conecte-se conosco


Cidades

Governador inaugura nova central de videomonitoramento da Ceturb-ES

Publicado

Mais agilidade nas ações operacionais, segurança para os usuários, controle na formação de filas com distanciamento e ferramentas para auxiliar nas pesquisas de demanda nos terminais. Essas são algumas das vantagens da nova Central de Controle Operacional (CCO) da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES), inaugurada na manhã desta quinta-feira (23) pelo governador Renato Casagrande. A nova CCO vai proporcionar a melhoria da oferta do serviço de transporte urbano.


A nova central de videomonitoramento está instalada na sede da Ceturb-ES, em Vitória. A unidade recebe imagens das câmeras espalhadas nos terminais de integração, em tempo real. Dessa forma, será possível observar toda a operação do sistema e realizar as interferências necessárias para cada tipo de situação identificada, como, por exemplo, liberar carros extras para atender à demanda de uma determinada linha.

O governador Renato Casagrande destacou a importância da nova CCO. “O novo equipamento permite que a Ceturb veja, em tempo real, tudo o que acontece nos terminais. Podemos detectar aglomeração, depredação e as imagens ficam guardadas por 60 dias para que seja usada em uma investigação policial, caso seja necessário. Temos como enviar mensagens de informação e acionar fiscais, por exemplo. Essa Central vai de encontro ao que buscamos, que é tomar decisões com planejamento e levando segurança aos nossos usuários”, disse.


O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, comentou que a nova central vai auxiliar a gestão do transporte tanto do ponto de vista técnico como operacional. “Temos em tempo real e em uma mesma plataforma as informações de tudo o que acontece nos terminais. Com isso, a Ceturb-ES pode aprimorar o planejamento da operação. Também é uma ferramenta estratégica para a tomada de decisão, principalmente em situações de crise. Além disso, a Central complementa a fiscalização, pois não só vamos fiscalizar a operação, como também a atuação dos próprios fiscais”, explicou.

O diretor-presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés, sublinhou  a importância do uso da tecnologia para a gestão operacional do Sistema Transcol:. “A Central dá mais agilidade às ações, especialmente nesse momento de pandemia, mas é um legado que fica para agregar mais qualidade ao serviço. Vai ser possível intervir rapidamente para solucionar problemas de demanda, filas, distanciamento e problemas com a segurança”.

Cada terminal de integração tem, pelo menos, dez câmeras PTZ (Pan Tilt Zoom) móveis, com movimentos de 360 graus, que capturam imagens e zoom em alta fidelidade, capazes de identificar detalhes da operação e de ocorrências nos terminais rodoviários. As imagens ficarão armazenadas tanto na CCO quanto em cada terminal de integração.

As câmeras também são capazes de emitir sinais de áudio a partir da Central, na Ceturb-ES, para os terminais. Esse sistema de áudio é de alta fidelidade e é utilizado para emissão de mensagens de caráter informativo e corretivo para os usuários do Sistema Transcol. Essas mensagens de áudio podem ser gravadas ou emitidas ao vivo, por meio de microfones instalados na central de operações e enviados aos terminais de ônibus.

O sistema conta, ainda, com botões de pânico, que, posteriormente, poderão ser distribuídos aos vigilantes dos terminais que, ao verificarem alguma anormalidade, podem acionar o sinal que será emitido na central de operações. Em casos de crimes ou situações de insegurança, os operadores da CCO também poderão acionar as autoridades policiais ou fazer a intervenção por meio do sistema de áudio. 

Outras 40 câmeras fixas devem ser instaladas nos terminais a partir de agosto. Sete dessas já estão instaladas e em fase de teste. As câmeras fixas estão atreladas a um software capaz de analisar as imagens e produzir relatórios gerenciais, como o de aglomeração, que vai auxiliar no controle do fluxo de pessoas nos terminais.

Objetivos

Leia mais:  Serra e Guarapari recebem ações da ‘Operação Verão’ realizadas pela Secretaria da Fazenda

– Possibilitar o uso de espaços públicos pelo cidadão com maior segurança;

– Aumentar a sensação de segurança da população dos municípios onde estão localizados os terminais;

– Auxiliar em investigações criminal, civil e administrativa, bem como auxiliar na identificação e localização de infratores;

– Auxiliar na operação do sistema de transporte;

– Proporcionar apoio logístico na pesquisa de demanda dentro dos terminais;

– Sistema de áudio para orientar e dar avisos aos usuários.

publicidade

Cidades

Aberta as inscrições para o Nossa Bolsa 2021 com mais de mil oportunidades

Publicado

Quem sonha em começar um curso superior em 2021 tem que ficar de olho nas 1.021 oportunidades abertas pelo Programa Nossa Bolsa para este ano. Os interessados devem se inscrever pelo www.nossabolsa.es.gov.br entre os dias 25 e 29 de janeiro. O quadro de vagas com os cursos disponíveis e as instituições de ensino que os ofertam está disponível no site da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

Devido ao adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, o Governo do Espírito Santo vai garantir a realização do Nossa Bolsa 2021 a partir dos resultados referentes aos anos de 2015 a 2019. Ou seja, só podem participar deste processo seletivo os candidatos que já concluíram o Ensino Médio e já realizaram uma das provas do Enem nesse período.

Como a missão do programa é atender a quem mais precisa, as oportunidades são direcionadas à população de baixa renda e são ofertadas em 33 instituições de Ensino Superior privadas espalhadas por 15 municípios em todas as regiões do Estado. A maior parte das bolsas cobre o valor integral da mensalidade, sendo que apenas 39 bolsas parciais serão disponibilizadas.

Quem pode?

O Programa Nossa Bolsa concede bolsas em cursos de graduação ofertados por instituições privadas e é dirigido aos estudantes egressos do Ensino Médio da rede pública ou da rede particular que estiveram na condição de bolsistas integrais.

Se o grupo familiar do candidato possui renda per capita de até um salário mínimo, ele poderá concorrer a bolsas integrais que correspondem a 100% da mensalidade; se a renda per capita for de até três salários mínimos, o aluno poderá concorrer a bolsas parciais de 50%.

O processo seletivo do Nossa Bolsa prioriza o ingresso de pessoas que moram em bairros com alto índice de vulnerabilidade social e de quem se autodeclara afrodescendente no ato da inscrição. Por isso, é preciso informar o Código de Endereçamento Postal (CEP) para verificar se o candidato está em um bairro atendido pelo Programa Estado Presente em Defesa da Vida.

Só serão aceitas as inscrições de candidatos que alcançarem média global de 500 pontos, considerando as provas objetivas e de redação do Enem realizado pelo candidato entre os anos de 2015 e 2019.

Também podem participar do processo candidatos que concluíram o curso técnico em um Centro Estadual de Educação Técnica (CEETs) do Espírito Santo e também os que cursaram o Ensino Médio ou Técnico nas escolas do Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (Mepes).

Não é permitida a participação de candidatos que já possuam outro diploma de graduação, nem de selecionados em edições anteriores do programa e que abandonaram o curso.

O programa também não realiza a contratação de selecionados que estejam matriculados em outro curso superior, nem dos que já foram contemplados por outros programas de bolsa de graduação ou de financiamento estudantil.

Cronograma do Nossa Bolsa 2021

1) Período de inscrição:

de 25 a 29 de janeiro

2) Resultado da 1º Chamada:

03 de fevereiro

3) Entrega de documentos e matrícula nas faculdades:

de 04 a 10 de fevereiro

4) Resultado da 2º Chamada:

12 de fevereiro

5) Entrega de documentos e matrícula nas faculdades:

de 18 de fevereiro a 24 de março

6) Manifestação de interesse na lista de espera:

de 01 a 03 de março

7) Resultado da lista de espera:

05 de março

8) Entrega de documentos e matrícula nas faculdades:

de 08 a 12 de março

Leia mais:  Estado inaugura quadra poliesportiva e faz entrega equipamentos em Alfredo Chaves
Continue lendo

Cidades

Homem morre e sete pessoas ficam feridas em grave acidente na BR-101

Publicado

Uma das pistas precisou ser interditada e o tráfego está seguindo em sistema pare e siga

Um homem morreu e outras setes pessoas ficaram feridas após se envolverem em um grave acidente, no início da tarde deste sábado (23). A colisão envolvendo dois veículos de passeio, ocorreu na altura do km 232,3 da BR 101, em Fundão

De acordo com o Centro de Controle Operacional da Eco101, concessionária responsável pela administração da via, a vítima fatal era motorista de um dos veículos envolvidos no acidente. O homem morreu no local.  

Dentre os feridos, três pessoas foram encaminhadas para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, uma para o Hospital Infantil, também na capital, e outras três para o Hospital São Camilo, em Aracruz. 

Ambulâncias, viatura de inspeção e guincho da Eco 101, além da Polícia Rodoviária Federal, Samu, Corpo de Bombeiros, perícia da Polícia Civil e IML foram acionados para dar apoio a ocorrência. 

Ainda não há informações sobre como o acidente ocorreu. Uma das pistas precisou ser interditada e o tráfego está seguindo em sistema pare e siga.

Leia mais:  Turistas e capixabas já podem compartilhar Ilustrações dos pontos turísticos do Espírito Santo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana