conecte-se conosco


Segurança

Governador anuncia construção de nova unidade prisional de regime fechado

Publicado

O governador Renato Casagrande assinou, nesta terça-feira (15), o contrato para construção da Penitenciária Estadual de Vila Velha VI (PEVV VI). Com investimento de R$ 57 milhões, o Governo do Estado entregará um novo presídio no regime fechado com 800 novas vagas nas galerias, além de instalações de triagem e isolamento. A ampliação da capacidade do sistema prisional é um dos projetos estabelecidos no Planejamento Estratégico do Estado.

“Estamos dando ordem de serviço de uma unidade prisional de regime fechado, que terá recursos do Governo Federal e do Estado, com 800 novas vagas. Será uma unidade que irá se incorporar ao nosso Complexo do Xuri. Assumimos o Governo do Estado com o sistema prisional como uma bomba prestes a explodir. Conseguimos nesse tempo fazer a gestão, mas temos muito trabalho pela frente. Um sistema prisional bem gerenciado significa segurança aos detentos, seus familiares e à sociedade”, afirmou o governador Casagrande.

O secretário de Estado da Justiça, Luiz Carlos Cruz, destaca que o projeto para a nova unidade do Complexo do Xuri prevê circuito fechado de TV, com câmeras de videomonitoramento, automação de todas as portas de segurança dos setores internos e intermediários; captação de água da chuva e reuso. Além das 800 celas em galerias, o projeto prevê instalações para atendimento de 16 pessoas em isolamento e 42 na triagem. A previsão é de que o novo presídio seja entregue em 24 meses.

Leia mais:  Sejus conclui vacinação contra influenza no sistema prisional capixaba

“Essa iniciativa é mais um importante passo do Governo na tratativa da superlotação do sistema penitenciário capixaba. Todo esse trabalho vem somar forças às medidas que tomamos desde janeiro de 2019 para o manejo dessa situação. Esta será uma unidade pensada para otimizar o investimento do Estado, sendo entregue com ferramentas e tecnologias que permitam a reutilização de água de chuva e a automação em sistemas de segurança”, explicou o secretário.

Cruz destaca ainda que a obra será realizada em Regime Diferenciado de Contratação (RDC), na modalidade Integrada, e tem prazo de 720 dias para conclusão do projeto e entrega da obra. O contrato foi assinado com a empresa, que será responsável pela elaboração dos projetos básico e executivo de arquitetura e complementares de engenharia e ainda pela execução dos serviços de construção e demais operações necessárias para a entrega final da Penitenciária Estadual de Vila Velha VI.

Sistema Penitenciário Capixaba

A Secretaria da Justiça (Sejus) administra 35 unidades prisionais no Estado e realiza a custódia de 21.957 detentos em vagas físicas. Além disso, há 984 presos em monitoramento eletrônico.

Leia mais:  PF prende falsa enfermeira suspeita de aplicar vacinas contra a Covid-19 em empresários

No Complexo do Xuri, em Vila Velha, onde será construída a nova unidade, funcionam cinco unidades prisionais, sendo um centro de detenção provisória, quatro unidades de regime fechado (Penitenciária Estadual de Vila Velha I, Penitenciária Estadual de Vila Velha II, Penitenciária Estadual de Vila Velha III, Penitenciária Estadual de Vila Velha V) e uma unidade de regime semiaberto (Penitenciária Semiaberta de Vila Velha IV).

Um dos grandes desafios para a gestão estadual, o sistema prisional tem recebido prioridade e alcançado resultados inovadores. A Secretaria da Justiça (Sejus), responsável pela administração do sistema prisional do Estado do Espírito Santo, em parceria com outras entidades do Sistema de Justiça, conseguiu ampliar, em 2019, o número de internos em monitoramento eletrônico, ajudando a diminuir a ocupação das unidades prisionais. Ao longo do ano, o número chegou ao total de 680 internos, superando em mais de três vezes o total de monitorados em dezembro de 2018. Hoje, há 984 presos em monitoramento eletrônico.

publicidade

Segurança

Sem CNH e bêbado, motociclista armado cai em vala e acaba preso no interior do ES

Publicado

Polícia recebeu denúncias de que o homem estava andando armado e tinha envolvimento com o tráfico de drogas

Um motociclista embriagado foi preso após cair em uma vala da estrada que liga Ecoporanga à zona rural do município. Contra o suspeito, segundo a polícia, havia denúncias de que ele estava andando armado e que tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

A Polícia Militar foi acionada na madrugada nesta madrugada e esteve no local do acidente. Com o suspeito, os militares encontram uma garrucha calibre 22 com uma munição intacta na cintura do rapaz.

Um motociclista embriagado foi preso após cair em uma vala da estrada que liga Ecoporanga à zona rural do município. Contra o suspeito, segundo a polícia, havia denúncias de que ele estava andando armado e que tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

A Polícia Militar foi acionada na madrugada de segunda-feira (16) e esteve no local do acidente. Com o suspeito, os militares encontram uma garrucha calibre 22 com uma munição intacta na cintura do rapaz.

Leia mais:  Sejus reforça revistas nos presídios com aquisição de scanners corporais

A Polícia Civil informou que o suspeito, de 39 anos, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e, como não pagou a fiança arbitrada pelo delegado de plantão, foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de São Domingos do Norte.

Continue lendo

Segurança

Sargento da PM é baleado durante tentativa de assalto

Publicado

O sargento foi socorrido para um hospital de Vitória. Ele precisou passar por uma cirurgia, já que o tiro atingiu a artéria femoral

Um sargento da Polícia Militar de 49 anos ficou ferido ao reagir a um assalto, na rua Valdemar Versoza Pitanga, em Itapoã, Vila Velha. Ele seguia para a academia com a esposa, quando foi abordado por um suspeito de bicicleta.

O crime aconteceu por volta das 6h15 desta segunda-feira (16). O suspeito abordou o casal no meio da rua. O militar teria reagido, abaixando a arma do suspeito, e foi baleado pelo criminoso.

O sargento foi socorrido em uma ambulância para um hospital de Vitória. Ele precisou passar por uma cirurgia, já que o tiro atingiu a artéria femoral, mas passa bem. 

Após disparar contra o policial, o suspeito, que utilizava uma pistola ponto 40, fugiu do local. Em nota, a Polícia Civil informou que ocorrência está em andamento no plantão vigente do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

“Somente após a finalização das diligências, que ainda estão em andamento, teremos informações do caso e se há detidos”, diz a nota. 

Leia mais:  Secretário de Segurança do ES recebe ameaças em rede social

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana