conecte-se conosco


Política e Governo

Governo anuncia novas medidas de prevenção à disseminação do Covid-19

Publicado

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, liderou uma nova reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública, nesta sexta-feira (20), no Palácio Anchieta, em Vitória. Foram anunciadas novas medidas de prevenção à disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), como a determinação da suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais pelo prazo de 15 dias, a partir deste sábado (21). As medidas serão publicadas em uma edição suplementar do Diário Oficial do Estado.

Fica permitida apenas a abertura dos seguintes estabelecimentos: farmácias, comércios atacadistas, distribuidoras de gás de cozinha e de água, supermercados, padarias, lojas de alimentação, lojas de cuidados animais e insumos agrícolas, postos de combustíveis, restaurantes e lanchonetes.

No caso dos restaurantes e lanchonetes, o horário de atendimento e consumo presencial fica limitado às 16 horas. A limitação não se aplica no caso de retiradas no próprio estabelecimento e entregas (delivery). Os estabelecimentos comerciais podem realizar a entrega de produtos, não há qualquer vedação neste caso.

Também foi determinada a suspensão do atendimento presencial em concessionárias de serviço público. Poderá ser realizado o atendimento mediante prévio agendamento, quando não existir possibilidade de atendimento por outro canal (telefone, e-mail e congêneres). Foi suspenso ainda o atendimento nos Centros de Triagem e Acolhimento para Pessoas com Dependência Química, da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), a partir da próxima segunda-feira (23).

Leia mais:  Rigoni é convidado a palestrar em Harvard sobre desigualdade social

O governador Casagrande anunciou que o Corpo de Bombeiros vai orientar as pessoas para não circularem pelas ruas. Foi solicitado também o apoio de tropas do Exército Brasileiro para auxiliar no trabalho de orientação. O Sistema Transcol passa a operar com uma redução de frota e restrição no número de passageiros para evitar superlotações, apesar de ter sido constada uma queda no número de usuários.

Confira abaixo mais sobre as medidas tomadas na Sala de Situação:

– Suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais pelo prazo de 15 dias, a partir do dia 21/03. Com exceção de farmácias, comércio atacadista, distribuidoras de gás de cozinha e de água, supermercados, padarias, alimentação, lojas de cuidados animais e insumos agrícolas, postos de combustíveis, restaurantes e lanchonetes. A suspensão não impede que o estabelecimento comercial realize entrega de produtos;

– Limitação no horário de funcionamento dos restaurantes e lanchonetes até 16 horas para atendimento e consumo presencial, não se aplicando a referida limitação para retiradas no próprio estabelecimento e para entregas (delivery);

Leia mais:  Governo do Estado expande atendimento do SAMU 192 para mais 11 municípios da região sul

– Suspensão do atendimento presencial ao público em concessionárias prestadoras de serviço público, a partir do dia 23/03. A medida não é válida para o atendimento realizado mediante prévio agendamento e desde que não haja a possibilidade de atendimento por outro canal (telefone, e-mail e congêneres);

– Suspensão do atendimento dos Centros de Triagem e Acolhimento para Pessoas com Dependência Química da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), a partir do dia 23/03;

– Os ônibus do Sistema Transcol só poderão sair dos terminais de integração com a lotação de passageiros sentados;

– Os ônibus intermunicipais só podem transitar com metade das cadeiras ocupadas;

–  Redução do número de ônibus circulando a partir da segunda-feira (23): 30% de redução no horário de pico (6h-10h e 16h-20h) e 50% entre os picos (10h-16h).

publicidade

Política e Governo

Ramalho decide disputar a Câmara Federal

Publicado

Após ser rifado pelo partido na disputa do Senado e ter desabafado que o “sistema” tinha retirado o seu sonho, o ex-secretário da Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho (Podemos) vai disputar uma vaga de deputado federal. Ele vai se somar à chapa que já tem o ex-prefeito Gilson Daniel e o vice-prefeito de Vila Velha, Victor Linhalis, entre outros.

A decisão foi divulgada em nota na tarde desta quinta-feira (11), por sua assessoria. O comunicado diz que a homologação da candidatura foi deferida pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual.

Nos bastidores, a ida de Ramalho para a chapa federal do Podemos dá mais tranquilidade aos candidatos que temiam não alcançar nenhuma das 10 vagas. Agora, os cálculos dão conta da possibilidade de conquistar até duas cadeiras, segundo analistas políticos. O Podemos faz parte da base aliada do governo e vai apoiar a senadora Rose de Freitas (MDB) à reeleição.

Leia a nota na íntegra:

“Nesta quinta-feira (11), após refletir sobre a negativa da homologação da sua candidatura ao Senado, o Coronel Ramalho, ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, decidiu continuar na disputa eleitoral de 2022, agora como candidato a deputado federal.

Sua candidatura foi homologada pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual do Podemos, que também o orientou e motivou a permanecer com seu nome à disposição da sociedade capixaba.

A decisão foi tomada após ouvir sua família, amigos e principalmente as pessoas que o incentivaram a continuar lutando por uma vaga no Congresso Nacional. A deliberação final foi pautada ainda na possibilidade concreta de ser o único candidato com experiência e propostas efetivas no campo da segurança pública.

Ramalho continuará defendendo a modernização e adequação da Legislação Penal Brasileira, que no seu entender, não atende aos anseios dos operadores de segurança pública e das famílias brasileiras, que sofrem nas mãos dos criminosos e não são devidamente alcançados e punidos”.

Leia mais:  Governo do Estado expande atendimento do SAMU 192 para mais 11 municípios da região sul
Continue lendo

Política e Governo

Profissionais da Educação do ES vão receber bônus de até um salário a mais este mês

Publicado

Segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária)

Conforme divulgado pelo governador do Estado, Renato Casagrande, por meio das redes sociais, nesta quarta-feira (10), o “bônus desempenho”, benefício pago aos profissionais ativos da educação, referente ao exercício de 2021, será pago na folha de pagamento de agosto deste ano.

Sobre o assunto, a Secretaria de Educação (Sedu) informou, em nota, que a concessão do bônus por desempenho para profissionais ativos da Educação é um direito e um reconhecimento do trabalho dos professores e servidores, regulamentado pela Lei Complementar nº 504 e pelo Decreto nº 2761-R, alterado pelo Decreto 3949-R e Lei Complementar 887, que concede aos profissionais ativos no âmbito da Secretaria da Educação (Sedu), sendo que o período de avaliação é de acordo com o calendário escolar.

Leia mais:  SEP realiza reunião de gerenciamento intensivo de projetos da área de Gestão Pública Inovadora

Também segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária). Ao todo, serão beneficiados 12.975 profissionais neste ano.

A bonificação é concedida anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu e é calculada com base em indicadores coletivos e individuais. Desse modo, o profissional pode receber até um salário a mais, conforme os resultados apurados pela unidade de ensino onde exerce suas funções.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana