conecte-se conosco


Política e Governo

Governador Casagrande anuncia R$ 70 milhões em investimentos na Serra

Publicado

O município da Serra está recebendo mais de R$ 70 milhões em investimentos do Governo do Estado. Em solenidade virtual realizada nesta segunda-feira (3), o governador Renato Casagrande inaugurou as obras de modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Manguinhos e a implantação de 72 novos quilômetros de redes coletoras. Também foram assinadas as ordens de serviço para a reconstrução e reforma de escolas estaduais, além do convênio para drenagem e pavimentação de diversas ruas do bairro Residencial Jacaraípe.

Para o governador, essa ação reconhece a dimensão da cidade da Serra, atendendo a antigas demandas da comunidade levando mais qualidade de vida à população.  “Estamos fazendo um investimento forte em saneamento em todo o Estado. Proporcionando a melhoria da qualidade de vida e protegendo o meio ambiente e a saúde. Uma obra importante na região de Manguinhos, mas nossa parceria com a Serra vai além, com vários investimentos em infraestrutura viária, moradia e escolas”, afirmou.

Casagrande prosseguiu: “Estou muito feliz em dar o último passo com a ordem de serviço para a construção do novo Aristóbulo Barbosa Leão e devolver a escola à comunidade. Alugamos um prédio, mas vamos dar fim a essa novela que se arrasta e construir essa escola que é uma das mais importantes do Estado. Também estamos entregando drenagem e pavimentação de ruas, levando qualidade de vida aos moradores da Serra”, acrescentou.


Na área da educação, o Governo do Estado vai promover a reforma e ampliação da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Aristóbulo Barbosa Leão, no bairro laranjeiras, e a reforma da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Francisco Alves Mendes, no bairro Cidade Continental. Serão investidos mais de R$ 12,7 milhões nessas intervenções.

A EEEFM Aristóbulo Barbosa Leão terá a ampliação de 160 vagas, com a construção do bloco principal, com laboratório de química e biologia, laboratório de física e matemática, dois laboratórios de informática, sala técnica, biblioteca com sala de catalogação e arquivo, varanda, sala de professores, copa e banheiros para professores e funcionários, sala de artes, sala multiuso, secretaria, diretoria, sala de pedagogo, duas salas de coordenação e 20 salas de aulas.


Também será construído um bloco com refeitório e cozinha completa e pátio coberto, além de outro bloco com vestiários, sala de dança e depósito de material de esportes, auditório com camarins, banheiros e palco. A área externa já conta com quadra poliesportiva, anfiteatro, depósito de reciclagem e guarita.

A reforma da EEEF Francisco Alves Mendes terá como as principais intervenções e melhorias: a área civil e a reforma na calçada no entorno de toda a unidade escolar, atendendo às normas de acessibilidade e calçada cidadã.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, celebrou a autorização para início das obras e lembrou os desafios para a reconstrução da EEEFM Aristóbulo Barbosa Leão.
“Tudo que era possível de acontecer, aconteceu nessa obra. Estamos dando o último e definitivo passo para finalmente entregar essa escola para a comunidade, que será um grande marco. A Escola Aristóbulo Barbosa Leão será totalmente reformada, uma obra moderna e complexa, que devolve a esperança para alunos, professores e toda comunidade. Governador, mais uma vez seu governo desembaraça e coloca a retomada da reestruturação da rede física das escolas em suas prioridades. Obrigado”, disse.

Infraestrutura

Leia mais:  Decreto regulamenta Conselhos de Desenvolvimento Regional Sustentável do Estado

Na ocasião, também foi assinado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), o convênio para a drenagem e pavimentação de diversas ruas do bairro Residencial Jacaraípe, com investimento de R$ 8,24 milhões. Serão beneficiadas as ruas Juscelino Kubistchek, Arthur Bernardes, Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Osasco, Campos do Jordão, Guarujá, Travessa A e Campos Sales.

“As obras proporcionarão melhores condições de circulação viária e causarão um grande impacto positivo na qualidade de vida dos habitantes da região”, destacou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

Serão 2.490 metros de extensão total, com 18.317,93 metros quadrados de pavimentação asfáltica, 4.834,92 metros de meio-fio, 4.959,40 metros de drenagem, 6.523,51 metros quadrados de calçada cidadã, com dois metros de largura e acabamento com ladrilho hidráulico e rampa de acesso, além de 2.069,64 metros quadrados de gramas em placas.

O secretário Marcus Vicente destacou ainda que, além desse novo convênio, a Sedurb tem mais quatro convênios de obras de infraestrutura em execução na Serra, com investimento total de R$ 20,76 milhões. As obras são de urbanização, drenagem, pavimentação, construção de calçadas e ciclovias, paisagismo e implantação de pista de caminhada beneficiando os bairros Parque das Gaivotas, Continental e Civit II, além da Avenida Talma Rodrigues Ribeiro, uma importante via da cidade.

Saneamento

Mais um importante passo rumo à universalização do esgotamento sanitário no município da Serra foi dado pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan) e a parceria público-privada (PPP) da Ambiental Serra. Foram concluídas as obras de modernização da ETE Manguinhos e a implantação de 72 novos quilômetros de redes coletoras em diversos bairros.

Leia mais:  PRTB de Aracruz lança Major Wallace como candidato a prefeito

Com investimentos na ordem de R$ 11 milhões, a ETE Manguinhos passou por obras de melhoria para modernização de sua estrutura, com instalação de equipamentos de última geração que garantem ainda mais eficiência no tratamento do esgoto. A Estação tem capacidade para tratar 290 milhões de litros de esgoto por mês, atendendo a 17 bairros, 22 mil imóveis e aproximadamente 65 mil moradores.

Para o diretor-presidente da Cesan, Carlos Aurélio Linhalis, o Cael, a PPP tem função estratégica no processo de universalização dos serviços de saneamento, alavancando os esforços visando o bem estar social. “Os resultados obtidos no município da Serra atestam que a atuação conjunta entre o público, representado pela Cesan, e o privado é sustentável e demonstra a atenção do governo Renato Casagrande com a redução da desigualdade do acesso aos serviços de saneamento, que estão ligados diretamente a questões de saúde pública, ao desenvolvimento econômico da cidade e de respeito ao meio ambiente”, afirmou.

O município da Serra também recebeu 72 novos quilômetros de rede onde foram aplicados R$ 39 milhões para aumentar a cobertura dos serviços, com isso 16 mil moradores passarão a ter acesso ao sistema de esgotamento sanitário. “A PPP trouxe investimentos e avanços rápidos à Serra, pois em apenas cinco anos de atuação realizou obras de ampliação da rede de esgoto em diferentes regiões da cidade, modernização e melhorias nas ETEs, além de mais de 40 mil novos imóveis conectados à rede”, afirmou o presidente da Ambiental Serra, Justino Brunelli.

ETE Manguinhos

Capacidade de tratamento: 111 litros de esgoto por segundo
Número de bairros atendidos: 17 bairros
Número de imóveis beneficiados: 22 mil
Número de moradores beneficiados: 65 mil

Implantação de novas redes coletoras de esgoto

Novas redes entregues: 72 quilômetros
Números de Estações Elevatórias: 06
Número de imóveis beneficiados: 4.454
Bairros contemplados: Parque das Gaivotas, Lagoa de Jacaraípe, Residencial Jacaraípe e Alterosas, além de parte dos bairros Parque Santa Fé, Praiamar, Serramar e Nova Almeida Centro.

A solenidade virtual teve ainda a participação da vice-governadora Jaqueline Moraes; do diretor-presidente do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), Luiz César Maretto; do prefeito da Serra, Audifax Barcelos; do deputado federal Sérgio Vidigal; dos deputados estaduais Bruno Lamas, José Esmeraldo e Alexandre Xambinho; além de vereadores, gestores da escolas contempladas e de lideranças comunitárias.

publicidade

Política e Governo

R$ 445 mil direcionados por Majeski para reforçar trabalhos em hospitais

Publicado

Dos R$ 445 mil direcionados pelo deputado estadual Sergio Majeski (PSB), por intermédio de emendas parlamentares, para reforçar os trabalhos em 11 instituições com atuação na saúde pública do Espírito Santo em 2021, R$ 330 mil estão com os termos de fomento assinados entre o Governo do Estado e a instituição beneficiada com o repasse do recurso.

São R$ 180 mil para o Hospital Concórdia (Santa Maria de Jetibá), R$ 30 mil para o Hospital Rio Doce (Linhares), R$ 30 mil para a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Vitória), R$ 30 mil para o Hospital Santa Casa (Vitória), R$ 25 mil para o Hospital Santa Casa (Cachoeiro de Itapemirim), R$ 25 mil para o Hospital Infantil (Cachoeiro de Itapemirim) e R$ 10 mil para Fundação Clínica Carmem Lúcia (Vila Velha).

“Mesclamos o direcionamento dos recursos com as emendas para contemplar instituições que oferecem serviços relevantes à sociedade. Sempre é importante lembrar que o dinheiro é público, do próprio cidadão. Além dos hospitais, também estão em nossa prioridade escolas, Apaes e Pestalozzis, por exemplo. Indicamos o repasse e rotineiramente vamos às instituições para verificar as estruturas e conferir o atendimento que é ofertado às pessoas”, destaca Majeski.

Para efetivar na totalidade os recursos direcionados pelo deputado Majeski às instituições que oferecem serviços em saúde, falta o Governo do Estado assinar os termos de fomento para o repasse de R$ 115 mil aos hospitais Padre Máximo (Venda Nova do Imigrante), Madre Regina Protmann (Santa Teresa), Nossa Senhora da Penha (Santa Leopoldina) e São Brás (Itarana).

Leia mais:  Sedurb inaugura nova sede no Centro de Vitória
Continue lendo

Política e Governo

Secult debate participação na 4ª Conferência Nacional de Cultura

Publicado

A Secretaria da Cultura (Secult) já está participando das articulações para a realização da 4ª Conferência Nacional de Cultura, com previsão para ser realizada em dezembro de 2022. As etapas municipais e estaduais devem ocorrer entre fevereiro e junho do próximo ano, e as discussões vão girar em torno de atualizações do plano nacional de cultura e os rumos do setor no pós-pandemia.

O secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura reuniu-se com a presidente do Fórum Nacional de Secretários e Gestores de Cultura das Capitais e Municípios Associados, Ana Cristina de Castro, em Curitiba, para tratar da participação dos dois fóruns na organização da 4ª Conferência Nacional de Cultura. Ana Castro é presidente da Fundação Cultural de Curitiba, no Paraná, que tem status de secretaria.

Durante a reunião, os presidentes conversaram com o secretário nacional da Economia Criativa e Diversidade Cultural, Aldo Valentim, visando a acertar detalhes da composição da 1ª Câmara Temática para a Conferência Nacional, da qual Fabricio Noronha será titular e Ana Castro suplente.

Ambos participam na condição de representantes do poder público e seus nomes serão ratificados na próxima reunião plenária do Conselho Nacional de Políticas Culturais, prevista para ser realizada nesta quarta-feira (1º).

A Conferência Nacional de Cultura reunirá, como nos anos anteriores, agentes culturais de todo o Brasil para debates das políticas culturais. Nas três edições anteriores, a conferência chegou a ter representantes de 26 estados.

Leia mais:  MEC suspende inscrições no Prouni, mas libera consulta de bolsas no site
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana