conecte-se conosco


Política e Governo

Governador anuncia novos investimentos em Cachoeiro de Itapemirim

Publicado

No Dia de Cachoeiro, celebrado nesta terça-feira (29), o governador do Estado, Renato Casagrande, visitou o município de Cachoeiro de Itapemirim para anunciar novas obras de infraestrutura esportiva, calçamento rural e também na educação. Serão investidos quase R$ 6 milhões na construção do Campo Bom de Bola no bairro Jardim Itapemirim; na construção de duas quadras poliesportivas nos bairros Alto Monte Cristo e Novo Parque; e na construção do espaço esportivo na escola de Conduru.

A agenda oficial teve início na tradicional Praça Jerônimo Monteiro, no Centro da Cidade, onde fica localizado o busto de Newton Braga, advogado, jornalista e escritor (1911 – 1962), que foi um dos idealizadores da Festa de Cachoeiro. Hoje, 29 de junho, é o Dia de São Pedro, considerado o padroeiro do município.

Em sua fala, o governador Renato Casagrande citou uma passagem de outro cachoeirense ilustre, Rubem Braga, irmão de Newton. “Ele disse uma vez que tinha muita confiança que não seria maltratado na porta do Céu, e mesmo que São Pedro tivesse ordem de não o deixar entrar, ele iria dizer baixinho: sou de Cachoeiro de Itapemirim. Por isso, falo sempre muito bom estar em Cachoeiro nesse dia”, comentou.

Casagrande citou ainda alguns dos investimentos do Governo do Estado na cidade, que é conhecida como “capital secreta do mundo”: “Demos solução ao Hospital do Aquidabam, que receberá agora uma nova estrutura, o Central de Material e Esterilização (CME). Vamos fazer quatro quilômetros de calçamento rural, além das quadras que estamos dando ordens de serviço para que possam desenvolver ainda mais o município. Ainda vamos assinar um convênio daqui a uns dias para realizar a macrodrenagem na Linha Vermelha. Porque o que nós queremos é melhorar a vida das pessoas.”

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho, também falou sobre a importância da data. “Hoje é um dia de festejar, é o Dia de Cachoeiro. Quis Newton Braga criar o Dia de Cachoeiro, que é comemorado no dia do padroeiro, no Dia de São Pedro. Casagrande devolve muito à população através de investimentos. Esse calçamento rural trará desenvolvimento e quanto mais infraestrutura chegar, mais vamos desenvolver a região e atrair empresas. Estamos concretizando os sonhos de Cachoeiro com a ajuda do governador”, destacou.

Investimentos

Durante a solenidade, o governador assinou a Ordem de Serviço do Campo Bom de Bola no bairro Jardim Itapemirim e os protocolos de intenção para a construção de duas quadras poliesportivas, nos bairros Alto Monte Cristo e Novo Parque. O campo segue o padrão deste tipo de equipamento: tipo soçaite, com grama sintética, alambrado e iluminação, contando com quatro postes de aço de oito metros de altura, com tratamento anticorrosão, em um espaço que também poderá ser utilizado para o desenvolvimento de projetos como o Campeões de Futuro, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport).

Leia mais:  Briga da bancada por trás do cancelamento da visita de ministro?

O protocolo de intenções para a construção das duas quadras será firmado entre o Governo do Estado, por intermédio da Sesport e o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), com a Prefeitura Municipal. Elas terão, cada uma, o tamanho 32,10 x 24,40 metros quadrados e serão cobertas, feitas em alto padrão. Os equipamentos servirão para a prática de esportes em geral e projetos esportivos, além de se tornar opção para realização de eventos naquelas comunidades. O valor de cada quadra é de cerca de R$ 1,8 milhão, resultando em um investimento total de R$ 3,6 milhões.

“Participar da Festa de Cachoeiro é uma enorme satisfação para nós. Mesmo com a pandemia, o Governo do Estado não paralisou em nenhum momento os investimentos no esporte. Agora, com a esperança de um futuro cada vez melhor, queremos investir ainda mais. Pela sua importância para o Estado, Cachoeiro – que é uma cidade polo do sul capixaba – merece estes presentes”, afirmou o secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu.

Na mesma ocasião, o governador assinou a ordem de serviço para a construção de espaço esportivo na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Professor Domingos Ubaldo, localizada no bairro Conduru. Com área de 363 metros quadrados, o espaço esportivo será destinado para a prática de futebol de salão, basquete e vôlei.

O espaço terá cobertura de telha termo acústica e fechamento lateral, minimizando assim, a incidência de luz e garantindo maior conforto térmico. As obras serão realizadas pelo DER-ES, com investimento de R$ 589.438,33. A previsão é de que as intervenções fiquem prontas em janeiro de 2022.

“É mais uma obra do maior programa de investimentos em educação da história do Estado. A comunidade de Conduru aguardava há anos essa quadra na Escola Professor Domingos Ubaldo, que nunca teve uma. Feliz em participar de mais essa conquista para educação pública capixaba”, comemorou o subsecretário de Estado de Suporte à Educação, Aurélio Meneguelli.

Com investimento de mais de R$ 1,4 milhão, a implantação do Programa “Calçamento Rural” já é realidade no município de Cachoeiro de Itapemirim. A obra vai contar com a doação de 24 mil metros quadrados de blocos intertravados tipo holandês e 8 mil metros de meio fio pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). Em contrapartida, a Prefeitura realizou a instalação e toda a infraestrutura necessária na obra.

Leia mais:  Secretaria da Saúde apresenta resultados da quarta etapa do Inquérito Sorológico

“O Programa é muito importante para a agricultura capixaba, pois ele viabiliza o transporte dos produtos agrícolas, além de mudar a realidade das pessoas. Vamos continuar levando desenvolvimento para o homem e a mulher do campo”, ressaltou o subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari.

Ainda durante a agenda oficial, o governador participou da inauguração da Central de Material e Esterilização (CME) “Mário Augusto Rocha”, no Hospital do Aquidabam, extensão do Hospital Materno Infantil Francisco de Assis (HIFA). A unidade de serviço será utilizada para esterilização de materiais utilizados pelo Grupo HIFA. A ação é mais um apoio do Governo do Estado à saúde capixaba, buscando a melhor assistência hospitalar à população.

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, destacou a contratualização do Governo do Estado com o hospital, e como a população é beneficiada com os investimentos na área da saúde. “Buscamos sempre proporcionar o melhor acolhimento aos capixabas. Estamos em constante investimento na saúde para garantir o acesso aos atendimentos, e o hospital é nosso parceiro nessa trajetória”, enfatizou.

O HIFA conta com 60 leitos de enfermaria e 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) contratualizados pela Secretaria da Saúde (Sesa) para auxiliar o governo no enfrentamento a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), com o investimento mensal de R$3.471.984,00.

Além disso, são contratualizados outros dez leitos de UTI adulto, nove leitos de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) e 19 de Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP), sendo que dez desses são destinados às crianças com Covid-19. Outros serviços como: análise do teste RT-PCR dos pacientes na própria unidade hospitalar; internação clínica e cirúrgica pediátrica; urgência pediátrica; cirurgia eletiva pediátrica; e maternidade de risco habitual são custeados pelo Estado por mais de R$ 2,6 milhões mensais.

Estiveram presentes nas agendas, o diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Mario Louzada; os deputados estaduais Coronel Alexandre Quintino e Luciano Machado; o superintendente da região Sul de Saúde, José Maria Justo; o superintendente Estadual do Ministério da Saúde, Bartolomeu Martins Lima; além de vereadores, secretários municipais e lideranças da região.

publicidade

Política e Governo

Veja o perfil dos 7 candidatos ao governo do Espírito Santo em 2022

Publicado

Neste ano, sete candidatos disputam a vaga para o Palácio Anchieta. Veja a lista e o perfil de quem está no páreo para ser o governador do Espírito Santo

Nas eleições deste ano, sete candidatos disputam o cargo de governador. São eles, em ordem alfabética: Aridelmo Teixeira (Novo), Audifax Barcelos (Rede), Carlos Manato (PL), Cláudio Paiva (PRTB), Guerino Zanon (PSD), Renato Casagrande (PSB) e Vinícius Sousa (PSTU).

O Folha Vitória acompanha as publicações no TSE das candidaturas e vai atualizar a lista dos candidatos à medida que houver mudanças. 

No caso do pedido de candidatura do ex-prefeito de Linhares Guerino Zanon, a reportagem teve acesso ao extrato do seu pedido de registro de candidatura. No entanto, até às 19h desta segunda-feira (15), a solicitação ainda não constava da base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cujo sistema não é atualizado automaticamente

O primeiro turno será realizado em 02 de outubro e um eventual segundo turno para governador e/ou presidente ocorrerá em 30 do mesmo mês.

Veja abaixo quem são os candidatos ao governo do ES:

Veja o perfil de cada um dos candidatos:

Aridelmo Teixeira

Natural de Governador Valadares, em Minas Gerais, o professor e empresário Aridelmo Teixeira é cofundador da FUCAPE Business School. Aos 57 anos, o candidato ao governo do Espírito Santo já atuou como secretário da Fazenda da prefeitura de Vitória, de 2021 a 2022.

Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Ciências Contábeis pela FGV/RJ e graduado em Ciências Contábeis, atualmente Aridelmo é coordenador do InspiraES, plataforma de gestão de voluntários para o desenvolvimento de políticas públicas, fundada por ele em 2019 por meio do Instituto Fucape de Tecnologias Sociais (IFTS).

O candidato também já foi presidente institucional da ONG “Espírito Santo em Ação”, além de compor o time de fundadores do Instituto Líderes do Amanhã.

Aridelmo é membro Intergovernmental Working Group of Experts on International Standards of Accounting and Reporting / United Nations Conference for Trade and Development (ISAR /UNCTAD).

Ainda na educação, o empresário também atuou como membro da Comissão de Assessoramento na área de Ciências Sociais Aplicadas na FAPES, na CAPES e no CNPq.

Audifax Barcelos

Aos 58 anos, Audifax Barcelos já acumula 34 de experiência na gestão pública. Casado, pai de dois filhos e evangélico, o ex-prefeito da Serra atualmente é membro da Primeira Igreja Batista de Vitória, onde já atuou como diácono e professor da escola bíblica dominical.

Formado em Economia e Administração pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), a trajetória profissional do também ex-deputado federal, teve início entre os anos de 1982 e 1986, quando assumiu o cargo de auxiliar administrativo da prefeitura de Vitória.

Leia mais:  Covid-19: cartilha reúne linhas de crédito emergencial

Passado um ano, Audifax iniciou a carreira de economista na administração da Capital. Tempos depois, entre 1988 e 1989, foi secretário de Planejamento de Vila Velha.

A partir daí, Audifax atuou como secretário de Administração de Vitória e, também, como diretor do Departamento de Administração da Ufes.

Com uma densa história com a Serra, onde foi prefeito por três mandatos, Audifax começou a vida na gestão do município no setor de Administração, entre os anos de 1997 e 2000. Pouco tempo depois, o atual candidato ao governo do Estado, se elegeu como deputado federal por dois anos, em 2011 e 2012.

Carlos Manato

Nascido em Alegre, o médico e ex-deputado federal Carlos Manato agora está na disputa pela posição de governador do Estado. Presente na política capixaba desde 2003, Manato já ocupou o posto de deputado federal por quatro vezes.

Com a vida acadêmica voltada à área da Saúde, Manato é pós-graduado em Medicina do Trabalho, pela Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam), e em Colposcopia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). 

O candidato também é pós-graduado em Administração Hospitalar e especialista em Ginecologia e Obstetrícia.

Na Câmara dos Deputados, já foi membro das seguintes comissões: Turismo, Agricultura, Pecuária, Abastecimento, Desenvolvimento Rural, Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, entre outras.

Em sua carreira,  o político já trabalhou como professor na Emescam, médico no Instituto Estadual de Saúde Pública; foi diretor-clínico e diretor-geral do Hospital Dório Silva, além de diretor-clínico e diretor-presidente do Hospital Metropolitano.

Cláudio Paiva

Aos 62 anos, pai de três filhos e morador de Guarapari, na região metropolitana do Estado, o contador e administrador de empresas Cláudio Paiva trabalha, há mais de trinta anos, como consultor empresarial e com gestão de pessoas.

Ainda em sua trajetória profissional, Paiva  atuou na educação durante 16 anos, como professor de graduação e pós-graduação, além de trabalhar como terapeuta e psicanalista. É pós-graduado e doutor em Psicanálise Clínica e, atualmente, gerencia uma clínica, onde atende dependentes químicos.

De maneira voluntária, Cláudio também presta serviços para a “Rede Mulher”, uma organização que acolhe mulheres vítimas de agressão por parte dos companheiros e que foram colocadas para fora de casa. 

Guerino Zanon

Natural do município de Rio Bananal, interior do Espírito Santo, Guerino Luiz Zanon começa a jornada ainda aos 13 anos quando decide sair de casa para estudar em um internato no interior de Colatina.

Tempos depois se mudou para Linhares, onde trabalhou em uma padaria e em um hotel. Ainda na juventude, com a ajuda de familiares, Guerino se mudou para Vitória para entrar na universidade.

Guerino é formado em Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Ainda nos primeiros anos do curso, começou a dar aulas em um pré-vestibular que, anos depois, lhe conferiu a experiência suficiente para fundar, ao lado da esposa, o Colégio Cristo Rei e a Faculdade de Administração e Ciências Contábeis de Linhares.

Leia mais:  Estado inicia vacinação dos trabalhadores da assistência social e do Conselho Tutelar

A carreira política de Zanon começou em 1996, quando ele decidiu se afastar da direção das instituições de ensino para disputar a primeira eleição para prefeito de Linhares. Guerino esteve à frente do Executivo municipal por cinco mandatos.

Ainda na política, o ex-prefeito também já atuou como deputado estadual duas vezes, sendo que em 2006 foi o deputado estadual mais votado da história do Espírito Santo. Nesse mesmo ano, foi presidente da Assembleia Legislativa.

Guerino também foi secretário estadual de Esportes e Lazer por duas vezes, entre os anos de 2005 e 2006; e de janeiro a junho de 2016.

Renato Casagrande

Nascido em Castelo, no Sul do Estado, Renato Casagrande é formado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais, e em Direito pela Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim.

Casado, pai de dois filhos e atual governador do Espírito Santo, Casagrande já atuava na esfera política antes de ocupar o Palácio Anchieta. 

Durante sua vida pública, Casagrande já exerceu os cargos de senador, deputado federal, vice-governador e deputado estadual. Também já foi secretário de Estado da Agricultura, secretário de Meio Ambiente no município da Serra e de Desenvolvimento Rural, em Castelo.

Além da atual gestão, Casagrande já foi governador do Estado de 2011 a 2015. De 2015 a 2018, o atual chefe do Executivo estadual foi presidente da Fundação João Mangabeira, dedicada a discutir e difundir o socialismo democrático (se opondo ao capitalismo).

Capitão Sousa

Capitão da Polícia Militar, bacharel em Direito e membro do Movimento Policiais Antifascismo, Vinícius Sousa é natural de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Casado com Marcelle Sillis Bilo e pai de três crianças, o capitão, que reside no município de Castelo, constituiu família em solo capixaba.

Após concluir os estudos, terminou por forma-se professor. Em seguida, atuou na vigilância sanitária, onde se aposentou.

Na juventude, o candidato trabalhou como “office boy”. Durante esse período, entrou para o curso de Direito, e fez estágios em diversas funções, para custear os estudos.

Também trabalhou nas procuradorias municipais de Belo Horizonte e Vitória, além da Secretaria de Planejamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano de Cariacica.

A carreira na Polícia Militar começou em 2008, quando foi aprovado, em primeiro lugar, no concurso para soldados e precisou desistir do curso de Direito. Em 2012, Vinícius foi aprovado no concurso para Oficiais da PM, formando-se em 2014, e só então conseguiu retomar o curso e se formar em Direito.

Continue lendo

Política e Governo

Partidos têm até as 19h de hoje para as últimas definições da eleição

Publicado

Às 19 horas desta segunda-feira (15) encerra-se o prazo para que os partidos informem ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) os dados sobre candidatos e coligações desta eleição. O prazo é somente para o envio presencial, com mídia entregue na sede do TRE, uma vez que o período para o envio pela internet se esgotou às 8 horas, segundo a Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e a Resolução do TSE 23.609/2021.

Algumas coisas ainda precisam ser definidas. Dos sete candidatos ao governo, quatro já estão registrados no portal do Divulgacand do TSE. São eles: Aridelmo (Novo), Audifax (Rede), Capitão Sousa (PSTU) e Casagrande (PSB). Já Manato (PL), Guerino (PSD) e Cláudio Paiva (PRTB) ainda não foram registrados.

Guerino ainda precisa definir o nome que vai concorrer em sua chapa como vice e seu candidato ao Senado. Segundo a assessoria do candidato, o anúncio deve ser feito na tarde de hoje.

Dos oito candidatos ao Senado também, apenas quatro já têm o registro. São eles: Idalécio Carone (Agir), Erick Musso (Republicanos), Filipe Skiter (PSTU) e Gilbertinho Campos (Psol). Ainda faltam: Rose de Freitas (MDB), Nelson Júnior (Avante), Magno Malta (PL) e Antônio Bongestab (PRTB). Alguns candidatos ao Senado ainda precisam bater o martelo com relação aos suplentes, como Rose e Malta que, até então, constam com suplentes provisórios.

Leia mais:  Associações de moradores são redutos políticos? Tire suas conclusões

Ainda há dúvidas, também, sobre as coligações dos partidos. O Pros, por exemplo, no final de semana, desfez o que foi definido nas convenção partidária e saiu da coligação de Casagrande para apoiar Audifax. Há uma movimentação do partido na instância nacional e também estadual e até 19h uma nova reviravolta pode ocorrer. Em outras eleições, como em 2018, mudanças foram feitas no último minuto.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana