conecte-se conosco


Camisa 10

Globo rescinde contrato com o Campeonato Carioca após transmissão do Flamengo pelo Youtube

Publicado

Com a decisão alegando quebra de contrato, a emissora deixará de transmitir jogos da competição do Rio de Janeiro

Após o Flamengo transmitir o duelo contra o Boavista no Youtube do clube, a TV Globo anunciou, no início da tarde desta quinta-feira (2/7), que rescindiu o contrato de transmissão do Campeonato Carioca. Emissora alega que tomou a decisão “após quebra da exclusividade prevista no contrato, mas decide pagar aos clubes valores previstos para este ano.”

A emissora afirma, em nota, que, apesar da rescisão, vai manter os pagamentos previstos para este ano. “Os clubes com contrato e a Ferj foram informados da decisão na manhã desta quinta”, diz. A empresa tinha contrato de exclusividade da competição com 11 clubes, exceção é o Flamengo.

O Flamengo usou a Medida Provisória 984, editada por Jair Bolsonaro no último dia 18, os clubes mandantes têm poder de decidir o destino dos direitos de transmissão dos jogos de que participam.

Sem acordo prévio com a maior emissora de TV do país, o time rubro-negro optou por exibir, ao vivo na internet, o confronto contra o Boavista, válido pela quinta rodada da Taça Rio, nessa quarta-feira (1/7), no Maracanã. 

O evento transmitido por canal e páginas do clube em três plataformas, o rubro-negro somou mais de 2 milhões de dispositivos conectados para visualizar a partida. 

Leia na íntegra a nota da Globo:

“A Globo anunciou hoje que não vai mais transmitir o Campeonato Carioca. A emissora rescindiu o contrato que mantinha com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e com os Clubes, mas manterá os pagamentos desta temporada.

No entendimento da Globo, o contrato foi violado ontem, quando a FlaTV exibiu ao vivo a partida entre Flamengo e Boavista. De acordo com o contrato, a Globo tinha exclusividade na transmissão dos jogos do Campeonato Carioca. A Federação e onze Clubes assinaram o compromisso. A exceção foi o Flamengo. Na ocasião da assinatura e por várias temporadas em que o contrato foi cumprido, a legislação brasileira previa que, para a transmissão de qualquer partida, era necessária a obtenção de direitos dos dois Clubes envolvidos. Legalmente, ninguém poderia transmitir os jogos do Flamengo no Carioca e só a Globo poderia transmitir os demais.

No dia 18 de junho, a Presidência da República editou a Medida Provisória 984, passando ao mandante dos jogos os direitos de transmissão. O Flamengo se baseou nessa MP para transmitir a sua partida ontem no Maracanã. A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição.

Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca – incluindo os três jogos de hoje que encerram a quinta rodada da Taça Rio e que seriam exibidos no Sportv e no Premiere.

A Globo é parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas e entende a importância do esporte para Clubes, jogadores, marcas e torcedores. Exatamente por isso, apesar da decisão de rescindir o contrato imediatamente, a Globo está disposta a fazer os pagamentos restantes desta temporada, em nome da sua parceria histórica com o futebol e da sua boa relação com as equipes. Mas acredita que o futebol só será capaz de vencer as inúmeras dificuldades com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”

Leia mais:  Inscrições abertas para o Capixaba de Ferro
publicidade

Camisa 10

Negociação avança, e Michael fica mais perto de deixar o Flamengo

Publicado

Negociação avança, e Michael fica mais perto de deixar o Flamengo

O Flamengo tem em mãos, desde a última semana, uma proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita, por Michael. Nesta terça-feira, a negociação entre as partes avançou e o atacante está próximo de deixar o clube da Gávea. A direção da Gávea já aceitou a oferta e, inclusive, comunicou o Goiás, que detém 5% dos direitos do atleta, sobre o acerto. Esse percentual é, justamente, um dos ajustes que faltam para a transferência ser concretizada.

Os direitos de Michael estão divididos da seguinte forma: 80% do Flamengo, 5% do Goiás e 15% do próprio atacante. A proposta do Al Hilal é de 8,25 milhões de dólares, cerca de R$ 45,6 milhões. O Rubro-Negro deseja receber um percentual superior aos 80% e está negociando com as partes envolvidas.

Procurado pela reportagem, o departamento de futebol do Flamengo não respondeu sobre o assunto até a publicação da matéria. Já o Goiás informou que “apoiará o negócio que for feito” pela direção do Rubro-Negro.

Para a temporada 2020, o Flamengo venceu a concorrência no mercado e, por 7,5 milhões de euros (R$ 34,5 milhões na cotação da época), tirou Michael do Goiás. O atacante, revelação do Brasileirão de 2019, tardou a se encaixar, passou pelas mãos de Jorge Jesus, Domènec Torrent, Rogério Ceni e Renato Gaúcho e só foi deslanchar do meio de 2021 para frente, encerrando o ano como um dos nomes mais decisivos do time, com 19 gols e dez assistências.

Leia mais:  Piloto capixaba sobe ao pódio na ‘Império Endurance Brasil’
Continue lendo

Camisa 10

Capixaba Hugo Cibien participa da Mil Milhas Brasileiras em Interlagos

Publicado

Na virada do dia 22 de janeiro, de meia noite até meio dia, é disputada a corrida mais tradicional do automobilismo brasileiro

A corrida mais tradicional do país, a Mil Milhas Brasileiras, terá a participação do piloto capixaba Hugo Cibien. O atleta vai assumir o carro vencedor da edição do ano passado, o protótipo MRX 73 de Leandro Totti, da LT Team. A competição inicia na virada do dia 22 (sábado), à meia noite e segue até o dia 23 (domingo), finalizando por volta do meio dia.

Hugo, que esteve em 2021 competindo pela Imperio Endurance Brasil, com a equipe LT Team e os companheiros Guga Ghizo, Sarin Carlesso, Eduardo Souza e José Vilela irá reencontrá-la em Interlagos na próxima semana. 

“A Mil Milhas é uma prova muito difícil e muito tradicional aqui no Brasil. É excelente poder participar com companheiros da equipe de 2021”. Para a edição de 2022 as expectativas da LT Team estão altas. “Ano passado não participei das Mil Milhas, esse ano entro no carro vencedor da geral de 2021, substituindo o Leandro. A equipe está forte e temos muito mais competidores da Endurance Brasil na edição deste ano. A briga vai ser boa!”

Sobre a corrida

Criada em 1956, pelo piloto Wilson Fittipaldi pai, o “barão”, a corrida mais tradicional do automobilismo brasileiro, a Mil Milhas Brasileiras, é uma prova de longa duração que já esteve no calendário mundial do campeonato de Endurance, ao lado das 24h de Le Mans, e 6h de Spa Francorchamps.

Essa prova já foi conquistada por pilotos consagrados do automobilismo mundial, como Wilson Fittipaldi, Christian Fittipaldi, Nelson Piquet, Marc Gene, Chico Serra, Helio Castroneves, Ingo Hoffman, Chico Landi entre outros.

O Autódromo de Interlagos, em São Paulo, foi o principal cenário da corrida Mil Milhas Brasileiras. Porém, houve duas disputas fora de Interlagos: em 1997, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, e em 1999, no Autódromo Internacional de Curitiba.

Leia mais:  Vitória recebe o primeiro campeonato de remo de praia do Brasil
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana