conecte-se conosco


Cidades

Governador inaugura nova central de videomonitoramento da Ceturb-ES

Publicado

Mais agilidade nas ações operacionais, segurança para os usuários, controle na formação de filas com distanciamento e ferramentas para auxiliar nas pesquisas de demanda nos terminais. Essas são algumas das vantagens da nova Central de Controle Operacional (CCO) da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES), inaugurada na manhã desta quinta-feira (23) pelo governador Renato Casagrande. A nova CCO vai proporcionar a melhoria da oferta do serviço de transporte urbano.


A nova central de videomonitoramento está instalada na sede da Ceturb-ES, em Vitória. A unidade recebe imagens das câmeras espalhadas nos terminais de integração, em tempo real. Dessa forma, será possível observar toda a operação do sistema e realizar as interferências necessárias para cada tipo de situação identificada, como, por exemplo, liberar carros extras para atender à demanda de uma determinada linha.

O governador Renato Casagrande destacou a importância da nova CCO. “O novo equipamento permite que a Ceturb veja, em tempo real, tudo o que acontece nos terminais. Podemos detectar aglomeração, depredação e as imagens ficam guardadas por 60 dias para que seja usada em uma investigação policial, caso seja necessário. Temos como enviar mensagens de informação e acionar fiscais, por exemplo. Essa Central vai de encontro ao que buscamos, que é tomar decisões com planejamento e levando segurança aos nossos usuários”, disse.


O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, comentou que a nova central vai auxiliar a gestão do transporte tanto do ponto de vista técnico como operacional. “Temos em tempo real e em uma mesma plataforma as informações de tudo o que acontece nos terminais. Com isso, a Ceturb-ES pode aprimorar o planejamento da operação. Também é uma ferramenta estratégica para a tomada de decisão, principalmente em situações de crise. Além disso, a Central complementa a fiscalização, pois não só vamos fiscalizar a operação, como também a atuação dos próprios fiscais”, explicou.

O diretor-presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés, sublinhou  a importância do uso da tecnologia para a gestão operacional do Sistema Transcol:. “A Central dá mais agilidade às ações, especialmente nesse momento de pandemia, mas é um legado que fica para agregar mais qualidade ao serviço. Vai ser possível intervir rapidamente para solucionar problemas de demanda, filas, distanciamento e problemas com a segurança”.

Cada terminal de integração tem, pelo menos, dez câmeras PTZ (Pan Tilt Zoom) móveis, com movimentos de 360 graus, que capturam imagens e zoom em alta fidelidade, capazes de identificar detalhes da operação e de ocorrências nos terminais rodoviários. As imagens ficarão armazenadas tanto na CCO quanto em cada terminal de integração.

As câmeras também são capazes de emitir sinais de áudio a partir da Central, na Ceturb-ES, para os terminais. Esse sistema de áudio é de alta fidelidade e é utilizado para emissão de mensagens de caráter informativo e corretivo para os usuários do Sistema Transcol. Essas mensagens de áudio podem ser gravadas ou emitidas ao vivo, por meio de microfones instalados na central de operações e enviados aos terminais de ônibus.

O sistema conta, ainda, com botões de pânico, que, posteriormente, poderão ser distribuídos aos vigilantes dos terminais que, ao verificarem alguma anormalidade, podem acionar o sinal que será emitido na central de operações. Em casos de crimes ou situações de insegurança, os operadores da CCO também poderão acionar as autoridades policiais ou fazer a intervenção por meio do sistema de áudio. 

Outras 40 câmeras fixas devem ser instaladas nos terminais a partir de agosto. Sete dessas já estão instaladas e em fase de teste. As câmeras fixas estão atreladas a um software capaz de analisar as imagens e produzir relatórios gerenciais, como o de aglomeração, que vai auxiliar no controle do fluxo de pessoas nos terminais.

Objetivos

Leia mais:  Prefeito Arnaldinho recebe pessoas com deficiência no dia nacional de luta

– Possibilitar o uso de espaços públicos pelo cidadão com maior segurança;

– Aumentar a sensação de segurança da população dos municípios onde estão localizados os terminais;

– Auxiliar em investigações criminal, civil e administrativa, bem como auxiliar na identificação e localização de infratores;

– Auxiliar na operação do sistema de transporte;

– Proporcionar apoio logístico na pesquisa de demanda dentro dos terminais;

– Sistema de áudio para orientar e dar avisos aos usuários.

publicidade

Cidades

Sedu realiza reunião de alinhamento das avaliações e metas para 2022

Publicado

A Secretaria da Educação (Sedu), por meio da Gerência de Avaliação (GEA), realizou, nessa quarta-feira (26), a Reunião de Alinhamento 2022. Conduzida pela gerente Endy de Albuquerque Silva e pela subgerente Giselle Peres Zucolotto, foram pontuados os indicadores, as metas e as estratégias do Plano Estadual de Educação (PNE), referente às avaliações externas e índices, o Mapa Estratégico da Sedu e o Decreto Nº 4.889.

A partir disso, a GEA preparou seu plano estratégico para este ano, direcionando os trabalhos a serem desenvolvidos pela equipe e priorizando a garantia da qualidade, além da busca pela equidade na educação.

A reunião foi centrada no Mapa Estratégico 2019-2022, tendo em vista o foco nos parâmetros avaliativos e nos resultados das avaliações educacionais para monitorar o desempenho e analisar o sistema de ensino. A GEA planejou sistemática de assessoramento às avaliações nos âmbitos nacional e internacional e elaborou o cronograma para aplicação das avaliações estaduais.

“Foi um momento criativo, realizado com muito diálogo, aprendizado, trocas de ideias e apropriação das informações para o Planejamento Anual de 2022”, disse a gerente da GEA, Endy de Albuquerque Silva.

Leia mais:  Ações de reparação na bacia do rio Doce vão ultrapassar R$ 12 bilhões em 2020
Continue lendo

Cidades

Nuvem impressionante chama atenção em Aracruz

Publicado

Fenômeno foi registrado na manhã desta quarta-feira. Instituto explica a formação curiosa

Quem já assistiu ao filme “Twister” lembra, imediatamente, das cenas que impressionaram nos cinemas em 1996, quando vê a imagem que surpreendeu os moradores de Aracruz, no Norte do Espírito Santo, na manhã desta quarta-feira (26). A nuvem surgiu próximo à entrada ao Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) e deixou a população curiosa.  

Mas, o que será este fenômeno da natureza? 

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em uma primeira análise, a imagem trata-se de um tipo de nuvem popularmente conhecida como nuvem preteleira ou “shelf cloud” (em inglês) e é técnicamente conhecida como “Cumulonimbus Arcus”. 

O Incaper informou, também, que este é um tipo de formação de nuvem que tem aspecto característico de uma longa, baixa e densa camada horizontal, anexada logo abaixo a uma nuvem-mãe (neste caso, uma Cumulonimbus – Cb).

Segundo o Incaper, a nuvem é formada em função das chuvas que devem estar ocorrendo no município no instante em que a foto foi tirada. 

Leia mais:  Aneel aprova reajuste médio de 8,02% nas tarifas da EDP Espírito Santo
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana