conecte-se conosco


Camisa 10

Globo estuda pedir trégua. E pagar ao Flamengo pela decisão do Carioca

Publicado

Derrota do Fluminense encurralou de vez a Globo. Se o Flamengo vencer seus três jogos, com dois mandos garantidos, ganha o Carioca

O fraquíssimo desempenho do Fluminense, na vergonhosa derrota para o Volta Redonda por 3 a 0, repercutiu.

Não só nas Laranjeiras.

Com o questionamento em relação a Ganso, Egídio, Fred e Odair Hellmann.

O resultado trouxe muito mais pressão à cúpula da Globo.

Por uma situação simples.

O Flamengo pode ser bicampeão carioca com mais apenas três partidas.

Com a derrota do Fluminense, o clube da Gávea, que não levou a sério, poupou seus titulares, mesmo assim venceu a Taça Guanabara, é o clube com mais pontos na classificação geral.

Basta então vencer o Boavista, quarta-feira.

Ganhar o jogo único da semifinal, que já está classificado como primeiro no seu grupo, antecipadamente, e tem até o benefício do empate.

E superar o adversário da final da Taça Rio.

Três vitórias e o Carioca está acabado.

Para piorar, o Flamengo terá o mando garantido das partidas contra o Boavista, por tabela, e da semifinal, como primeiro de seu grupo.

Ou seja, poderá usufruir da Medida Provisória 948, que permite ao clube mandante transmitir seus jogos.

E ainda, se chegar à final da Taça Rio, a Ferj sorteia o mando.

Ou seja, o Flamengo pode ficar com o direito de transmitir suas próximas três partidas e desmoralizar o contrato assinado entre a Globo e todos os outros clubes do Carioca.

A Globo já entrou na justiça para tentar impedir o Flamengo de transmitir seu jogo contra o Boavista.

Pediu tutela antecipada do jogo.

O Flamengo já se defendeu.

E os dirigentes garantem estarem preparados para a transmissão do jogo pela FlaTV.

Estão acertando até patrocinadores para a partida no seu canal no youtube.

Prometem fazer o mesmo para semifinal e final da Taça Rio, que pode significar o fim do Carioca.

A tensão é tão grande na Globo que já há uma dissidência entre os executivos da  emissora.

Eles propõem uma saída honrosa.

Ou seja, que a emissora ceda.

E faça acordo específico para o Flamengo até o fim do Carioca.

Pagando por partida, com se fosse cachê.

Os dirigentes flamenguistas se mostram abertos.

Desde que a Globo pague algo como R$ 10 milhões por jogo.

Os dirigentes dos outros três grandes clubes cariocas, Fluminense, Botafogo e Vasco acompanham com interesse essa possibilidade.

Eles receberam R$ 18 milhões por todos seus jogos no torneio.

Se o Flamengo receber mais, podem entrar na justiça exigindo o direito de isonomia, ou seja, a igualdade, o mesmo dinheiro que o rubro negro.

A pressão já era enorme na Globo.

O Fluminense deixou tudo pior…

Leia mais:  Equipe capixaba de basquete participa de Campeonato Sul-Americano
publicidade

Camisa 10

Messi vence 7ª Bola de Ouro e se iguala a Pelé como maior campeão

Publicado

Argentino do Paris Saint-Germain superou Lewandowski como o melhor jogador de 2021 em eleição da revista France Football

Sete vezes Lionel Messi. O argentino do Paris Saint-Germain recebeu nesta segunda-feira (29) a Bola de Ouro, prêmio concedido pela revista France Football, em evento realizado em Paris. Ele superou Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, segundo lugar.

Como “prêmio de consolação”, o polonês venceu a disputa pelo título de atacante do ano. Ao todo, ele marcou 63 gols e deu dez assistências.

Jorginho, brasileiro naturalizado italiano, campeão da Eurocopa e também da Champions League com o Chelsea, ficou com a terceira posição. Fora ele, o brasileiro mais bem colocado foi Neymar, na 16ª posição. Pentacampeão da premiação, Cristiano Ronaldo ficou apenas na sexta posição.

Como não houve Bola de Ouro no ano passado, devido à pandemia de Covid-19, Messi havia sido o último vencedor, já que, em 2019, quando ainda jogava pelo Barcelona, ele conquistou a Bola de Ouro. O craque argentino, agora, se iguala a Pelé como o maior campeão do prêmio. Ele venceu em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021, enquanto o brasileiro foi eleito em 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1965 e 1970, em prêmios entregues posteriormente, já que a France Football elegia apenas jogadores que atuavam na Europa na época.

Apesar de Messi não ter conquistado muitos títulos na atual temporada, pelo PSG e pelo Barcelona, pesou muito a sua grande atuação na Copa América, quando ele foi o grande responsável por encerrar um longo jejum de conquistas da Argentina. Ao todo, ele fez 41 gols e distribuiu 14 assistências.

Messi levou toda a família para a premiação

Vale lembrar que o prêmio não tem relação com o The Best, promovido pela Fifa.

Confira como ficou a lista final da Bola de Ouro em 2021:

1º Lionel Messi (Argentina/Paris Saint-Germain)
2º Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique)
3º Jorginho (Itália/Chelsea)
4º Karim Benzema (França/Real Madrid)
5º N’Golo Kanté (França/Chelsea)
6º Cristiano Ronaldo (Portugal/Manchester United)
7º Mohamed Salah (Egito/Liverpool)
8º Kevin De Bruyne (Bélgica/Manchester City)
9º Kylian Mbappé (França/Paris Saint-Germain)
10º Gianluigi Donnarumma (Itália/Paris Saint-Germain)
11º Erling Haaland (Noruega/Borussia Dortmund)
12º Romelu Lukaku (Bélgica/Chelsea)
13º Giorgio Chiellini (Itália/Juventus)
14º Leonardo Bonucci (Itália/Juventus)
15º Raheem Sterling (Inglaterra/Manchester City)
16º Neymar (Brasil/Paris Saint-Germain)
17º Luis Suárez (Uruguai/Atlético de Madrid)
18º Simon Kjaer (Dinamarca/Milan)
19º Mason Mount (Inglaterra/Chelsea)
20º Riyad Mahrez (Argélia/Manchester City)
21º Bruno Fernandes (Portugal/Manchester United)
21º Lautaro Martínez (Argentina/Inter de Milão)
23º Harry Kane (Inglaterra/Tottenham)
24º Pedri (Espanha/Barcelona)
25º Phil Foden (Inglaterra/Manchester City)
26º Nicolò Barella (Itália/Inter de Milão)
26º Rúben Dias (Portugal/Manchester City)
26º Gerard Moreno (Espanha/Villarreal)
29º César Azpilicueta (Espanha/Chelsea)
29º Luka Modric (Croácia/Real Madrid)

Clube do ano

O Chelsea, campeão da última Uefa Champions League, foi eleito o clube do ano. O time é o atual líder da Premier League e foi muito bem também no futebol feminino.

Bola de Ouro feminina

Entre as mulheres, a vencedora foi a espanhola Alexia Putellas, multicampeã com a camisa do Barcelona. Alguns meses atrás, ela já havia sido eleita a melhor jogadora da Europa pela Uefa.

Troféu Yashin

O melhor goleiro do mundo foi o italiano Gianluigi Donnarumma, campeão da Eurocopa com sua seleção. O jovem de 22 anos, que recentemente trocou o Milan pelo Paris Saint-Germain, foi o único da posição entre os 30 finalistas à Bola de Ouro.

No Troféu Yashin, ele superou o senegalês Édouard Mendy (Chelsea), o esloveno Jan Oblak (Atlético de Madrid), o brasileiro Ederson (Manchester City) e o alemão Manuel Neuer (Bayern de Munique).

Entre as mulheres, a vencedora foi a espanhola Alexia Putellas, multicampeã com a camisa do Barcelona. Alguns meses atrás, ela já havia sido eleita a melhor jogadora da Europa pela Uefa.

A meia superou a também espanhola Jenniffer Hermoso (Barcelona), a australiana Sam Kerr (Chelsea) e as holandesas Lieke Martens (Barcelona) e Vivianne Miedema (Arsenal).

Troféu Kopa

O prêmio dado ao melhor jogador sub-21 do mundo foi para o também espanhol Pedri, mais um que atua no Barcelona. Em 2021, o meia de 19 anos disputou a Eurocopa, os Jogos Olímpicos e também a Liga das Nações por sua seleção.

Ele superou os quatro outros finalistas: Jude Bellingham, Mason Greenwood, Nuno Mendes e Jamal Musiala.

Leia mais:  Equipe capixaba de basquete participa de Campeonato Sul-Americano
Continue lendo

Camisa 10

Nova Venécia bate o Aster Brasil nos pênaltis e conquista a Copa ES 2021 invicto

Publicado

Harrison defende pênalti decisivo após empate no tempo normal e se consagra herói do título do Leão do Norte, que disputará as competições nacionais de 2022

Pode soltar o grito de é campeão torcedor! O Nova Venécia é o grande vencedor da Copa Espírito Santo de 2021. Na tarde deste domingo, o Leão do Norte bateu o Aster Brasil nos pênaltis e conquistou o título inédito no estádio Kléber Andrade, em Cariacica.

As duas equipes empataram no tempo normal por 1 a 1. Os gols só saíram no segundo tempo João Moura, de cabeça, abriu o placar para o Aster Brasil logo no início da etapa final, mas Rafael Castro, também de cabeça, deixou tudo igual para o Leão do Norte aos 28 minutos. 

Nova Venécia é campeão da Copa Espírito Santo - ESHOJE

Nas penalidades máximas, todos os cobradores acertaram e a disputa foi para as alternadas. Na sétima e última do time da Grande Vitória, Harrison defendeu e se consagrou o herói da conquista do Nova Venécia.

Calendário cheio

Com a conquista da Copa Espírito Santo, o Aster Brasil/Nova Venécia garantiu um calendário cheio para a temporada de 2022. Dessa forma, o Leão do Norte disputará a Copa Verde, a Copa do Brasil e o Brasileirão Série D do ano que vem assim como o Real Noroeste (campeão Capixaba de 2021).

Leia mais:  Equipe capixaba de basquete participa de Campeonato Sul-Americano
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana