conecte-se conosco


Política e Governo

Governador entrega obras e anuncia novos investimentos em infraestrutura para região norte do Estado

Publicado

O Governo do Estado está realizando mais de R$ 22 milhões em obras de infraestrutura na macrorregião norte capixaba. Nesta sexta-feira (09), o governador Renato Casagrande esteve nos municípios de Nova Venécia e Pinheiros para entregar e visitar obras, além de anunciar mais investimentos para a região. São obras de pavimentação e drenagem nas principais vias dos municípios. Casagrande também autorizou o início da terceira etapa das melhorias no sistema de esgotamento sanitário de Nova Venécia.


Na primeira agenda do dia, o governador visitou as obras de calçamento rural na localidade de Guararema. Em seguida, Casagrande inaugurou o calçamento do distrito de Cedrolândia. A implantação do Programa Calçamento Rural no município de Nova Venécia teve investimento de R$ 244.353,20 do Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). Foram doados 4.911,50 metros quadrados de blocos intertravados tipo holandês e 1.919,22 metros de meios-fios. Em contrapartida, o Município realiza a instalação e toda a infraestrutura necessária na obra.

“Essa parceria entre o Governo e a Prefeitura tem dado resultado. Temos certeza que esse ambiente de parceria vai continuar para que possamos continuar investindo em Nova Venécia. Estamos inaugurando e visitando diversas obras no município. Em todo o Estado já concluímos mais de 30 quilômetros de calçamento rural. Somente no Bairro Aeroporto são 18 mil metros de calçamento e mais de 1.200 metros de comprimento em apenas uma avenida. Quando investimos em calçamento, você tira a lama, o barro e a poeira da vida das pessoas e de dentro da casa das pessoas. Isso traz um pertencimento ao morador daquela localidade, que passa a valorizar mais sua casa. Passa uma tinta na fachada, conserta uma porta e uma janela”, afirmou o governador.

Leia mais:  Sedes disponibiliza Procedimentos de Análise de Projetos Prioritários de Licenciamento Ambiental

O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, destacou que o Programa é uma oportunidade de estreitar as relações com as prefeituras e trabalhar em conjunto para atender com excelência e eficiência a população dos municípios. “Melhorando a trafegabilidade e o escoamento da produção. Ao todo, são 82 comunidades que serão beneficiadas, que mesmo em meio a pandemia, a Seag e o Governo não pararam as atividades em infraestrutura rural”, ressaltou.

Em Nova Venécia, o governador do Estado também assinou a Ordem de Serviço para a execução da terceira etapa da complementação do sistema de esgotamento sanitário do município, que terá início na primeira quinzena de novembro. Com um investimento na ordem de R$ 7 milhões, a obra tem prazo de conclusão em 2022 e vai beneficiar mais de 3.100 moradores dos bairros Bela Vista, São Cristóvão e Alvorada, na sede do município. Serão instaladas duas elevatórias de esgoto, mais de 10 mil metros de rede coletora e cerca de 1.380 ligações prediais.

“Saneamento é qualidade de vida injetada diretamente na veia. Quando você traz o saneamento às residências e aos bairros, você diminui o gasto com saúde e melhora a qualidade de vida daquela pessoa que mais necessita de investimentos do poder público”, destacou Casagrande.

Para o diretor presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis (Cael), essa obra vai transformar a realidade da região. “Saneamento é mais do que um serviço de utilidade pública e bem-estar social, é uma questão de saúde. Ter água e esgoto tratados melhora a vida, para além de promover a economia local e o respeito ao meio ambiente”, pontuou.

Leia mais:  Espírito Santo recebe R$ 191,5 milhões em acordo com a Petrobras

Além desses investimentos, o governador visitou as obras de pavimentação, drenagem e infraestrutura nos bairros Bela Vista, Vila Olímpica, Padre Geanni e Aeroporto. “Também visitamos a Avenida Guanabara. Começamos a fazer essa obra em nosso governo passado, sendo paralisada na administração seguinte. Agora damos continuidade a essa obra tão sonhada e esperada pela população de Nova Venécia. Vamos inaugurá-la o mais rápido possível. Devido à pandemia, 2020 está sendo um ano desafiador, mas estamos conseguindo executar diversas ações, realizando muitos investimentos em infraestrutura em todo Estado. Para isso, precisamos da parceria e a resposta rápida dos municípios”, afirmou Casagrande.

Por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), o Governo do Estado está investindo quase R$ 15 milhões em infraestrutura em Nova Venécia e municípios próximos, como Boa Esperança e Pinheiros – que também recebeu a visita do governador.  Além da pavimentação das vias, calçadas, que serão revestidas e padronizadas, inclusive com a implantação de rampas para acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida e piso tátil.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, explicou que as obras trarão melhorias no deslocamento dos moradores. “São ruas que apresentam deficiências de pavimentação e que não atendem de maneira eficaz a mobilidade urbana. Algumas ficam com lama nos períodos de chuva e com poeira em tempos secos. As obras certamente trarão mais qualidade de vida aos moradores, trazendo um sentimento maior de pertencimento”, ressaltou.

publicidade

Política e Governo

Fundo de investimento capixaba de R$ 250 milhões com recursos do petróleo é destaque no cenário nacional

Publicado

O Fundo de Investimento em Participação (FIP), vinculado ao Fundo Soberano do Espírito Santo (Funses), denominado FIP Funses1, foi destaque em matéria nacional da Revista Exame. A reportagem aborda o trabalho da TM3 Capital, empresa selecionada pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), por meio de chamada pública, para atuar como gestora do FIP Funses 1, fundo na modalidade venture capital multiestratégia.

A gestora que tem escritórios em Curitiba, São Paulo e Florianópolis, abriu recentemente um espaço em Vitória para atender empresas de base tecnologia e startups do ecossistema capixaba de inovação, além de atuar na busca de empresas de outros locais do país interessadas em investir no Espírito Santo.

Na reportagem, o grande destaque atribuído para atuação da empresa na modalidade de venture capital no País veio em 2021, quando ganhou a licitação para administrar os R$ 250 milhões, recursos que serão investidos pelo Governo do Espírito Santo, por meio do Bandes.

O FIP Funses1 tem recursos oriundos da exploração de petróleo e gás natural. A ideia é que esta vinculação possibilite maior competividade do parque industrial, desenvolvimento de empresas de base tecnológica, a consolidação de cadeias produtivas de diferentes segmentos, entre outras oportunidades para o Espírito Santo.

Leia mais:  Governo do Estado institui Sistema de Informação de Custos

Com foco em empresas com base tecnológica e com intuito de impulsionar empreendimentos em estágio inicial, em até 05 anos, o FIP Funses 01 pretende acelerar até 500 negócios e investir em 100 empresas por todos os estágios da jornada de desenvolvimento. Com uma tese multiestratégia, terão preferência os setores de: Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC); Nanotecnologia; Varejo e Comércio Eletrônico; Economia Criativa, Serviços Financeiros; Economia Digital; Educação; Saúde e Ciências da Vida; Energias Renováveis; Químico e Materiais; Meio Ambiente; Agronegócio; Metalmecânico; Transporte; Logística; Rochas Ornamentais; Economia do Turismo e Lazer; Madeira e Móveis; e Confecção Têxtil e Calcados.

Acesse o texto completo da Exame pelo link.

Continue lendo

Política e Governo

Sectides realiza Encontro de Formação para Gestores Municipais

Publicado

A Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides) realizou, nesta quarta-feira (25), o Encontro de Formação para Gestores Municipais, no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Espírito Santo (Sebrae-ES), em Colatina. Gestores de oito municípios participaram da programação, que teve como tema central a prospecção de investimentos para o Estado. A iniciativa faz parte do Projeto Atração Ativa de Investimentos para os municípios e conta com a parceria da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes) e apoio do Sebrae-ES.

Representantes das cidades de Aracruz, Ibiraçu, João Neiva, Colatina, Marilândia, Pancas, São Domingos do Norte e São Gabriel da Palha participaram do evento. A prospecção ativa de novos negócios e projetos para o Espírito Santo é uma das premissas do Governo do Estado, que, por meio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento, estabeleceu uma metodologia de atração ativa de investimentos e novos projetos para o Estado, visando à geração de emprego e renda para toda a população capixaba.

Durante a programação do Encontro de Formação, os representantes da Sectides apresentaram o método de prospecção ativa de atração de investimentos e a evolução do modelo para alcançar os resultados esperados, além dos incentivos fiscais estaduais e os programas desenvolvidos na Secretaria. Em seguida, houve uma apresentação sobre os Indicadores do Ambiente de Negócios (IAN) dos municípios confirmados. Já os representantes dos municípios fizeram uma dinâmica do “Pitch de Vendas”, destacando a vocação dos municípios aos participantes. Por último, foi feita a prospecção na prática.

Leia mais:  Espírito Santo recebe R$ 191,5 milhões em acordo com a Petrobras

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Ricardo Pessanha, salientou que o Projeto Atração Ativa de Investimentos para os municípios é uma iniciativa pioneira do Governo e está em vigor desde 2021. “Nosso intuito é compartilhar o conhecimento que temos e disponibilizar o método que utilizamos. Com isso, queremos ampliar o potencial de atração e fazer com que o Estado, que é receptivo às empresas, seja mais cobiçado por elas. Temos incentivos fiscais, estabilidade econômica, mão de obra qualificada, nota A no Tesouro Nacional e excelente ambiente de negócios. Enfim, ótimos indicadores para o mercado”, complementou Pessanha.

A subsecretária de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Christiane Vargas, ressaltou que a formação de novos gestores busca promover a articulação de ações estratégicas para atrair e estimular o desenvolvimento econômico, além de garantir um ambiente de negócios propício ao fomento e manutenção dos investimentos”, disse.

De acordo com a subsecretária de Estado de Competitividade, Rachel Freixo, o curso possibilita uma troca de experiências enriquecedora entre o Executivo Estadual e os municípios. “O crescimento sustentável e democrático é fundamental para construirmos políticas públicas eficazes e inovadoras, gerando, consequentemente, uma ambiência de negócio saudável, além de criar oportunidades para a atração de novos investimentos e a consolidação do crescimento dos empreendimentos existentes. Estado próspero é quando todos os municípios são prósperos!”, pontuou Rachel Freixo.

Leia mais:  Governo do ES vai pagar mais barato por barreiras sanitárias

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana