conecte-se conosco


Política e Governo

Governador inaugura reforma de quadras poliesportivas em escolas de Viana

Publicado

O Governo do Estado segue trabalhando na melhoria de infraestrutura das escolas da Rede. Na manhã desta quinta-feira (11), o governador inaugurou a reforma das quadras poliesportivas da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Irmã Dulce Lopes Ponte, no bairro Marcílio de Noronha, a da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Ewerton Montenegro Guimarães, em Arlindo Villaschi, ambas localizadas no município de Viana. O investimento total é de quase R$ 1 milhão.


“Todo mundo sabe que é importante investir em educação, pois ela é capaz de gerar mais oportunidades para as pessoas. Entregamos 146 obras em escolas e outras 100 estão acontecendo em dois anos de gestão. O nosso governo tem, de fato, uma ação que caracteriza a importância que damos à educação”, afirmou Casagrande, que relembrou um trecho de sua trajetória de vida.


“Brasil é um dos países mais desiguais do mundo. Nasci no interior de Castelo e estudei em uma escola onde eram quatro turmas na mesma sala de aula. A educação era excludente e hoje a gente busca os alunos para que estejam dentro da sala. Damos estrutura física, incluímos a tecnologia no dia a dia e passamos a ofertar formação aos servidores para que possamos dar oportunidades a todos”, disse o governador.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, também falou sobre a importância dos investimentos na área. “Quando investimos na rede física das escolas e melhoramos nas questões pedagógicas, estamos proporcionando condições para que todos que usam da educação possam crescer como pessoa, como cidadão e com a esperança de um futuro profissional. Quero registrar a alegria de estar em um governo que investe tanto na educação”, celebrou.

Vitor de Angelo citou o número de entregas apenas na área da educação. Durante esta semana, serão realizadas nove cerimônias de entrega e de anúncios de investimentos em obras nas escolas estaduais. “Isso dá bem a dimensão do que está sendo feito. Essa é apenas uma parte. Alcançamos um excelente resultado no Ensino Médio, no Ideb, numa trajetória que começou ainda no outro governo Casagrande. Ofertamos cursos de formação, regime de colaboração entre Estado e municípios, e mais uma série de coisas. Para além de obras que são tão importantes, temos muitas outras coisas tão importantes quanto”, afirmou.

A diretora da EEEFM Ewerton Montenegro Guimarães, Fátima Patrícia Pereira do Rosário, mencionou o trabalho do Estado para garantir um retorno seguro às aulas durante a pandemia. “Quando pensamos sobre esses tempos desafiadores que estamos vivendo, fico extremamente satisfeita e feliz, pois a Rede Estadual, desde quando se iniciou a pandemia, se mobilizou para que os estudantes não ficassem longe da escola. A aprendizagem ficou relativamente prejudicada, mas estamos aqui para garantir uma educação de qualidade. Temos 261 estudantes matriculados e 158 retornaram para o regime presencial e fico feliz, pois eles querem vir todos os dias”, revelou.

O prefeito de Viana, Wanderson Bueno, agradeceu mais esse investimento do Estado no município. “Estamos aqui garantindo o direito de nossas crianças poderem sonhar com o amanhã. Por isso, agradeço muito ao governador e ao Governo do Estado. Retornamos com as aulas presenciais e tivemos mais de 80% de adesão dos alunos. Um retorno com segurança e estamos muito animados com o início desse ano letivo. Obrigado pelo investimento e nos próximos anos tenho certeza que teremos mais investimentos na educação de Viana em parceria com o Estado”, declarou.

Mais investimentos

Leia mais:  Fogos de artifício: regras de venda tramitam em urgência

Durante a solenidade, o governador Renato Casagrande anunciou a publicação do edital de licitação para reconstrução da ponte sobre o Rio Formate, em Viana. A execução da obra tão esperada pela região ficará à cargo do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), que irá reconstruir a ponte com extensão de 22 metros que liga os bairros Vila Bethânia, em Viana, a São Francisco, em Cariacica. O valor do investimento é de R$ 1,2 milhão e o prazo de execução da reconstrução será de 300 dias. 

Para o diretor-presidente do DER-ES, Luiz César Maretto Coura, a obra é muito importante para a ligação dos dois municípios. “É mais uma boa notícia para a população local, que será beneficiada com essa ponte. Estamos dando continuidade aos investimentos para retomar o desenvolvimento e mobilidade, beneficiando os moradores e o comércio”, pontuou.

Também estiveram presentes na solenidade, a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; o secretário de Estado de Governo, Gilson Daniel; o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Jocarly Aguiar; a diretora da Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), Nelci Gazzoni; o presidente da Junta Comercial do Estado do Espírito Santo (JUCEES), Carlos Rafael; além da comunidade escolar, vereadores e lideranças do município.

Leia mais:  Governador e bancada federal se reúnem com ministro da Economia
publicidade

Política e Governo

Assembleia aprova indicação de Bruno para priorizar vacinação de garis

Publicado

Proposta que beneficia profissionais de limpeza, coleta de dejetos e varrição pública foi aprovada por unanimidade pelo Legislativo estadual. Meta do deputado é imunizar a categoria para evitar problemas sanitários, em caso de paralisação dos serviços

Depois de priorizar num projeto de lei a vacinação dos profissionais da Segurança Pública e da Educação e ter seus pedidos atendidos pelo governo do Estado, o deputado estadual Bruno Lamas (PSB), que é do mesmo partido do governador Renato Casagrande, teve aprovado pela Assembleia Legislativa a indicação que prioriza a imunização dos profissionais de limpeza, coleta de dejetos e varrição pública, os chamados garis.

Na proposta, que foi aprovada por unanimidade na sessão da última terça-feira (13), mas só será levada adiante se tiver o aval do governador, Bruno requer que os profissionais sejam inclusos na primeira fase do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19, de modo a ser prioritariamente vacinados, ao lado dos profissionais de Segurança, Educação e idosos acima de 60 anos.

“Os garis, ao lado dos profissionais de Segurança e da Educação, prestam serviços essenciais à população. A paralisação dos serviços de varrição e coleta pública de dejetos são capazes de gerar graves problemas sanitários, além daqueles decorrentes da pandemia. Desse modo, há uma urgência, de primeira ordem, na vacinação desses profissionais, como forma de evitar a paralisação de seus serviços”, justificou o deputado.

E completou: “A preservação da vida e manutenção do trabalho desses profissionais essenciais deve ser inserida em destaque na ordem do Plano Estadual de Vacinação para que sejam vacinados até o fim de abril ou início de maio. É a indicação que fazemos ao governador.”

Bruno, que preside a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, conseguiu uma importante vitória na última quinta-feira (15), quando o governador deu início, num ato simbólico, à vacinação dos profissionais da área da Educação. A primeira a receber a dose foi a professora Débora Cristina Marques de Morais, de 50 anos, da Escola Elza Lemos Andreatta, de Vitória.

Os primeiros a serem imunizados, a partir da próxima semana, são professores e auxiliares que atuam em sala de aula das creches com crianças de 0 a 3 anos de idade, pré-escola, ensino fundamental I e II e ensino médio e técnico com o ordenamento por faixa etária, iniciando pelos profissionais de 50 a 59 anos.

PARCERIA

Mas para Bruno a conquista só foi possível devido à articulação e parceria das entidades ligadas à Educação.

“Propomos e realizamos audiência pública com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sindiupes) e a Associação dos Diretores e Ex-diretores das Escolas da Rede Pública Estadual de Ensino do Espírito Santo (Adires), para articular junto ao governo esta importante conquista. Também protocolamos um projeto de lei priorizando a vacinação desses profissionais”, frisou Bruno.

O parlamentar lembra que, durante a audiência, assumiu o compromisso de que a vacinação dos profissionais da Educação teria início no Estado e que, agora, está aliviado porque cumpriu com a palavra.

“É um ato de esperança e de respeito ao profissional de Educação porque irá possibilitar, em algum momento, o retorno às aulas presenciais com todos os protocolos de segurança”, lembrou.

Leia mais:  Chamada Pública da Secti para expositores na 17ª Semana C&T está aberta
Continue lendo

Política e Governo

MPES quer que mulher do prefeito de São Gabriel deixe cargo na administração municipal

Publicado

Marcella Ferreira Rossoni é mulher do prefeito de São Gabriel da Palha, e foi nomeada pela segunda vez neste ano para assumir cargo na prefeitura

O Ministério Público do Espírito Santo (MPES) ingressou com ação na Justiça para pedir o afastamento da secretária municipal de Assistência, Desenvolvimento Social e Família de São Gabriel da Palha do cargo. Marcella Ferreira Rossoni Rocha é esposa do prefeito, Tiago Canal Rocha (PSL), e foi nomeada por ele para assumir o cargo no dia 13 de abril. A nomeação ocorreu pela segunda vez este ano. 

O MP requer o afastamento sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil. Solicita, ainda, que o prefeito e a secretária sejam condenados nas sanções civis pela prática de improbidade administrativa e condenados a devolverem toda a quantia recebida como salário pela secretária, no período em que permaneceu no cargo.

Entenda o caso

Marcella assumiu o cargo pela primeira vez em 7 de janeiro de 2021. Na ocasião, o MPES instaurou inquérito civil para a apuração de atos de improbidade administrativa por considerar a nomeação “imoral, irregular e ilegal”. O órgão solicitou comprovação da aptidão técnica da secretária. 

“Verificou-se que os certificados apresentados apontavam fortes indícios de falsificação e/ou falsidade ideológica, haja vista que somam um total de 300  horas de cursos realizados em apenas único dia. Os certificados eram datados de 13 de janeiro de 2021, ou seja, após a sua primeira nomeação, e o período de realização dos três cursos eram da mesma data”. 

No dia 25 de janeiro, o órgão recomendou a exoneração imediata de Marcella, devido a falta de qualificação. Três dias depois, ela deixou o cargo. A esposa do prefeito ainda acionou a Justiça pedindo a suspensão da exoneração, mas teve o pedido indeferido pelo juiz Bruno Fritoli Almeida, da 2ª Vara de São Gabriel, que entendeu que a decisão é do prefeito. 

No dia 13 de abril, ela voltou a ser nomeada para a mesma função. “Essa renomeação (…) demonstra que os requeridos estão atuando com notório interesse de ludibriar a verdade dos fatos frente às Instituições Públicas e, principalmente, perante a sociedade”. Segundo o MPES, o prefeito e a esposa têm 15 dias para se manifestarem, se quiserem. 

A reportagem não conseguiu contato com o prefeito e a mulher dele. 

Leia mais:  Sistema do TCE-ES detalha dados previdenciários de institutos municipais
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana