conecte-se conosco


Cidades

Fundo Desenvolve Rio Doce reduz ainda mais os juros e oferece condições especiais

Publicado

Iniciativa tem o objetivo de contribuir para que micro e pequenas empresas tenham mais condições para atravessar a crise econômica causada pelo coronavírus

 

Os gestores do fundo de capital de giro Desenvolve Rio Doce decidiram adotar ações emergenciais para contribuir com a economia de municípios da bacia do rio Doce em virtude da grave crise econômica que atingiu o país em função do covid-19. Além de reduzir ainda mais a taxa, para juros a partir de 0,45 % a.m., o Imposto sobre Operação Financeira (IOF) e a Tarifa de Análise e Abertura de Crédito (TAAC) passam a ser incluídas no financiamento. E, para os contratos já existentes, serão adotadas ações e soluções específicas para ajudar a superar essa fase. As medidas valem até 30 de junho deste ano.

Criado pela Fundação Renova e gerido pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), o fundo é direcionado a micro e pequenas empresas localizadas nos municípios mineiros e capixabas atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG).

As empresas devem ter faturamento anual de até R$ 30 milhões e sede em um dos municípios da área de abrangência da Fundação Renova. Em Minas Gerais são 35 municípios: Mariana, Barra Longa, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Sem-Peixe, Rio Casca, São Pedro dos Ferros, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, Raul Soares, Dionísio, Córrego Novo, Pingo d’Água, Marliéria, Bom Jesus do Galho, Timóteo, Caratinga, Ipatinga, Santana do Paraíso, Ipaba, Belo Oriente, Bugre, Iapu, Naque, Periquito, Sobrália, Fernandes Tourinho, Alpercata, Governador Valadares, Tumiritinga, Galileia, Conselheiro Pena, Resplendor, Itueta e Aimorés.

Leia mais:  Mulher morre após carro atingir árvore em Nova Venécia

No Espírito Santo participam os municípios de Linhares, Colatina, Baixo Guandu e Marilândia.

As empresas podem solicitar empréstimos com valores entre R$ 10 mil e R$ 200 mil, com pagamento de 12 a 48 meses e até seis meses de carência para a primeira prestação.

“Com essas ações emergenciais, possibilitamos que as micro e pequenas empresas desses municípios tenham mais condições de enfrentar esse momento de dificuldade econômica no país, com a facilitação do crédito ou renegociação dos contratos vigentes, para que não paralisem seus negócios, mantenham postos de trabalho e contribuam para economia local”, diz o especialista da área de Economia e Inovação da Fundação Renova, Roberto Ruggeri.

“Estamos tornando ainda mais acessível e ágil a disponibilização de recursos neste momento de desafios. O BDMG, como banco de desenvolvimento, tem atuado na frente anticíclica deste cenário para minimizar os impactos econômicos e sociais desta pandemia”, afirma Sergio Gusmão, presidente do BDMG.

Para a Diretora Operacional do banco de desenvolvimento capixaba, Maria Emilia Vieira da Silva, esse pode ser o momento ideal para o reequilíbrio financeiro das empresas. “Com a redução da taxa de juros, o crédito fica ainda mais vantajoso para quem procura os financiamentos e as empresas podem, por exemplo, adquirir insumos, honrar pagamentos de fornecedores e, principalmente, manter seus funcionários. Essa é uma das menores taxas do mercado”, explica.

Leia mais:  Chegada das chuvas preocupa para aumento de casos de dengue

O Fundo Desenvolve Rio Doce é uma ação da área de Economia e Inovação da Fundação Renova, em parceria com o BDMG e o Bandes, estabelecida em cumprimento ao Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC).

Acesso ao crédito

Todas as condições especiais para as empresas solicitantes podem ser consultadas nos bancos.

Em Minas Gerais, as solicitações podem ser feitas pelo site do BDMG (www.bdmg.mg.gov.br) ou presencialmente nos correspondentes bancários, listados no portal. O limite de crédito é calculado em cerca de uma hora. Após esse procedimento, em caso de aprovação, a empresa deve imprimir o contrato de financiamento e enviar a documentação solicitada ao BDMG. Se a documentação estiver correta, os recursos são liberados em até três dias úteis.

No Espírito Santo, as empresas devem procurar os consultores do banco, presentes nas agências Nossocrédito dos municípios citados acima. Depois, a próxima etapa é o cadastro. Com a documentação correta, o processo segue para análise e aprovação. Mais informações podem ser acessadas no site www.bandes.com.br ou pelo telefone: 0800 283 4202.

publicidade

Cidades

Novo integrante da categoria de cartões Banestes, Banescard Visa Infinite tem um dos melhores programas de pontos do País

Publicado

O cartão de categoria Infinite do Banestes, banco estadual do Espírito Santo, agrega 2,7 pontos a cada dólar gasto

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) anunciou recentemente sua nova família de cartões Banescard Visa, que passou a contar com a categoria Infinite, um cartão de alto padrão. Clientes Infinite têm, entre os vários benefícios, acesso a um dos melhores programas de pontos do Brasil, com acumulo de 2,7 pontos por dólar gasto.

Além disso, a categoria Infinite do Banescard Visa agrega o acesso ao portfólio completo de vantagens premium do Banescard Visa, como benefícios em hotéis que oferecem aos hóspedes uma experiência diferenciada, serviço de assistente pessoal, que confirma voos, além de mesas nos melhores restaurantes, ingressos para shows, dois acessos gratuitos por ano às centenas de salas VIP pelo mundo, entre outros.

O valor da anuidade também é vantajoso. São 12 parcelas de R$ 75,00, sendo a primeira anuidade gratuita. Além disso, o cliente poderá ter isenção de anuidade após o 1º ano, se gastar a partir de R$ 12 mil por mês ou se aplicar a partir de R$ 150 mil em investimentos no Banestes. Para ter acesso, é necessário ser correntista do banco Banestes e ter renda mínima de R$ 10 mil.

Leia mais:  Escolas seguem fechadas por mais uma semana nas cidades do ES em Risco Alto

Banescard Visa

Os novos cartões Banescard Visa, que têm uma família completa, com as categorias Classic, Gold, Platinum e Infinite, entraram em circulação em abril deste ano e são aceitos em mais de 100 milhões de estabelecimentos comerciais, tantos físicos quanto on-line, em todos os estados brasileiros e também no exterior.

Saiba mais – Banescard Visa Infinite:

  • Pontuação: 2,7 pontos a cada 1 dólar gasto.
  • Validade dos pontos: 24 meses.
  • Acesso ao portfólio completo de benefícios premium do Banescard Visa.
  • Dois acessos gratuitos por ano a centenas de salas VIP em aeroportos pelo mundo.
  • Cartão adicional: não há cobrança de anuidade.
  • Anuidade: 12x R$ 75,00, com a 1ª anuidade gratuita. Não haverá cobrança posterior de anuidade se o cliente gastar a partir de R$ 12 mil reais por mês ou investir a partir de R$ 150 mil no Banestes.
  • Renda mínima: R$ 10 mil.
  • Mais informações em www.banescard.com.br

Continue lendo

Cidades

​Biblioteca itinerante circula por bairros de Vila Velha

Publicado

As vans do Projeto Bibmóvel, setor itinerante da Biblioteca Pública do Espírito Santo (BPES), estão circulando por diversos bairros da Grande Vitória desde segunda (8). 

O projeto atende bairros que estão no mapa do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. Até esta quinta (11), das 12 às 17h, a van está em Divino Espírito Santo.

Na próxima semana, dos dias 15 a 18 de agosto, das 12 às 17h, duas unidades móveis da Biblioteca Pública estarão em Alecrim e Terra Vermelha.
 
As unidades da Bibmóvel criam novos espaços de aprendizagem, de leitura e lazer, aproximando a biblioteca e o livro do cidadão capixaba. O acervo é composto por, aproximadamente, oito mil obras de literatura brasileira, estrangeira e infanto-juvenil, incluindo romances históricos, biografias e livros de autores capixabas.
 
Além de promover e incentivar a prática de leitura nas comunidades da Grande Vitória, o projeto facilita o acesso dessas comunidades à leitura, à informação, ao conhecimento e aos programas culturais do Estado.

O projeto é desenvolvido pela Secretaria da Cultura do Estado, com apoio institucional da Prefeitura de Vila Velha. Mais informações sobre a iniciativa podem ser obtidas através do e-mail: [email protected] e do telefone (27) 98802-6142.
 
Saiba mais sobre a Bibmóvel:
 
– O público pode ler os livros no próprio local;
– Havendo interesse em fazer empréstimo, mediante cadastro, o interessado pode retirar até 2 (dois) títulos por 15 dias, podendo ser renovado;
– Para fazer o cadastro, basta apresentar certidão de nascimento ou documento com foto e comprovante de residência;
– A van é equipada com mesas e cadeiras, além de toldo de proteção do sol e TV para ações culturais.

Leia mais:  Prefeito Enivaldo dos Anjos, inaugura ponte no Córrego do Ouro

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana