conecte-se conosco


Cidades

Governo do Estado autoriza novas obras de macrodrenagem em Vila Velha

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, autorizou, nesta quinta-feira (07), o início de obras de macrodrenagem que beneficiarão 22 bairros de Vila Velha. Foi dada a Ordem de Serviço para construção da Estação de Bombeamento de Águas Pluviais (EBAP) Foz do Costa, com investimento superior a R$ 35 milhões. Na mesma solenidade, Casagrande anunciou a publicação do edital para a reforma do Teatro Municipal de Vila Velha, localizado na Praça Duque de Caxias, no Centro do município.

A EBAP Foz do Costa terá capacidade de bombeamento de 20m³/s, através de oito bombas, podendo ter a sua capacidade ampliada para 25m³/s, e auxiliará na drenagem das águas da bacia do Canal da Costa. Aproximadamente 140 mil habitantes serão beneficiados com o investimento. A empresa vencedora da licitação foi a Paulitec Construções LTDA, que vai executar os serviços pelo valor R$ 35.541.527,52.

Em sua fala, Casagrande destacou os investimentos do Governo do Estado no município. “A primeira Ordem de Serviço deste ano ser aqui em Vila Velha é um motivo de muita alegria. Nosso trabalho teve início em 2019 com a recuperação dos projetos e agora estamos começando o trabalho que irá mudar a cidade de Vila Velha. São R$ 279 milhões do Orçamento do Estado em investimentos em macrodrenagem. Com a reforma do Teatro, estamos resgatando a história de Vila Velha e também do Espírito Santo. Vamos entregar ainda este mês o Terminal de Itaparica, que recebemos no chão, sem necessidade. O saneamento de Vila Velha irá receber mais R$ 400 milhões”, citou o governador.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, explicou que o investimento faz parte das obras prioritárias de macrodrenagem do Governo do Estado, que são de suma importância no desenvolvimento da cidade e na diminuição dos riscos de alagamento. “Em breve as demais ordens de serviço também serão assinadas”, garantiu Marcus.

De acordo com Marcus Vicente, os recursos são do Governo do Estado e o prazo de execução das obras é de nove meses, com mais seis meses de operação assistida junto com a Prefeitura de Vila Velha. A obra será fiscalizada pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES).

Serão contemplados os bairros de Praia da Costa, Itapoã, Coqueiral de Itaparica, Residencial Coqueiral, Cocal, Boa Vista I, Boa Vista II, Vista da Penha, Soteco, Cristóvão Colombo, Olaria, Divino Espírito Santo, Santa Mônica, Santa Mônica Popular, Praia de Itaparica, Jardim Guadalajara, Santa Inês, Jaburuna, Centro, Glória e Praia das Gaivotas.

Para o diretor-presidente do DER-ES, Luiz César Maretto, a estação de bombeamento é uma obra muito esperada pelos moradores do município. “O DER será responsável pela fiscalização dessa obra tão importante para a população vila-velhense, que sofre tanto com os constantes alagamentos. Como morador de Vila Velha, me sinto honrado em fazer parte disso”, afirmou. 

Teatro Municipal de Vila Velha

Leia mais:  Com poucos ônibus nas ruas, paralisação no Transcol continua

Ainda durante a solenidade, o governador anunciou a publicação do edital para reforma do Teatro Municipal de Vila Velha, outra entrega importante para a população. O equipamento tem quase 800 metros quadrados de área construída e passará por ajustes e adaptações importantes, como normas de acessibilidade e manutenções corretivas, já que a edificação é muito antiga.

O Teatro Municipal será contemplado com rampas de acesso, plataformas elevatórias, banheiros acessíveis, substituição de esquadrias das fachadas, dos revestimentos de piso e paredes em todo o ambiente, além da instalação de novos guarda-corpos, corrimãos, novo sistema de climatização e toda a parte elétrica, finalizando com a reforma e pintura de revitalização geral.

O DER-ES conta com uma equipe especializada nos trabalhos de revitalização do teatro, que tem um amplo estudo para a obra com objetivo de manter as características originais e históricas do prédio. “O Teatro Municipal de Vila Velha carrega muita história e até já foi sede da Prefeitura. É um grande patrimônio cultural da população capixaba que merece ser valorizado”, destacou Maretto.

Leia mais:  Governo decreta ponto facultativo durante o Carnaval no Espírito Santo
publicidade

Cidades

Aberta as inscrições para o Nossa Bolsa 2021 com mais de mil oportunidades

Publicado

Quem sonha em começar um curso superior em 2021 tem que ficar de olho nas 1.021 oportunidades abertas pelo Programa Nossa Bolsa para este ano. Os interessados devem se inscrever pelo www.nossabolsa.es.gov.br entre os dias 25 e 29 de janeiro. O quadro de vagas com os cursos disponíveis e as instituições de ensino que os ofertam está disponível no site da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

Devido ao adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, o Governo do Espírito Santo vai garantir a realização do Nossa Bolsa 2021 a partir dos resultados referentes aos anos de 2015 a 2019. Ou seja, só podem participar deste processo seletivo os candidatos que já concluíram o Ensino Médio e já realizaram uma das provas do Enem nesse período.

Como a missão do programa é atender a quem mais precisa, as oportunidades são direcionadas à população de baixa renda e são ofertadas em 33 instituições de Ensino Superior privadas espalhadas por 15 municípios em todas as regiões do Estado. A maior parte das bolsas cobre o valor integral da mensalidade, sendo que apenas 39 bolsas parciais serão disponibilizadas.

Quem pode?

O Programa Nossa Bolsa concede bolsas em cursos de graduação ofertados por instituições privadas e é dirigido aos estudantes egressos do Ensino Médio da rede pública ou da rede particular que estiveram na condição de bolsistas integrais.

Se o grupo familiar do candidato possui renda per capita de até um salário mínimo, ele poderá concorrer a bolsas integrais que correspondem a 100% da mensalidade; se a renda per capita for de até três salários mínimos, o aluno poderá concorrer a bolsas parciais de 50%.

O processo seletivo do Nossa Bolsa prioriza o ingresso de pessoas que moram em bairros com alto índice de vulnerabilidade social e de quem se autodeclara afrodescendente no ato da inscrição. Por isso, é preciso informar o Código de Endereçamento Postal (CEP) para verificar se o candidato está em um bairro atendido pelo Programa Estado Presente em Defesa da Vida.

Só serão aceitas as inscrições de candidatos que alcançarem média global de 500 pontos, considerando as provas objetivas e de redação do Enem realizado pelo candidato entre os anos de 2015 e 2019.

Também podem participar do processo candidatos que concluíram o curso técnico em um Centro Estadual de Educação Técnica (CEETs) do Espírito Santo e também os que cursaram o Ensino Médio ou Técnico nas escolas do Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (Mepes).

Não é permitida a participação de candidatos que já possuam outro diploma de graduação, nem de selecionados em edições anteriores do programa e que abandonaram o curso.

O programa também não realiza a contratação de selecionados que estejam matriculados em outro curso superior, nem dos que já foram contemplados por outros programas de bolsa de graduação ou de financiamento estudantil.

Cronograma do Nossa Bolsa 2021

1) Período de inscrição:

de 25 a 29 de janeiro

2) Resultado da 1º Chamada:

03 de fevereiro

3) Entrega de documentos e matrícula nas faculdades:

de 04 a 10 de fevereiro

4) Resultado da 2º Chamada:

12 de fevereiro

5) Entrega de documentos e matrícula nas faculdades:

de 18 de fevereiro a 24 de março

6) Manifestação de interesse na lista de espera:

de 01 a 03 de março

7) Resultado da lista de espera:

05 de março

8) Entrega de documentos e matrícula nas faculdades:

de 08 a 12 de março

Leia mais:  Governo decreta ponto facultativo durante o Carnaval no Espírito Santo
Continue lendo

Cidades

Homem morre e sete pessoas ficam feridas em grave acidente na BR-101

Publicado

Uma das pistas precisou ser interditada e o tráfego está seguindo em sistema pare e siga

Um homem morreu e outras setes pessoas ficaram feridas após se envolverem em um grave acidente, no início da tarde deste sábado (23). A colisão envolvendo dois veículos de passeio, ocorreu na altura do km 232,3 da BR 101, em Fundão

De acordo com o Centro de Controle Operacional da Eco101, concessionária responsável pela administração da via, a vítima fatal era motorista de um dos veículos envolvidos no acidente. O homem morreu no local.  

Dentre os feridos, três pessoas foram encaminhadas para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, uma para o Hospital Infantil, também na capital, e outras três para o Hospital São Camilo, em Aracruz. 

Ambulâncias, viatura de inspeção e guincho da Eco 101, além da Polícia Rodoviária Federal, Samu, Corpo de Bombeiros, perícia da Polícia Civil e IML foram acionados para dar apoio a ocorrência. 

Ainda não há informações sobre como o acidente ocorreu. Uma das pistas precisou ser interditada e o tráfego está seguindo em sistema pare e siga.

Leia mais:  Sistema indenizatório para casos de difícil comprovação é ampliado em municípios do ES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana