conecte-se conosco


Entretenimento

Globo: vários protestos mostram o crescente ódio de populares pela emissora de televisão

Publicado

Desde que a disseminação do novo coronavírus provocou uma pandemia global, o público da (Globo) aumentou. Segundo dados da National Television, entre as 15 áreas metropolitanas em que a empresa avalia consumidores de TV, o classificação da emissora Kantar Ibope aumentou 12,6%. Nessas regiões, o canal atraiu cerca de 1,1 milhão de novos espectadores entre fevereiro e março. A RecordTV e o SBT cresceram apenas um décimo no mesmo período (cerca de 70 000 pessoas cada). Proporcionalmente proporcional à curva de público cada vez maior, a recusa da TV carioca também aumentou.

Os AntiGlobo estão mais irritados do que nunca. Nas mídias sociais, eles alegaram que as notícias da emissora estavam superlotadas em hospitais, cerimônias fúnebres restritas e secretas para os falecidos e o aumento do número de vítimas contaminadas e mortais causou pânico deliberado entre o público. Sob a liderança de Luiz Henrique Mandetta, a Globo se tornou alvo de críticas para apoiar e promover a proposta de distância social da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. Todas as noites, os (âncoras) William Bonner e Renata Vasconcellos recomendam à audiência no Jornal Nacional que respeite os regulamentos de isolamento emitidos pelo governo do estado para minimizar o risco de doenças infecciosas.

Leia mais:  Com UTIs quase lotadas no Rio, multidão se aglomera durante show de Ferrugem

A insatisfação com essa orientação é a mesma do presidente Jair Bolsonaro, que acredita que o Grupo Globo faz parte da TV Globo e ele é seu “inimigo”. “Na mídia. O protesto contra o canal não aconteceu apenas na Internet. Algumas pessoas se manifestaram na frente da câmera na estação. Na sexta-feira (10), no “link” (ao vivo) do noticiário local SP1, uma mulher pegou o microfone do repórter Renato Peters. A pessoa anônima, que pediu para não ser identificada, disse: “Globo é lixo, Bolsonaro está correto”. Outro incidente de agressão ocorreu no dia 11 de março, quando um homem apareceu atrás da repórter Laura Cassano (Laura Cassano), na entrada da cena do Bom Dia São Paulo, e começou a xingar e mostrar o dedo médio para a câmera. Imagem interrompida.

Os recentes incidentes de duas repórteres da Globo Renata Ceribelli e Marcelo Cosme “rompem” a distância social de se exercitar na rua, o que também causou reclamações de emissoras porque o movimento incentiva a divulgação do auto-isolamento no programa. Essa hostilidade lembra uma onda de violência contra a equipe do canal registrada após as manifestações em 2013 e a então presidente Dilma Rousseff bombardeando cada uma.

Leia mais:  Mãe de Gugu receberá R$100 mil de pensão

No sábado, sábado (11), cerca de 200 apoiadores do presidente Jair Bolsonaro protestaram contra a Globo em frente à entrada principal da sede de São Paulo, perto da estação do Brooklyn. Existem “tweets” e boicotes no canal. A separação social não minimizou a polarização ideológica política que promove o movimento anti-Terra. Quanto mais pessoas estão diante da TV em casa, a execução do Canal da Família Marinho se fortalece. A “hashtag” #GloboLixo pode ser vista em todos os lugares e agora deve rivalizar com #FiqueEmCasa.

publicidade

Entretenimento

‘No Limite’ volta e participantes serão ex-BBBs

Publicado

Está confirmado! O No Limite volta em breve na Globo e já temos um spoiler garantido: os participantes serão ex-BBBs. Quem será que vem por aí? Vale lembrar que o reality é de resistência e une a força física com a emocional.

O programa completou 20 anos em 2020. O primeiro reality show do Brasil conquistou o público e marcou época ao mostrar como 12 participantes conviviam, competiam e buscavam a sobrevivência em condições adversas na fictícia Praia dos Anjos, no Ceará, durante 23 dias.

O formato inovador, que se tornou uma tendência, misturou pessoas anônimas, de diferentes idades, partes do país e profissões, que só se conheceram e tiveram a noção de como seria o programa quando chegaram ao local da aventura. E, sem titubear, todos eles se jogaram no desafio.

Andrea, Elaine, Hilca, Pipa, Thiago, Vanderson: confira por onde os participantes do primeiro 'No Limite' andam — Foto: Arquivo pessoal

Andrea, Elaine, Hilca, Pipa, Thiago e Vanderson, participantes do primeiro ‘No Limite’, exibido em 2000 pela Globo.

Uma experiência incrível e inesperada que marcou para sempre a vida dos participantes. Boa parte deles, inclusive, continua amigos e mantém o contato por um grupo de mensagens.

Leia mais:  Família de Andressa Suita impede Gusttavo Lima de visitar os filhos
Continue lendo

Entretenimento

Famosos compartilham mensagens e pedem o não cancelamento de Karol Conká fora do BBB21

Publicado

Neymar, Cleo, Ludmilla entre outras estrelas, fãs do reality, pediram mais empatia com a artista curitibana

Quarta eliminada com 99,17% dos votos no BBB21, Karol Conká bateu recorde de rejeição, mas ganhou apoio de famosos, fãs do reality que acompanharam sua participação no game. Apesar de muitos frisarem que não concordaram com o tipo de jogo da rapper, eles foram unânimes ao pedirem empatia e respeito pela artista fora do jogo.

Estrelas como Neymar, Ludmilla e Cleo – irmã de Fiuk – postaram mensagens pedindo o não cancelamento da cantora curitibana, de 35 anos. Confira 👇

Neymar — Foto: Reprodução/Twitter

Lucas Penteado — Foto: Reprodução/Twitter

Cleo — Foto: Reprodução/Twitter

Rainer Cadete — Foto: Reprodução/Twitter

Ludmilla — Foto: Reprodução/Twitter

Deborah Secco — Foto: Reprodução/Twitter

Marília Mendonça — Foto: Reprodução/Twitter

João Vicente de Castro — Foto: Reprodução/Twitter

Flay — Foto: Reprodução/Twitter

Cantora Mel — Foto: Reprodução/Twitter

Leia mais:  Ex-BBB diz já ter ganhado mais de R$1 milhão na loteria
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana