conecte-se conosco


Segurança

Governo do Estado autoriza ampliação de vagas no concurso de oficiais da PMES

Publicado

O Governo do Estado vai ampliar o número das vagas no concurso público de oficiais da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES). O anúncio foi feito nessa terça-feira (04) pelo governador Renato Casagrande, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. O edital do concurso de 2018 da PMES será retificado, aumentando o número de vagas disponíveis para que todos os candidatos aprovados no Curso de Formação de Oficiais (CFO) sejam convocados.

É a segunda vez que será ampliada a quantidade de vagas do CFO. A primeira vez ocorreu em 2019, quando o concurso passou de 30 para 80 vagas. Os aprovados foram divididos em duas turmas de 40 alunos, uma que iniciou as atividades em outubro de 2020, e a outra com previsão para iniciar no último trimestre deste ano. Com a nova ampliação, 87 novos militares se tornarão Aspirantes a Oficial da Polícia Militar. Ainda não há previsão do início do curso dessa nova turma.

Em sua fala, o governador detalhou as ações para recomposição do efetivo militar. “Tomamos a decisão há alguns meses e quase que dobramos as vagas do concurso de praças da Polícia Militar. Inicialmente eram 250 vagas e contratamos 700 policiais militares, duas turmas de 350 policiais, sendo que uma turma está em formação. Agora, também vamos ampliar o número de vagas para oficiais. Inicialmente eram 30, passamos para 80 e agora vamos aproveitar todos os 167 aprovados no CFO”, disse.

Casagrande também falou sobre a importância das melhorias no aparato de segurança do Estado. “Isso mostra o compromisso em reestruturar nossas forças de segurança, tendo uma polícia mais organizada, mais estruturada, com um efetivo que vai se recuperando dentro do nosso governo. Estamos aumentando o efetivo da nossa Polícia Militar, da Civil, dos Bombeiros; comprando viaturas, investindo em tecnologia, em infraestrutura para entregar forças policiais mais organizadas para enfrentar a criminalidade”, afirmou o governador.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, agradeceu ao governador e destacou que muitos militares esperavam por esta notícia. “É um sentimento de muito prazer para, principalmente, praças que almejavam essa condição de oficial da Polícia Militar. E seria, pelo limite de idade, o último concurso deles. Então, o senhor levou uma alegria para muitos lares com essa notícia”, declarou.

Já o comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus, ressaltou a importância da ampliação. “O curso vai acrescentar mais oficiais no efetivo da Polícia Militar. Eles serão futuros tenentes que estarão em processos decisórios e fundamentais para a segurança pública”, contou.

Curso de Formação de Oficiais

Leia mais:  MPES requer condenação de oficial de Justiça que repassava cumprimento de mandados

O CFO tem previsão de duração de três anos, período no qual os alunos recebem ensino em nível de bacharelado e têm a oportunidade de adquirir conhecimentos de liderança, gestão, direito, segurança pública e defesa social.

Ao ingressarem no curso, os alunos recebem o título de Aluno Oficial primeiro ano e passam a pertencer ao quadro de Praça Especial da PMES. Ao final de três anos do curso de formação é declarado Aspirante a Oficial PM e, se aprovado no estágio probatório, promovido ao posto de 2º tenente PM.

publicidade

Segurança

Após “noitada” em boate, empresário tenta fugir sem pagar a conta e acaba na delegacia

Publicado

Homem de 44 anos foi preso pela Polícia Militar. A confusão aconteceu em Vila Velha

A confusão começou durante a madrugada desta quinta-feira (10), em uma boate localizada no bairro Parque das Gaivotas, Vila Velha. O empresário, de 44 anos, foi detido pela Polícia Militar e levado na manhã de hoje para o DPJ do município.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o homem chegou ao estabelecimento com dois amigos. Na hora de ir embora, ao receber a conta, não aceitou fazer o pagamento. A PM informou ainda que o homem ficou agressivo, bateu a mão no balcão e deixou uma funcionária assustada. Mesmo com a presença de seguranças do local, ela acionou a polícia. 

Os amigos do empresário pagaram a conta e foram embora. Ainda assim, segundo os policiais, ele insistiu em dizer que não pagaria a consumação e tentou fugir do estabelecimento. Foi quando os militares deram voz de prisão. O homem resistiu e acabou detido.

Os policiais relataram também que homem estava alcoolizado e por conta da resistência a prisão, bateu com a cabeça no chão e precisou ser encaminhado ao hospital antes de ir para o DPJ. Os funcionários da boate estiveram hoje cedo na delegacia, porém preferiram não falar sobre o que aconteceu.

A Polícia Civil informou que o suspeito assinou um termo circunstanciado por outras fraudes e foi liberado após assumir o compromisso de comparecer em Juízo. A Casa de Entretenimento não quis se posicionar sobre o ocorrido e se limitou a dizer que o fato não foi de grande proporção. Nós não conseguimos fazer contato com o o homem que causou a confusão.

Leia mais:  Sejus suspende visitas nos presídios e trabalho externo dos apenados
Continue lendo

Segurança

Com apoio da cadela Kira, PM de Barra de São Francisco apreende drogas e dinheiro

Publicado

Durante patrulhamento tático, com apoio da cadela Kira, policiais do 11º BPM localizaram pontos utilizados por criminosos como esconderijos de entorpecentes.

Na ocasião foram apreendidos dois menores responsáveis pelo tráfico e encontrado 25 buchas de maconha, 15 pedras de crack e R$ 70,00 em dinheiro.

Os infratores e os materiais encontrados foram conduzidos para a 14º Delegacia Regional de Barra de São Francisco.

Leia mais:  Sejus suspende visitas nos presídios e trabalho externo dos apenados
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana