empreendedora. 

“Hoje, São Mateus é um dos melhores lugares no Estado para o empreendedorismo. O Município está firmando um compromisso com o Sebrae, para buscar a excelência e prestar o melhor serviço para a população, em especial ao microempreendedor” – destacou o secretário municipal de Planejamento, Captação de Recursos e Desenvolvimento Econômico, Hassan Rezende. 

MICROEMPREENDEDOR

São Mateus tem cerca de 12.000 microempreendedores. Segundo Hassan, são eles que mais ofertam na geração de emprego e renda. “O maior beneficiário será o microempreendedor, essas empresas são mais frágeis, por isso temos que ter um cuidado especial com elas. Nossa maior meta é a desburocratização de processos e, na Sala do Empreendedor do Município, os interessados já saem no mesmo dia com a empresa criada, com o CNPJ em mãos” – frisou. 

SALA DO EMPREENDEDOR

Criada em fevereiro deste ano, a Sala do Empreendedor já realizou mais de 800 atendimentos, disponibilizando até o mês de julho cerca de R$ 600.000,00 aos microempreendedores. Os créditos ao Microempreendedor Individual (MEI) variam de R$ 200,00 a R$ 20.000,00, e o foco é incentivar o empreendedorismo com as menores taxas de juros do mercado. Os interessados devem procurar a Sala do Empreendedor, que fica no Centro Administrativo da Prefeitura, ou entrarem em contato pelo e-mail: [email protected] 

Leia mais:  Eliezer foi a Brasília e gravou vídeo com o vice-presidente da República
Continue lendo

São Mateus

Projeto para reduzir violência contra a mulher é lançado em São Mateus

Publicado

Projeto “Homem que é Homem” é da Prefeitura de São Mateus em parceria com a Polícia Civil

A Prefeitura de São Mateus, em parceria com a Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), lançou nesta quinta-feira (29) o projeto “Homem que é Homem”, cuja finalidade é reduzir o índice e reincidência de violência contra a mulher. O projeto foi idealizado por psicólogas, assistentes sociais e outros profissionais da PCES, e sua execução está vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social. 

“O projeto foca na violência no aspecto cultural e vai ser trabalhado através da educação. Não dá para o homem enfrentar esse problema sem reavaliar as suas ações. O projeto é uma semente que estamos lançando. Em outros lugares em que o projeto já atua, a reincidência é baixa, o homem tende a não voltar a cometer novamente a violência” – exemplificou a coordenadora da Seção de Projetos Educacionais, Prevenção e Estudo da Violência (SPEV), Natália Tenório Sampaio.

 

PÚBLICO-ALVO

O programa é direcionado a homens que supostamente cometeram algum tipo de violência doméstica. A metodologia de trabalho do projeto em São Mateus pretende realizar três ciclos, contendo oito encontros em cada ciclo, que irá acontecer nas quartas-feiras, das 19h às 21h, com atividades como: rodas de conversa, palestras, dinâmicas de grupo, debates, apresentações de vídeos, entre outras atividades.

DANIEL PREGA “TOLERÂNCIA ZERO” CONTRA A VIOLÊNCIA

“Nossa tolerância com a violência doméstica tem que ser zero. Defendo a Periferia, pois vim de lá, e foi lá que meu pai me ensinou que homem que é homem não bate em mulher. Minha mãe era tudo pra mim, nós não seríamos nada sem as mulheres” – destacou Daniel. 

O prefeito lembrou ainda que o Município está doando ao Governo do Estado um terreno para a construção da sede própria da Delegacia de Polícia Civil, que abrigará a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher.

MOMENTO HISTÓRICO

A secretaria de Assistência Social, Marinalva Broedel, relatou a preocupação do prefeito Daniel especialmente na defesa da mulher, da criança e do idoso. “Esse momento é histórico e vai fazer a diferença no Município, vamos trabalhar na prevenção e efetivar as políticas públicas. O compromisso do prefeito é garantir direitos e transformar realidades. Nossa equipe está preparada e ativa para atender todas as demandas.” 

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO MUNICÍPIO

Em 2020 o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de São Mateus recebeu da Delegacia de Polícia Civil cerca de 120 encaminhamentos de mulheres vítimas de violência doméstica. Neste ano, até o mês de julho, já somam mais de 50 casos recebidos. É nesse cenário que o Município adere ao projeto “Homem que é Homem”.

PRESENÇAS

A solenidade contou também com as presenças da gerente de Proteção à Mulher, delegada Michelle Meira Costa; a delegada Cláudia Dematte de Freitas Coutinho; o superintendente de Polícia Regional Norte, delegado João Francisco Filho; representando a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de São Mateus, delegada Gabriela Zaché dos Santos; representando a 18ª Delegacia Regional de São Mateus, Delegado Leonardo Aksacki Malacarne; secretários municipais e vereadores.

Leia mais:  Keydson Quaresma se reúne com a Assenor
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana