conecte-se conosco


Camisa 10

Governo confirma vacinação de 1,8 mil atletas a partir desta quarta

Publicado

Saúde e COB aceitaram doações da Pfizer/BioNTech e da Sinovac para imunizar delegação. População também será beneficiada

O Ministério da Saúde confirmou nesta terça-feira (11) a vacinação da delegação brasileira que estará nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020. Não apenas os atletas serão imunizados contra a covid-19, mas também os dirigentes, membros das comissões técnicas, árbitros e jornalistas credenciados para as competição que acontece a partir de 23 de julho, na capital japonesa.

Ao todo, segundo o COB (Comitê Olímpico do Brasil) e o governo federal, serão 1.814 pessoas incluídas no PNI (Plano Nacional de Imunização) já a partir desta quarta (12), em Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo. Em Brasília e em Porto Alegre, a vacinação acontecerá a partir da próxima segunda (17). Belo Horizonte também terá a vacinação, mas a data ainda não está definida.

“Nós vamos vacinar os atletas olímpicos brasileiros e as comissões técnicas para garantir que eles possam desempenhar muito bem as suas capacidades nos Jogos Olímpicos para que possam trazer muitas medalhas e ornamentar ainda mais o glorioso esporte brasileiro”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Tóquio 2020 vai de 23 de julho a 8 de agostoOs integrantes do governo federal presentes na entrevista coletiva, em Brasília, explicaram que as vacinas serão cedidas pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), em cooperação com os laboratórios Pfizer/BioNTech e Sinovac. Por isso, para evitar uma nova escala de prioridades, as doses não deram descontadas das obtidas pelo país para imunizar a população geral.

Além disso, ficou acordado que para cada dose cedida para a delegação brasileira que vai aos Jogos Olímpicos, o COI vai doar outras duas vacinas para o SUS (Sistema Único de Saúde) – Ao todo, são 4.050 doses de Pfizer e 8 mil de Sinovac. Até o momento, quase 36 milhões de brasileiros (17%) receberam pelo menos a primeira dose da vacina; e cerca de 18 milhões (8,5%) de pessoas já receberam a segunda dose.

A um ano das Olimpíadas, falta de locais para treinar prejudica atletas |  Agência Brasil

“É a missão mais desafiadora que o COB já passou ao longo de sua história”, disse o vice-presidente do COB, Marco Antônio La Porta Júnior. “Dentro do Comitê Olímpico, passamos a mensagem de que gostaríamos de um benefício para os atletas e para a população. A palavra aqui não é outra a não ser ‘obrigado’.”

Atletas já vacinados

O programa do governo brasileiro e pelo COB é semelhante aos adotados também por outros comitês olímpicos nacionais. Estados Unidos, China, Grã-Bretanha, Alemanha e Austrália, algumas das maiores delegações nos Jogos, começaram a vacinar seus atletas. Segundo La Porta, 16 delegações nacionais já iniciaram seus programas de vacinação.

Atletas brasileiros, por treinarem e residirem no exterior, também já foram vacinados. O nadador Bruno Fratus, por exemplo, foi vacinado, na Flórida, nos Estados Unidos. Fratus treina e mora por lá e até quebrou o que estava chamando de “retiro de redes sociais” para divulgar uma foto da vacinação. Cotada para Tóquio 2020, a jogadora de futebol Marta é outra atleta que foi imunizada fora do Brasil. Ela atua pelo Orlando Pride, também nos EUA.

Leia mais:  A final é brasileira! Santos atropela o Boca e decide Libertadores com o Palmeiras
publicidade

Camisa 10

Globo coloca jogo do Flamengo para ‘barrar’ crescimento do SBT com Seleção Brasileira na Copa América

Publicado

O Flamengo foi peça chave na manobra da Globo para travar o crescimento do SBT com a transmissão do jogo da Seleção Brasileira contra a Venezuela, domingo, às 18h, pela abertura da Copa América. O confronto entre Fluminense e Bragantino, marcado anteriormente para às 16h do mesmo dia, sofreu alterações. Agora, a Globo irá transmitir Flamengo x América-MG no mesmo horário, enquanto o duelo do rival carioca passou para às 20h30.

Assim, para impedir que a emissora de Silvio Santos assuma a liderança em audiência com o jogo da Seleção pela competição sul-americana sediada no Brasil, o Grupo Globo espera criar larga vantagem ao assumir praças no Rio de Janeiro, Distrito Federal e estados da região Norte e Nordeste.

Já para o confronto entre Atlético-MG e São Paulo, às 16h, a Globo reservou os estados de São Paulo e Minas Gerais para exibir ao vivo o duelo. Grêmio x Athletico-PR vai ao ar para o Rio Grande do Sul.

Com a Seleção Brasileira entrando em campo próximo às 18h, a expectativa da rede carioca é diminuir a migração de audiência de torcedores que acompanhavam as partidas do Brasileirão para o SBT.

Leia mais:  Com polêmica, Palmeiras vence o Defensa e fica perto de outra taça
Continue lendo

Camisa 10

Ex-atacante de Flamengo e Santos morre em acidente

Publicado

Segundo informações da Polícia Militar, o ex-jogador Diogo perdeu controle de sua moto e bateu em um poste. Ele iniciou sua carreira no Santos e passou pelo Flamengo em 2004. Seu último time foi o Grêmio Maringá

O ex-jogador Diogo, 38 anos, que teve passagem pelo Flamengo e pela base do Santos, morreu na noite desta quarta-feira, em um acidente de moto, na cidade de Maringá, no norte do Paraná.

Segundo informações da Polícia Militar de Maringá, Diogo estava dirigindo uma moto, quando perdeu o controle e bateu em um poste de energia elétrica. Ele teve traumatismo craniano, não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Diogo jogou pelo Teófilo Otoni, de Minas Gerais — Foto: Divulgação

A morte do jogador foi lamentada pelo Flamengo, em suas redes oficiais. O ex-jogador atuou pelo time em 2004 e é lembrado pela torcida flamenguista por conta de seu primeiro jogo vestindo a camisa rubro-negra, contra o CRB, pela Copa do Brasil. Ele começou nas categorias de base Santos e não chegou a jogar pelo profissional. Depois passou por diversos clubes do Brasil e seu último time foi o Grêmio Maringá, em 2017.

Leia mais:  Com polêmica, Palmeiras vence o Defensa e fica perto de outra taça
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana